Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
A ESPECIFICIDADE DA
MORAL CRISTÃ
regime judaico | virtudes gregas | civilidade romana | vida no Espírito
Pedagogia
Regime judaico
A Lei de Moisés
 Sistema, regime de
vida religioso de Israel
 Incluía normas
jurídicas, cultuais e
morais
Pedagogia da Lei
 A Lei, embora reflexo
do próprio Logos, não
tornava os homens
justos
 Jesus, Logos
encarnado, demonstr...
Excelência
Virtudes gregas
Busca agônica do heroísmo
 Força “equina”: atletismo
 Coragem e astúcia reveladas
na guerra
 Eloquência política exerci...
As virtudes cardeais
Honestidade
Civilidade romana
Virtudes pessoais
 Todos os cidadãos
deveriam aspirar às
virtudes da “Via
Romana”
 Deram à República
Romana a força mora...
Virtudes públicas
 Deveriam ser
compartilhadas por
toda a sociedade
 Às vezes eram
cunhadas nas moedas
 Podiam ser
pers...
O que temos de específico
Vida no Espírito
Uma moral cristã
 Uma moral
propriamente cristã,
desde um ponto de
vista legalista, é
inexistente
 A moral natural é a
a...
Uma moral espiritual
 Virtudes sobrenaturais
 Dons do Espírito Santo
 Frutos do Espírito
Santo
Jesus, novo paradigma
 O novo sistema ou
regime de vida
religioso é o
seguimento de Jesus
 Somos chamados a
reencontrar ...
Carta magna do Cristianismo
Sermão da Montanha
Características gerais do Sermão
Paralelismo mosaico:
 Bênção sapiencial
 Imprecação profética
Solenidade:
 “Vendo as m...
Intuições agostinianas
 É o código fundamental
da vida cristã
 As bem-aventuranças
são a chave do Sermão
 Apontam sete ...
Concepções reducionistas
•só Cristo cumpriu seus preceitos
•serviriam apenas para os cristãos serem incentivados ao
arrepe...
As bem-aventuranças para a Igreja
Nova lógica
 O paroxismo das
bem-aventuranças é
um convite a
reconhecer que a
alegria é dom de Deus
 Jesus é sinal de
co...
Correspondências
coração
desprendido
dom do temor
de Deus
santificado
seja o vosso
nome
tema caro ao
profetismo
dom da
ciê...
Tipos de moral
Excurso
•clássica
•focada no que pode conduzir à felicidade natural
•Platão e Aristóteles
Eudemonológica
(virtudes)
•focada na fel...
Evolução dos sistemas morais
Ética
clássica
Moral
revelada
Moral
protestante
Moral
iluminista
Intuicionismo
estético
Emoti...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Especificidade da moral cristã

622 views

Published on

Regime de vida judaico, excelência grega, civilidade romana, vida no Espírito

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Especificidade da moral cristã

  1. 1. A ESPECIFICIDADE DA MORAL CRISTÃ regime judaico | virtudes gregas | civilidade romana | vida no Espírito
  2. 2. Pedagogia Regime judaico
  3. 3. A Lei de Moisés  Sistema, regime de vida religioso de Israel  Incluía normas jurídicas, cultuais e morais
  4. 4. Pedagogia da Lei  A Lei, embora reflexo do próprio Logos, não tornava os homens justos  Jesus, Logos encarnado, demonstra o sentido pedagógico da Lei
  5. 5. Excelência Virtudes gregas
  6. 6. Busca agônica do heroísmo  Força “equina”: atletismo  Coragem e astúcia reveladas na guerra  Eloquência política exercitada na assembleia  Feminino: beleza e prendas  Tragicidade: a excelência é dada por Zeus e procurada conscientemente, mas pode ser diminuída pela escravidão
  7. 7. As virtudes cardeais
  8. 8. Honestidade Civilidade romana
  9. 9. Virtudes pessoais  Todos os cidadãos deveriam aspirar às virtudes da “Via Romana”  Deram à República Romana a força moral necessária para conquistar e civilizar o mundo Auctoritas Comitas Clementia Dignitas Firmitas Frugalitas Gravitas Honestas Humanitas Industria Pietas Prudentia Salubritas Severitas Veritas
  10. 10. Virtudes públicas  Deveriam ser compartilhadas por toda a sociedade  Às vezes eram cunhadas nas moedas  Podiam ser personificadas em divindades Abundantia Aequitas Bonus Eventus Clementia Concordia Felicitas Fides Fortuna Genius Hilaritas Iustitia Laetitia Liberalitas Libertas Nobilitas Ops Patientia Pax Pietas Providentia Pudicitia Salus Securitas Spes Uberitas Virtus
  11. 11. O que temos de específico Vida no Espírito
  12. 12. Uma moral cristã  Uma moral propriamente cristã, desde um ponto de vista legalista, é inexistente  A moral natural é a arte de viver segundo a regra da racionalidade  A moral cristã é sacramental, segundo a regra do Espírito Nova natureza: graça Nova personalidade: filho de Deus Nova conduta: metanoia Novos modelos: Cristo e os Santos Ágape: cume da vida em Cristo
  13. 13. Uma moral espiritual  Virtudes sobrenaturais  Dons do Espírito Santo  Frutos do Espírito Santo
  14. 14. Jesus, novo paradigma  O novo sistema ou regime de vida religioso é o seguimento de Jesus  Somos chamados a reencontrar a Lei na Pessoa de Jesus, que é a Lei encarnada
  15. 15. Carta magna do Cristianismo Sermão da Montanha
  16. 16. Características gerais do Sermão Paralelismo mosaico:  Bênção sapiencial  Imprecação profética Solenidade:  “Vendo as multidões, Jesus subiu a montanha e sentou-se” Universalidade:  “Abrindo a boca”
  17. 17. Intuições agostinianas  É o código fundamental da vida cristã  As bem-aventuranças são a chave do Sermão  Apontam sete graus da vida cristã  São consequência dos dons do Espírito Santo  São relativas aos sete pedidos do Pai-nosso
  18. 18. Concepções reducionistas •só Cristo cumpriu seus preceitos •serviriam apenas para os cristãos serem incentivados ao arrependimento e à fé Lutero (sob sua ótica da justificação) •espiritualidade para a elite, em oposição ao Decálogo, moral para o povo Teólogos católicos ruins (preocupados com a determinação dos ouvintes imediatos e dos destinatários) •proposta ideal, intimista, de princípios gerais, alheios à experiência e desprovidos de força exterior de lei Teólogos protestantes liberais do século XIX •válido apenas em tempo de exceção, quando da segunda vinda iminente de Cristo Albert Schweitzer (músico, missionário e teólogo protestante, pertencente à Academia Francesa e prêmio Nobel da Paz) •regime do Reino de Deus na terra •bastaria não resistir ao mau (rechaço ao exército, tribunais, juramentos, etc.) para a instauração da paz de Cristo Leon Tolstoi (quando apóstata)
  19. 19. As bem-aventuranças para a Igreja
  20. 20. Nova lógica  O paroxismo das bem-aventuranças é um convite a reconhecer que a alegria é dom de Deus  Jesus é sinal de contradição porque adota uma postura em parte semelhante e em parte distinta frente à mentalidade do povo
  21. 21. Correspondências coração desprendido dom do temor de Deus santificado seja o vosso nome tema caro ao profetismo dom da ciência seja feita a vossa vontade inspirada na partilha ideal da terra por Josué dom da piedade venha a nós o vosso Reino metáfora do desejo intenso, do necessidade sentida dom da fortaleza o pão nosso de cada dia nos dai hoje atributo divino dom do conselho perdoai-nos as nossas ofensas recompensada com a esperança suprema dom do entendimento não nos deixeis cair em tentação dom e anúncio do Messias, príncipe da paz dom da sabedoria livrai-nos do mal
  22. 22. Tipos de moral Excurso
  23. 23. •clássica •focada no que pode conduzir à felicidade natural •Platão e Aristóteles Eudemonológica (virtudes) •focada na felicidade eterna •Santo Agostinho e São Tomás de Aquino Cristã (bem-aventuranças) •moderna •foco nas obrigações e proibições, motor do agir no puro dever, que assim nos tornaria dignos da felicidade •Descartes e Kant Legalista (deveres) •fins pessoais justificam os meios e o fator de ponderação está na renúncia a prazeres inferiores e imediatos em vista de prazeres futuros e superiores •Epicuro e Bentham Utilitarista (prazeres) •centrada no que transcende o meramente factual (bens) para atingir o essencial (valores), captado por uma intuição emocional •Scheler Axiológica (valores)
  24. 24. Evolução dos sistemas morais Ética clássica Moral revelada Moral protestante Moral iluminista Intuicionismo estético Emotivismo

×