Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Palestra Espírita - Parábola do festim de bodas

5,508 views

Published on

Palestra Espírita - Parábola do festim de bodas
Baseado no Evangelho Segundo o Espiritismo (Allan Kardec). Cap. XVIII - Item 1 e 2

Published in: Spiritual

Palestra Espírita - Parábola do festim de bodas

  1. 1. Parábola FESTIM DE BODAS(E.S.E. – Cap. XVIII – Muitos os chamados, poucos os escolhidos. Item 1 e 2)
  2. 2. Qual foi o papel de Jesus na Terra?
  3. 3. Jesus: Diretor do orbe terreno.
  4. 4. Amar a Deus sob de todas as coisas e ao próximo com a si mesmo.
  5. 5. O que vem a ser uma parábola?Do grego parabole, significa narrativa curta. Sua característica é serprotagonizada por seres humanos e possuir sempre uma razão moralque pode ser tanto implícita como explícita. Ao longo dos tempos vemsendo utilizada para ilustrar lições de ética por vias simbólicas ouindiretas.Sinteticamente: narração figurativa na qual, por meio de comparação, oconjunto dos elementos evoca outras realidades, tantofantásticas, quando reais que contém algum preceito moral.Fonte: Wikipedia (Enciclopédia Virtual Colaborativa)
  6. 6. POR QUE JESUS UTILIZAVA-SE DE PARÁBOLAS AO INVÉS DE FALAR AO POVO DE MANEIRA DIRETA?
  7. 7. PARÁBOLA DO FESTIM DE BODAS (Mateus, Cap. XXII; 1-14)
  8. 8. O papel de cada um na parábola:REI: DEUSO FILHO: JESUSAS BODAS DO FILHO: CHEGADA DO EVANGELHO À TERRA
  9. 9. O papel de cada um na parábola:BANQUETE NUPCIAL: COMUNHÃO ENTRE OSDOIS PLANOS DA VIDA.O REINO DOS CÉUS: VIDA CELESTIAL.SERVOS: PROFETAS, APÓSTOLOS, MISSIONÁRIOS.O JANTAR E AS IGUARIAS: OS ENSINOS ESPIRITUAIS QUEFORTALECEM O ESPÍRITO.
  10. 10. O papel de cada um na parábola:OS PRIMEIROS CONVIDADOS: HEBREUS (CONHECIMENTOMONOTEÍSTA – “EXCLARECIDOS”)ÚLTIMOS CONVIDADOS: POVOS PAGÃOS E IDÓLATRAS.TÚNICA NUPCIAL: A PUREZA DE CORAÇÃO E O CUMPRIMENTODA LEI SEGUNDO O ESPÍRITO.
  11. 11. Compreendendo passo-a-passo”O Reino dos Céus se assemelha a um rei que, querendofestejar as bodas de seu filho, despachou seus servos achamar os que tinham sido convidados; estes, porém,recusaram ir. (...)”
  12. 12. Compreendendo passo-a-passo” O rei despachou outros servos com ordem de dizer da suaparte aos convidados:- Preparei o meu jantar; mandei matar os meus bois etodos os meus cevados; tudo está pronto; vinde às bodas.Eles, porém, sem se incomodarem com isso, foram-se, umpara a sua casa de campo, outro para o seu negócio. (...)”
  13. 13. Compreendendo passo-a-passo” O outros pegaram os servos, os ultrajaram e depois osmataram (...)”
  14. 14. Compreendendo passo-a-passo” Sabendo disso, o rei se tomou de cólera e, mandandocontra eles seus exércitos, exterminou os assassinos e lhesqueimou a cidade. (...)”
  15. 15. Jesus sobre Jerusalém:“Jerusalém, Jerusalém! Que mataos profetas e apedrejas os que teforam enviados! Quantas vezesquis eu reunir os teus filhos,como a galinha ajunta os seuspintinhos debaixo das asas, e vósnão o quisestes! Eis que a vossacasa vos ficará deserta.” (Mateus, 23:37-38 e Lucas, 13:34-35)
  16. 16. Compreendendo passo-a-passo” Então, disse (o Rei) a seus servos:- O festim das bodas está inteiramente preparado; mas, osque para ele foram chamados não eram dignos dele.- Ide, pois, às encruzilhadas e chamai para as bodas todosquantos encontrardes.Os servos então saíram pelas ruas etrouxeram todos os que iam encontrando, bons e maus; asala das bodas se encheu de pessoas que se puseram àmesa (...)”
  17. 17. Compreendendo passo-a-passo” Entrou, em seguida, o rei para ver os que estavam àmesa, e, dando com um homem que não vestia a túnicanupcial, disse-lhe:- Meu amigo, como entraste aqui sem a túnicanupcial?(...)”
  18. 18. Compreendendo passo-a-passo”Então, disse o rei à sua gente:- Atai-lhe as mãos e os pés e lançai-o nas trevas exteriores:ali haverá choro e ranger de dentes, porque muitos sãochamados, mas poucos os escolhidos.”
  19. 19. Questão 262 a) – O Livro dos Espíritos Quando o Espírito goza do livre-arbítrio, a escolha da sua existência corporal dependerá sempre exclusivamente de sua vontade, ou essa existência lhepode ser imposta, como expiação, pela vontade de Deus?
  20. 20. ”ali haverá choro e ranger de dentes (...)”ENCARNAÇÕES EXPIATÓRIAS O Espírito passará pela DOR, necessária para a EXPIAÇÃO de seus erros.
  21. 21. Pergunta para reflexão: Em que classe deconvidado me encontro?
  22. 22. Referências bibliográficas: ÂNGELIS, J. Atitudes Renovadas. (Psicografia de Divaldo Franco). Cap. I KARDEC, A. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. XVIII KARDEC, A. O Livro dos Espíritos. Q. 262-a. SCHUTEL, C. Parábolas e Ensinos de Jesus. 11. ed. São Paulo: O Clarim, 1979.

×