Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Aula 06 8 Coan 2009 2

918 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Aula 06 8 Coan 2009 2

  1. 1. Aula 06 – Marketing Esp. | Cultural… 25/08/2009 8COAN Prof. Ney Queiroz de Azevedo www.midiaeconsumo.com.br Twitter.com/neyqueiroz Marketing Empresarial
  2. 2. <ul><li>Aula Data Tema (NOVAS DATAS A CONFIRMAR) </li></ul><ul><li>01 27/07 Apresentação - introdução </li></ul><ul><li>02 28/07 Marketing – Conceitos Básicos </li></ul><ul><li>03 17/08 Debate – Marketing serviços de contabilidade </li></ul><ul><li>04 18/08 Composto de Marketing – 4Ps </li></ul><ul><li>05 24/08 Marketing Esportivo </li></ul><ul><li>06 25/08 Marketing Cultural e Social </li></ul><ul><li>07 31/08 Marketing de Guerrilha </li></ul><ul><li>08 01/09 Marketing de Guerrilha 2 - cases </li></ul><ul><li>09 14/09 Marketing nas Mídias Sociais </li></ul><ul><li>10 15/09 Marketing Viral </li></ul><ul><li>11 21/09 Marketing Viral 2 - cases </li></ul><ul><li>12 22/09 Apresentação de trabalhos </li></ul><ul><li>13 28/09 Apresentação de trabalhos </li></ul><ul><li>14 29/09 Apresentação de trabalhos </li></ul><ul><li>15 - Apresentação de Trabalhos </li></ul><ul><li>- Revisão </li></ul><ul><li>- Prova 1o. Bimestre (7,0) </li></ul><ul><li>- Devolutiva – Correção da prova - Notas </li></ul>
  3. 3. Características <ul><li>Tipo de mkt promocional </li></ul><ul><li>Mídia alternativa, que atinge de forma rápida e direta o consumidor </li></ul><ul><li>Elemento de fixação e divulgação de marcas e conceitos </li></ul><ul><li>Menores riscos e custos e apresenta diferentes alternativas de investimentos </li></ul><ul><li>Elemento de reforço de imagem para seus investidores </li></ul>
  4. 4. Vantagens <ul><li>Segundo Darren Marshall(vice-presidente da SRI-Sponsorship research international) o retorno de uma marca ou produto envolvido em patrocínio de eventos esportivos é 4 vezes maior do que o de uma campanha publicitária </li></ul><ul><li>Possibilita um alto retorno publicitário para seus investidores </li></ul><ul><li>Fixação da marca, o que contribui para a melhoria da imagem da empresa e de sua marca junto aos clientes atuais e potenciais </li></ul>
  5. 5. Benefícios do Marketing Esportivo <ul><li>Aumento do reconhecimento público; </li></ul><ul><li>Rejuvenescimento da imagem da empresa; </li></ul><ul><li>Exposição constante da marca na imprensa e em todas as mídias; </li></ul><ul><li>Reforço da imagem corporativa; </li></ul><ul><li>Simpatia junto ao público e mídia; </li></ul><ul><li>Esporte é sinestésico tornando as mentes mais receptivas. </li></ul>
  6. 6. Como investir no Marketing Esportivo? <ul><li>Escolha um esporte ou atleta em evidência ou em franca ascensão </li></ul><ul><li>Faça um bom planejamento após tal escolha </li></ul><ul><li>Elabore promoções paralelas </li></ul><ul><li>Exponha sua marca de maneira bem visível </li></ul><ul><li>Crie brindes que identifiquem a marca e os produtos </li></ul><ul><li>Aproveite espaços alternativos para merchandising </li></ul><ul><li>Conte com uma Assessoria de Impresa e espaços reservados para entrevistas coletivas </li></ul><ul><li>Lembre-se de clipar o maior número de matérias possíveis </li></ul><ul><li>Aprenda a criar fatos sobre o que se está patrocinando </li></ul><ul><li>Associe alguns produtos ao esporte. </li></ul>
  7. 7. Retorno Publicitário <ul><li>Esporte é notícia; </li></ul><ul><li>Espaços valiosos na TV, rádio, jornais e revistas; </li></ul><ul><li>Efeito direto. </li></ul>
  8. 8. Retorno de Imagem <ul><li>Esporte = conceito e imagem de sucesso, emoção, vida, prazer, vitória e entretenimento; </li></ul><ul><li>Emoção transferida inconscientemente para o espectador; </li></ul><ul><li>Associação da marca e do produto com os ingredientes emocionais do esporte; </li></ul><ul><li>Efeito direto. </li></ul>
  9. 9. Retorno sobre Vendas <ul><li>Marca ou produto bem divulgado, imagem forte e positiva = aumento de faturamento; </li></ul><ul><li>Efeito indireto; </li></ul>
  10. 10. Caso Ronaldo no Corinthians <ul><li>Como o Corinthians conseguiu contratar o fenômeno? </li></ul><ul><li>Qual a participação de anunciantes? </li></ul><ul><li>Quais as vantagens para as partes envolvidas? (clube, atleta, anunciante…); </li></ul><ul><li>Onde o marketing está envolvido nesse caso? </li></ul>
  11. 11. Marketing Cultural <ul><li>O marketing cultural surgiu na época em que Otaviano era chefe de Estado do Império Romano e Caio Augusto, Imperador de Roma. Caio Mecenas era um tipo diplomata e grande articulador entre o estado e o mundo das artes, patrocinando vários artistas e escritores, surgindo assim o termo “mecenas”, que significa “grande protetor de letras, ciências e artes”. </li></ul>
  12. 12. O que é Marketing Cultural <ul><li>É toda ação de marketing que usa a cultura como veículo de comunicação para se difundir o nome, produto ou fixar imagem de uma empresa patrocinadora. Para se fazer marketing cultural não há fórmula fechada, pois há variáveis que, conforme combinadas, podem resultar numa excelente ação de marketing. </li></ul>
  13. 13. O que é Marketing Cultural <ul><li>O que manda é a criatividade para atingir o público alvo de forma a atender os objetivos de comunicação da empresa com os recursos disponíveis. </li></ul>
  14. 14. O que é Marketing Cultural <ul><li>Ao patrocinar um show, por exemplo, a empresa pode não só associar sua marca àquele tipo de música e público como pode também oferecer amostras de produto (promoção); distribuir ingressos para os seus funcionários (endomarketing); </li></ul>
  15. 15. O que é Marketing Cultural <ul><li>eleger um dia exclusivo para convidados especiais (marketing de relacionamento); enviar mala-direta aos consumidores/clientes informando que o show está acontecendo e é patrocinado pela empresa (marketing direto); </li></ul>
  16. 16. O que é Marketing Cultural <ul><li>mostrar o artista consumindo o produto durante o show (merchandising); levantar informações gerais sobre o consumidor por meio de pesquisas feitas no local (database marketing); fazer uma publicação sobre o evento (marketing editorial); </li></ul>
  17. 17. O que é Marketing Cultural <ul><li>realizar uma campanha específica destacando a importância do patrocínio (publicidade) e muitas outras ações paralelas que tem o poder de ampliar o raio de alcance da ação de marketing cultural. </li></ul>
  18. 18. Case: Skol Folia
  19. 19. Case: Skol Folia
  20. 20. Case: Skol Folia
  21. 21. Por que as empresas investem em Marketing Cultural <ul><li>Ele vem ganhando força no meio empresarial porque apresenta soluções relativamente baratas a três novas exigências do mercado: </li></ul>
  22. 22. Por que as empresas investem em Marketing Cultural <ul><li>1) necessidade de diferenciação das marcas; </li></ul><ul><li>2) diversificação do mix de comunicação das empresas para melhor atingir seu público; e </li></ul><ul><li>3) necessidade das empresas se posicionarem como socialmente responsáveis. </li></ul>
  23. 23. Por que as empresas investem em Marketing Cultural <ul><li>Ao patrocinar um projeto cultural a empresa se diferencia das demais a partir do momento em que toma para si determinados valores relativos àquele projeto (por exemplo tradição, modernidade, competência, criatividade, popularidade etc.). </li></ul>
  24. 24. Por que as empresas investem em Marketing Cultural <ul><li>Também amplia a forma como se comunica com seu público alvo e mostra para a sociedade que não está encastelada em torno da sua lucratividade e de seus negócios. </li></ul>
  25. 25. Como uma empresa pode fazer Marketing Cultural <ul><li>Importante é que a ação de marketing deve se encaixar perfeitamente ao perfil da empresa, ao público alvo e ao objetivo buscado. Sem equalizar esses três quesitos (público alvo, identidade, objetivos) fica difícil garantir a eficácia da ação. </li></ul>
  26. 26. Cases??
  27. 27. Mkt Cultural
  28. 28. Como uma empresa pode fazer Marketing Cultural <ul><li>Também é importante frisar que marketing cultural pode (e deve) vir associado a outras ações de marketing. </li></ul>
  29. 29. O que uma empresa ganha fazendo Marketing Cultural <ul><li>Inicialmente as empresas começaram a investir em marketing cultural porque, devido às leis de incentivo, financeiramente era um bom negócio. Depois, elas compreenderam que essas ações de marketing solidificavam a imagem institucional da empresa e davam visibilidade para a marca. </li></ul>
  30. 30. O que uma empresa ganha fazendo Marketing Cultural <ul><li>Desse modo, o investimento em cultura pode ser visto como uma oportunidade para as empresas participarem do processo de incremento e manutenção dos valores culturais da sociedade e, principalmente, a possibilidade de construir uma imagem forte e bem posicionada para o consumidor, garantindo a curto, médio e longo prazo sua perpetuação. </li></ul>
  31. 31. Por que o número de pessoas físicas que investe em cultura ainda é pequeno? <ul><li>Porque a maioria das pessoas desconhece os benefícios das leis de incentivo. No caso das leis Rouanet e Audiovisual, existe ainda um outro problema: quando alguém patrocina um projeto cultural, precisa adiantar o dinheiro para o produtor e só acerta as contas com o fisco no ano seguinte, após declarar seu Imposto de Renda. </li></ul>
  32. 32. Por que o número de pessoas físicas que investe em cultura ainda é pequeno? <ul><li>Acontece que, diferente das empresas, a maioria das pessoas não tem capital de giro e disponibilidade para esperar tanto tempo até terem seu dinheiro de volta. Outro fator é que não existe uma mentalidade nacional voltada para o patrocínio cultural. </li></ul><ul><li>Em países como os Estados Unidos, a maior parte do dinheiro que financia a cultura vem de pessoas físicas </li></ul>
  33. 33. Como funcionam as leis de incentivo? <ul><li>Cada lei tem um funcionamento específico. As leis federais oferecem isenção no Imposto de Renda das pessoas físicas ou jurídicas. Já as estaduais proporcionam isenção de ICMS e as municipais, de IPTU e ISS. Algumas optam por financiar a fundo perdido ou fazer empréstimos a projetos culturais regionais. </li></ul>
  34. 34. Na prática, como uma empresa patrocina um projeto cultural via lei de incentivo? <ul><li>Primeiro, o órgão do governo responsável pela aplicação da lei precisa aprovar o projeto apresentado para que ele se beneficie da lei de incentivo. Depois da aprovação, o produtor cultural (que pode ser o próprio artista) procura uma empresa que queira patrocinar o seu projeto. </li></ul>
  35. 35. Na prática, como uma empresa patrocina um projeto cultural via lei de incentivo? <ul><li>Fechado o patrocínio, a empresa fornece o dinheiro para a realização do projeto cultural. Esse dinheiro (ou parte dele) voltará para a empresa em forma de abatimento de imposto na hora do pagamento do tributo (Imposto de Renda, ICMS ou IPTU/ISS, dependendo da lei utilizada). </li></ul>
  36. 36. Como fazer para aprovar um projeto cultural? <ul><li>É preciso entrar em contato com o Ministério da Cultura ou com o órgão que regulamenta a lei (que pode ser estadual ou municipal) e ver quais são os parâmetros exigidos para a sua área especificamente (dança, teatro, música, audiovisual etc). </li></ul>

×