Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Teologia de números

2,177 views

Published on

  • Be the first to comment

Teologia de números

  1. 1. Teologia de Números Pr Jônatas Leal SALT-IAENE
  2. 2. Nome do livro • Bíblia Hebraica - ‫במדבר‬ • Septuaginta – avriqmo,i • Vulgata – Numeri
  3. 3. Ambiente • O deserto é o ambiente geográfico de Números.
  4. 4. Ambiente • Possibilidades ou problemas • Um lugar onde o povo ou aprofundará sua confiança no poder de seu Deus para suprir suas necessidades ou duvidará da habilidade ou capacidade divinas.
  5. 5. Estrutura literária • Falta de unidade –O consenso atual no mundo acadêmico • Números deixa a desejar na organização do material tornando-se enigmático e intrincado na apresentação do conteúdo. –Exemplo: • O cap. 15, um compêndio de leis miscelâneas, vem entre o relato dos espias (13-14) e o relato da rebelião de Corá (16).
  6. 6. • Levine (1976): “o menos coerente de todos os livros da Torah.” • R. C. Dentan’s (1962): “Visto que o livro não possui nenhuma unidade real ou que não foi composto de acordo com qualquer lógica ou plano determinado, qualquer esboço que possa ser imposto sobre ele tem de se reconhecer como grandemente subjetivo ou arbitrário.”
  7. 7. • Unidade temática – Brevard Childs: todo o material de Números- narrativa cúltica ou legal, e mesmo a informação estatística- gira em torno do tema abarcante da santidade.
  8. 8. • “A despeito de diversidade de assuntos e o do desenvolvimento literário complexo do livro de Números é possível discernir uma interpretação sacerdotal unificada da vontade de Deus para seu povo, a qual estabelece um agudo contraste entre o santo e o profano” Childs (1979).
  9. 9. Organização do material 1. Ciclos a partir da geografia e cronologia – 1:1–10:10—Preparativos para a partida do Sinai (1:1). – 10:11–20:21—Partida do Sinai e chegada em Cades (10:11). – 20:22–36:13—Jornada de Cades para Moabe (20:22).
  10. 10. Duração Referência Referência cruzada 20 dias 1:1-10:10 Num 1:1; 10:11 38 anos 10:11-20:21 Nm 33:38 6 meses 20:22-36:13 Nm 33:38: Dt 1:3
  11. 11. • Dennis Olson (1985, 1996, 1997) sugere uma divisão em duas seções, tendo em vista os dois censos (cap. 1e 26) • Assim, para ele, Números diz respeito à morte da velha geração (cap. 1–25) e o nascimento da nova (cap. 26–36). Deus tem de começar novamente.
  12. 12. • Fortes contrastes – Enfrentamento militar • Derrota 14:45 e fuga de enfrentamento (13:31- 32;20:21) • Vitória 26-36 – Situação do povo • Morte abundante (11:1,33:12:10;14:37;16:32,35,49;20:28;25:8,9) • Proteção e vida (26-36)
  13. 13. Temas Teológicos O tema abarcante do livro de Números é que Yahweh revela-se ao seu povo como o Deus fiel de Israel por meio da palavra e ato.
  14. 14. Que Deus existe e proativamente opera em e por meio das vidas de sua criação especial, a humanidade, é o tema fundamental do livro de Números.
  15. 15. Implicações teológicas (1) Presença—Deus existe e condescende em habitar com seu povo (9:15; 10:11,34; 11:1; 12:5). (2) Revelação—Deus se relaciona e se revela à humanidade (agentes revelatórios – Moisés, Miriã [12:4], Arão [12:4], um anjo mensageiro [22:22- 35], Balaão [22:1-9], jumenta [22:28-30]).
  16. 16. (3) Fidelidade (4) Santidade—Deus é santo e imutável, e demanda santidade de seus seguidores (5:1- 31). (5) Singularidade e exclusividade (23:19).
  17. 17. Temas antropológicos • População e demografia – A ordem divina à Adão: multiplicação e domínio – O uso repetido de censo totalizando 603,550 homens aptos para a guerra serve para magnificar o poder da promessa a fim de fazer de Abraão uma grande nação.
  18. 18. • Obediência ou desobediência – As rebeliões assumem a forma de murmuração e reclamação contra Deus, desafio à autoridade humana divinamente estabelecida, desprezo dos graciosos dons e quebra da Torah.
  19. 19. • Unidade e diversidade –Um relato discordante dos espias, a rebelião de Corá contra a autoridade de Moisés e a questão da fidelidade futura das tribos Transjordanianas são desafios a serem enfrentados.
  20. 20. • Liderança –Moisés and Arão funcionam também como líderes reais e sacerdotais provendo um modelo para as gerações vindouras, como na administração de Davi e Zadoque no décimo século.
  21. 21. • Tema da terra –O ponto de transição: promessas patriarcais – êxodo – entrada na terra –O deserto é a rota da promessa no caminho para a terra ou o deserto é o abandono insuportável a ser evitado pelo retorno à escravidão (Brueggemann).
  22. 22. O livro de Números no NT • 1Co 10:1-12 • 1Co 10:6 – tu,poj • 1Co 10:11 – tupikw/j (adv.)

×