Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Família. modelo humano ou divino.

267 views

Published on

A família é uma instituição divina e leis ou argumentos humanos jamais poderão mudar essa realidade

Published in: Spiritual
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Família. modelo humano ou divino.

  1. 1. Família “Modelo humano ou divino?” Texto bíblico na Nova Tradução na Linguagem de Hoje Paulo Francisco dos Santos1 ... Porém eu e a minha família serviremos a Deus, o Senhor. Josué 24.15 (Parte final) A família é uma ideia divina. Deus cria a família para ser bênção e fomentar uma sociedade que deve espelhar o Céu aqui na Terra. Os planos divinos tiveram quer ser adiados pela equivocada decisão Adâmica que jogou toda sua descendência a propositura de uma vida distante do Criador, de um desequilíbrio estabelecido pelas influências demoníacas e uma constante deterioração da estrutura familiar original. Milhares de anos após a queda o ser humano continua enfrentando dilemas e sofre pela distância de Deus. A família também sofre! O grito de mudança sobre uma estrutura anterior ao surgimento do Estado e mais precisamente de toda e qualquer sociedade tem gerado preocupação a todos aqueles que levantam a bandeira do Evangelho. Vivemos nos dias que proclamam o final dos tempos. Já não basta viver num modelo de família diferenciado do padrão estabelecido por Deus, mas há uma tendenciosa ação para mudar a família alheia, ou melhor, transformar a família cristã e toda a estrutura conceitual dos seguidores das Escrituras Sagradas. Ouvimos brados: “Os cristãos são intolerantes!” – “A família em sua forma atual proclama o ódio!” – “Dia das mães ou dia dos pais são uma afronta a dignidade da pessoa humano!” – argumentos baseados num discurso transvestido de beleza que na verdade é uma grande mentira – “O conceito de família tradicional é uma maneira da maioria oprimir a minoria que é contra!” – Onde vamos parar!? “Devemos parar de dizer mãe ou pai, pois a palavra responsável é melhor maneira de agradar a todos!” – A todos quem? Sou pai e amo ser chamado assim e acredito que a grande maioria das pessoas nessa nação compartilham da importância do significado de ser pai ou mãe. Formo com minha esposa e filhas uma família tradicional e não tenho a pretensão de mudar e discordo totalmente de ações estatais para querer interferir nela. Neste país não existem leis que proíbam relacionamentos diferenciados e muito menos há ações cristãs ou discurso de incentivo ao ódio contra a formação de tais núcleos, mesmo porque quem segue a Cristo prega e vive o amor. “Viver o amor cristão não significa concordar com tudo!” Não podemos abraçar a falsa ideia do politicamente correto e buscar neutralidade num assunto como este, pois quem é contra o que a Palavra de Deus ensina é contra também a cristandade. Não podemos cruzar os braços e permitir 1 Pastor, escritor, poeta, Teólogo e advogado. 1
  2. 2. Família “Modelo humano ou divino?” o esfacelamento da família diante de pessoas que querem erguer como um troféu a zombaria de interferir na vida pessoal e familiar da comunidade cristã. A família é uma instituição que não pode ser modelada ao formato de leis humanas por ser anterior a qualquer lei terrena. O modelo divino sempre estará à frente das ideias anárquicas e diabólicas daqueles que estão presos a rebelião de Adão e não querem aceitar a proposta restauradora do Evangelho de Jesus Cristo. Josué, o grande general de Israel, finaliza sua carreira com um discurso impressionante no capítulo vinte e quatro do livro que leva seu nome, do qual tomei emprestado o versículo em tela para meditar nesta reflexão. A liberdade de escolha é nitidamente conhecida na expressão – “Porém eu e a minha família serviremos a Deus, o Senhor.” – que revela o livre arbítrio deste pai de família, após dizer ao povo para que eles escolham se vão ou não servir a Deus. Seguindo os passos de Josué posso afirmar que para mim eu escolho também o modelo divino em vez do humano. Sei que quem verdadeiramente segue os princípios bíblicos também escolherá Deus. E quem não quer segui-lo? Simplesmente não deve seguir. Não há problema, desde que não se queira interferir na vida de quem segue o padrão estabelecido por Deus2 . Estamos num país que diz que todos têm o direito de escolher a religião, a posição intelectual e filosófica que quiser. Se existem bandeiras sendo levantadas para destruir o conceito judaico-cristão de família é necessário, e também um direito, ser levantadas todas as bandeiras para conclamar que a família é um modelo divino e não pode ser mudada. Que esta nação possa ouvir numa só voz de todas as famílias cristãs: “A minha família não será alvo de leis estatais que querem roubar nossa liberdade! Eu e minha família dizemos não ao modelo humano! Eu e minha família serviremos a Deus, o Senhor! A minha família segue o modelo estabelecido por Deus!” SP, Janeiro de 2016. 2 Não estou entrando no mérito de salvação ou na visão bíblica de certo ou errado. 2

×