Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
CONFLITOS E VIOLÊNCIA DE 2013 NA
AMAZÔNIA LEGAL.
NA AMAZÔNIA
USINAS HIDRELÉTRICAS, MINERAÇÃO,
GRILAGEM DE TERRAS, EXTRAÇÃO DE
MADEIRA E MONOCULTURAS (COMO A
PECUÁRIA, A SO...
“AMAZÔNIA AINDA CONTINUA SENDO
CONSIDERADA PELO SISTEMA
GOVERNAMENTAL BRASILEIRO COMO UMA
COLÔNIA”
... “ARQUITETA-SE, PROGRAMA-SE, OBRAS, E
AÇÕES SEM CONSULTAR O POVO, SEM
RESPEITAR OS DIREITOS DO POVO”.
Canteiro de Obras...
AMAZÔNIA, ÁREA DE CONFLITO PELAS
RIQUEZAS NATURAIS.
Belo Monte e Tapajós viraram palco de
guerra dos mundurukús e outros
i...
NO PARÁ E MARANHÃO MUITAS DAS
VIOLAÇÕES DE DIREITOS SÃO DECORRENTES
DO COMPLEXO DE EXTRAÇÃO,
BENEFICIAMENTO E ESCOAMENTO D...
OS CONFLITOS POR TERRA ATINGIRAM 33.237
FAMÍLIAS NA AMAZÔNIA LEGAL,
PRESSIONADAS PARA ABANDONAR SUAS
TERRAS.
NO ACRE, MATO...
DESPEJOS E EXPULSÕES JUNTAS AUMENTARAM
54% EM 2013,
AUMENTANDO 65% A MAIS DO QUE EM 2012
AS EXPULSÕES JUDICIAIS,
MARCANDO ...
FRENTE A OFENSIVA DE “CONSTANTES
INVASÕES DE MADEIREIROS E OS ATAQUES DE
RURALISTAS, MINERADORAS, DE FORÇAS
ARMADAS E DO A...
PARADA A REFORMA AGRÁRIA, O GOVERNO
AUMENTA O INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO,
CRIMINALIZA CAMPONESES E TOLERA A
PISTOLAGEM.
A...
CAMPONESES, POVOS INDÍGENAS E
COMUNIDADES TRADICIONAIS PERDEM
TERRITÓRIOS E DIREITOS.
MILHARES DE FAMÍLIAS ACAMPADAS,
ESPE...
O DESEMPREGO PROVOCADO PELO FIM DA
CONSTRUÇÃO DAS USINAS DO MADEIRA ESTÁ
PROVOCANDO AUMENTO DAS OCUPAÇÕES DE
TERRAS EM RON...
CONTINUA SENDO ASSUSTADOR
O NÚMERO TOTAL DE PESSOAS ENVOLVIDAS OU
DIRETAMENTE VITIMADAS EM CONFLITOS COM
VIOLÊNCIA CONTRA ...
BOA PARTE DOS CONFLITOS DO ACRE E SUL DO
AMAZONAS CONTINUAM SENDO DEVIDOS A
EXTRAÇÃO DE MADEIRAS, INCLUSIVE EM
PLANOS DE M...
METADE DOS ASSASSINATOS DE 2013
POR CAUSAS AGRÁRIAS ACONTECERAM NA
AMAZÔNIA:
16 ASSASSINATOS
DIFÍCIL É PUNIR OS RESPONSÁVE...
EM GERAL, GARANTIDA A IMPUNIDADE,
CONTINUAM ALTOS OS ÍNDICES DE VIOLÊNCIA,
DE ASSASSINATOS, DAS TENTATIVAS DE
ASSASSINATO ...
QUASE TRÊS QUARTAS PARTES DAS AMEAÇAS
REGISTRADAS NO CAMPO EM 2013
ACONTECERAM NA AMAZÔNIA LEGAL (151
PESSOAS)
O CRIME IMPUNE DA PRÁTICA DO TRABALHO
ESCRAVO;
PERCA DE TERRITÓRIO E DE DIREITOS DAS
POPULAÇÕES AMAZÔNICAS,
“SUSTENTADAS P...
POR CAUSA DOS
CONFLITOS AGRÁRIOS
E DA VIOLÊNCIA NO
CAMPO DE 2013.
CONTINUA MUITO ALTO
O NÚMERO DE
FAMÍLIAS E DE
PESSOAS EM...
UM CENÁRIO NO QUAL A DEVASTAÇÃO DA
NATUREZA E AS AGRESSÕES AO SER HUMANO
ANDAM UNIDAS,
DESAFIANDO NOSSA REGIÃO E AO PAÍS C...
CONFLITOS NO CAMPO DE 2013
APRESENTAÇÃO DE
JOSEP IBORRA PLANS
EQUIPE DE ARTICULAÇÃO DA AMAZÔNIA
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Conflitos e violência de 2013 na Amazônia Legal

118,494 views

Published on

Descreve os conflitos e violações dos direitos humanos na região da Amazônia brasileira recolhidos no Livro de Conflitos no Campo Brasil 2013 da Comissão Pastoral da Terra.

Published in: Government & Nonprofit
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Conflitos e violência de 2013 na Amazônia Legal

  1. 1. CONFLITOS E VIOLÊNCIA DE 2013 NA AMAZÔNIA LEGAL.
  2. 2. NA AMAZÔNIA USINAS HIDRELÉTRICAS, MINERAÇÃO, GRILAGEM DE TERRAS, EXTRAÇÃO DE MADEIRA E MONOCULTURAS (COMO A PECUÁRIA, A SOJA, O DENDÊ E O EUCALIPTO) CONTINUAM AVANÇANDO ACIMA DE INDÍGENAS, PEQUENOS AGRICULTORES, QUILOMBOLAS E COMUNIDADES TRADICIONAIS. Alta Floresta do Oeste, RO
  3. 3. “AMAZÔNIA AINDA CONTINUA SENDO CONSIDERADA PELO SISTEMA GOVERNAMENTAL BRASILEIRO COMO UMA COLÔNIA”
  4. 4. ... “ARQUITETA-SE, PROGRAMA-SE, OBRAS, E AÇÕES SEM CONSULTAR O POVO, SEM RESPEITAR OS DIREITOS DO POVO”. Canteiro de Obras de Belo Monte. Rio Xingú
  5. 5. AMAZÔNIA, ÁREA DE CONFLITO PELAS RIQUEZAS NATURAIS. Belo Monte e Tapajós viraram palco de guerra dos mundurukús e outros indígenas atingidos sem serem ouvidos.
  6. 6. NO PARÁ E MARANHÃO MUITAS DAS VIOLAÇÕES DE DIREITOS SÃO DECORRENTES DO COMPLEXO DE EXTRAÇÃO, BENEFICIAMENTO E ESCOAMENTO DE MINÉRIO DE FERRO NA REGIÃO DE CARAJÁS SOB RESPONSABILIDADE DA VALE E DE EMPRESAS RELACIONADAS COM ELA NO COMPLEXO SIDERÚRGICO .
  7. 7. OS CONFLITOS POR TERRA ATINGIRAM 33.237 FAMÍLIAS NA AMAZÔNIA LEGAL, PRESSIONADAS PARA ABANDONAR SUAS TERRAS. NO ACRE, MATO GROSSO E TOCANTINS AS OCORRÊNCIAS DE VIOLÊNCIA CONTRA POSSES E OCUPAÇÕES CRESCERAM 150 famílias despejadas no Tocantins
  8. 8. DESPEJOS E EXPULSÕES JUNTAS AUMENTARAM 54% EM 2013, AUMENTANDO 65% A MAIS DO QUE EM 2012 AS EXPULSÕES JUDICIAIS, MARCANDO UMA TENDÊNCIA AO CRESCIMENTO DO PAPEL REPRESSIVO DO ESTADO NA REGIÃO AMAZÔNICA Despejo em Seringueiras pela PF, abril 2013
  9. 9. FRENTE A OFENSIVA DE “CONSTANTES INVASÕES DE MADEIREIROS E OS ATAQUES DE RURALISTAS, MINERADORAS, DE FORÇAS ARMADAS E DO AGRONEGÓCIO QUE QUEREM TOMAR E MERCANTILIZAR NOSSOS TERRITÓRIOS” A CPT CONTINUA DENUNCIANDO A PISTOLAGEM, A DESTRUIÇÃO DE CASAS E DE PERTENCES DAS FAMÍLIAS ATINGIDAS, E INCENTIVANDO A UNIÃO DAS LUTAS FRENTE AOS DESAFIOS COMUNS. Jornada de Lutas Unificada no estado. do Mato Grosso março, 2013
  10. 10. PARADA A REFORMA AGRÁRIA, O GOVERNO AUMENTA O INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO, CRIMINALIZA CAMPONESES E TOLERA A PISTOLAGEM. AMAZÔNIA CONTINUA SENDO TERRA SEM LEI, PALCO HABITUAL DE ATUAÇÃO DE PISTOLEIROS IMPONDO PELA FORÇA OS INTERESSES DOS PODEROSOS. Casas, currais e capela da comunidade Tiúba, no Maranhão, são derrubadas pelo agronegócio
  11. 11. CAMPONESES, POVOS INDÍGENAS E COMUNIDADES TRADICIONAIS PERDEM TERRITÓRIOS E DIREITOS. MILHARES DE FAMÍLIAS ACAMPADAS, ESPERANDO PARA SEREM ASSENTADAS, MUITAS DESSAS JÁ ESTÃO A MAIS DE 12 ANOS VIVENDO SOB A LONA. Acampamento 08 de março, de militantes do Movimento dos Sem Terra (MST) Em Corumbá MT.
  12. 12. O DESEMPREGO PROVOCADO PELO FIM DA CONSTRUÇÃO DAS USINAS DO MADEIRA ESTÁ PROVOCANDO AUMENTO DAS OCUPAÇÕES DE TERRAS EM RONDÔNIA E EM ACRELÂNDIA, NO ACRE Acampamento Fortaleza,,em Theobroma, Rondônia.
  13. 13. CONTINUA SENDO ASSUSTADOR O NÚMERO TOTAL DE PESSOAS ENVOLVIDAS OU DIRETAMENTE VITIMADAS EM CONFLITOS COM VIOLÊNCIA CONTRA PESSOAS NA AMAZÔNIA: 203.886 PESSOAS EM 2013, COM 72.301 ATINGIDOS APENAS NO PARÁ. Welbwert Cabral Costa, Trabalhador rural assassinado em 24/7/2013 em São Félix do Xingú,
  14. 14. BOA PARTE DOS CONFLITOS DO ACRE E SUL DO AMAZONAS CONTINUAM SENDO DEVIDOS A EXTRAÇÃO DE MADEIRAS, INCLUSIVE EM PLANOS DE MANEJO LEGALIZADOS. Sede da CPT de Rio Branco arrombada por 8ªa vez em janeiro de 2013
  15. 15. METADE DOS ASSASSINATOS DE 2013 POR CAUSAS AGRÁRIAS ACONTECERAM NA AMAZÔNIA: 16 ASSASSINATOS DIFÍCIL É PUNIR OS RESPONSÁVEIS PELOS CRIMES DO CAMPO Absolvição de Lourival de Souza Costa, acusado da morte do sindicalista Dezinho (+21/11/200)
  16. 16. EM GERAL, GARANTIDA A IMPUNIDADE, CONTINUAM ALTOS OS ÍNDICES DE VIOLÊNCIA, DE ASSASSINATOS, DAS TENTATIVAS DE ASSASSINATO E DE AMEAÇADOS DE MORTE. A TENDÊNCIA É TENTAR REDUZIR OS CONFLITOS CRIMINALIZANDO OS PEQUENOS AGRICULTORES. DIFICILMENTE OS PISTOLEIROS E MANDANTES DE MORTES DOS CAMPONESES SÃO PRESOS. Grupo preso em outubro de 2013 em Alto Paraíso – RO,
  17. 17. QUASE TRÊS QUARTAS PARTES DAS AMEAÇAS REGISTRADAS NO CAMPO EM 2013 ACONTECERAM NA AMAZÔNIA LEGAL (151 PESSOAS)
  18. 18. O CRIME IMPUNE DA PRÁTICA DO TRABALHO ESCRAVO; PERCA DE TERRITÓRIO E DE DIREITOS DAS POPULAÇÕES AMAZÔNICAS, “SUSTENTADAS PELA GANÂNCIA, MISÉRIA E IMPUNIDADE” FORAM DENUNCIADAS PELOS BISPOS DA AMAZÔNIA LEGAL, REUNIDOS EM MANAUS EM OUTUBRO DE 2013
  19. 19. POR CAUSA DOS CONFLITOS AGRÁRIOS E DA VIOLÊNCIA NO CAMPO DE 2013. CONTINUA MUITO ALTO O NÚMERO DE FAMÍLIAS E DE PESSOAS EM SITUAÇÃO DE EXTREMA VULNERABILIDADE,
  20. 20. UM CENÁRIO NO QUAL A DEVASTAÇÃO DA NATUREZA E AS AGRESSÕES AO SER HUMANO ANDAM UNIDAS, DESAFIANDO NOSSA REGIÃO E AO PAÍS COMO UM TODO. NESTA AMAZÔNIA QUE, EM PALAVRAS DO PAPA FRANCISCO, É “TESTE DECISIVO, BANCO DE PROVA PARA A IGREJA E A SOCIEDADE BRASILEIRAS” (RIO DE JANEIRO, 27 DE JULHO DE 2013).
  21. 21. CONFLITOS NO CAMPO DE 2013 APRESENTAÇÃO DE JOSEP IBORRA PLANS EQUIPE DE ARTICULAÇÃO DA AMAZÔNIA

×