Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

O ENSINO SUPERIOR NO DISTRITO DE SANTARÉM

3,034 views

Published on

XV - Congresso da Federação Distrital de Santarém
Moção Setorial

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

O ENSINO SUPERIOR NO DISTRITO DE SANTARÉM

  1. 1. O ENSINO SUPERIOR NO DISTRITO DE SANTARÉMA qualidade do Ensino Superior, tanto na sua vertente universitária, comopolitécnica, assumem-se claramente com um dos barómetros, no que concerne àevolução de qualquer sociedade, presente em qualquer país do Mundo.A formação, tem que ser cada vez mais, entendida, como a prioridade máxima eestruturante de qualquer governo, sendo por isso, a linha estratégica a seguir. Enela, o percurso a traçar!A consistente aposta nos jovens e na sua formação terá de se constituir sempre emum dos pilar fundamentais que alicerçam a visão de Governo, fazendo prosperar ofuturo. “Um país com mais conhecimento é um país mais competitivo, mais forte emais igualitário!”Tendo na sua génese a plena consciência desta realidade, e falando na lógicadistrital de Santarém, a JS Ribatejo, não pode, jamais em tempo algum, baixar osbraços e ser concomitante com outra realidade que não a que projectamos, paraque um melhor futuro, seja possível.Consideramos que os quatro pólos de Ensino Superior existentes no distrito, sãomais do que meros centros de formação entendidos por alguns, mas sim, difusorese promotores de conhecimento! São a FORÇA e a ENERGIA do distrito!Constituindo-se em pólos estratégicos de desenvolvimento técnico e científico,entendidos como o motor dinamizador que alavanca para um desenvolvimentosocioeconómico crucial, de toda a região.Assim, conscientes na magnitude da importância que estes pólos representam noseu âmbito de actuação e tendo por base o conhecimento da actual situação"instável" que o Ensino Superior atravessa, a JS Ribatejo, vem por este meiomanifestar a sua elevada preocupação com o futuro do Ensino Superior no Distrito.Convictos dos valores em que acreditamos, não conseguimos imaginar como seria onosso distrito sem estes pólos. Não conseguimos aceitar o retrocesso educativo queo seu fecho acarretaria. Não conseguimos calcular o brutal impacto económico queesta situação causaria nos quatro concelhos, onde estes se encontram. Nãoconseguimos imaginar o “vazio” de “gente jovem” provocado pela ausência destasinstituições que, provocaria o acelerar da desertificação e, consequentemente, oenvelhecimento da população.Não é este o futuro que concebemos, não é este o futuro que queremos! Mas sim, ode um distrito com ensino de qualidade, um distrito onde se aposta noconhecimento, um distrito “jovem”, um distrito com futuro e um distrito com alma!Convictos, que a Federação Distrital do Partido Socialista de Santarém, não se rege,nem se revê nesta “insanidade”, provocada pela cegueira deste actual Governo,que de forma incompreensível, convida os seus jovens a desistir e abandonar opaís, sufocando-os cada vez mais. Vimos assim afirmar que existe outro caminho!Para além deste que nos leva ao abismo e a crueldade social. 1
  2. 2. Sabemos que, devido aos cortes nos apoios de Acção Social Escolar temos diversosestudantes, que passam dificuldades para se manterem no Ensino Superior e que oEstado tem a obrigação de accionar os mecanismos que tem ao seu dispor, paragarantir que nenhum jovem abandone o Ensino Superior por falta de recursos.Neste sentido e como Socialistas orgulhosos que somos, consideramos inadmissívelque os jovens abandonem o ensino por carências económicas, pois esta é asubversão total daquilo que se espera do poder políticoEntendemos nós que o Partido Socialista tem de estar na vanguarda da luta poresta problemática, em linha de sintonia com os valores que defendemos. Assim aJS Ribatejo apresenta outra visão que pode não ser a “cura” milagrosa ou, atémesmo, a solução perfeita, mas é decerto a atitude que os jovens e a populaçãoesperam de nós.Nesta linha, consideramos os pontos de actuação estratégica a seguir:- Uma posição firme e concertada sobre a importância da manutenção dos quatropólos.- Agilizar a oferta lectiva do distrito para que os polos sejam pares entre si,ajustando-os à realidade distrital, trabalhando de forma solidária e sinérgica e nãoconcorrencial.- Organizar debates em todos os pólos, reflectindo em conjunto com os jovens assoluções e os problemas que assolam o ensino superior e os estudantes.- Promover a habitação jovem, construindo residências para estudantes nos centroshistóricos.- Premiando o mérito com bolsas aos alunos que, por dificuldades económicas, nãopossam ingressar no Ensino Superior.- Fomentar o empreendedorismo com concursos/projectos que tragamdesenvolvimento económico e social, que se traduzam em oferta de emprego.- Estimular a "cumplicidade" entre a indústria existente e os pólos, para que osjovens não fiquem apenas de "passagem" pelo distrito, mas que aqui possam ter oseu futuro, aqui possam constituir as suas famílias.Onde alguns vêm problemas, nós vemos soluções. Onde alguns pretendem portermo, nós vemos um caminho a seguir, futuro a trilhar, com convicção, comconsciência, com valores! um caminho de evolução, um caminho dedesenvolvimento sustentável.1º Subscritor: Hugo CostaVasco CasimiroNuno FerreiraMara Lagriminha CoelhoLuis PereiraDaniela GermanoRicardo AntunesBruno TomásFilipe HonórioHugo VieiraTiago Preguiça 2

×