XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação
Informação e Interação: ampliando perspectivas para o desenvolv...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Motivação dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas para publicar em periódicos científicos

454 views

Published on

Pôster apresentado durante o XIV ENANCIB em Florianópolis, SC.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
454
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Motivação dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas para publicar em periódicos científicos

  1. 1. XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação Informação e Interação: ampliando perspectivas para o desenvolvimento humano Florianópolis, 29 de outubro a 1º de novembro de 2013 GT 7: Produção e Comunicação da Informação em CT&I MOTIVAÇÃO DOS DOCENTES DO SETOR DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PARA PUBLICAR EM PERIÓDICOS CIENTÍFICOS Paula Carina de Araújo¹ paula.carina.a@gmail.com 1 RESUMO 1. OBJETIVO GERAL 2 OBJETIVO GERAL Verifica as motivações dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas da Universidade Federal do Paraná para publicar em periódicos científicos. Descreve do Setor de Ciências e comunicação Verificar as motivações dos docentes a importância da produção Jurídicas da científica no âmbito das universidades Federal do Paraná (UFPR) mais importante para os docentes a oportunidade de Universidade públicas. Aponta como motivação para publicar em periódicos disseminar científicos.informações e conhecimentos. Outras motivações citadas com destaque são: a possibilidade de contribuir com fontes de informação para novas pesquisas, o reconhecimento acadêmico advindo da produção intelectual e/ou científica e a oportunidade de submeter a produção intelectual à revisão e avaliação dos pares. 3 TRAJETÓRIA METODOLÓGICA População: Tipo de pesquisa: exploratória Verificar as motivações dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR) para publicar em periódicos científicos. quantitativa descritiva 17 docentes (21,5%) 79 docentes do Setor de responderam à pesquisa. Ciências Jurídicas da UFPR. Instrumento de coleta de dados: Questionário eletrônico composto por 16 perguntas: seis de múltipla escolha, três abertas e sete nas quais foram diluídas em itens as motivações e dificuldades. Nestas, o respondente deveria indicar seu grau de concordância/importância por meio da Escala Likert de cinco pontos - onde 0 é considerado menos importante e 5, mais importante. 24% # PERFIL DOS PARTICIPANTES 6% • Regime de trabalho: 12% 3% Núcleo de Prática Jurídica Revistas tradicionais (Ex: Revista dos Tribunais, Revista de Direito Público de Economia, etc) Revistas de Acesso Livre (Revista da Faculdade de Direito da UFPR, Revista Direito GV) Revistas tradicionais e Revistas de Acesso Livre 2% Direito Privado 18% 18% • Publicação em Periódicos Científicos (tipos): • Departamento em que atua: 4 RESULTADOS E DISCUSSÕES • Formação: O questionário foi formulado a partir dos 14 itens motivacionais propostos por Ferreira, Marchiori e Cristofoli (2005) e os dados estão apresentados em quatro categorias motivacionais estabelecidas na pesquisa de Marchiori e Adami (2006), com destaque para as motivações consideradas mais importantes (pontuação 5 na Escala Likert) pelos respondentes para a análise dos dados. Direito Civil e Processual Civil 53% 71% Direito Público 18% • Publicação em Periódicos de Acesso Livre: • Coordena ou atua em algum grupo de pesquisa: 29% 53% 71% Doutorado em andamento Doutorado 20 horas semanais Pós-doutorado Não 6% Sim Não 88% # MOTIVAÇÕES PARA PUBLICAR EM REVISTAS CIENTIFÍCAS • Científico-Profissionais Oportunidade de disseminar informações e conhecimentos: 76% • Tecnológica Revistas impressas - respeitado o tempo para a avaliação por pares: 29% • Financeiras / De recompensa Participação em programas de pós-graduação: 41% • Outras motivações Entendimento de que a pesquisa é a mais importante função do docente de uma instituição de ensino pública; Oportunidade de fazer valer outras teorias além das tradicionalmente conhecidas; Possibilidade de aprofundamento dos assuntos em menor tempo do que em livros. • Pessoais Reconhecimento acadêmico advindo da produção intelectual e/ou científica: 53% científicos como o principal meio de comunicação científica. 12% 94% 40 horas semanais (dedicação exclusiva) 40 horas semanais 59% consideram os artigos Sim # DIFICULDADES PARA PUBLICAR EM REVISTAS CIENTIFÍCAS • De ordem pessoal Baixa disponibilidade de tempo para pesquisar e escrever: 47% O que se explica pelo fato de o maior número de respondentes ter um regime de trabalho de 20 horas. • De ordem diversa Alto grau de dispersão de artigos sobre um mesmo tema entre as revistas da área: 29% • Outras dificuldades Revistas temáticas que limitam a publicação; Excessiva demora até a aprovação do artigo para publicação; Ausência de clareza quanto aos critérios de avaliação do periódico; Ausência de linha editorial forte; A forma de avaliação dos periódicos por meio do Qualis. 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS As motivações dos docentes do Setor de Ciências Jurídicas da Universidade Federal do Paraná estão de acordo com as constatações da literatura sobre as funções da produção e comunicação científica. Esse fator é percebido ao identificar como principal motivação a oportunidade de disseminar informação e conhecimento e em segundo lugar a possibilidade de contribuir com fontes de informação para novas pesquisas, assim como foi constatado em outros estudos, como em Ferreira, Marchiori, Cristofoli (2005) e Adami e Marchiori (2005). Surpreendente foi encontrar como motivação adicional o entendimento de que a pesquisa é a mais importante função do docente de uma instituição de ensino público. Percebe-se que há um entendimento, ainda que da minoria, da importância do professor atuar também como um pesquisador. Entre as dificuldades apontadas, destaca-se a forma de avaliação dos periódicos por meio do Qualis. Esse também é um ponto comum com pesquisas realizadas em outras áreas do conhecimento. Afirma-se que a forma pouco clara de avaliação dos periódicos e a falta de adequação às diferentes áreas também limitam a publicação por parte dos pesquisadores. (FERREIRA; MARCHIORI; CRISTOFOLI, 2005). 6 REFERÊNCIAS FERREIRA, S. M. S. P.; MARCHIORI, P. Z.; CRISTOFOLI, F.. Motivação para publicar em revistas científicas: estudo nas áreas de ciências da comunicação e ciência da informação.In: FERREIRA, Sueli Mara Soares Pinto; TARGINO, Maria das Graças (Org.). Acessibilidade e visibilidade de revistas científicas eletrônicas. São Paulo: Ed. Senac São Paulo; Cengage Learning, 2005. p. 79-118. MARCHIORI, P.Z; ADAMI, A. Motivação e produção científico-acadêmica: o impacto das novas tecnologias da informação e da comunicação sob o ponto de vista dos autores". In: INTERCOM SUL. SIMPÓSIO DE PESQUISA EM COMUNICAÇÃO, 7., 2006. Livro de programas e resumos, v.1, Curitiba: UFPR, 2006. ¹Mestre em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação (UFPR), Bacharel em Biblioteconomia – Hab. Gestão da Informação (UDESC). Bibliotecária da Biblioteca de Ciências Jurídicas da UFPR e Professora do Curso Técnico em Biblioteconomia da PUC/PR.

×