Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Planejamento de Monitoramento de Marcas e Conversacoes

10,145 views

Published on

Aula sobre Planejamento de Monitoramento de Marcas e Conversações. Curso Gestão Avançada em Mídias Sociais.

Published in: Business, Technology

Planejamento de Monitoramento de Marcas e Conversacoes

  1. 1. Curso Gestão Avançada em Mídias SociaisMENSURAÇÃO EMONITORAMENTOEM MÍDIAS SOCIAIS Planejamento do Monitoramento +
  2. 2. >> SUMÁRIO Como monitorar ações de comunicação e o relacionamento no ambiente das mídias sociais? Planejando o Monitoramento; Atividade prática: Elaboração de um plano de monitoramento para mídias sociais.
  3. 3. >> PLANEJANDO O MONITORAMENTO
  4. 4. >> MONITORAMENTO: PASSO A PASSO › Briefing › Identificação da Demanda de Informação › Exploração Inicial > Processo › Definição de palavras-chave Contínuo de Análise › Definição de buscas / mídia ›Níveis de Categorias › Classificação › Categorização › Produção de Gráficos › Avaliação › Montagem Relatório › Redação de Recomendações
  5. 5. >> BRIEFING › Durante o atendimento, é necessário entender profundamente o cliente, de conhecimentos gerais a específicos: › Histórico da Empresa › Missão / Visão / Valores › Objetivos ›Público-Alvo › Objetivo do Monitoramento › Histórico da Comunicação Digital da Empresa › Plano de Comunicação e Mídia da Empresa › Lista de Funcionários com Presença Digital Segmentada
  6. 6. >> DEMANDA DE INFORMAÇÃO › O que o monitoramento deve responder? › Exemplos: › De quem os usuários falam melhor nas mídias sociais? Minha marca ou concorrentes? › A campanha de mídia online está sendo comentada? › Que discussões engajam os internautas de Aracaju? › Qual o perfil demográfico dos advogados e detratores do meu produto?
  7. 7. >> EXPLORAÇÃO INICIAL › A fase de exploração inicial pode ser realizada através da navegação pelos sites, mídias sociais e buscadores. › O objetivo desta fase é entender de uma forma superficial onde se fala dos termos chave, os tipos de comentários realizados e as palavras utilizadas, o que vai permitir definir as mídias, as palavras chave e as categorias.
  8. 8. >> DEFINIÇÃO DE PALAVRAS CHAVE › Definir quais palavras-chave serão buscadas pelos softwares, como: › Nome da Empresa, Marca ou Produto › Nome da Empresa, Marca ou Produto dos Concorrentes › Nome de Substitutos › Palavras relacionadas ao setor › Hashtags › Termos irônicos › Definir palavras-chave negativas pra afinar os resultados › Línguas buscadas
  9. 9. >> DEFINIÇÃO DE PALAVRAS CHAVE > Scup> Seekr
  10. 10. >> DEFINIÇÃO DE BUSCAS / MÍDIAS › É a etapa que se escolhe onde as palavras-chave serão buscadas › Cada software possui um cardápio de mídias e cobrança diferentes › Todos os softwares possuem limites de menções coletadas pra cada plano: está é a etapa de definição de distribuição e amostra
  11. 11. >> DEFINIÇÃO DE BUSCAS / MÍDIAS> Radian6 > Scup
  12. 12. >> DEFINIÇÃO DE BUSCAS / MÍDIAS > Seekr
  13. 13. >> NÍVEIS DE CATEGORIAS › Definir que tipo de categorias › As categorias servem para saber serão adicionadas às menções. do quê as pessoas falam e, Pensar as categorias em “níveis”. posteriormente, o quê as pessoas falam de cada categoria.> Tipo de Emissor > Geográfica > Setor > AlcanceCorporativo Amapá Ensino 01 a 100Usuário Bahia Atendimento 101 a 1000Funcionário Ceará Comunicação 1001 a 2000Imprensa Sergipe Imprensa 2001 a 3000 etc
  14. 14. >> CLASSIFICAÇÃO E CATEGORIZAÇÃO › Classificação é a identificação do “sentimento” exposto pelo emissor em negativo, neutro, positivo ou misto. › Categorização é a adição de tags que representam categorias como Tipo de Emissor, Geografia, Tema, Característica etc.
  15. 15. >> CLASSIFICAÇÃO
  16. 16. >> CATEGORIZAÇÃO
  17. 17. >> PRODUÇÃO DE GRÁFICOS › Depois de classificar e categorizar todas as menções da amostra, é possível gerar diversos gráficos pelo próprio software de monitoramento pleno.
  18. 18. >> PRODUÇÃO DE GRÁFICOS > Scup
  19. 19. >> PRODUÇÃO DE GRÁFICOS > Seekr
  20. 20. >> PRODUÇÃO DE GRÁFICOS 1 2 3 > Volume x valor em linha do tempo, com identificação de picos
  21. 21. >> PRODUÇÃO DE GRÁFICOS > Distribuição das Menções por Tipo de Emissor > Tipo de Emissor x Sentimento
  22. 22. >> PRODUÇÃO DE GRÁFICOS > Volume de menções por Categoria
  23. 23. >> AVALIAÇÃO E REDAÇÃO RECOMENDAÇÕES › A etapa de análise perpassa todo o processo do monitoramento. Depois de produzidos os gráficos, o analista de monitoramento deve ser capaz de comprender e avaliar os dados.
  24. 24. >> MONTAGEM RELATÓRIO › Montagem do relatório em formato documento ou apresentação › Estrutura variável › Como padrão, sempre explicitar a metodologia e amostra utilizada
  25. 25. >> EXERCÍCIO
  26. 26. >> EXERCÍCIO > www.seekr.com.br › Monitoramento de “Aracaju” para empresa de Turismo › Configurar um monitoramento trial no Seekr para uma das mídias: Twitter, Orkut, Blogs, Imprensa Online ou Yahoo! Respostas › Classificar e Categorizar 20 a 30 menções: › por sentimento › por temática › Gerar índice de valor de sentimento › Gerar gráfico de distribuição de sentimento › Identificar menções com opiniões-chave Mp = Menções Positivas [Mp + (Mn/2)] – Mr Mn =Menções Neutras Mr = Menções Negativas Mt = Menções Totais Mt
  27. 27. >> FONTES › Imagens: http://www.photoxpress.com/stock- photos/macro/instrument/letter/2307169,
  28. 28. + Conteúdo: @papercliq www.papercliq.com.br www.papercliq.com.br/blog [www.slideshare.net/papercliq Tel.: (71) 3013-1432 Av. Tancredo Neves – Ed. Esplanada Tower, 939 – Sala 403 – Caminho das Árvores | CEP 41.820-021 | Salvador-BA

×