Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

RevistaMinasEmCena_14edicao

137 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

RevistaMinasEmCena_14edicao

  1. 1. 18 COMPORTAMENTO GERAÇÃO Por Fernanda Martins Fotos Daniel Castelo Branco .COM P esquisa realizada pela Boo-box, em parceria com a HelloResearch, revela que 53% dos jovens utilizam blogs e sites de notícias como principal fonte de infor- de computadores. Um claro sinal que a internet abandonou o status de entretenimento e se tornou uma realidade de negócio. No entanto, para o professor da faculdade Es- ganhar dinheiro passando 12 horas do dia conectado ao Facebook, como entreteni- mento. “A internet não pode ser vista, apenas, como espaço de lazer. Muito dos meus mundo, mas não enxerga o mundo”, orienta. Solunvision, Gabriel Cassins, é exemplo dessa realidade. Formado em Comércio Ex- terior, ele encontrou na rede um vasto universo a ser explorado. “Sempre trabalhei “NINGUÉM VAI GANHAR DINHEIRO PASSANDO 12 HORAS DO DIA CONECTADO AO FACEBOOK, COMO ENTRETENIMENTO”. Nascidos entre as décadas de 1980 e 1990, os jovens da Geração Y compõem a nova cara do mercado de trabalho e provam que a internet pode ser uma oportunidade rentável de negócio
  2. 2. 19 compensatório”, destaca. Ao lado de Vinícius Costa, formado em Sistemas da Informação. “Hoje, para que uma em- presa sobreviva no mercado, ela precisa de um canal direto com o seu público. Por isso, o segmento vive em constante crescimento”, destaca. A convergência das ferramentas da WEB e o mercado das mídias sociais é uma rea- lidade do mundo pós-moderno e é impor- tante que as empresas e a sociedade civil estejam antenadas a essa necessidade. “A PESSOA CONVERSA COM O MUNDO, MAS NÃO ENXERGA O MUNDO” - sar que o empreendedorismo digital ne- cessita de dinamismo, vontade de fazer acontecer e, principalmente, domínio das diversas plataformas da rede. A gerente Boaventura, espera que com a populariza- quem trabalha com mídias sociais. “Não basta ser um heavy user muito estudo, e trabalho é o que não falta. - - ganização, bom português, conhecimento Divulgação A Mafalda Comunica surgiu da paixão e ousadia de três comuni- cólogas de Belo Horizonte por mí- dias sociais, cultura e marketing. A inquietude diante do mundo e do mercado as uniu em prol de um ob- jetivo: unir seriedade à criatividade. “Nós pensamos diferente. Fugimos do comum enquanto cidadãs e queremos imprimir isso em nosso trabalho também. Não estamos fa- lando de marcas: estamos falando - tura, uma das sócias.
  3. 3. 20 se distrair quando se tem de estar conectado o tempo todo), criatividade, capacidade para lidar bem com o público e saber aceitar críticas”, destaca. Dessa forma, as pessoas precisam saber que, muitas vezes, o consumo excessivo por novas tecnologias pode simbolizar um desgaste pessoal. “É - logia. Não adianta ter um smartphone só para dizer que é legal, se não serão utilizadas nem 20% das funções oferecidas por ele”, orienta o professor. QUEM CHEGOU LÁ A Solunvision nasceu com a visão de criar um modelo diferenciado de negó- cio. A intenção é utilizar a tecnologia das grandes organizações no universo real, ou seja, proporcionar acessibilidade dessas ferramentas às empresas peque- nas e médias. Segundo Vinícius, a linha - taformas de prospecção e manutenção de resultados. Bill Gates – Aos 19 anos, fundou o império Mi- crosoft, em parceria com Paul Allen. Atualmente, lidera a lista dos homens mais ricos do mundo. Steven Jobs criador da Apple e deixou um legado por todo o mundo. Mark Elliot Zuckerberg – Idealizador do Face- book, alcançou fortuna aos 23 anos e teve sua história contada nas telas de cinema. Michel Krieger – Instagram, aplicativo que permite postagem qua- se instantânea, via celular. Recentemente, a ferra- menta foi comprada pela empresa de Zuckerberg. Gabriel Cassins e Vinícius Costa

×