El compromiso social de la Universidad

443 views

Published on

Ponente: Pedro de Melo, Director del INPEAU de la Universidad Federal de Santa Catarina, Brasil

Published in: Education, Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
443
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
16
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

El compromiso social de la Universidad

  1. 1. <ul><li>El Compromiso Social </li></ul><ul><li>de la Universidad </li></ul><ul><ul><li>Congreso de Compromiso Social, Espíritu y Valores de la Universidad </li></ul></ul><ul><ul><li>Loja - Equador, maio de 2011. </li></ul></ul><ul><li>Prof. Dr. Pedro Antônio de Melo </li></ul><ul><li>Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária – INPEAU </li></ul><ul><li>Universidade Federal de Santa Catarina </li></ul>
  2. 2. <ul><li>A AMÉRICA LATINA </li></ul><ul><li>é uma </li></ul><ul><li>GRANDE NAÇÃO! </li></ul><ul><li>Possui cerca </li></ul><ul><li>de 600 milhões de </li></ul><ul><li>Pessoas, e </li></ul><ul><li>BELEZAS </li></ul><ul><li>NATURAIS </li></ul><ul><li>INCOMPARÁVEIS! </li></ul>
  3. 3. <ul><li>… MAS, continua sendo uma das regiões mais desiguais do Planeta. </li></ul><ul><li>Aproximadamente 1/3 da população vive abaixo da linha de pobreza, em situação de extrema penúria . Cerca de 180 milhões de pessoas (BID, 2010). </li></ul><ul><li>A maioria absoluta dos países possui </li></ul><ul><li>vulnerabilidade e dependência econômica externa; </li></ul><ul><li>Base da Economia Extrativismo e Agropecuária : </li></ul><ul><li> </li></ul><ul><li>exportação de commodities. </li></ul><ul><li>Produtos e serviços são pouco competitivos; </li></ul><ul><li>FALTA INVESTIMENTO EM ÁREAS ESTRATÉGICAS como: tecnologia, infraestrutura e educação. “ Estes gargalos devem ser enfrentados pelos países visando impulsionar o desenvolvimento </li></ul><ul><li>da região” (Presidente BID, Luis Moreno, 2011). </li></ul>
  4. 4. ALTERNATIVAS?!!! Educação,
  5. 5. ALTERNATIVAS?!!! Educação, Educação
  6. 6. ALTERNATIVAS?!!! Educação, Educação, Educação...
  7. 7. <ul><li>Neste contexto, </li></ul><ul><li>a Universidade latino-americana tem compromissos fundamentais, e não pode fugir deles! </li></ul><ul><li>Conhecemos umas poucas Universidades que vêm ASSUMINDO UM PAPEL SOCIAL IMPORTANTÍSSIMO no desenvolvimento socioeconômico da Região. </li></ul><ul><li>ENTRETANTO, </li></ul><ul><li>A MAIORIA se encontra na ZONA DE CONFORTO , </li></ul><ul><li>praticando a REPRODUÇÃO DO CONHECIMENTO ; </li></ul><ul><li>Essas precisam: </li></ul><ul><li>sair do COMODISMO , assumir uma postura de instituição SOCIALMENTE COMPROMETIDA. </li></ul><ul><li>REAVIVAR seus PILARES E MOMENTOS! </li></ul>
  8. 8. ENSINO PILARES e Momentos da Universidade
  9. 9. ENSINO PESQUISA PILARES e Momentos da Universidade
  10. 10. ENSINO PESQUISA EXTENSÃO PILARES e Momentos da Universidade
  11. 11. ENSINO PESQUISA EXTENSÃO ADMINIS-TRAÇÃO PILARES e Momentos da Universidade
  12. 12. ENSINO PESQUISA EXTENSÃO ADMINIS-TRAÇÃO
  13. 13. <ul><ul><li>A UNIVERSIDADE </li></ul></ul><ul><ul><li>PRECISA REVER SEUS PRINCÍPIOS FINALIDADES : </li></ul></ul><ul><ul><li>O ensino e a pesquisa não podem ser mais continuar sendo vistos como atividades-fins, são meios para alcançar sua principal atividades que </li></ul></ul><ul><ul><li>deve ser a </li></ul></ul><ul><ul><li>formação do cidadão. </li></ul></ul>
  14. 14. <ul><ul><li>Portanto, a UNIVERSIDADE </li></ul></ul><ul><ul><li>Necessita </li></ul></ul><ul><ul><li>ENFRENTAR seus </li></ul></ul><ul><ul><li>DESAFIOS! </li></ul></ul>
  15. 15. <ul><ul><li>DESAFIO 1: </li></ul></ul><ul><ul><li>Interação com a </li></ul></ul><ul><ul><li>Sociedade </li></ul></ul>
  16. 16.
  17. 17. UNIVERSIDADE UNIVERSIDADE e suas RELAÇÕES com a SOCIEDADE
  18. 18. UNIVERSIDADE Comunidade interna UNIVERSIDADE e suas RELAÇÕES com a SOCIEDADE Unidades Acadêmcias
  19. 19. UNIVERSIDADE Comunidade interna UNIVERSIDADE e suas RELAÇÕES com a SOCIEDADE SEGMENTO EMPRESARIAL Organismos internacionais de foment à P&D Unidades Acadêmcias
  20. 20. UNIVERSIDADE Comunidade interna UNIVERSIDADE e suas RELAÇÕES com a SOCIEDADE SEGMENTO EMPRESARIAL GOVERNO Federal, Estadual, Municipal FUNDAÇÕES DE AMPARO A PESQUISA UNIVERSITÁRIA Organismos internacionais de foment à P&D Unidades Acadêmcias
  21. 21. UNIVERSIDADE Comunidade interna UNIVERSIDADE e suas RELAÇÕES com a SOCIEDADE SEGMENTO EMPRESARIAL Relações Internacionais GOVERNO Federal, Estadual, Municipal FUNDAÇÕES DE AMPARO A PESQUISA UNIVERSITÁRIA UNIVERSIDADE E CENTROS DE PESQUISA Organismos internacionais de foment à P&D Unidades Acadêmcias
  22. 22. <ul><ul><li>DESAFIO 2: </li></ul></ul><ul><ul><li>Ciência e Desenvolvimento Sustentável </li></ul></ul>
  23. 23. <ul><li>A pesquisa e a pós-graduação na América Latina encontram-se entre seus principais desafios . </li></ul><ul><li>Os investimentos brutos em pesquisa e desenvolvimento na América Latina e no Caribe só alcançaram 0,67% do PIB da região; </li></ul><ul><li>90% do aporte destinado a P&D na região se concentra em quatro países – Brasil, Argentina, Chile e México (Relatório da UNESCO, 2010 – dados 2007). </li></ul><ul><li>Cerca de 80% das atividades de pesquisa e desenvolvimento na AL são feitas por universidades, especialmente as públicas; </li></ul><ul><li>Neste quesito a AL encontra-se distante em relação a outros países, especialmente no que se refere ao </li></ul><ul><li>desenvolvimento de tecnologia de ponta. </li></ul>
  24. 24.
  25. 25. <ul><li>Gestão da CIÊNCIA e do DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL </li></ul><ul><li>A Universidade precisa Transferir Conhecimentos e Tecnologias </li></ul><ul><li>resultantes de suas pesquisas; </li></ul><ul><li>Fortalecer o </li></ul><ul><li>TRIPé da COOPERAÇÃO : </li></ul><ul><li>Universidade – Governo – Empresa; </li></ul><ul><li>Assessorar micro e pequenos </li></ul><ul><li>empresários - maioria absoluta </li></ul><ul><li>dos empresários latino-americanos. </li></ul>
  26. 26. <ul><li>Gestão da CIÊNCIA e do DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL </li></ul><ul><li>AÇÃO: </li></ul><ul><li>Transferir Conhecimentos para melhorar a qualidade de vida. </li></ul><ul><li>Participar em projetos de desenvolvimento do país: biotecnologia, Aeronáutica, nanotecnologia, recursos hídricos e minerais... </li></ul><ul><li>Inserir-se nos principais </li></ul><ul><li>eixos temáticos: saúde, violência, educação, habitação... </li></ul>É preciso suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. Mauro Nunes
  27. 27. <ul><ul><li>DESAFIO 3: </li></ul></ul><ul><ul><li>Abertura </li></ul></ul><ul><ul><li>E Internacionalização </li></ul></ul>
  28. 28. <ul><ul><li>Preparar-se para a Internacionalização </li></ul></ul><ul><ul><li>A Universidade latino-americana precisa preparar-se para difundir sua marca em NÍVEIS GLOBAIS – e, principalmente, entre os PAÍSES VIZINHOS; </li></ul></ul><ul><ul><li>Incrementar a Cooperação Científica com as principais universidades do mundo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Promover a Mobilidade Bilateral : Docente e Discente – graduação e Pós-Graduação; </li></ul></ul><ul><ul><li>.Aumentar o número de Pesquisadores Estrangeiros ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Conhecer NOVOS SISTEMAS DE GESTÃO para o E. P. E. </li></ul></ul>
  29. 29. DESAFIO 4: Gestão da Mudança e da Cultura Empreendedora
  30. 30. Não há como iniciar qualquer processo sem que haja uma efetiva preparação das PESSOAS para a MUDANÇA. A Gestão da Mudança deve ser incentivada não apenas porque é um modismo... ...mas, principalmente, pela possibilidade de rever os PRÉ “CONCEITOS” que os tomadores de decisão carregam em suas cabeças.
  31. 31. <ul><li>A UNIVERSIDADE que temos e vivemos é como um cérebro distoante , em suas COMPLEXIDADES : está enferma ! </li></ul><ul><li>As unidades acadêmicas , os departamentos, cursos, os núcleos de pesquisas não se comunicam entre si . </li></ul><ul><li>Reproduzem a Universidade tradicional em seu isolamento no ambiente social. </li></ul><ul><li>Na ERA do CONHECIMENTO, Compartilhar informações e experiências, é fundamental para se criar uma cultura de integração. </li></ul>
  32. 32. A UNIVERSIDADE é uma instituição social constituída de Unidades Autônomas, mas NÃO pode ser administrada como se fosse uma empresa, uma casa , ou, pior ainda, como um feudo...
  33. 33. <ul><li>Prioridades: </li></ul><ul><li>Profissionalizar a Gestão : </li></ul><ul><ul><li>Investir na formação de Dirigentes com foco </li></ul></ul><ul><ul><li>na Área de Gestão Universitária : </li></ul></ul><ul><ul><li>Planejar </li></ul></ul><ul><ul><li>Promover a informatização da dministração : </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>(Universidade sem papel) </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>Investir na carreira e na Formação de Técnicos e Administrativos em todos os níveis. </li></ul></ul><ul><ul><li>CONHECER AS COMPETÊNCIAS DOS COLABORADORES! </li></ul></ul>
  34. 34. FINALMENTE, A UNIVERSIDADE PRECISA: Formar DIRIGENTES ÉTICOS E RESPONSÁVEIS... CIDADÃOS que estejam cada vez mais COMPROMETIDOS E CONSCIENTES DAS FUNÇÕES SOCIAIS DA UNIVERSIDADE... SOBRETUDO, QUE ESTEJAM COMPROMETIDOS COM A CONSTRUÇÃO DE UM MUNDO MELHOR!
  35. 35. Obrigado! [email_address]

×