Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Projeto como desenvolver

4,557 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to like this

Projeto como desenvolver

  1. 1. NAS ONDAS DO RÁDIO Reunião 16/12/09
  2. 2. Áreas Temáticas <ul><li>Gestão do Conhecimento </li></ul><ul><li>Mediação de Comunicação </li></ul><ul><li>Educomunicação </li></ul>
  3. 3. Como se faz um projeto? Por que um projeto? O PROJETO
  4. 4. CONSIDERAÇÕES INICIAIS <ul><li>O que é um Projeto? </li></ul><ul><li>Quais os tipos de projeto? </li></ul><ul><li>Por que precisamos de um Projeto? </li></ul>
  5. 5. O que é um projeto? <ul><li>No sentido literal, projetar é antecipar o futuro, não só desenhando aquilo que se quer ver realizado, como prevendo os recursos necessários – materiais, equipamentos, pessoas e tempo – que serão empregados em sua realização. </li></ul><ul><li>O projeto em si, é uma peça técnica escrita destinada a referenciar o grupo pedagógico ao longo de sua trajetória no espaço educativo. </li></ul>
  6. 6. Quais os tipos de projeto? <ul><li>QUANTO À FINALIDADE </li></ul><ul><ul><li>Projetos de Intervenção </li></ul></ul><ul><ul><li>Projetos de Pesquisa </li></ul></ul><ul><li>QUANTO AO ÂMBITO/ESCOPO </li></ul><ul><ul><li>Projeto Político Pedagógico </li></ul></ul><ul><ul><li>Projeto de Trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>Projeto de Ação </li></ul></ul>
  7. 7. Por que precisamos de projetos? <ul><li>para organizar na mente de seus idealizadores o desenho geral e as tarefas específicas que caberão a cada componente da equipe; </li></ul><ul><li>para evitar a pulerização de esforços, a duplicidade de soluções e o retrabalho. </li></ul>
  8. 8. ELEMENTOS DO PROJETO <ul><li>CRIAÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Título </li></ul></ul><ul><ul><li>Concepção </li></ul></ul><ul><ul><li>Justificativa </li></ul></ul><ul><li>GESTÃO </li></ul><ul><ul><li>Objetivos </li></ul></ul><ul><ul><li>Metas </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolvimento: tarefas, cronograma, organograma </li></ul></ul><ul><ul><li>Recursos necessários </li></ul></ul><ul><ul><li>Avaliação e Registro </li></ul></ul>
  9. 9. Título <ul><li>deve definir, sem margem de dúvida, o que realmente se pretende. “Radioescola do Colégio D. Pedro II” soa muito melhor que “Interdisciplinaridade através da mídia radiofônica”. </li></ul>
  10. 10. Concepção <ul><li>é a definição sucinta da natureza (finalidade, orientação, motivação) e do alcance (âmbito, escopo) do que se planeja </li></ul>
  11. 11. Justificativa <ul><li>aqui cabe a descrição da demanda ou necessidade que se quer ver atendida. É importante que ela não seja só uma causa genérica, que poderia muito bem ser atendida por qualquer projeto semelhante, mas que se demonstre, na sua especificidade, a importância e a pertinência da proposta específica. </li></ul>
  12. 12. Objetivos <ul><li>são as intenções amplas e abrangentes a que se pretende contemplar por meio do projeto. Não devem ser confundidos com a justificativa, nem com as metas; </li></ul><ul><li>os objetivos são avaliados como “cumpridos” ou “não cumpridos” (qualificáveis); </li></ul><ul><ul><li>gerais – quando se referem ao universo macro da estrutura onde o projeto será realizado. </li></ul></ul><ul><ul><li>específicos – que podem ser entendidos como tarefas a serem cumpridas dentro do próprio projeto. </li></ul></ul>
  13. 13. Metas <ul><li>São mensuráveis e quantificáveis. </li></ul><ul><ul><li>Quantos alunos serão beneficiados pelo projeto? </li></ul></ul><ul><ul><li>Durante quanto tempo? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quantas produções resultarão da atividade? </li></ul></ul>
  14. 14. Desenvolvimento I <ul><li>TAREFAS: o passo-a-passo do projeto deverá ser detalhado, em termos de </li></ul><ul><ul><li>fases de trabalho, </li></ul></ul><ul><ul><li>ações a serem realizadas em cada fase e </li></ul></ul><ul><ul><li>maneira como isso deverá acontecer. </li></ul></ul>
  15. 15. Modelo de cronograma Desenvolvimento II: CRONOGRAMA  X. Avaliação final  IX. Avaliação intermediária VIII.Atividades da radioescola VII.Montagem da radioescola VI.Formação preliminar (oficinas) V.Organização do grupo maior IV.Composição da equipe principal III.Apresentação e discussão II.Elaboração do projeto (1ª versão) Recesso / férias I.Pesquisa preliminar Dez. Nov. Out. Set. Ago Jul. Jun. Mai. Abr. Mar. Fev.
  16. 16. Recursos Necessários <ul><li>todo os projetos devem contar com uma previsão realista dos recursos necessários para a sua implementação. Classicamente, a metodologia de projetos costuma dividir estes recursos em: </li></ul><ul><ul><li>materiais: expressos na forma de equipamento, bens consumíveis e outros itens que podem (e devem) ser orçados em espécie; </li></ul></ul><ul><ul><li>humanos: itens que dizem respeito à organização de pessoas e divisão das respectivas tarefas. Assim como os materiais devem ser previstos sempre para mais, deve-se buscar obter também uma folga de recursos humanos, prevendo-se uma relação de suplentes para todas as funções importantes. </li></ul></ul>
  17. 17. Avaliação <ul><li>A metodologia de avaliação deve contemplar, tanto o conjunto do projeto na forma de avaliação final ao término do ano ou do semestre, como as avaliações pontuais desenvolvidas ao longo das atividades. </li></ul>
  18. 18. Quem somos? <ul><li>Carlos Eduardo Fernandes </li></ul><ul><li>Eveline Araújo </li></ul><ul><li>Isabel Leão </li></ul><ul><li>Marciel Consani </li></ul><ul><li>Mauro Cordeiro </li></ul><ul><li>Michel Sitnik </li></ul><ul><li>Patricia Horta </li></ul>

×