Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Febre amarela e Rubéola

7,973 views

Published on

  • Be the first to comment

Febre amarela e Rubéola

  1. 1. * FEBRE AMARELA & RUBÉOLA Natália Maciel
  2. 2. * O QUE É? É uma doença infecciosa causada por um tipo de vírus chamado flavivírus Existem dois tipos de febre amarela: a silvestre, transmitida pela picada do mosquito Haemagogus ; e a urbana transmitida pela picada do Aedes aegypti, o mesmo que transmite a dengue
  3. 3. A febre amarela não é transmitida de uma pessoa para a outra. A transmissão do vírus ocorre quando o mosquito pica uma pessoa ou primata (macaco) infectados, normalmente em regiões de floresta e cerrado, e depois pica uma pessoa saudável que não tenha tomado a vacina.
  4. 4. * Os principais sintomas da febre amarela – febre alta, mal-estar, dor de cabeça, dor muscular muito forte, cansaço, calafrios, vômito e diarreia aparecem ,icterícia (a pele e os olhos ficam amarelos) e hemorragias (de gengivas, nariz, estômago, intestino e urina). em geral,, seus sintomas duram, em média, dez dias ,nos casos mais graves, além desses sinais, há o comprometimento dos rins, o que pode provocar problemas cardíacos, pulmonares e hepáticos; e morte em 50% dos casos
  5. 5. * *Como os sintomas da febre amarela são muito parecidos com os da dengue e da malária, o diagnóstico preciso é indispensável e deve ser confirmado por exames laboratoriais específicos
  6. 6. * *Não existe tratamento específico para a febre amarela e, dessa forma, os procedimentos médicos focam no controle de sintomas e prevenção de complicações. Repouso, ingestão abundante de água, boa alimentação e, no caso de hemorragias, reposição sanguínea, são importantes medidas.
  7. 7. * * A melhor forma de se evitar a febre amarela é por meio da vacinação, disponível gratuitamente em postos de saúde, Ela é recomendada a indivíduos com nove meses de idade ou mais e deve ser reforçada de dez em dez anos.
  8. 8. * * Não é necessário o isolamento do paciente pois a doença não é contagiosa. Deve-se apenas evitar o acesso do mosquito Aedes aegypti ao paciente durante os primeiros dias de infecção para que não contamine o mosquito e espalhe a doença. Nas formas leves o quadro muitas vezes se confunde com infecções respiratórias virais e nas formas graves o paciente necessita de cuidados intensivos. * deve-se permanecer em repouso com reposição de líquidos e das perdas sanguíneas, quando indicado. A hemodiálise poderá ser necessária caso haja insuficiência renal.
  9. 9. * * Rubéola é uma doença infectocontagiosa causada pelo Togavírus. Sua característica mais marcante são as manchas que aparecem primeiro na face e atrás da orelha e depois se espalham pelo corpo inteiro. * A rubéola só se "pega" uma vez na vida, já que o corpo cria sua autodefesa depois do primeiro baque.
  10. 10. Na chamada rubéola congênita, a mulher grávida é infectada com rubéola e passa a doença para o bebê dentro do útero.
  11. 11. * * O período de incubação do vírus é de cerca de 15 dias e os sintomas são parecidos com os da gripe * Dor de cabeça * Dor ao engolir * Dores no corpo (articulações e músculos) * Coriza * Febre baixa * Aumento considerável de gânglios no pescoço * Manchas avermelhadas que se iniciam na pele do rosto e que rapidamente evoluem em direção aos membros inferiores. OBS: Essa evolução da rubéola se chama progressão céfalo-caudal e, de modo geral, em menos de 24 horas desaparecem.
  12. 12. * * Por causa de sua semelhança com várias outras enfermidades, o diagnóstico preciso da rubéola só pode ser obtido pelo exame sorológico.
  13. 13. * * O tratamento é sintomático. * Antitérmicos e analgésicos ajudam a diminuir o desconforto, aliviar as dores de cabeça e do corpo e baixar a febre. Recomenda-se também que o paciente faça repouso durante o período crítico da doença.
  14. 14. * Existe uma vacina segura e eficaz para prevenir a rubéola. A vacina da rubéola é recomendada para todas as crianças. Normalmente, é aplicada em bebês de 12 a 15 meses, mas algumas vezes é administrada antes e durante epidemias. Uma segunda vacinação (reforço) é aplicada rotineiramente em crianças entre 4 e 6 anos. A tríplice viral é uma vacina combinada que protege contra sarampo, caxumba e rubéola. Criança que nasce com rubéola pode transmitir o vírus por até um ano. Por isso, devem ser mantidas afastadas de outras crianças e gestantes.
  15. 15. * * Isolamento respiratório; * Máscara para todas as pessoas que entrarem no quarto * Avental para quem manusear o paciente * Todo material que não for descartável deve ser esterilizado Repouso no leito; * Banho com sabão neutro e água morna 2 vezes ao dia * Higiene nasal 4 vezes ao dia * Higiene ocular 4 vezes ao dia * Higiene ocular 4 vezes ao dia * Higiene oral com água bicarbonatada 2 vezes ao dia * Ensinar o paciente a proteger a boca e nariz sempre que espirrar ou tossi * Oferecer líquidos com frequência; * Controlar temperatura corporal. * Proporcionar ambiente arejado e livre de corrente de ar * Lavar as mãos antes e depois de entrar em contato com o paciente
  16. 16. *#EM CASA * Todos os objetos que a pessoa infectada entrar em contato deve ser lavada e fervida e guardada separadamente das demais. * Como: * Talheres; * Roupas em geral; * Utensílios em geral devem ter o mesmo procedimento.
  17. 17. *Obrigado!! *

×