Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Elenice Seixas Hanna
Erick Rôso Huber
 Uma criança capaz de ler uma história ou soletrar algumas
palavras.
 Um paciente que certa vez teve uma experiência rui...
 No dicionário: aquisição de conhecimento ou habilidade;
 Uso diferenciado em psicologia
 Aprendizagem é a aquisição de...
 Modificação no sistema nervoso produzida pela
experiência que implica em (produza) mudança
comportamental.
 Naturalment...
 Mudança no desempenho que resulta da experiência
◦ “Mudança” no desempenho e não “melhoria” no
desempenho.
 Fatores que...
 Maturação
◦ Aptidões ou comportamentos que dependem da natureza do organismo e
não de sua experiência.
 Em geral animai...
 Motivação
◦ A prática pode produzir mudanças na motivação e produzir
mudanças no desempenho. Porém, não são resultados d...
 Mudanças na situação de estímulos
◦ Avaliações em situações diferentes não permitem conclusão
sobre a aprendizagem porqu...
 Mudança comportamental relativamente
duradoura e devida a alguma experiência
ou treino anterior; qualquer mudança
perman...
 Aprendizagem é uma modificação sistemática do
comportamento, pelo exercício ou repetição, em função de
condições ambient...
 mudança relativamente permanente em potencialidade
comportamental que ocorre como um resultado de
prática reforçada.
Kim...
 mudança relativamente permanente em comportamento
ou potencialidade comportamental que resulta da
experiência e não pode...
mudança relativamente permanente em comportamento ou potencialidade
comportamental que resulta da experiência e não pode s...
Variável
Independente
(Experiência)
Variável
Dependente
(Mudança
Comportamental)
Variável
Interveniente
(Aprendizagem)
Var...
 Algumas vezes a mudança não é observada
imediatamente (jogador de futebol que aprende
assistindo o jogo) e portanto diz-...
 Quantidade de apresentações e espaço no tempo:
 sensibilização - processo pelo qual o organismo se torna mais responsiv...
 Quantidade de apresentações e espaço no tempo:
 Habituação: processo pelo qual o organismo se torna menos responsivo
ao...
 Medida de desempenho em dois momentos
 Certos eventos devem ter ocorrido entre os dois
momentos da observação
João não ...
 Considerar a maturação da criança
 Ajustar-se a condição física e ao
nível de habilidade que ela apresenta
como resulta...
 O que fazer com uma criança que
não consegue:
 Tocar um instrumento?
 Aprender a ler?
 Apresentar trabalhos para a tu...
 Em casos de não aprendizado, verificar
as condições e ajustá-las:
◦ Idade
◦ Características físicas (problemas de visão,...
Evento Sim / Não
Movimentar um braço descoordenadamente após
sofrer um derrame
Uma adolescente que parar de roer as unhas ...
Definição de aprendizagem
Definição de aprendizagem
Definição de aprendizagem
Definição de aprendizagem
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

2

Share

Download to read offline

Definição de aprendizagem

Download to read offline

Definição de aprendizagem

Definição de aprendizagem

  1. 1. Elenice Seixas Hanna Erick Rôso Huber
  2. 2.  Uma criança capaz de ler uma história ou soletrar algumas palavras.  Um paciente que certa vez teve uma experiência ruim no consultório de um dentista sente-se desconfortável na sala de espera.  Abrir uma lata de leite condensado  Um consumidor vê um anúncio de uma liquidação que ainda não começou e, alguns dias depois, volta à loja e aproveita os preços baixos.  Uma criança numa situação inventa uma mentira, em outra situação não. Ou ainda: uma criança mente sobre um fato enquanto outra prefere falar a verdade.  Como essas pessoas aprenderam?
  3. 3.  No dicionário: aquisição de conhecimento ou habilidade;  Uso diferenciado em psicologia  Aprendizagem é a aquisição de habilidade ou conhecimento?  Não.  Falar em aquisição de conhecimento ou habilidade não diz nada sobre como se adquire e como se sabe que foi adquirido.  Leva ao conceito errôneo de que se refere a “alguma coisa que se consegue”.  Não é a habilidade, nem o conhecimento, é a mudança entre não apresentar em um momento e apresentar em outro.  Estudar a aprendizagem é estudar como o comportamento pode ser modificado.  É uma mudança, um processo.
  4. 4.  Modificação no sistema nervoso produzida pela experiência que implica em (produza) mudança comportamental.  Naturalmente a aprendizagem tem uma base fisiológica (e a idéia de saber quais mudanças neurológicas acompanham a aprendizagem é fascinante).  Foco: propriedades comportamentais em vez de bases fisiológicas.
  5. 5.  Mudança no desempenho que resulta da experiência ◦ “Mudança” no desempenho e não “melhoria” no desempenho.  Fatores que produzem mudança comportamental, mas não aprendizagem: ◦ Maturação ◦ Fadiga ◦ Motivação ◦ Mudanças na situação de estímulos Walker, 1974.
  6. 6.  Maturação ◦ Aptidões ou comportamentos que dependem da natureza do organismo e não de sua experiência.  Em geral animais nascem com os olhos fechados e depois eles se abrem. Isso independe de experiência, resulta apenas da maturação.  Pessoas com LER: abrir uma lata de leite condensado? ◦ Difícil distinguir, em alguns casos, entre maturação e aprendizagem.  Fadiga ◦ Produz mudança no desempenho que resulta da experiência, mas não é possível considerar como aprendida. ◦ Ex.: um corredor cansado que após um período de repouso volta a ter a rapidez anterior. Walker, 1974.
  7. 7.  Motivação ◦ A prática pode produzir mudanças na motivação e produzir mudanças no desempenho. Porém, não são resultados de aprendizagem. ◦ Um rato privado de comida irá buscar por comida em um labirinto. Seu tempo e a quantidade de erros provavelmente diminuirão com a prática. Após saciar-se irá, provavelmente, dormir. ◦ “Após saciar-se irá, provavelmente, dormir.” ◦ Essa mudança foi resultado de aprendizagem ou de motivação? Walker, 1974.
  8. 8.  Mudanças na situação de estímulos ◦ Avaliações em situações diferentes não permitem conclusão sobre a aprendizagem porque mudanças podem ocorrer em função da situação diferenciada.  A aprendizagem é uma mudança no desempenho que resulta da experiência e que não pode ser atribuída à maturação, à fadiga, à motivação, à mudanças na situação de estímulos nem a outros fatores – diferentes da aprendizagem – que possam ser identificados. Walker, 1974.
  9. 9.  Mudança comportamental relativamente duradoura e devida a alguma experiência ou treino anterior; qualquer mudança permanente no comportamento e que resulta de experiência ou prática. Morgan, 1977.
  10. 10.  Aprendizagem é uma modificação sistemática do comportamento, pelo exercício ou repetição, em função de condições ambientais e condições orgânicas. É a relação entre variáveis dependentes (modificação do comportamento) e variáveis independentes (ambientais- orgânicas). Campos, 1971.
  11. 11.  mudança relativamente permanente em potencialidade comportamental que ocorre como um resultado de prática reforçada. Kimble, 1961.
  12. 12.  mudança relativamente permanente em comportamento ou potencialidade comportamental que resulta da experiência e não pode ser atribuída a estados corporais temporários tais como induzidos por doenças, fadiga ou drogas. Hergenhahn & Olson, 1993.
  13. 13. mudança relativamente permanente em comportamento ou potencialidade comportamental que resulta da experiência e não pode ser atribuída a estados corporais temporários tais como induzidos por doenças, fadiga ou drogas. Hergenhahn & Olson, 1993.
  14. 14. Variável Independente (Experiência) Variável Dependente (Mudança Comportamental) Variável Interveniente (Aprendizagem) Variável Independente (Experiência) Variável Dependente (Mudança Comportamento e no Sistema Nervoso)
  15. 15.  Algumas vezes a mudança não é observada imediatamente (jogador de futebol que aprende assistindo o jogo) e portanto diz-se que o potencial comportamental mudou.  Ex.: alunos em sala de aula.
  16. 16.  Quantidade de apresentações e espaço no tempo:  sensibilização - processo pelo qual o organismo se torna mais responsivo a aspectos do ambiente. ◦ Após levar um choque ou passar por uma experiência difícil/deprimente pode produzir respostas a estímulos que anteriormente eram neutros; ◦ Uma aula em que o professor repete “né” no final de cada frase. ◦ Goteira na hora de dormir. ◦ Após ver um filme ficar “chorão” com outros estímulos. ◦ Tatuagem (?)  habituação: (continua)
  17. 17.  Quantidade de apresentações e espaço no tempo:  Habituação: processo pelo qual o organismo se torna menos responsivo aos aspectos do ambiente, por exemplo estímulos novos prontamente produzem alguma resposta, mas sua continuidade pode produzir habituação (ruídos constantes) ◦ Susto com um relâmpago ◦ Cortar várias cebolas em um curto período de tempo (diminui a quantidade de lágrimas) ◦ Estar em um lugar barulhento e após algumas horas ter a impressão de que o barulho diminuiu.
  18. 18.  Medida de desempenho em dois momentos  Certos eventos devem ter ocorrido entre os dois momentos da observação João não conseque ler a palavra “chave” João consegue ler a palavra “chave” Treino planejado envolvendo palavras com “CH”; acompanhamento específico
  19. 19.  Considerar a maturação da criança  Ajustar-se a condição física e ao nível de habilidade que ela apresenta como resultado de aprendizagem prévia (testes em escolas de idiomas).  As condições de ensino são cruciais para verificar aprendizagem  Não aprender: o indivíduo pode ter dificuldade de aprendizagem sob X circunstâncias em que outras pessoas conseguem demonstrar aprendizado
  20. 20.  O que fazer com uma criança que não consegue:  Tocar um instrumento?  Aprender a ler?  Apresentar trabalhos para a turma?  Ou adultos que não conseguem:  Dirigir?  Fazer amizades?  Utilizar um computador?
  21. 21.  Em casos de não aprendizado, verificar as condições e ajustá-las: ◦ Idade ◦ Características físicas (problemas de visão, audição, etc) ◦ Nível de habilidade ◦ Repertório anterior (aprendizagens anteriores)  Nem sempre é fácil identificar em que condições um comportamento pode aparecer ou não.  Autismo  Dificuldade de aprendizagem  TDAH
  22. 22. Evento Sim / Não Movimentar um braço descoordenadamente após sofrer um derrame Uma adolescente que parar de roer as unhas após receber críticas do namorado Uma criança que trocava o som de RR por L como dizer “calo” ao invés de “carro” e passa a pronunciar corretamente Um viciado em drogas fica com a fala diferente após sofrer lesões em áreas responsáveis pela fala Ficar com água na boca quando vê um embrulho da Kopenhagen NÃO SIM SIM NÃO ?
  • ElianaPaz6

    Feb. 20, 2020
  • AlanPantojaCardoso

    Nov. 6, 2017

Definição de aprendizagem

Views

Total views

1,628

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

1

Actions

Downloads

12

Shares

0

Comments

0

Likes

2

×