Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Palestra Espírita - Sede perfeitos

10,494 views

Published on

(O Evangelho segundo o Espiritismo – Cap. XVII – Sede Perfeitos – Instruções dos Espíritos) - Allan Kardec

Published in: Spiritual

Palestra Espírita - Sede perfeitos

  1. 1. (E.S.E. – Cap. XVII – Sede Perfeitos – Instruções dos Espíritos) - Allan Kardec
  2. 2. O DEVER
  3. 3. DeverSegundo o dicionário, temos:(subst.) Conjunto das obrigações de alguém emabsoluto ou em determinada situação; as provas derespeito e afeição que há obrigação de lhe prestarou dar.
  4. 4. Qual o verdadeiro sentido do dever?Dever é a obrigação moral da criatura para comDeus, consigo mesma e com o próximo. O dever estápresente, tanto nos atos mais simples da vida, comonos mais elevados."O dever é a obrigação moral da criatura para consigo mesma, primeiro, e, em segundo, para com os outros.” (E.S.E – Cap. XVII – Item 7)
  5. 5. Por que é tão difícil para nós o cumprimento do dever?Porque, devido às nossas imperfeições, somosatraídos para os nossos interesses e desejos e nosesquecemos dos deveres."Na ordem dos sentimentos, o dever é muito difícilde cumprir-se, por se achar em antagonismo com asatrações do interesse e do coração.” (E.S.E – Cap. XVII – Item 7)
  6. 6. Onde começa e termina o dever?"O dever principia sempre, para cada um de vós, doponto em que ameaçais a felicidade ou atranqüilidade do vosso próximo; acaba no limite quenão desejais ninguém transponha com relação avós.”(E.S.E – Cap. XVII – Item 7)O direito de cada um terminaonde começa o do próximo.
  7. 7. “A igualdade em face da dor é umasublime providência de Deus, que querque todos os seus filhos, instruídos pelaexperiência comum, não pratiquem omal, alegando ignorância de seusefeitos.”(E.S.E – Cap. XVII – Item 7)
  8. 8. “O mal é de duração efêmera, resultado deum processo evolutivo, enquanto o bem éa fatalidade última, reservada a todos osindivíduos que se não poderão furtar dessedestino, mesmo quando o posterguem poralgum tempo, jamais conseguindodefinitivamente”(Amor, imbatível amor – Divaldo FrancoPelo espírito Joanna de Ângelis)
  9. 9. “O homem que cumpre o seu dever amaa Deus mais do que as criaturas e ama ascriaturas mais que a si mesmo. É a umtempo juiz e escravo em causa própria.”(E.S.E – Cap. XVII – Item 7)
  10. 10. Vamos refletir...O DEVER ESQUECIDO(Meimei – Antologia da criança – Chico Xavier)O DEVER DE SERVIR(Emmanuel – Encontro de paz – Chico Xavier)
  11. 11. A VIRTUDE
  12. 12. Virtude É o conjunto de todas asqualidades essenciais queconstituem ohomem de bem.
  13. 13. Qualidades do homem virtuoso: É possuidor do sentimento de caridade e deamor ao próximo; É bom, humano e benevolente para com todos; Deposita fé em Deus, na sua bondade, justiça esabedoria; Tem fé e esperança no futuro; Encontra satisfação nos benefícios que espalhae nos serviços que presta; Não alimenta ódio, nem rancor, nem desejo devingança.
  14. 14. EGOÍSMOFonte: Instinto de conservação; O orgulho; Exaltação da personalidade.
  15. 15. O orgulho e o egoísmoCausas: Crença na superioridade individual; Influência do pensamento na vida terrestre; Nada vê diante, depois nem acima dele.
  16. 16. O orgulho e o egoísmoMeios de destruí-los: Sacrificar um presente de fugas a um futurodurável (e não sacrificar tudo ao presente).
  17. 17. O orgulho e o egoísmoElemento moralizador: Fazer germinar a centelha divina da perfeição.
  18. 18. Jesus "Para o homem, Jesus constitui o tipo da perfeição moral que a humanidade pode aspirar na Terra.Deus no-lo oferece como o mais perfeito modelo (...)” (O Livro dos Espíritos - questão 625)
  19. 19. SUPERIORESE INFERIORES
  20. 20. As desigualdades das aptidões
  21. 21. As desigualdades dos gêneros
  22. 22. As desigualdades sociais
  23. 23. Vamos refletir...PARÁBOLA DO MAU RICO (E.S.E. – Cap. XVI – Item 5)
  24. 24. Em “O livro dos espíritos”, temos:815. Qual dessas duas provas é a mais perigosa para o homem,a da desgraça ou a da riqueza?- Tanto uma quanto a outra. A miséria provoca a lamentaçãocontra a Providência, a riqueza leva a todos os excessos.816. Se o rico sofre mais tentações, não dispõe também demais meios para fazer o bem?- É justamente o que nem sempre faz; torna-se egoísta,orgulhoso e insaciável; suas necessidades aumentam com afortuna e julga não ter o bastante para si mesmo.(O Livro dos Espíritos – Allan Kardec)
  25. 25. CUIDAR DO CORPO E DO ESPÍRITO
  26. 26. O HOMEMNO MUNDO
  27. 27. Podemos viver no mundo sem pertencer a ele?
  28. 28. Que Jesusnos abençoe!

×