Informativo UBRABIO Novembro 2011

343 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
343
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Informativo UBRABIO Novembro 2011

  1. 1. www.ubrabio.com.br - @ubrabio 4ª edição - Novembro 2011 - Brasília-DF A ENTIDADE DA CADEIA PRODUTIVA DO BIODIESEL divulgaçãolanÇada Irineu Boff, vice-presidente financeiro da Ubrabio; Juan Diego Ferrés, presidente do Conselho Superior da Ubrabio; Deputado Jerônimo Goergen, presidente da Frente Parlamentar do Biodiesel; e o Senador Delcídio Amaral, vice-presidente da Frente Parlamentar do Biodiesel.frente parlaMentar do biodieselLançada em Brasília, no dia 19 de outubro, a Frente O Ministro interino da Agricultura, Pecuária eParlamentar do Biodiesel nasce para garantir que o Abastecimento (Mapa), José Carlos Vaz, comemorousetor continue em rota de crescimento. A adesão a iniciativa. Para ele, aproveitando toda a capacidadeexpressiva de 280 parlamentares aponta a importância produtiva e resolvendo as questões logísticas, o Paísde discutir um novo marco regulatório para o tem todas as condições de começar a exportar e trazersetor, onde as melhorias nas questões de logística e mais divisas. “Com o Biodiesel, o agronegóciotributação são os principais desafios. brasileiro só tem a ganhar. Temos tecnologia, inovação“O Biodiesel tem muitas externalidades positivas e a e o que precisa mesmo é só vencer algumas dificuldades, que serão possíveis com esse novo DESTAQUEFrente Parlamentar será importante nisso, ou seja,mostrar à sociedade o quanto este bicombustível é marco”, afirmou.sustentável”, afirma o Presidente da União Brasileira Para o vice-presidente da Ubrabio, Irineu Boff, essa Ubrabio pede ao Ministério dado Biodiesel (Ubrabio), Juan Diego Ferrés. Ele aponta representação política é importante para viabilizar agriCUltUra Maisa redução de emissão de gases poluentes e mecanismos que garantam um maior aproveitamento apoio ao pnpbcancerígenos e a inclusão social de agricultores da sociedade em relação ao Programa Nacional defamiliares como alguns dos principais benefíciosdo Produção e Uso do Biodiesel – PNPB. “Precisamos MMa reCebe pedidobiodiesel para o País. aumentar cada vez mais o valor agregado dos produtos de inClUsÃo do b20O deputado Jerônimo Goergen (PP/RS), presidente ligados à cadeia do Biodiesel para gerar ainda mais Metropolitano na renda e inclusão social.”, argumentou Boff. agenda ConaMada Frente, explica que uma das primeiras medidas édar celeridade ao Projeto de Lei 3.600/2004. O PL, “A iniciativa passa a funcionar como um elo entre Ubrabio fala deque prevê reduzir a zero as alíquotas do imposto produtores e governo para juntos buscar mecanismos perspeCtivas dosobre produtos industriais para óleos vegetais para consolidar o Biodiesel como matriz energética, biodiesel à eMbrapa agroenergiadestinados à adição de diesel, está parado na Comissão que garante inúmeros benefícios à populaçãode Finanças e Tributação. Goergen afirma que a brasileira”, enfatizou o Senador Delcídio Amaral entrevista: frenteprevisão é iniciar de imediato as discussões no (PT/MS), vice-presidente da Frente. Amaral acredita parlaMentarCongresso. “Com a força política que esse grupo tem que com mais força no Congresso Nacional as garante Maisacredito que aprovaremos com a maior brevidade questões legislativas e o diálogo entre setor produtivo representatividade do setor nopossível”, afirma. e governo terão um melhor andamento. parlaMento
  2. 2. www.ubrabio.com.br - @ubrabio 4ª edição - Novembro 2011 - Brasília-DF ENTREVISTA Juan Diego Ferrés Mais representatividade no parlaMento Para a União Brasileira do Biodiesel (Ubrabio), a Frente Parlamentar do Biodiesel é mais um canal de articulação importante para o setor e a vê com muito otimismo. O presidente do Conselho Superior da Ubrabio, Juan Diego Ferrés, fala de alguns pontos. 1 – Como o senhor avalia a criação dessa frente e criar condições para ampliar o consumo e a produção do parlamentar específica para cuidar de biodiesel e que já Biodiesel no País. começa com a participação de quase 300 parlamentares? 4 – Quais os principais pontos do marco regulatório? Eu considero um momento histórico. O programa de biodiesel Com a atuação do Congresso, a aprovação do marco vinha requerendo um maior engajamento do parlamento regulatório está mais próxima de tornar-se realidade. O brasileiro, que representa verdadeiramente a sociedade, para marco representa um planejamento social específico para o que as prioridades das políticas públicas relacionadas ao setor setor do biodiesel e promove a integração entre lideranças da do Biodiesel sejam ampliadas e assim, retornar os benefícios a esfera pública e a sociedade civil. Com ele, as ideias a longo sociedade em forma de renda, geração de emprego e sustentação de atividades agrícolas. prazo e as políticas voltadas para o setor ganham força e visibilidade e contribuem para o desenvolvimento de toda a 2 – Qual o maior benefício que a Frente Parlamentar cadeia produtiva. poderá trazer? 5- Qual será o papel da Ubrabio em contato a Frente Ela nasce importante principalmente pela proposta de Parlamentar? envolver os vários segmentos do setor ampliando a discussão do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel Eu vejo a Ubrabio como entidade representativa da cadeia (PNPB). Além disso, será um grande canal para demonstrar à produtiva, do setor privado, muito mais num papel de sociedade o quanto o Biodiesel contribui positivamente para o fornecedor, no sentido de fornecer esforço, criatividade, meio ambiente e para a saúde pública, já que reduz a poluição soluções, tecnologias, empenho e sinergias positivas, do que atmosférica. Tenho certeza de que a Frente dará o apoio como cliente, ou seja, como alguém que vai ter que se necessário para o avanço do PNPB. beneficiar. Claro que nós, como parte da sociedade brasileira, seremos beneficiados pela captação e retenção dos benefícios 3 – O que esperar dessa atuação no Congresso Nacional? que a aceleração do PNPB vai representar para todos os É preciso que se apresente de imediato a proposta de um cidadãos, mas nossa responsabilidade nesse momento é marco regulatório ou pelo menos que haja uma definição de estarmos conscientes de que temos muito mais que fornecer, uma agenda positiva por parte do governo para o incremento complementarmos o trabalho parlamentar para que o Brasil de um novo percentual de mistura. A Ubrabio inclusive vai possa continuar progredindo com esse programa fantástico encaminhar uma proposta no intuito de fortalecer o segmento que é o do biodiesel. Ubrabio qUer b20 Metropolitano na agenda ConaMa A Ubrabio apresentou ao Ministério do Meio Ambiente proposta de inclusão do B20 Metropolitano na Agenda do Conama, que prevê que o País chegue a S10 (10 partes por milhão de enxofre no diesel) até 2013. O documento foi entregue ao secretário- executivo, Francisco Gaetani, durante reunião no dia 17 de outubro. “A Agenda tem o objetivo de reduzir a poluição do enxofre e, por isso, fica clara a importância de incluir o biodiesel nesse esforço, pois a amplitude e os efeitos de combate às emissões poluidoras teriam uma ação efetiva com resultados significativos para o bem da saúde pública”, enfatizou o presidente da Ubrabio, Juan Diego Ferrés. Ele lembrou que a adição de 20% de biodiesel ao diesel fóssil é apropriada e oportuna ao processo de redução do enxofre emitido pelo diesel e de redução de outras emissões poluidoras que fazem mal à saúde, entre elas os aromáticos cancerígenos. Francisco Gaetani reconheceu os benefícios do Biodiesel para o meio ambiente, em especial no que diz respeito às medidas para conter as mudanças climáticas, diretamente ligadas ao aquecimento global. Gaetani afirmou que o tema é uma das prioridades do Ministério e se comprometeu a avançar nas discussões para incluir o biodiesel no Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores Executivos da Ubrabio em reunião com Francisco Gaetani, (Proconve). “Podem contar conosco, pois esses assuntos são totalmente convergentes secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente com as pautas do Ministério”, afirmou Gaetani.
  3. 3. www.ubrabio.com.br - @ubrabio 4ª edição - Novembro 2011 - Brasília-DF Ubrabio fala de Ubrabio apoia proMiCro, Mas defende perspeCtivas qUalidade do prodUto do biodiesel à eMbrapa primeira hora teve uma profunda agroenergia preocupação com a qualidade do produto. “Temos assistido a As perspectivas do biodiesel no Brasil discussões sobre qualidade e é foram o tema de explanação feita pela natural que isso ocorra. Nós da Ubrabio à pesquisadores da Embrapa Ubrabio temos a qualidade como Agroenergia. Os diretores superinten- um compromisso e, inclusive, dente, Donizete Tokarski, e executivo, temos nos reunido com a Agência Sergio Beltrão, abordaram questões Nacional de Petróleo, Gás Natural como aspectos da cadeia produtiva, e Biocombustíveis (ANP) para logística, investimentos, saúde pública discutir essa questão”, enfatizou. e a importância da soja na aceleração no crescimento do setor. O encontro Para o diretor de Abastecimento aconteceu no dia 25 de outubro, na do Sindicato Nacional das sede da Embrapa Agroenergia, em Empresas Distribuídoras deAutoridades discutem o Promicro em audiência pública no Senado Brasília. Combustíveis e de Lubrificantes Tramita no Senado Federal o Projeto de (Sindicom), Fábio Marcondes, a preocupação com “A Embrapa Agroenergia pode Lei que cria o Programa de Microdestilarias qualidade não só deve se restringir à produção, mas ao contribuir muito para a diversificação de Álcool e Biocombustíveis (Promicro), armazenamento e ao transporte. “A qualidade não está da cadeia de matérias-primas”, no qual se inclui o Biodiesel. Para intrínseca em apenas fazer um produto bom. Você tem lembrou Beltrão ao falar sobre aprimorar o projeto, foi realizada, no dia o transporte desse produto, que, se for mal armazenado questões relacionadas às oleagionosas 26/10, uma audiência pública com ou mal transportado, pode sofrer alterações durante para a produção do Biodiesel. Já presença do presidente-executivo da esse elo de distribuição e gerar danos”, alertou. Tokarski destacou aspectos União Brasileira do Biodiesel (Ubrabio), defendidos pela Associação, como a O autor da proposta, Senador Acir Gurgacz, diz que o Odacir Klein, que manifestou apoio ao fiscalização frequente e um maior foco do programa é gerar emprego e renda aos programa, mas defendeu a priorização da rigor na qualidade do Biodiesel junto pequenos produtores rurais permitindo que eles e suas qualidade do produto. à Agência Nacional do Petróleo, Gás cooperativas obtenham financiamento de bancos Natural e Biocombustíveis (ANP) e à Klein lembrou que setor de biodiesel conta estatais para instalar microdestilariasde biocombustíveis. força política do PNPB. há seis anos com uma legislação específica, “O objetivo é atender unidades com capacidade de permitindo assim ter um programa que produção de até 5 mil litros de álcool ou biocombustíveis Na oportunidade, o Diretor-Geral da garantiu a mistura obrigatória e desde a por dia”, reforçou. Embrapa Agroenergia, Manoel Teixeira Souza Jr., enfatizou que a Ubrabio contribui para aproximação no diálogo com a indústria do Biodiesel. “Nosso foco em pesquisa, Mapa finaliza agenda estratégiCa desenvolvimento e inovação pode colaborar para a solução de problemas da palMa de Óleo do setor. Podemos identificar os gargalos encontrados na cadeia do A Câmara Setorial da Palma de Óleo, por intermédio do grupo de Biodiesel e buscar soluções, mas o trabalho, realizou em outubro a segunda reunião que elabora a Agenda diálogo com a indústria é fundamental Estratégica da cadeia da palma para os próximos anos. O objetivo foi para este processo,” explicou Manoel. definir prioridades e atacar gargalos nos projetos pelos próximos anos. Entre os temas levantados pelos representantes do setor EXPEDIENTE produtivo estão regularização fundiária, agricultura familiar e crédito agrícola e, portanto, deverão fazer parte do documento. Presidente do Conselho Superior: Juan Diego Ferrés, Vice-Presidente Financeiro:Irineu Boff Os assuntos serão agora apresentados e aprovados pela plenária da Diretor-Superintendente: Donizete Tokarski, Presidente-Executivo: Odacir Klein Câmara Setorial da Palma. A elaboração da Agenda faz parte da Diretor-Executivo: Sergio Beltrão, Assessor-Executivo: Luís Carlos Calil metodologia das câmaras setoriais mantidas pelo Ministério da Ação Comunicação Social Coordenação: Juliana Neiva, Edição: Juliana Neiva Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Ela é uma das câmaras Texto: Valtemir Rodrigues e Maria Carolina Santana Projeto Gráfico e Diagramação: Estúdio R Editoração mais novas, criada no final do ano passado, e ainda não contava com Tiragem: 2.000 - novembro/2011 uma agenda formal. Fazem parte dela representantes do governo e-mail: comunicacao@ubrabio.com.br Tel.: (61) 2104-4411 federal e da cadeia produtiva da oleaginosa.
  4. 4. www.ubrabio.com.br - @ubrabio 4ª edição - Novembro 2011 - Brasília-DFUbrabio pede Mais apoio ao pnpb CaMera agroaliMentos adqUire Unidades da vangUarda agro A Camera Agricultura, Alimentos e Energia, de Santa Rosa (RS), comprou dois ativos da Vanguarda Agro no Rio Grande do Sul. Foramc ompradas a Fábrica de Óleos e Farelos São Luiz Gonzaga, com capacidade de processamento de soja de 900 toneladas por dia, e também a Usina de Biodiesel Rosário do Sul, capaz de produzir 360 metros cúbicos de biodiesel por dia. Com as aquisições a divisão industrial passa a contar com 7 unidades produtivas próprias: Fábrica de Alimentos Santa Rosa, Fábrica de Rações Santo Cristo, Usina de Presidente da Ubrabio, Juan Diego Ferrés, entrega ofício ao então ministro Interino de Agricultura, José carlos Vaz Biodiesel Ijuí, Engenho de Arroz São Borja, Fábrica de Óleos e Farelos Estrela.Lideranças de vários setores produtivos do Metropolitano) ganharemos muito em A capacidade de extração própria diáriaagronegócio nacional, parlamentares e sustentabilidade social”, argumentou. chega a 4,9 mil toneladas de soja (cerca demembros do governo estiveram reunidos José Carlos Vaz disse que a pauta recebida 80 mil sacos de 60 quilos), equivalente a 1,8com o ministro Interino da Agricultura, terá encaminhamento por conhecer a milhão de toneladas de soja por ano - 16%Pecuária e Abastecimento, José Carlos Vaz, importância do Biodiesel para o Brasil. da safra gaúcha. Esta robusta capacidade deem 18/10, para debater questões “Estamos trabalhando fortemente para extração esta alinhada à nova capacidade derelacionadas ao setor produtivo no País. resgatar o protagonismo em políticas produção de biodiesel, que passou paraDurante um café da manhã, organizado agrícolas, gerenciamento de expectativas e 1.010 metros cúbicos ao dia (363 milhõespela Klein&Associados, foi formalizado ao uma agenda de futuro que vai beneficiar de litros por ano).Ministério o pedido da Ubrabio de mais todas as cadeias produtivas, e não seráapoio ao Programa Nacional de Produção diferente com o tema biodiesel”, enfatizou.e Uso do Biodiesel (PNPB). UBRABIO “O agronegócio é altamente favorecidoUm ofício foi entregue ao ministro pelo pelo Biodiesel e, por isso, a necessidade de A União Brasileira do Biodiesel (Ubrabio) é umapresidente da Ubrabio, Juan Diego Ferrés. construir entendimento entre os vários entidade privada, sem fins econômicos, que atuaO documento contempla o B7 e B20 segmentos e governo”, reforçou Odacir como interlocutora junto à sociedade e aometropolitano unificado à Agenda Conama Klein, presidente-executivo da Ubrabio e governo para mobilizar e unir esforços, recursosde redução do enxofre do diesel. “o anfitrião do encontro. Ele lembrou que o e conhecimentos na busca pelo desenvolvimentoprimeiro marco regulatório que estabeleceu do setor. PNPB gera inclusão social, movimenta ao percentual de 5% do diesel no biodiesel economia e não compete com alimentos, o Desde sua criação, em 2007, a entidade lidera oapresentou excelentes resultados e cremos que reforça a necessidade de um novo segmento e coopera com a execução de políticasque se a mistura chegar a 20% (B20 socioeconômicas e contribui diretamente para a marco regulatório. substituição do diesel fóssil; incentiva a agricultura familliar e estimula o valor agregado às sementes oleaginosas produzidas no País. ACONTECE Para consolidar o biodiesel na matriz energética brasileira, a Ubrabio define como principais objetivos a produção, a comercialização, o estímulo29 e 30/11 – II Congresso de Pesquisa de partir das 9 horas. Inscrições e informações à realização de pesquisas; e a elaboração de projetospinhão-manso. O evento acontece em Brasília pelo site www.ideaonline.com.br ou pelo e propostas, em especial do novo marco regulatóriocom enfoque nos resultados de pesquisa e os telefone (16) 3211-4770. para o Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel (PNPB), para o aperfeiçoamento enovos caminhos nacionais e internacionais 1º/12 – A Diretoria da Agência Nacional do regulamentação de toda a cadeia produtiva.para a cultura. O Congresso será no Centro de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis A representação da Ubrabio compreendeEventos e Treinamentos (CNTC), SGAS, 902, (ANP) realiza cerimônia de congraçamento produtores do biocombustível e das matérias-Bloco C, a partir das 9h. pelo término do mandato do diretor-geral da primas necessárias à produção. Fornecedores de equipamentos, tecnologias e serviços relacionados30/11 e 1º/12 – Será realizado o 10º Seminário Agência, Haroldo Lima. O evento será ao setor do biodiesel também fazem parte dode Produtividade & Redução de Custos. O realizado às 10 horas, no Palácio Itamaraty, na quadro da entidade.evento acontecerá no moderno Centro de Avenida Marechal Floriano, 196, Centro - Rio de Janeiro-RJ. Associados: B100, Basf, Bianchini, Biopar/PR,Convenções de Ribeirão Preto (SP), sempre a Camera, CLV, Comanche, Dedini, Evonik Degussa, Fiagril, Gea Westfalia, GPC Química, Granol, Grupal, Intecnial, Irmãos Cabral, Linker, Oleoplan, faleconosco@ubrabio.com.br Palmaplan, TD Energia Renovável e Tecnal. www.ubrabio.com.br Esse é seu canal para enviar informações e notícias para o Informativo Ubrabio @ubrabio

×