Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
REAÇÕES ORGÂNICAS - CLASSIFICAÇÃO:
1.1. REAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO –
CARACTERÍSTICA DE COMPOSTOS
SATURADOS ( ALCANOS E HALETOS...
1.1.1. SUBSTITUIÇÃO EM ALCANOS ( APOLARES
SOFREM CISÃO HOMOLÍTICA) SUBSTITUIÇÃO
POR RADICAIS LIVRES
H H
H3C C H + Cl Cl H3...
REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO
CLORAÇÃO
HCl + R  H HCl + R  Cl
BROMAÇÃO
R  H + Br  Br HBr + R 
Br
NITRAÇÃO
OHNO2 + R  H R ...
SUBSTITUIÇÃO EM AROMÁTICOS
NITRAÇÃO
ACILAÇÃO
ALQUILAÇÃO
REAÇÕES ORGÂNICAS
1. REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO.
1.1. ALCANOS: Por serem apolares sofrem cisão
homolítica e a reação ocorre p...
1.2.HALETOS ORGÂNICOS - Por serem compostos
polares, sofrem cisão heterolítica. Como a molécula
orgânica perde o elétron d...
1.3.FACILIDADE DE SUBSTITUIÇÃO EM
ALCANOS:
H LIGADO A C TERCIÁRIO > H LIGADO A C
SECUNDÁRIO > H LIGADO A C PRIMÁRIO
EXEMPL...
1.4. SUBSTITUIÇÃO NO BENZENO - O benzeno,
por possuir ligações pi deslocalizadas é atacado por
eletrófilos.
1.4.1 - HALOGE...
1.4.2 - NITRAÇÃO - Reação com ácido nítrico em
presença de ácido sulfúrico como catalisador.
1.4.3 - SULFONAÇÃO - Reação com ácido sulfúrico em
presença de SO3
.
H + OHSO3H SO3H
+HOH
1.4.4 - ACILAÇÃO DE FRIEDEL-CRAFTS - Reação com
CLORETO DE ACILA, em presença de AlCl3.
1.4.5 - ACILAÇÃO DE FRIEDEL-CRAFTS - Reação
com cloreto de acila, no caso o cloreto de etanoíla, em
presença de AlCl3
H C ...
1.4.6 - A substituição em derivados do benzeno é
orientada pelo átomo ou grupo de átomos ( diferente
de H ) que está ligad...
1.4.6.2- RADICAIS META-DIRIGENTES: NITRO,
SULFÔNICO, CARBOXILA, ALDOXILA,
CARBONILA, ÉSTER, ACILA E CIANO. SÃO
RADICAIS DE...
1.4.7 - Substituição em homólogos do benzenos ( diferem
por um ou mais grupos CH2
)
1.4.7.1-NO ANEL: NEVE, NUVEM NOITE -
E...
1.4.7.2 NA CADEIA
CALOR, CLARIDADE, CADEIA
EXEMPLO Cl2
+ tolueno:
CH3 CH2Cl
+ Cl2 + HCl
1.        REAÇÕES DE ADIÇÃO.
A B
C = C + 3 AB C – C
1.1. - ADIÇÃO EM ALCENOS
2.1.2 - HIDROGENAÇÃO - Eteno + H2
( catalisad...
2.1.3 - HALOGENAÇÃO - Adição de F2
, Cl2
, Br2
e I2
na presença de luz. Propeno + Cl2
                                    ...
2.1.4 - HALETOS DE HIDROGÊNIO - Segue a regra
de Markovnikov - O hidrogênio do haleto se liga ao
carbono mais hidrogenado ...
2.1.5. BROMETO DE HIDROGÊNIO - KHARASCH
- A reação em presença de peróxidos inverte a regra
de Makovnikov- o hidrogênio li...
2.1.6 - ÁGUA - A adição de água em alcenos ocorre em
meio ácido e obedece à regra de Markonikov. Produz
álcoois.
EXEMPLO: ...
1. REAÇÕES DE ADIÇÃO EM CICLANOS. OS
CICLANOS COM ATÉ 5 CARBONOS NA
MOLÉCULA PODEM SOFRER REAÇÕES DE
ADIÇÃO.
1.1. TEORIA D...
13.2 EXEMPLOS DE HIDROGENAÇÃO E
HALOGENAÇÃO DO:
1.13.2.1. CICLOPROPANO
Ni/CALOR
+ H2 H3C-CH2-CH3
Ni/CALOR
+ Cl2 Cl-CH2-CH2...
3.2.2. CICLOBUTANO
Ni/CALOR
+ H2 H3C-CH2-CH2-CH3
Ni/CALOR
+ Cl Cl-CH -CH -CH -CH -Cl
1.1.1. CICLOPENTANO
+ H2 H3C-CH2-CH2CH2-CH3
Cl
                     + Cl2
 
1.1.1. CICLO-HEXANO
 NÃO REAGE COM H2 – ÂNGULO 109o
28’ (TODOS OS
CICLANOS COM MAIS DE 6 CARBONOS)
  Cl
                ...
4.REAÇÕES DE ELIMINAÇÃO:
4.1. ELIMINAÇÃO INTRAMOLECULAR DE
HALETOS ORGÂNICOS. PRODUZ ALCENOS É
FEITA COM KOH EM MEIO ALCOÓ...
EXEMPLO : 2-CLOROPROPANO PRODUZ
PROPENO.
Cl
H3C-CH-CH3 + KOH KCl + HOH
+ H2C=CH2-CH3
4.2. ELIMINAÇÃO INTRAMOLECULAR DE
ÁLCOOIS. PRODUZ ALCENOS. ÁCIDO
SULFÚRICO COMO CATALISADOR E 170O
C.
EXEMPLO: ETANOL PROD...
4.3.ELIMINAÇÃO INTERMOLECULAR DE
ÁLCOOIS. PRODUZ ÉTERES. PRESENÇA DE
ÁCIDO SULFÚRICO E 140O
C .
H3C-CH2-OH + HO-CH2-CH3
HO...
4.4.ELIMINAÇÃO INTERMOLECULAR DE ÁCIDOS
CARBOXÍLICOS. PRODUZ ANIDRIDOS. OCORRE NA
PRESENÇA DE AGENTES DESIDRATANTES COMO
Á...
5. PRINCIPAIS REAÇÕES ORGÂNICAS
ESPECÍFICAS.
5.1. COMBUSTÃO: EXEMPLO COMBUSTÃO DO
PROPANO:
COMBUSTÃO TOTAL
CH3-CH2-CH3 + 5...
5.2.SALIFICAÇÃO. É A REAÇÃO ENTRE UM
ÁCIDO CARBOXÍLICO E UMA BASE DE
ARRHENIUS. EXEMPLO: ÁCIDO PALMÍTICO E
HIDRÓXIDO DE SÓ...
5.3.ESTERIFICAÇÃO - REAÇÃO DE FISCHER .
ÁCIDO + ÁLCOOL PRODUZ ÉSTER + ÁGUA
(EQUILÍBRIO).
EXEMPLO:
H3C-COOH + HOCH2CH3 HOH ...
5.6.OXIDAÇÃO E REDUÇÃO. OXIDAÇÃO -
AÇÃO DO [O]. REDUÇÃO - AÇÃO DO [H].
5.6.1. OZONÓLISE DE ALCENOS - SE AMBOS
OS CARBONOS ...
6.2.SE AMBOS OS CARBONOS QUE FAZEM
PARTE DA DUPLA SÃO TERCIÁRIOS PRODUZ
CETONAS.
H3C - C = C - CH2 - CH3 + O3 + H2O
CH3 CH...
6.3.SE UM DOS CARBONOS QUE FAZ PARTE DA
DUPLA LIGAÇÃO É PRIMÁRIO OU
SECUNDÁRIO E O OUTRO É TERCIÁRIO.
H3C-C = CH-CH3 + O3 ...
7.OXIDAÇÃO BRANDA - OCORRE COM
PERMANGANATO DE POTÁSSIO EM MEIO
BÁSICO. NA OXIDAÇÃO BRANDA, APENAS A
LIGAÇÃO PI É ROMPIDA ...
7.2.ETINO PRODUZ ETANODIAL KMnO4/BÁSICO
H-C = C-H + 4[O] O = C – C = O +
H H
+ H2O2
 7.3. ALCINO COM TRIPLA ENTRE CARBONOS
SECUNDÁRIOS PRODUZ DICETONA (DIONA).
KMnO4/BÁSICO O O
H3C-C=C-CH3 + 4[O] H3C – C – ...
7.4. ALCINO COM TRIPLA ENTRE CARBONOS
PRIMÁRIO E SECUNDÁRIO PRODUZ ALDEÍDO-
CETONA (FUNÇÃO MISTA).
KMnO4/BÁSICO O
H3C-C=CH...
8. OXIDAÇÃO ENÉRGICA - OCORRE COM
PERMANGANATO DE POTÁSSIO EM MEIO ÁCIDO
HÁ RUPTURA DA CADEIA.
8.1. DUPLA EM CARBONO PRIMÁ...
8.2. DUPLA EM CARBONO SECUNDÁRIO
PRODUZ ÁCIDO CARBOXÍLICO.
KMnO4/H+
H3C-C=C-CH3 + 4[O] 2 H3C-COOH
8.3. DUPLA EM CARBONO TERCIÀRIO PRODUZ
CETONA.
KMnO4/H+
H3C - C = C - CH3 + 2[O] 2H3C - C = O
CH3 CH3 CH3
9. OXIDAÇÃO DE ÁLCOOIS. O DICROMATO
DE POTÁSSIO EM MEIO ÁCIDO É MUITO
USADO NA OXIDAÇÃO BRANDA DE ÁLCOOIS.
9.1. METANOL - ...
9.2. ÁLCOOL PRIMÁRIO. PARCIAL PRODUZ
ALDEÍDO E TOTAL ÁCIDO CARBOXÍLICO.
K2Cr2O7/H+
H3C-CH2OH + [O] H2O + H3C-C=O
H
K2Cr2O7...
9.3. ÁLCOOL SECUNDÁRIO. A OXIDAÇÃO
TOTAL PRODUZ CETONA.
OH K2Cr2O7/H+
O
H3C–C–CH3 + [O] H3C–C–CH3 + H2O
9.4. O ÁLCOOL TERCIÁRIO NÃO OXIDA
OH
H3C–C–CH3 + [O] NÃO REAGE
CH3
10.REDUÇÃO DE ÁCIDOS, ALDEÍDOS E
CETONAS. OCORRE COM ZINCO EM PRESENÇA
DE ÁCIDO CLORÍDRICO.
10.1. ALDEÍDO. REDUÇÃO TOTAL P...
10.2. ÁCIDO CARBOXÍLICO. REDUÇÃO
PARCIAL PRODUZ ALDEÍDO E TOTAL ÁLCOOL
PRIMÁRIO.
H3C-C=O + 2[H] H2O + H3C-C=O +2[H]
OH H
 ...
ÁLCOOL
PRIMÁRIO
OXIDAÇÃO REDUÇÃO
ALDEÍDO
OXIDAÇÃO REDUÇÃO
ÁCIDO CARBOXÍLICO
10.3. CETONA. REDUÇÃO TOTAL PRODUZ
ÁLCOOL SECUNDÁRIO.
O OH
H3C-C-CH3 + 2[H] H3C-C-CH3
ÁLCOOL
SECUNDÁRIO
OXIDAÇÃO REDUÇÃO
CETONA
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

180

1,680 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

180

  1. 1. REAÇÕES ORGÂNICAS - CLASSIFICAÇÃO: 1.1. REAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO – CARACTERÍSTICA DE COMPOSTOS SATURADOS ( ALCANOS E HALETOS ORGÂNICOS) C A + B X C B + A X
  2. 2. 1.1.1. SUBSTITUIÇÃO EM ALCANOS ( APOLARES SOFREM CISÃO HOMOLÍTICA) SUBSTITUIÇÃO POR RADICAIS LIVRES H H H3C C H + Cl Cl H3 C Cl + HCl H H
  3. 3. REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO CLORAÇÃO HCl + R  H HCl + R  Cl BROMAÇÃO R  H + Br  Br HBr + R  Br NITRAÇÃO OHNO2 + R  H R  NO2 + HOH SULFONAÇÃO R  H + HO  SO3 H H2 O + R  SO3 H
  4. 4. SUBSTITUIÇÃO EM AROMÁTICOS NITRAÇÃO ACILAÇÃO
  5. 5. ALQUILAÇÃO
  6. 6. REAÇÕES ORGÂNICAS 1. REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO. 1.1. ALCANOS: Por serem apolares sofrem cisão homolítica e a reação ocorre por meio de radicais livres. EXEMPLO: Halogenação - Cloração do metano: CH4 + 4Cℓ2 CCℓ4 + 4HCℓ
  7. 7. 1.2.HALETOS ORGÂNICOS - Por serem compostos polares, sofrem cisão heterolítica. Como a molécula orgânica perde o elétron da ligação com o halogênio, é atacada por um reagente nucleófilo. EXEMPLO: Reação com água - Monocloroetano + água. H3C-Cl + HOH H3C-OH + HCl
  8. 8. 1.3.FACILIDADE DE SUBSTITUIÇÃO EM ALCANOS: H LIGADO A C TERCIÁRIO > H LIGADO A C SECUNDÁRIO > H LIGADO A C PRIMÁRIO EXEMPLO: Propano + bromo : produz uma quantidade maior de 2-bromopropano do que de 1- bromopropano. H3C-CH2-CH3 + Br2 H3C-CH-CH3 + HBr Br H3C-CH2 -CH2 + HBr Br
  9. 9. 1.4. SUBSTITUIÇÃO NO BENZENO - O benzeno, por possuir ligações pi deslocalizadas é atacado por eletrófilos. 1.4.1 - HALOGENAÇÃO: Reação com cloro em presença de ferro como catalisador: H Cl + Cl – Cl + HCl
  10. 10. 1.4.2 - NITRAÇÃO - Reação com ácido nítrico em presença de ácido sulfúrico como catalisador.
  11. 11. 1.4.3 - SULFONAÇÃO - Reação com ácido sulfúrico em presença de SO3 . H + OHSO3H SO3H +HOH
  12. 12. 1.4.4 - ACILAÇÃO DE FRIEDEL-CRAFTS - Reação com CLORETO DE ACILA, em presença de AlCl3.
  13. 13. 1.4.5 - ACILAÇÃO DE FRIEDEL-CRAFTS - Reação com cloreto de acila, no caso o cloreto de etanoíla, em presença de AlCl3 H C = O O CH3 + C-CH3 HCl + Cl
  14. 14. 1.4.6 - A substituição em derivados do benzeno é orientada pelo átomo ou grupo de átomos ( diferente de H ) que está ligado ao anel aromático. 1.4.6.1 - RADICAIS ORTO E PARA-DIRIGENTES: AMINA, HIDRÓXI, ALCÓXI (ÉTER), RADICAIS ALQUILA E HALOGÊNIOS. SÃO RADICAIS DE PRIMEIRA CLASSE OU ATIVANTES. CH3 CH3 2ON NO2 + 3HONO2 NO2 +3H2O
  15. 15. 1.4.6.2- RADICAIS META-DIRIGENTES: NITRO, SULFÔNICO, CARBOXILA, ALDOXILA, CARBONILA, ÉSTER, ACILA E CIANO. SÃO RADICAIS DE SEGUNDA CLASSE OU DESATIVANTES. NO2 NO2 + 2Cl-CH3 H3C CH3 + 2HCl SOPIM SATURADO INSATURADO
  16. 16. 1.4.7 - Substituição em homólogos do benzenos ( diferem por um ou mais grupos CH2 ) 1.4.7.1-NO ANEL: NEVE, NUVEM NOITE - EXEMPLO - Cl + tolueno:              CH3 CH3                                                      Cl                  Cl                            +  3 Cl                                                 + 3 HCl                                                                   Cl         
  17. 17. 1.4.7.2 NA CADEIA CALOR, CLARIDADE, CADEIA EXEMPLO Cl2 + tolueno: CH3 CH2Cl + Cl2 + HCl
  18. 18. 1.        REAÇÕES DE ADIÇÃO. A B C = C + 3 AB C – C 1.1. - ADIÇÃO EM ALCENOS 2.1.2 - HIDROGENAÇÃO - Eteno + H2 ( catalisadores: platina, paládio ou níquel)   H2C = CH2 + H2 H3C – CH3
  19. 19. 2.1.3 - HALOGENAÇÃO - Adição de F2 , Cl2 , Br2 e I2 na presença de luz. Propeno + Cl2                                                             Cl Cl H2C=C-CH3 + Cl2 H2C-CH-CH3
  20. 20. 2.1.4 - HALETOS DE HIDROGÊNIO - Segue a regra de Markovnikov - O hidrogênio do haleto se liga ao carbono mais hidrogenado da dupla). EXEMPLO: Propeno + HCl: Cl H2-C=CH-CH3 + HCl H3-C-CH-CH3  
  21. 21. 2.1.5. BROMETO DE HIDROGÊNIO - KHARASCH - A reação em presença de peróxidos inverte a regra de Makovnikov- o hidrogênio liga-se ao carbono menos hidrogenado da dupla. Propeno + HBr: H2O2 H2C=CH-CH3 + HBr H2C-CH2-CH3 Na2O2
  22. 22. 2.1.6 - ÁGUA - A adição de água em alcenos ocorre em meio ácido e obedece à regra de Markonikov. Produz álcoois. EXEMPLO: Eteno + água: MEIO ÁCIDO H2C=CH2 + HOH H3C-CH2OH
  23. 23. 1. REAÇÕES DE ADIÇÃO EM CICLANOS. OS CICLANOS COM ATÉ 5 CARBONOS NA MOLÉCULA PODEM SOFRER REAÇÕES DE ADIÇÃO. 1.1. TEORIA DAS TENSÕES DE BAYER - Quanto mais o ângulo entre as ligações no ciclo se afasta de 109°28' mais instável ( e mais fácil de ser rompido) se torna o ciclano. Isto ocorre na ordem: ciclopropano (60°), ciclobutano (90°) e ciclopentano (108°).
  24. 24. 13.2 EXEMPLOS DE HIDROGENAÇÃO E HALOGENAÇÃO DO: 1.13.2.1. CICLOPROPANO Ni/CALOR + H2 H3C-CH2-CH3 Ni/CALOR + Cl2 Cl-CH2-CH2-CH2Cl
  25. 25. 3.2.2. CICLOBUTANO Ni/CALOR + H2 H3C-CH2-CH2-CH3 Ni/CALOR + Cl Cl-CH -CH -CH -CH -Cl
  26. 26. 1.1.1. CICLOPENTANO + H2 H3C-CH2-CH2CH2-CH3 Cl                      + Cl2
  27. 27.   1.1.1. CICLO-HEXANO  NÃO REAGE COM H2 – ÂNGULO 109o 28’ (TODOS OS CICLANOS COM MAIS DE 6 CARBONOS)   Cl                                          + Cl2
  28. 28. 4.REAÇÕES DE ELIMINAÇÃO: 4.1. ELIMINAÇÃO INTRAMOLECULAR DE HALETOS ORGÂNICOS. PRODUZ ALCENOS É FEITA COM KOH EM MEIO ALCOÓLICO. O HIDROGÊNIO MAIS FACILMENTE ELIMINADO: C TERC MAIOR C SEC MAIOR C PRIMÁRIO, O QUE IRÁ DETERMINAR O COMPOSTO OBTIDO EM MAIOR QUANTIDADE.
  29. 29. EXEMPLO : 2-CLOROPROPANO PRODUZ PROPENO. Cl H3C-CH-CH3 + KOH KCl + HOH + H2C=CH2-CH3
  30. 30. 4.2. ELIMINAÇÃO INTRAMOLECULAR DE ÁLCOOIS. PRODUZ ALCENOS. ÁCIDO SULFÚRICO COMO CATALISADOR E 170O C. EXEMPLO: ETANOL PRODUZ ETENO H OH H2C – CH2 HOH + H2C=CH2
  31. 31. 4.3.ELIMINAÇÃO INTERMOLECULAR DE ÁLCOOIS. PRODUZ ÉTERES. PRESENÇA DE ÁCIDO SULFÚRICO E 140O C . H3C-CH2-OH + HO-CH2-CH3 HOH + H3C-CH2-O-CH2-CH3
  32. 32. 4.4.ELIMINAÇÃO INTERMOLECULAR DE ÁCIDOS CARBOXÍLICOS. PRODUZ ANIDRIDOS. OCORRE NA PRESENÇA DE AGENTES DESIDRATANTES COMO ÁCIDO SULFÚRICO, PENTÓXIDO DE DIFÓSFORO OU ÁCIDO FOSFÓRICO.                     O O H3C-C C-CH3 HOH +                    OH HO                                                                  O O + H3C-C - O - C-CH3
  33. 33. 5. PRINCIPAIS REAÇÕES ORGÂNICAS ESPECÍFICAS. 5.1. COMBUSTÃO: EXEMPLO COMBUSTÃO DO PROPANO: COMBUSTÃO TOTAL CH3-CH2-CH3 + 5O2 3CO2 +4H2O COMBUSTÃO PARCIAL CH3-CH2-CH3 + 7/2 O2 3CO +4 H2O COM FORMAÇÃO DE FULIGEM CH3-CH2-CH3 + 2 O2 3C +4 H2O
  34. 34. 5.2.SALIFICAÇÃO. É A REAÇÃO ENTRE UM ÁCIDO CARBOXÍLICO E UMA BASE DE ARRHENIUS. EXEMPLO: ÁCIDO PALMÍTICO E HIDRÓXIDO DE SÓDIO PRODUZ PALMITATO DE SÓDIO (SABÃO) E ÁGUA. C15H31COOH + NaOH C15H31COONa +H2O
  35. 35. 5.3.ESTERIFICAÇÃO - REAÇÃO DE FISCHER . ÁCIDO + ÁLCOOL PRODUZ ÉSTER + ÁGUA (EQUILÍBRIO). EXEMPLO: H3C-COOH + HOCH2CH3 HOH + O + H3C-C-O-CH2-CH3
  36. 36. 5.6.OXIDAÇÃO E REDUÇÃO. OXIDAÇÃO - AÇÃO DO [O]. REDUÇÃO - AÇÃO DO [H]. 5.6.1. OZONÓLISE DE ALCENOS - SE AMBOS OS CARBONOS DA DUPLA SÃO PRIMÁRIOS OU SECUNDÁRIOS PRODUZ ALDEÍDOS. H2C=CH-CH3 + O3 + H2O H-C=O + O=C-CH3 + H2O2 H H
  37. 37. 6.2.SE AMBOS OS CARBONOS QUE FAZEM PARTE DA DUPLA SÃO TERCIÁRIOS PRODUZ CETONAS. H3C - C = C - CH2 - CH3 + O3 + H2O CH3 CH3 H3C - C = O + O = C - CH2 - CH3 + H2O2
  38. 38. 6.3.SE UM DOS CARBONOS QUE FAZ PARTE DA DUPLA LIGAÇÃO É PRIMÁRIO OU SECUNDÁRIO E O OUTRO É TERCIÁRIO. H3C-C = CH-CH3 + O3 + H2O CH3 H3C-C = O + O= CH-CH3 + H2O2
  39. 39. 7.OXIDAÇÃO BRANDA - OCORRE COM PERMANGANATO DE POTÁSSIO EM MEIO BÁSICO. NA OXIDAÇÃO BRANDA, APENAS A LIGAÇÃO PI É ROMPIDA SENDO SUBSTITUÍDA POR LIGAÇÕES SIGMAS FEITAS COM GRUPOS -OH. 7.1. ALCENO PRODUZ DIOL VICINAL. KMnO4 H2C = CH2 +2[O] H2C – CH2 H2O/OH- OH OH
  40. 40. 7.2.ETINO PRODUZ ETANODIAL KMnO4/BÁSICO H-C = C-H + 4[O] O = C – C = O + H H + H2O2
  41. 41.  7.3. ALCINO COM TRIPLA ENTRE CARBONOS SECUNDÁRIOS PRODUZ DICETONA (DIONA). KMnO4/BÁSICO O O H3C-C=C-CH3 + 4[O] H3C – C – C - CH3 + 2 H2O.    
  42. 42. 7.4. ALCINO COM TRIPLA ENTRE CARBONOS PRIMÁRIO E SECUNDÁRIO PRODUZ ALDEÍDO- CETONA (FUNÇÃO MISTA). KMnO4/BÁSICO O H3C-C=CH + 4[O] H3C-C-C=O + 2H2O H Básico Branda
  43. 43. 8. OXIDAÇÃO ENÉRGICA - OCORRE COM PERMANGANATO DE POTÁSSIO EM MEIO ÁCIDO HÁ RUPTURA DA CADEIA. 8.1. DUPLA EM CARBONO PRIMÁRIO. PRODUZ ÁCIDO CARBÔNICO QUE SE DECOMPÕE EM ÁGUA E GÁS CARBÔNICO. H-C = C-H + 6 [O] 2H2CO3 2CO2 + 2H2O Enérgica
  44. 44. 8.2. DUPLA EM CARBONO SECUNDÁRIO PRODUZ ÁCIDO CARBOXÍLICO. KMnO4/H+ H3C-C=C-CH3 + 4[O] 2 H3C-COOH
  45. 45. 8.3. DUPLA EM CARBONO TERCIÀRIO PRODUZ CETONA. KMnO4/H+ H3C - C = C - CH3 + 2[O] 2H3C - C = O CH3 CH3 CH3
  46. 46. 9. OXIDAÇÃO DE ÁLCOOIS. O DICROMATO DE POTÁSSIO EM MEIO ÁCIDO É MUITO USADO NA OXIDAÇÃO BRANDA DE ÁLCOOIS. 9.1. METANOL - OXIDAÇÃO PARCIAL PRODUZ METANAL E ÁCIDO METANÓICO. A TOTAL PRODUZ GÁS CARBÔNICO E ÁGUA. H3C-OH + 3[O] H2O + HC=O +[O] H H-COOH H2O + CO2 OXIDAÇÃO DE ÁLCOOIS: K2Cr2O7/H+
  47. 47. 9.2. ÁLCOOL PRIMÁRIO. PARCIAL PRODUZ ALDEÍDO E TOTAL ÁCIDO CARBOXÍLICO. K2Cr2O7/H+ H3C-CH2OH + [O] H2O + H3C-C=O H K2Cr2O7/H+ H3C-C=O + [O] H3C-COOH H
  48. 48. 9.3. ÁLCOOL SECUNDÁRIO. A OXIDAÇÃO TOTAL PRODUZ CETONA. OH K2Cr2O7/H+ O H3C–C–CH3 + [O] H3C–C–CH3 + H2O
  49. 49. 9.4. O ÁLCOOL TERCIÁRIO NÃO OXIDA OH H3C–C–CH3 + [O] NÃO REAGE CH3
  50. 50. 10.REDUÇÃO DE ÁCIDOS, ALDEÍDOS E CETONAS. OCORRE COM ZINCO EM PRESENÇA DE ÁCIDO CLORÍDRICO. 10.1. ALDEÍDO. REDUÇÃO TOTAL PRODUZ ÁLCOOL PRIMÁRIO H3C-C=O + 2[H] H3C-CH2-OH H
  51. 51. 10.2. ÁCIDO CARBOXÍLICO. REDUÇÃO PARCIAL PRODUZ ALDEÍDO E TOTAL ÁLCOOL PRIMÁRIO. H3C-C=O + 2[H] H2O + H3C-C=O +2[H] OH H                                                     H3C-CH2-OH 
  52. 52. ÁLCOOL PRIMÁRIO OXIDAÇÃO REDUÇÃO ALDEÍDO OXIDAÇÃO REDUÇÃO ÁCIDO CARBOXÍLICO
  53. 53. 10.3. CETONA. REDUÇÃO TOTAL PRODUZ ÁLCOOL SECUNDÁRIO. O OH H3C-C-CH3 + 2[H] H3C-C-CH3
  54. 54. ÁLCOOL SECUNDÁRIO OXIDAÇÃO REDUÇÃO CETONA

×