Basquete 1

16,674 views

Published on

Published in: Sports
0 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
16,674
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
102
Actions
Shares
0
Downloads
465
Comments
0
Likes
11
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Basquete 1

  1. 1. BASQUETE
  2. 2. <ul><li>PARTE 1 </li></ul>
  3. 3. <ul><li>INTRODUÇÃO </li></ul><ul><li>O basquetebol é um desporto coletivo inventado em 1891, pelo professor de Educação Física canadense James Naismith . O basquetebol como qualquer outro desporto que visa á competição entre praticantes necessita de ter regras específicas, para que haja FAIR-PLAY , isto é jogo limpo. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>HISTÓRIA DO BASQUETEBOL </li></ul><ul><li>O nome basquetebol, que em inglês é basketball significa &quot;bola no cesto&quot;. Este desporto surgiu, porque em Dezembro de 1891, o professor de educação física de Springfield College em Massachusetts, Estados Unidos, James Naismith, recebeu uma tarefa do diretor, que consistia em que o mesmo criasse um desporto que os alunos pudessem praticar em local fechado. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Assim, um dia, James Naismith, enquanto dava uma aula de educação física, olhou para um cesto de pêssegos, e teve a idéia de pendurar o mesmo a 3,05 metros do chão, e depois atirou uma bola de futebol para tentar encestar e assim nasceu o basquetebol, ainda sem nome concreto. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Os motivos que levaram a Naismith a criar este jogo foram : </li></ul><ul><li>- a necessidade de incentivar a prática da atividade física pelos alunos da ACM local, pois eles começavam a apresentar sinais de desinteresse devido à monotonia das aulas; </li></ul>
  7. 7. <ul><li>- a necessidade de criar uma atividade que pudesse ser realizada em local coberto, para fugir do inverno rigoroso daquela região americana. </li></ul><ul><li>-  a necessidade de uma atividade que pudesse ser praticada por um grande número de pessoas ao mesmo tempo. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>OBJETIVO </li></ul><ul><li>O objetivo de cada equipe é introduzir a bola no cesto do adversário e evitar que a outra equipe se apodere da bola ou marque pontos, respeitando as regras de jogo </li></ul>
  9. 9. <ul><li>QUADRA </li></ul>
  10. 10. <ul><li>TABELA </li></ul>
  11. 11. <ul><li>JOGADORES </li></ul><ul><li>O basquetebol é um jogo desportivo coletivo praticado por duas equipes compostas de cinco jogadores titulares e cinco reservas. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Armador: como característica física, é normalmente o mais rápido da equipe. Tecnicamente, deve passar e driblar muito bem. Atua em uma região bem longe da cesta. Deve ter boa visão de jogo, sabendo decidir com vantagem o momento exato de passar a um companheiro ou arremessar a bola. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Pivô: por jogar em uma região mais próxima da cesta, onde normalmente a defesa concentra grande força e atenção, o pivô deve ser alto e forte. Em termos técnicos, é uma posição que exige bom trabalho de pernas, arremessos precisos à curta distância e boa noção de posicionamento para o rebote. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Lateral ou ala: é de estatura media e rápido. A principal característica é um bom arremesso a meia distância. O lateral deve ter boa noção de rebote, pois normalmente tem a oportunidade de participar do mesmo, devido ao local da quadra que atua. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>POSIÇÃO DOS JOGADORES </li></ul>
  16. 16. <ul><li>INICIO DO JOGO </li></ul><ul><li>Bola ao alto </li></ul><ul><li>O jogo começa no circulo central quando, o árbitro, joga a bola ao alto fazendo a disputa de salto entre as equipes. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>- Os dois saltadores devem ter os pés dentro da metade do círculo que está mais próxima do cesto que defendem; </li></ul><ul><li>- A bola é lançada na vertical entre os dois saltadores e só pode ser tocada depois de atingir o seu ponto mais alto; </li></ul><ul><li>- Os outros jogadores devem permanecer do lado de fora do círculo, até que a bola seja tocada. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Como se pode jogar a boa: </li></ul><ul><li>A bola é jogada exclusivamente com as mãos, podendo ser passada ou driblada em qualquer direção, exceto do meio campo ofensivo para o meio campo defensivo. Não é permitido socar a bola. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>Na ação de drible não é permitido: </li></ul><ul><li>1. Bater a bola com as duas mãos simultaneamente. </li></ul><ul><li>2. Driblar, controlar a bola com as duas mãos e voltar a driblar. </li></ul><ul><li>3. Acompanhar a bola com a mão, no momento do drible (transporte). </li></ul>
  20. 20. <ul><li>FUNDAMENTOS </li></ul><ul><li>Os fundamentos representam as partes que compõem o jogo, são os gestos básicos que podem ser executados isoladamente ou combinados com outros fundamentos. Os fundamentos podem ser classificados de acordo com suas características de ataque ou de defesa. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>MANEJO DE CORPO </li></ul><ul><li>É a capacidade de movimentar-se e controlar seu próprio corpo, sendo muito importante para o aprendizado de todos os outros fundamentos. São corridas (para frente, para trás, laterais e com mudanças de direção), paradas bruscas, giros, fintas e saltos. </li></ul>
  22. 22. <ul><li>RECEPÇÃO – é o ato de receber a bola. </li></ul>
  23. 23. <ul><li>PASSE </li></ul><ul><li>O passe é o elemento técnico que traduz de forma mais objetiva a comunicação entre dois jogadores da mesma equipe. </li></ul><ul><li>Durante o jogo de basquetebol podem ser efetuados os seguintes passes: </li></ul>
  24. 24. <ul><li>Passe de peito: </li></ul><ul><li>É o passe normalmente mais utilizado em jogo. Este passe efetua-se fletindo os braços e depois esticando-os totalmente, fazendo a bola ir direcionada para o peito do colega. </li></ul>
  25. 25. <ul><li>Utiliza-se quando há espaço suficiente, e deve ser executado com rapidez para criar uma situação de vantagem. </li></ul>
  26. 26. <ul><li>Passe picado: </li></ul><ul><li>Este passe efetua-se fazendo com que a bola bata primeiro no chão e só depois vá para o colega. Utiliza-se quando o defensor fecha a linha de passe direto, impedindo a execução de passe de peito. </li></ul>
  27. 27. <ul><li>Passe de ombro: </li></ul><ul><li>É utilizado nas situações que solicitam um passe comprido. </li></ul><ul><li>A bola é segura com ambas as mãos, ao lado e por cima do ombro. </li></ul>
  28. 28. <ul><li>Passe por cima: </li></ul><ul><li>É usado quando existe um adversário entre dois jogadores da mesma equipe. Deve-se: </li></ul><ul><li>- Elevar os braços acima da cabeça; </li></ul><ul><li>- Avançar um dos apoios; </li></ul><ul><li>- Executar o passe com o movimento dos pulsos e dos dedos. </li></ul>
  29. 29. <ul><li>DRIBLE </li></ul><ul><li>O drible é o gesto técnico que permite ao jogador de basquetebol, deslocar-se com a bola pelo terreno de jogo. Existem dois tipos de drible:  </li></ul>
  30. 30. <ul><li>Drible de proteção: </li></ul><ul><li>O drible de proteção tem como objetivo garantir a posse de bola e o domínio do drible, utiliza-se para proteger a bola do adversário. </li></ul>
  31. 31. <ul><li>Drible de Progressão: </li></ul><ul><li>O drible de progressão tem como objetivo garantir a posse de bola, procurando chegar o mais rápido possível ao cesto adversário; utiliza-se para progredir no terreno de jogo, geralmente quando não existe oposição. </li></ul>
  32. 32. <ul><li>ARREMESSO </li></ul><ul><li>O arremesso ou lançamento é o elemento técnico mais importante do basquetebol, pois é em função dele que atingimos o objetivo de jogo, isto é, a “cesta”. O lançamento ao cesto é assim a finalidade última de todas as ações individuais e coletivas.  </li></ul>
  33. 33. <ul><li>BANDEJA </li></ul><ul><li>É um arremesso em movimento que pode ser feito com passe ou driblando. Em ambos, o jogador tem direito a dois tempos rítmicos, ou seja, ao receber a bola ou interromper o drible o jogador define o pé de apoio (1º tempo rítmico), tendo direito ao segundo tempo rítmico com mais um passo. No entanto, a bola deverá ser lançada à cesta antes que o jogador toque o solo. </li></ul>
  34. 35. <ul><li>Jump, com drible e parada - Driblando em direção à cesta, para-se numa posição de equilíbrio, flexiona-se as pernas, salta-se elevando a bola acima e à frente da cabeça com ambas as mãos, e executa-se o arremesso apenas com uma das mãos. </li></ul>
  35. 36. <ul><li>Gancho - O jogador de posse da bola dribla em direção à cesta mantendo seu corpo entre a bola e o adversário. Para, olha para a cesta, salta girando o corpo no ar com o lançamento da bola em movimento circundante do braço, caindo de frente para a cesta. </li></ul>
  36. 37. <ul><li>Com uma das mãos - Partindo da posição fundamental, com o peso do corpo na perna da frente, bola na altura do peito, o jogador flexionará as pernas simultaneamente à elevação da bola acima da cabeça. O arremesso termina com a extensão completa do braço, pulso flexionado e com o último contato da bola através das pontas dos três dedos médios da mão. </li></ul>
  37. 39. <ul><li>REBOTE </li></ul><ul><li>Em um jogo de basquetebol, toda vez que houver uma tentativa de arremesso os jogadores deverão se posicionar de tal forma que, se a cesta não for convertida, eles estarão em condições de conseguir a posse da bola. Portanto, o ato de recuperar a bola após um arremesso não convertido é denominado rebote. </li></ul>
  38. 40. <ul><li>O rebote pode ser classificado como: rebote de defesa ou defensivo e rebote de ataque ou ofensivo. </li></ul><ul><li>PONTUAÇÃO </li></ul>
  39. 41. <ul><li>REGRAS BÁSICAS </li></ul><ul><li>- Duas equipes, com cinco pessoas cada, disputam a posse da bola para fazer pontos na cesta do adversário. </li></ul><ul><li>- A equipe tem de impedir que o grupo oponente faça pontos. </li></ul><ul><li>- O time vencedor é o que fizer o maior número de pontos ao final do tempo de jogo. </li></ul><ul><li>- Cada partida é dividida em quatro tempos com 10 minutos cada. </li></ul>
  40. 42. <ul><li>- Cada time tem o limite de 24 segundos para arremessar a bola. Se estourar o tempo, a bola passa automaticamente para o time oponente. </li></ul><ul><li>- A bola é jogada com as mãos. Não é permitido correr com ela, dar pontapé ou socá-la. É uma violação parar ou bater deliberadamente a bola com qualquer parte da perna. </li></ul><ul><li>- Se tocar acidentalmente na bola com o pé ou com a perna não é considerado violação. </li></ul>
  41. 43. <ul><li>REGRAS DETERMINADAS POR TEMPO </li></ul><ul><li>3 segundos </li></ul><ul><li>Um jogador não pode ficar na área restritiva do adversário por mais que 3 segundos consecutivos enquanto sua equipe tem o controle de uma bola viva na quadra de ataque e o cronômetro de jogo está ligado. </li></ul>
  42. 44. <ul><li>5 segundos </li></ul><ul><li>Reposição de bola (lateral, lance livre e após uma cesta).Demorar mais que 5 segundos quando marcado para soltar a bola. </li></ul><ul><li>8 segundos </li></ul><ul><li>Tempo que uma equipe tem para tirar a bola da sua zona de defesa. </li></ul>
  43. 45. <ul><li>24 segundos </li></ul><ul><li>Sempre que um jogador ganhar o controle de uma bola viva em quadra, sua equipe deverá tentar um arremesso para a cesta dentro de 24 segundos. </li></ul><ul><li>FALTAS </li></ul><ul><li>- Dar três passos sem batê-la ou segurá-la por mais de 5 segundos é considerado falta, assim como tocar a bola com a perna ou impedir o movimento do adversário. </li></ul>
  44. 46. <ul><li>- Não é permitido ao time que ataca retornar à sua metade da quadra após pisar no terreno do adversário. </li></ul><ul><li>- Após quatro faltas coletivas acumuladas por uma equipe (em cada período) o adversário tem direito a um arremesso livre a cada nova infração. </li></ul><ul><li>- Quando um jogador faz cinco faltas , é desclassificado, mas pode ser substituído. </li></ul>
  45. 47. <ul><li>- Qualquer contato físico que influencie na jogada, sendo de ataque ou defesa, é falta. </li></ul><ul><li>- Braços para os lados é falta! </li></ul><ul><li>- Um jogador também não pode empurrar, abraçar, cotovelar, segurar ou soquear o adversário. </li></ul>
  46. 48. <ul><li>COBRANÇA DE FALTA </li></ul><ul><li>Para todos estes tipos de faltas existe uma penalidade. Em caso de uma falta convencional, ou seja, um simples contato físico durante o jogo; o arbitro sinaliza a falta, o cronômetro é interrompido e é dada uma reposição de bola de fora da quadra. </li></ul>
  47. 49. <ul><li>Simplificando: É dado um lateral ao time que sofreu a falta. Mas isso é apenas durante o jogo normal, durante uma troca de passes, infiltração ou um movimento qualquer. Agora, se a falta ocorrer durante um ato de arremesso, então é dada uma bonificação: Lances Livres. </li></ul>
  48. 50. <ul><li>Se o jogador tomar a falta durante o ato de arremesso e converter a cesta (a bola precisa ter saído das mãos do jogador antes do apito soar), então valem os pontos e é dado um (1) lance livre de bonificação; Se tomar a falta, mas não converter a cesta, é dado dois (2) lances livres; e se o arremesso for para três pontos e não convertidos é dado três (3) lances livres. </li></ul>
  49. 53. <ul><li>EXISTEM 5 TIPOS DE FALTAS </li></ul><ul><li>Pessoal : contato ilegal fora do ato de arremesso ou no ato de arremesso. </li></ul><ul><li>Técnica : atitude anti-desportiva de um atleta em quadra ou de um atleta reserva. Antidesportiva : falta pessoal grave cometida por um jogador em quadra. Desqualificante : falta agressiva física ou moralmente. Dupla : quando dois adversários cometem a falta ao mesmo tempo. </li></ul>
  50. 54. REFERÊNCIAS <ul><li>www.pedagogiadobasquete.com.br </li></ul><ul><li>http://saibadetudoesporte.blogspot.com/2009/02/modulo-basquetebol.html </li></ul><ul><li>http://esportecastroalves.blogspot.com/2010_07_01_archive.html </li></ul>

×