Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Escolha da obra e artista: - Relação da obra com conteúdos de disciplinas em curso como  O Corpo na Dança  ou  Arte e Psic...
-  Antony Gormley -
Relação do Corpo com o indivíduo  Cheio / Vazio Consciência / Inconsciência
O corpo é a linguagem antes da linguagem
Estou interessado no corpo porque é o lugar  onde as emoções são directamente registadas
-  BODIES IN SPACE III -
-  CAPACITOR   -
-  DOMAIN XV   -
-  DOMAIN XVI   -
-  FOREIGN BODY I   -
-  TRAJECTORY FIELD I   -
-  FOREIGN BODY III   -
-  QUANTUM CLOUD XXXV   -
-  ONE AND OTHER   -
O meu corpo é a minha experiência mais próxima da matéria  (…) consigo manipula-la tanto de dentro como de fora
Relação do Corpo com o colectivo  Solidão / Multidão Tolerância / Desespero
O corpo permite perder-se a si próprio no caos (…),  e não podemos ter a certeza se é no corpo a sua condensação da energi...
-  MIND-BODY  -
Quero que o trabalho funcione como veículo. Para mim, a escultura utiliza o sentido físico para falar com o espírito, (…) ...
-  LEARNING TO THINK  -
Em escultura, o objecto visível não é a ilusão mas o material e, na escultura, o que me importa é a materialidade  que se ...
-  OBJECT -
-  OBJECT -
Os movimentos implícitos nas esculturas são perdidos  numa consciência interna do corpo.  O que tem em comum estes trabalh...
-  TOTAL STRANGERS   -
-  TOTAL STRANGERS   -
-  TOTAL STRANGERS   -
-  TOTAL STRANGERS   -
-  ONE AND OTHER   -
-  TOTAL STRANGERS   -
-  TOTAL STRANGERS   -
-  TOTAL STRANGERS   -
Relação do Corpo com o espaço que o rodeia Natureza / Humanidade Espiritual / Real
-  POST   -
-  STAND -
-  ANGEL OF THE NORTH   -
-  ANGEL OF THE NORTH   -
-  ANGEL OF THE NORTH   -
A ideia é dotar as peças de traços do corpo  e da sua passagem pela vida, estabelecendo assim,  uma relação directa com o ...
-  A VIEW - A PLACE -
-  HOLD   -
-  THREE CALLS - PASS, CAST AND PLUMB  -
-  ANOTHER PLACE -
-  LAND, SEA AND AIR II -
-  ANOTHER PLACE -
-  ANOTHER PLACE -
-  ANOTHER PLACE -
-  ANOTHER PLACE -
-  ANOTHER PLACE -
-  ANOTHER PLACE -
-  HAVMANN -
O verdadeiro lugar da escultura é na imaginação do espectador
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Trab. Arte & Psicanálise - Pós-Graduação Artes e Programação Cultural

2,402 views

Published on

Pedro Nascimento
Pós-Graduação Artes e Programação Cultural

Published in: Entertainment & Humor
  • Be the first to comment

Trab. Arte & Psicanálise - Pós-Graduação Artes e Programação Cultural

  1. 1. Escolha da obra e artista: - Relação da obra com conteúdos de disciplinas em curso como O Corpo na Dança ou Arte e Psicanálise - Relação pessoal de contemplação da obra - Carácter provocador e paradigmático da obra
  2. 2. - Antony Gormley -
  3. 3. Relação do Corpo com o indivíduo Cheio / Vazio Consciência / Inconsciência
  4. 4. O corpo é a linguagem antes da linguagem
  5. 5. Estou interessado no corpo porque é o lugar onde as emoções são directamente registadas
  6. 6. - BODIES IN SPACE III -
  7. 7. - CAPACITOR -
  8. 8. - DOMAIN XV -
  9. 9. - DOMAIN XVI -
  10. 10. - FOREIGN BODY I -
  11. 11. - TRAJECTORY FIELD I -
  12. 12. - FOREIGN BODY III -
  13. 13. - QUANTUM CLOUD XXXV -
  14. 14. - ONE AND OTHER -
  15. 15. O meu corpo é a minha experiência mais próxima da matéria (…) consigo manipula-la tanto de dentro como de fora
  16. 16. Relação do Corpo com o colectivo Solidão / Multidão Tolerância / Desespero
  17. 17. O corpo permite perder-se a si próprio no caos (…), e não podemos ter a certeza se é no corpo a sua condensação da energia ou se a energia é uma emanação do corpo
  18. 18. - MIND-BODY -
  19. 19. Quero que o trabalho funcione como veículo. Para mim, a escultura utiliza o sentido físico para falar com o espírito, (…) uma luz para se referir à escuridão, um sentido visual para se referir a coisas que não podem ser vistas
  20. 20. - LEARNING TO THINK -
  21. 21. Em escultura, o objecto visível não é a ilusão mas o material e, na escultura, o que me importa é a materialidade que se torna uma forma de pensamento. Mas o pensamento não trata a separação da mente do corpo, mas a reafirmação da sua mais profunda conexão
  22. 22. - OBJECT -
  23. 23. - OBJECT -
  24. 24. Os movimentos implícitos nas esculturas são perdidos numa consciência interna do corpo. O que tem em comum estes trabalhos é a consciência do corpo interna e subjectiva, projectada para uma relatividade passiva do corpo masculino, (…) que leva a uma reconciliação da divisão mente / corpo
  25. 25. - TOTAL STRANGERS -
  26. 26. - TOTAL STRANGERS -
  27. 27. - TOTAL STRANGERS -
  28. 28. - TOTAL STRANGERS -
  29. 29. - ONE AND OTHER -
  30. 30. - TOTAL STRANGERS -
  31. 31. - TOTAL STRANGERS -
  32. 32. - TOTAL STRANGERS -
  33. 33. Relação do Corpo com o espaço que o rodeia Natureza / Humanidade Espiritual / Real
  34. 34. - POST -
  35. 35. - STAND -
  36. 36. - ANGEL OF THE NORTH -
  37. 37. - ANGEL OF THE NORTH -
  38. 38. - ANGEL OF THE NORTH -
  39. 39. A ideia é dotar as peças de traços do corpo e da sua passagem pela vida, estabelecendo assim, uma relação directa com o sofrimento
  40. 40. - A VIEW - A PLACE -
  41. 41. - HOLD -
  42. 42. - THREE CALLS - PASS, CAST AND PLUMB -
  43. 43. - ANOTHER PLACE -
  44. 44. - LAND, SEA AND AIR II -
  45. 45. - ANOTHER PLACE -
  46. 46. - ANOTHER PLACE -
  47. 47. - ANOTHER PLACE -
  48. 48. - ANOTHER PLACE -
  49. 49. - ANOTHER PLACE -
  50. 50. - ANOTHER PLACE -
  51. 51. - HAVMANN -
  52. 52. O verdadeiro lugar da escultura é na imaginação do espectador

×