Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Votos CNM venda futura café 2011

673 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Votos CNM venda futura café 2011

  1. 1. MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Política EconômicaCMN em 27.1.2010 Brasília-DF, 27 de Janeiro de 2011.
  2. 2. Ministério da Fazenda Reunião CMN –Janeiro/20111 – FUNCAFÉ:- AMPLIA PRAZOS DE CONTRATAÇÃO DE FINANCIAMENTOS PARA COMPRA DECONTRATOS DE OPÇÃO DE VENDA E PARA COMPRA DE ESTOQUES PÚBLICOS;- ABRE LINHA DE CRÉDITO PARA RECUPERAÇÃO DE LAVOURAS DE CAFÉ ATINGIDASPOR GRANIZO EM MGO CMN, tendo em vista (i) os bons preços no mercado futuro e a demanda pela linha de créditopara compra de contratos de opção de venda, (ii) a realização de novos leilões para venda dosestoques públicos de café no 1º semestre deste ano e a possibilidade de reduzir os custos decarregamento do produto, cuja origem decorre das safras de 1987 a 1999, e (iii) a necessidade derestabelecer a capacidade produtiva e a viabilidade econômica dos cafezais afetados por granizo:a) estendeu, de até 1° .12.2010 para até 30.6.2011, o prazo de contratação de operações decomercialização destinadas ao financiamento da constituição de margem de garantia e de ajustesdiários em operações de venda a futuro, a aquisição de prêmio, em contratos de opção de venda,e taxas e emolumentos afetos a essas transações, quando referenciadas em café da safra2010/2011;b) permitiu a contratação de FAC, até 30.4.2011, desde que os recursos sejam destinados àaquisição de cafés do estoque do Funcafé que vierem ser leiloados pela Conab até a referidadata;c) autorizou, até 30.4.2011, a concessão de crédito ao amparo de recursos do Funcafé parafinanciamento da recuperação de lavouras de café afetadas por chuvas de granizo ocorridas entre1° .10.2010 e a data de divulgação da resolução com esta medida.2 – DEFINE PRAZOS PARA LIQUIDAÇÃO OU RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS DECACAUICULTORES E ESTABELECE NOVA CONDIÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DEOPERAÇÕES DE INVESTIMENTO PARA MUTUÁRIOS DE DÍVIDAS RENEGOCIADASI - O CMN, em decorrência do disposto nos arts. 7º e 7° A da Lei nº 11.775/2008, alterada pela -Lei nº 12.380/2011, que dispõe sobre medidas de estímulo à liquidação ou renegociação dedívidas de operações ao amparo do Programa de Recuperação da Lavoura Cacaueira Baiana,estabeleceu o seguinte cronograma:a) até 31.5.2011, para os mutuários manifestarem interesse em aderir ao processo derenegociação de suas dívidas;b) até 30.6.2011, para a liquidação da operação ou amortização mínima exigida do mutuário comocondição para renegociação de suas dívidas, com os descontos previstos para 2011, quando for ocaso;c) até 31.7.2011, para os agentes financeiros formalizarem as renegociações.II - O CMN, com vistas a uniformizar as disposições relacionadas à renegociação de dívidas e àcontratação de nova operação de crédito rural de investimento, alterou o art. 2º, da Resolução nº3.575/2008 e o art. 4º, da Resolução nº 3.578/2008, permitindo a contratação de novofinanciamento de investimento após o pagamento das prestações com vencimento previsto para oano subseqüente ao da renegociação. Antes, a contratação de nova operação era permitidasomente após o pagamento de toda a dívida renegociada.Secretaria de Política Econômica Pág. 2
  3. 3. Ministério da Fazenda Reunião CMN –Janeiro/20113 – PROGRAMA DE GARANTIA DE PREÇOS PARA A AGRICULTURA FAMILIAR (PGPAF)O CMN fez os seguintes ajustes nas normas do PGPAF:a) fixou em R$0,52/kg o preço de garantia para a uva, para fins de concessão do bônus dedesconto do PGPAF. Esse valor é igual ao preço mínimo fixado para a uva industrial na safra2010/2011. O preço de garantia da uva na safra anterior era R$ 0,46/kg;b) estabeleceu que o preço de garantia do abacaxi, no âmbito do (PGPAF), será definido emfunção do preço médio de mercado para o abacaxi “pérola”;c) condicionou a concessão do bônus do PGPAF ao agricultor que possuir DAP “válida” novencimento da prestação ou da operação com direito a esse benefício. Essa regra decorre daampliação do PGPAF para operações de crédito de investimento.4 – PRONAF: CRÉDITO EMERGENCIAL PARA AGRICULTORES CUJAS PROPRIEDADESFORAM ATINGIDAS POR INCÊNDIO NO MT, EM 2010O CMN instituiu, por meio da Resolução nº 3.927/2010, linha emergencial de crédito parafinanciamento das unidades familiares atingidas por incêndios em municípios do estado do MatoGrosso, com limite de até R$2.000,00 por beneficiário, juros de 0,5% a.a., bônus de adimplênciade 25% sobre cada parcela da dívida e prazo para contratação até 15 de março de 2011. Osrecursos para essa finalidade foram definidos da seguinte forma:a) do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO): até R$ 8 milhões,exclusivamente para agricultores familiares enquadrados nos Grupos "A", "A/C" e "B" do Pronaf;b) do Orçamento Geral da União (OGU) – Operações Oficiais de Crédito (OOC): até R$ 1 milhão,exclusivamente para os demais agricultores familiares não enquadrados no item anterior.Entretanto, a instituição financeira responsável pela gestão do FCO não teve condições decontratar, com recursos desta fonte, a linha de crédito aprovada, em decorrência de problemasoperacionais.Diante disso, como forma de atender os agricultores familiares daquele estado e permitir acontratação da referida linha emergencial de crédito, o CMN estabeleceu que os R$ 9.000.000,00destinados para a finalidade podem ser supridos somente com recursos do OGU e estendeu operíodo de contratação de até 15.3.2011 para: até 15.5.2011.Secretaria de Política Econômica Pág. 3

×