Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
(E.S.E. Cap. XI – Instrução dos Espíritos)
“E o ponto delicado do sentimento é o
amor, não o amor no sentido vulgar do
termo, mas esse sol interior que condensa
e re...
Os Espíritos se despojam do egoísmo, assim como dos outros
vícios, depurando-se através de reencarnações sucessivas.
> O egoísmo é a verdadeira chaga da sociedade.
> Está no fundo de todos os vícios e daí deriva todo o mal.
> À medida que ...
Começando por dar o exemplo, como fez Jesus.
Tornando-nos, mais sensíveis às necessidades e
sofrimentos alheios. Compreendendo o efeito
danoso do egoísmo, iniciamos o ...
Colaborando para a melhoria da humanidade.
Praticando a caridade desinteressada, sem nos
importar com aqueles que nos tratam com
ingratidão.
Virtude que, com a
justiça, regula o procedimento
moral dos homens para com os
outros seres e, especialmente
para com os o...
É aquela na qual se tem a benevolência
para com todos, indulgência para as
imperfeições alheias e perdão das ofensas -
com...
Ser indulgente com os erros
dos outros;
Elevar o inferior aos seus próprios
olhos, diminuindo a distância
entre ambos;
Amar aos inimigos (perdoá-los)
e pagar-lhes o mal com o bem;
Não ostentar-se diante das
situações;
Ir ao encontro do necessitado
sem esperar que ele lhe
estenda a mão;
Em lugar de desprezar a ignorância
e o vício, instruí-os e moralizai-os;
A fé, ao ser movida pelo livre-arbítrio, tem o suporte
do sentimento e da razão, que lhe dão garantia de
obter o esperado,...
A fé nos conduz à caridade,
desenvolvendo em nós o espírito de solidariedade.
Constitui força motriz que impulsiona a cari...
Amar o próximo é receita infalível de
felicidade e condição para que nos
elevemos acima da matéria,
trilhando o caminho
pa...
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Palestra Espírita - Amar ao próximo como a si mesmo

6,220 views

Published on

Palestra espírita baseada no Capítulo 11 de "O Evangelho Segundo o Espiritismo" - Allan Kardec

Published in: Spiritual

Palestra Espírita - Amar ao próximo como a si mesmo

  1. 1. (E.S.E. Cap. XI – Instrução dos Espíritos)
  2. 2. “E o ponto delicado do sentimento é o amor, não o amor no sentido vulgar do termo, mas esse sol interior que condensa e reúne em seu ardente foco todas as aspirações e todas as revelações sobre- humanas.” (E.S.E. – Cap. XI – Item 1)
  3. 3. Os Espíritos se despojam do egoísmo, assim como dos outros vícios, depurando-se através de reencarnações sucessivas.
  4. 4. > O egoísmo é a verdadeira chaga da sociedade. > Está no fundo de todos os vícios e daí deriva todo o mal. > À medida que os homens se instruem acerca das coisas espirituais, menos valor dão às coisas materiais.
  5. 5. Começando por dar o exemplo, como fez Jesus.
  6. 6. Tornando-nos, mais sensíveis às necessidades e sofrimentos alheios. Compreendendo o efeito danoso do egoísmo, iniciamos o nosso processo de reforma íntima.
  7. 7. Colaborando para a melhoria da humanidade.
  8. 8. Praticando a caridade desinteressada, sem nos importar com aqueles que nos tratam com ingratidão.
  9. 9. Virtude que, com a justiça, regula o procedimento moral dos homens para com os outros seres e, especialmente para com os outros homens. Está mais ligada a uma ação concreta. Ela é presente, é prática.
  10. 10. É aquela na qual se tem a benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições alheias e perdão das ofensas - como entendia Jesus. É uma virtude por excelência, constituindo-se na mais alta expressão do sentimento humano, que se irradia em ações nobres em prol de todas da criaturas.
  11. 11. Ser indulgente com os erros dos outros;
  12. 12. Elevar o inferior aos seus próprios olhos, diminuindo a distância entre ambos;
  13. 13. Amar aos inimigos (perdoá-los) e pagar-lhes o mal com o bem;
  14. 14. Não ostentar-se diante das situações;
  15. 15. Ir ao encontro do necessitado sem esperar que ele lhe estenda a mão;
  16. 16. Em lugar de desprezar a ignorância e o vício, instruí-os e moralizai-os;
  17. 17. A fé, ao ser movida pelo livre-arbítrio, tem o suporte do sentimento e da razão, que lhe dão garantia de obter o esperado, desde que aja caritativamente. Neste sentido, Emmanuel nos diz: "A fé é guardar no coração a certeza iluminada de Deus, com todos os valores da razão tocados pelo perfume do sentimento".
  18. 18. A fé nos conduz à caridade, desenvolvendo em nós o espírito de solidariedade. Constitui força motriz que impulsiona a caridade. O espírito se engrandece e alcança a plenitude da felicidade
  19. 19. Amar o próximo é receita infalível de felicidade e condição para que nos elevemos acima da matéria, trilhando o caminho para Deus.

×