Projeto Político Pedagógico www.professorpalmito.com.br

85,941 views

Published on

Palestra do Prof Palmito, sobre estruturação e elementos do Projeto -Político Pedagógico
Mais Aulas no site www.professorpalmito.com.br

Published in: Education
12 Comments
16 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
85,941
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,075
Actions
Shares
0
Downloads
1,557
Comments
12
Likes
16
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto Político Pedagógico www.professorpalmito.com.br

  1. 1. PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO
  2. 2. Projeto Político-Pedagógico O que é?: É a própria organização do trabalho pedagógico escolar como um todo, em suas especificidades, níveis e modalidades. Ele mostra a visão do que a escola pretende ou idealiza fazer, seus objetivos, metas e estratégias permanentes, tanto no que se refere às suas atividades pedagógicas, como às funções administrativas.
  3. 3. É chamado de: Político - por que diz respeito à arte e à ciência de governar – Ele prevê e dá uma direção à gestão da escola. Pedagógico - por que diz respeito à reflexão sistemática sobre as práticas educativas: dá sentido e rumo às práticas educativas, contextualizadas culturalmente. Projeto Político-Pedagógico
  4. 4. <ul><li>O que NÃO é: </li></ul><ul><li>Um agrupamento de planos de ensino e de atividades diversas </li></ul><ul><li>Algo construído para ser arquivado como prova de tarefa burocrática: pronto e acabado para ser encaminhado às autoridades educacionais </li></ul><ul><li>Tarefa específica do pedagogo, do coordenador pedagógico ou do Diretor </li></ul>Projeto Político-Pedagógico
  5. 5. <ul><li>Quanto à concepção: </li></ul><ul><ul><li>É um processo democrático de decisões; </li></ul></ul><ul><ul><li>Preocupa-se em instaurar uma forma de organização de trabalho pedagógico que desvele os conflitos e as contradições; </li></ul></ul><ul><ul><li>Contém opções explícitas na direção da superação de problemas no decorrer do trabalho educativo voltado a uma realidade específica; </li></ul></ul><ul><ul><li>É construído continuamente, pois, enquanto produto é, também, processo, incorporando ambos numa interação possível. </li></ul></ul>Projeto Político-Pedagógico
  6. 6. <ul><li>Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN 9.394/96) estabelece: </li></ul><ul><ul><li>No artigo 15 - progressivos graus de autonomia pedagógica, administrativa e de gestão financeira para as escolas. </li></ul></ul><ul><ul><li>No artigo 12, inciso I, a incumbência de estabelecimentos de ensino elaborar e executar sua proposta pedagógica. </li></ul></ul><ul><ul><li>No artigo 13, Inciso I, as incumbências dos professores, entre outras, a de participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino </li></ul></ul><ul><ul><li>No artigo 14, a participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto pedagógico da escola. </li></ul></ul>Projeto Político-Pedagógico e a LDB
  7. 7. <ul><li>PRINCÍPIOS NORTEADORES DO PROJETO PEDAGÓGICO </li></ul><ul><li>art. 3º </li></ul><ul><li>“ I. igualdade de condições para acesso e permanência na escola; </li></ul><ul><li>II. liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber; </li></ul><ul><li>III. pluralismo de idéias e concepções pedagógicas; </li></ul><ul><li>IV. respeito a liberdade e apreço a tolerância; </li></ul><ul><li>VII. valorização do profissional da educação escolar; </li></ul><ul><li>VIII. gestão democrática do ensino público, na forma desta lei e da legislação do sistema de ensino; </li></ul><ul><li>IX. garantia do padrão de qualidade; </li></ul><ul><li>X. valorização da experiência extra-curricular; </li></ul><ul><li>XI. vinculação entre a educação escolar, o trabalho e as práticas sociais”. </li></ul>Projeto Político-Pedagógico e a LDB
  8. 8. <ul><li>A importância do projeto político-pedagógico está no fato de que ele passa a ser uma direção, um rumo para as ações da escola, bem como: </li></ul><ul><ul><li>Estabelece diretrizes básicas de organização e funcionamento da escola, integradas às normas comuns do sistema nacional e da rede estadual. </li></ul></ul><ul><ul><li>Define o conteúdo do trabalho escolar, tendo em vista as Diretrizes Curriculares Nacionais para ensino, os PCNs, os princípios orientadores da Secretaria de Educação, a realidade da escola e as características do cidadão que se quer formar </li></ul></ul><ul><ul><li>Define coletivamente objetivos e metas comuns à escola como um todo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Possibilita ao coletivo escolar a tomada de consciência dos principais problemas da escola e das possibilidades de solução, definindo as responsabilidades coletivas e pessoais. </li></ul></ul>A Importância Projeto Político-Pedagógico
  9. 9. “ O projeto representa a oportunidade de a direção, a coordenação pedagógica, os professores e a comunidade, tomarem sua escola nas mãos, definir seu papel estratégico na educação das crianças e jovens, organizar suas ações, visando a atingir os objetivos que se propõem. É o ordenador, o norteador da vida escolar”. J. C. Libâneo A Importância Projeto Político-Pedagógico
  10. 10. Elementos constitutivos do projeto político-pedagógico <ul><li>MARCO REFERENCIAL </li></ul><ul><li>O Marco Situacional (onde estamos, como vemos a realidade) </li></ul><ul><li>O Marco Doutrinal ou Filosófico (para onde queremos ir) </li></ul><ul><li>O Marco Operativo (que horizonte queremos para nossa ação) </li></ul>
  11. 11. Elementos constitutivos do projeto político-pedagógico <ul><li>MARCO FILOSÓFICO </li></ul><ul><li>Que tipo de sociedade queremos construir? </li></ul><ul><li>Que tipo de Homem/Pessoa Humana queremos colaborar na formação? </li></ul><ul><li>Que finalidade queremos para a Escola? </li></ul><ul><li>Que papel desejamos para a Escola em nossa realidade? </li></ul>
  12. 12. Elementos constitutivos do projeto político-pedagógico <ul><li>MARCO SITUACIONAL </li></ul><ul><ul><li>Como compreendemos / vemos / sentimos o mundo atual? O País/Estado/Cidade onde vivemos? </li></ul></ul><ul><ul><li>Como percebemos / vemos o bairro em que fica inserida a nossa escola? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais são os sinais no mundo atual que nos alegram/mobilizam? Por quê? </li></ul></ul><ul><ul><li>Que concepções temos de: Educação? Conhecimento? Escola? Comunidade? Sala de aula? Professor? Aluno? </li></ul></ul>
  13. 13. Elementos constitutivos do projeto político-pedagógico <ul><li>MARCO OPERATIVO: </li></ul><ul><li>Dimensão pedagógica, </li></ul><ul><li>Dimensão comunitária e </li></ul><ul><li>Dimensão administrativa. </li></ul><ul><li>DIAGNÓSTICO: </li></ul><ul><li>Características atuais da escola, suas limitações e possibilidades, os seus elementos identificadores </li></ul><ul><li>PROGRAMAÇÃO </li></ul><ul><li>d efinição do que vai ser feito e dos meios para a superação dos problemas detectados </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Contextualização e caracterização da escola </li></ul><ul><ul><li>Caracterização da comunidade: aspectos geográficos, históricos, sócio-econômicos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Perfil dos alunos, corpo técnico pedagógico, apoio. </li></ul></ul><ul><ul><li>Breve histórico da instituição. </li></ul></ul><ul><li>Concepção da educação e da prática pedagógica </li></ul><ul><ul><li>Perfil do aluno que se quer formar. </li></ul></ul><ul><ul><li>Princípios norteadores da prática. </li></ul></ul>Exemplo de Roteiro
  15. 15. <ul><li>Diagnóstico </li></ul><ul><ul><li>Necessidades </li></ul></ul><ul><ul><li>Prioridades </li></ul></ul><ul><ul><li>Decisões e estratégias de ação </li></ul></ul><ul><li>Objetivos Gerais </li></ul>Exemplo de Roteiro
  16. 16. <ul><li>Estrutura e Funcionamento </li></ul><ul><li>Organização da escola âmbito espaço-temporal </li></ul><ul><ul><li>Níveis de oferta </li></ul></ul><ul><ul><li>Agrupamentos </li></ul></ul><ul><ul><li>Calendário </li></ul></ul><ul><ul><li>Rotinas </li></ul></ul>Exemplo de Roteiro
  17. 17. <ul><li>Âmbito relacional </li></ul><ul><ul><li>Papel / perfil / responsabilidades </li></ul></ul><ul><ul><li>diretor </li></ul></ul><ul><ul><li>professor </li></ul></ul><ul><ul><li>coordenador </li></ul></ul><ul><ul><li>aluno </li></ul></ul><ul><ul><li>apoio </li></ul></ul><ul><ul><li>família </li></ul></ul><ul><li>Âmbito administrativo financeiro </li></ul><ul><ul><li>Modelo / instâncias de gestão </li></ul></ul><ul><ul><li>Responsabilidades </li></ul></ul>Exemplo de Roteiro
  18. 18. “ O Currículo é a ligação entre a cultura e a sociedade exterior à escola e à educação; entre o conhecimento e cultura herdadas e a aprendizagem dos alunos; entre a teoria (idéias, suposições e aspirações) e a prática possível, dadas determinadas condições”. Gimeno Sacristán - 99 Currículo
  19. 19. <ul><li>Proposta curricular </li></ul><ul><ul><li>Fundamentos </li></ul></ul><ul><ul><li>Organização curricular (por série / por ciclo) </li></ul></ul><ul><ul><li> (por área / por disciplina) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Objetivos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Orientações didáticas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Conteúdos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Avaliação </li></ul></ul></ul><ul><li>Proposta de trabalho com os pais e comunidade </li></ul>Exemplo de Roteiro
  20. 20. A formalização do Projeto Pedagógico da escola assume aí um importante papel ao sugerir como o momento do registro e do “re-ver” para entender o nosso ofício e, através desta reflexão/estudo, nos tornamos professores capazes de interferir criativamente na elaboração do nosso trabalho.

×