Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

transtornos dissociativos de personalidades multiplas

5,584 views

Published on

  • Be the first to comment

transtornos dissociativos de personalidades multiplas

  1. 1. TRANSTORNO DISSOCIATIVO DEIDENTIDADEPor: Antônio JúniorFabiana FoeppelGilmário CarvalhoHenrique ReisItamar AraújoLívia BertoldiNadson MoraisPaula IsenseeILHÉUS-BA2013
  2. 2. Início: Século XIX O surgimento dos portadores de estado depossessão perante a sociedade;Benjamin Rush ;Jean-Martin Charcot e Pierre Janet ;Sigmund Freud e Eugen Bleuler.
  3. 3. A inclusão no Manual Diagnóstico e Estatísticode Transtornos Mentais(DSM-III), 1980,estabeleceu um cenário propício para odesenvolvimento de pesquisas clínicas sólidassobre a condição.
  4. 4. O interesse pelos traumas psicológicos associadoscom:combate militardesastres civisabuso de criança
  5. 5. Ocorre predominantemente em pessoas do sexofeminino;No final da adolescência e início da vida adulta,ocorrem os sintomas, sendo que normalmente 30(trinta) anos é a idade média em que sãodiagnosticados;Até 1/3 dos pacientes tentam suicídio.
  6. 6. Desconhecida e são relacionados à fatores como:Evento de vida traumáticoTendência para desenvolvimentoFatores ambientaisAusência de apoio externo
  7. 7. As características das personalidades são: Súbitas e dramáticas; Amnésia ou retenção completa do consciente; Amigas e inimigas; Nomes próprios; Hospedeira deprimida, ansiosa e moralista; Mistas e bem diferentes;
  8. 8.  Amnésia; Alteração do comportamento; Aparecimento de personalidades; Relatos de distorções e lapsos temporais ; Objetos, escritas e desenhos não reconhecidos ; Ouvir vozes originadas de dentro da pessoa; História grave de traumatismo emocional ou físico antes do5 anos, ou seja na infância.
  9. 9. Critérios diagnósticos:Presença de duas ou mais identidades ou estadosde personalidades distintas;Pelo menos duas dessa identidades ou estadosde personalidade assumem basicamente ocontrole do comportamento da pessoa em tempointegral.
  10. 10. Critérios diagnósticos:Incapacidade de recordar informações pessoaisimportantes, demasiadamente extensa para serexplicada pelo esquecimento comum.Perturbação não se deve aos efeitos fisiológicosde uma substância ou de condições médica geral.
  11. 11.  Amnésia; Fuga dissociativa; Esquizofrenia; Transtornos bipolares de ciclagem rápida; Transtornos de personalidades borderline; Epilepsia parcial complexa.
  12. 12. Inicia-se em crianças predominantemente nosexo masculino, a partir dos 3 anos de idade;Sintomas de transtornos depressivos;Transes, mudanças nas habilidades;Vozes alucinatórias, períodos amnésticos;Comportamentos suicidas ou autolesivos;
  13. 13. Os dois padrões sintomáticos nas adolescentesmulheres são:1ºPadrão:Vida caótica promíscua;Uso de drogasSintomas somáticos e tentativas de suicídio
  14. 14. 2ºPadrão:Retraimento e comportamento infantil.Incorretas classificações como: transtorno do humor ; transtorno de ansiedade generalizada.
  15. 15. Os adolescentes homens podem adquirirproblemas com autoridades escolares e atémesmo com a lei.
  16. 16. Quanto mais precoce o início do transtornodissociativo de identidade pior é o prognóstico,pois, uma ou mais das personalidades podemfuncionar relativamente bem, enquanto outrasatuam paralelamente.
  17. 17. Cada uma dessas personalidades individualmentepode obter transtornos mentais próprios, sendoque o mais comum é o transtorno de humor.
  18. 18. O tratamento mais eficaz para TDI: PSICOTERAPIA ORIENTADA; HIPNOTERAPIA ou SESSÕES DE ENTREVISTASAUXILIADAS POR DROGAS.
  19. 19. A Psicoterapia é um método de tratamento, umaaplicação dos conhecimentos da Psicologia e daPsicopatologia na clínica psicológica,sendo também chamada de Psicologia Clínica.
  20. 20.  Tratamento de Transtornos Psicológicos como: Transtorno do Pânico; Fobias; Transtorno Dissociativo; Depressão; Anorexia; Estresse pós traumático etc;
  21. 21. Hipnoterapia é um tratamento terapêutico que seutiliza de diversos meios, para soluções dediversos problemas.
  22. 22.  Métodos de tratamentos: Regressão de idade; Amnésia Estruturada; Hiperamnésia; Catalepsia; Dissociação de elementos;
  23. 23.  Estabelecer uma aliança de trabalho. Fazer o diagnóstico, informar o paciente e manter a aliançaterapêutica. Fazer contato com os diferentes álteres. Explorar a estrutura do sistema de álteres. Entender a “ideia fixa” particular por trás de cada alter. Trabalhar com os problemas de estado de alter particulares.
  24. 24.  Ajudar o paciente a desenvolver cada vez mais cooperaçãoentre estados de alter. Ajudar o paciente a desenvolver habilidades de manejo nãodissociativas. Confrontar a dissociação e apoiar a integração de memória,afeto e identidade do paciente por meio de catarse daexperiência traumática. Ajudar paciente a desenvolver e consolidar uma novaidentidade.
  25. 25. As questões da competência dos pacientes paraserem levados a julgamento e do grau deresponsabilidade pelo comportamento de diferentesestados de personalidades receberam diversasopiniões judiciais contraditórias.
  26. 26. As defesas mais comuns que se destacaram: Os réus com transtornos que não podem serconsiderados por suas ações; A impossibilidade recordar de suas ações daspersonalidades alternativas; O diagnóstico do (TDI) impossibilita que o réu se adapteà lei, não sabendo distinguir o certo do errado.
  27. 27.  ANDREASEN, N.C.; BLACK, D.W. Introdução à Psiquiatria.4.ed. Porto Alegre: Artmed, 2009. BEZERRA, F. Transtorno Dissociativo de Identidade.Disponível em: <http://pt.scribd.com/doc/82928254/7-Transtorno-Dissociativo-de-Identidade>. Acesso em 8 de maiode 2013. DSM-III - Diagnostic and Statistical Manual of MentalDisorders (DSM-III), 3 ed. American Psychiatric Association,Washington DC, 1980. In: ONO, M.K.; YAMASHIRO, F.M.Múltiplas personalidades: o distúrbio dissociativo daidentidade. São Paulo: Unicamp. Disponível em:<http://www.ic.unicamp.br/~wainer/cursos/906/trabalhos/mc906_artigo_multiplas_personalidades_011738_008623.pdf>.Acesso em 8 de maio de 2013.
  28. 28. DSM-IV-TR – Manual diagnóstico e estatístico detranstornos mentais (Trad. Cláudia Dornelles; 4ed. rev. – Porto Alegre: Artmed, 2002.EBERT, M.H.; LOOSEN, P.T.; NURCOMBE, B.Psiquiatria: diagnóstico e tratamento. PortoAlegre: Artmed, 2002.KAPLAN, H.I.; SADOCK, B.J. Tratado dePsiquiatria. 6.ed. Porto Alegre: Artmed, 1999. v.2.
  29. 29.  ONO, M.K.; YAMASHIRO, F.M. Múltiplas personalidades: odistúrbio dissociativo da identidade. São Paulo: Unicamp.Disponível em:<http://www.ic.unicamp.br/~wainer/cursos/906/trabalhos/mc906_artigo_multiplas_personalidades_011738_008623.pdf>.Acesso em 8 de maio de 2013. SADOCK, B.J; SADOCK, V.A. Compêndio de Psiquiatria:ciências do comportamento e psiquiatria clínica. 9.ed.Porto Alegre: Artmed, 2007. TRINDADE, J. Manual de Psicologia Jurídica paraoperadores do Direito. 4.ed. Porto Alegre: Livraria doAdvogado, 2010.

×