Aplicativos Sociais - interação, rede e publicidade

6,007 views

Published on

Apresentação introdutória sobre aplicativos sociais publicitários.

Published in: Business, Technology
0 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,007
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3,988
Actions
Shares
0
Downloads
138
Comments
0
Likes
11
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aplicativos Sociais - interação, rede e publicidade

  1. 1. Aplicativos Sociais: interação, rede e publicidade
  2. 2. O que são aplicativos sociais? Aplicativos sociais são programas desenvolvidos para serem disponibilizados em sites de redes sociais (Orkut, Facebook, MySpace) para utilização opcional pelos usuários. De jogos a listagens de livros, o diferencial dos aplicativos sociais é aproveitar as vantagens dos sites de redes sociais, oferecendo um serviço atraente e interativo que incentive o usuário a compartilhá- lo com seus amigos. São quase tão simples como hotsites, mas, por serem integradas e acessadas dentro dos próprias sites de redes sociais, se beneficiam deste espaço.
  3. 3. Aplicativos sociais e o container A grande particularidade dos aplicativos sociais é a integração com seu container (o site de rede social no qual está instalado) que permite que: - os aplicativos sejam exibidos no perfil do usuário - acesso à rede de contatos (amigos) - atualizações de amigos/wall de notícias - acesso a informações como fotos e vídeos
  4. 4. Aplicativos sociais e o container - Perfil do usuário
  5. 5. Aplicativos sociais e o container - Atualizações de amigos
  6. 6. Vantagens - Não é um simples anúncio. Oferece algum serviço informativo ou de entretenimento para engajar o usuário em uso repetido. - As pessoas que adicionam o aplicativo passam a exibi-lo em seu perfil. Ou seja, todos seus amigos podem vê-lo, gerando um contato com a marca bem maior. - Cada vez que o usuário interage com o aplicativo, todos seus amigos recebem uma notificação. Dessa forma, se o aplicativo for bom, será disseminado pelo próprio uso. - Leva conteúdo e marca do anunciante para dentro da rede social. O usuário que passa horas no Orkut não precisa sair de lá para interagir com a marca. - No Orkut, qualquer pessoa ou empresa pode desenvolver um aplicativo social e disponibilizá-lo no Orkut, sem nenhum custo (a não ser hospedagem dos dados). - O proprietário do aplicativo pode exibir anúncios sem precisar passar nenhuma receita para o Orkut.
  7. 7. Modelos de aplicativos sociais - Aplicativo social como mídia: os desenvolvedores os produzem para exibir anúncios. Exemplos: Minha Música, Vou Não Vou - Aplicativo social de marca: produzido por encomenda para uma empresa, produto ou marca. Exemplos: Ramarim 2.0, BoltPoke! - Aplicativo social serviço web: produzir para levar algum serviço web para dentro do site de rede social. Exemplo: Terra Sonora, Amazônia.Vc - Aplicativo social com produto próprio: aplicativos que vendem novas funcionalidades ou presentes virtuais. Ex: BuddyPoke
  8. 8. BuddyPoke Instalado em mais de 38 milhões de perfis do Orkut, o BuddyPoke é o aplicativo social com maior alcance da plataforma. Já inseriu, para dois clientes, ações patrocinadas: para o filme Wolverine e para os chicletes Bubbaloo.
  9. 9. Ramarim 2.0 Vários incentivos ao uso repetido e repasse do aplicativo. Associa os calçados Ramarim a valores como “delicadeza”, “sensualidade”, “irreverência” e permite que as usuárias favoritem, recomendem e concorram a calçados a partir desses fatores.
  10. 10. Caras e Bocas O aplicativo criado para a novela Caras e Bocas nunca ultrapassou 5 mil usuários. São quatro vídeos em que personagens da novela podem “mandar um recado” escrito pelo usuário. O apelo da novela não bastou para suprir as falhas no uso da rede de amigos e o pouco conteúdo.
  11. 11. BoltPoke e UpPoke Os dois aplicativos foram criados para o lançamento dos filmes Bolt – O Super Cão e Up – Altas Aventuras. Mesmo desenvolvedor, para o mesmo cliente e público. O app permite envio de cartões com mensagens, divulga o filme e sessões. Posteriormente, o lançamento do DVD e sorteios.
  12. 12. Elementos recorrentes Entre os aplicativos sociais mais populares, fica clara a importância de quatro fatores principais: Formato: integrado de fato ao site de rede social, oferecendo novos tipos de interações entre os usuários Customização: permitir que os usuários customizem seu perfil e interações Atualização: criação e disponibilização periódica de novas opções e recursos Referências/integração ao mundo offline: através de ações relacionadas a “eventos” reais ou que os criem.
  13. 13. Métricas Segundo o documento Social Media Metrica Definition, da Interactive Advertising Bureau, as métricas de mensuração específicas para Widgets (na definição da IAB, aplicativos sociais entram nessa categoria) são: - Instalações - Usuários Ativos - Perfil da Audiência - Alcance de Usuários Únicos - Crescimento - Influência - Widgetss/Usuário - Usuários Ativos/Widgets - Longevidade
  14. 14. Links - Blog Tarcízio Silva - http://tarciziosilva.com.br/blog - Slideshare Tarcízio Silva – http://slideshare.net/tarushijio - OpenSocial Oficial – http://code.google.com/intl/pt-BR/apis/orkut - OpenSocial Blog Oficial - http://blog.opensocial.org -Blog OpenSocialBR - http://opensocialbr.com.br - Raquel Recuero - http://www.raquelrecuero.com - BJ Fogg - http://bjfogg.com - Documentos IAB - http://iab.net/iab_products_and_industry_services
  15. 15. PaperCliQ www.papercliq.com.br contato@papercliq.com.br Tarcízio Silva – Diretor de Planejamento e Mídias Sociais tarcizio.silva@papercliq.com.br twitter.com/tarushijio tarciziosilva.com.br/blog

×