Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Upcoming SlideShare
Dethox escuta afetiva são paulo
Next
Download to read offline and view in fullscreen.

0

Share

Apresentação tics

Download to read offline

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all
  • Be the first to like this

Apresentação tics

  1. 1. TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO<br />ENSINANDO E APRENDENDO COM OS TICS <br />TEMA: A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR <br />PROFESSORA: CLICERIES <br />CURSISTAS: CLEONICE SCHMITZ KUNTS, DENISE ROSANE MAI, LUCIANE CARLA MAI, NADIA ULSENHEIMER<br />SÃO CARLOS,SC.<br />2011<br />
  2. 2. OBJETIVO GERAL:<br />O objetivo geral do trabalho consiste em orientar as crianças que ao brincar se aprende a ter regras, limites, raciocínio lógico, interiorizar informações, além da alfabetização em si.<br />
  3. 3. Os objetivos específicos são:<br /><ul><li>Constatar como as brincadeiras dirigidas interferem na socialização da criança.
  4. 4. Perceber como as crianças, através das brincadeiras dirigidas, se socializam, tomam consciência do outro, obedecem a regras e adquirem determinado comportamento.
  5. 5. Identificar a importância das crianças obterem direitos e também deveres. </li></li></ul><li> JUSTIFICATIVA:<br /> Sabe-se que os jogos eletrônicos são ferramentas atrativas para a criança, mas que ela não pode jamais trocá-los pelos outros jogos e brincadeiras, deixando de lado o convívio, o contato com outras crianças.<br />
  6. 6. ETAPAS DAS ATIVIDADES<br />- Explicar as crianças que a aula será um pouco diferente, onde eles irão no computador, acessar a internet, pesquisar e realizar atividades norteadas pelo professor.<br /> - Após, o tempo previsto para as atividades no computador, será feita uma explanação dos conteúdos pesquisados e das atividades realizadas, na sala de aula onde os alunos retratam o que mais gostaram e o que aprenderam de novo. E a partir disso pode-se concluir e avaliar os pontos positivos e negativos e também uma auto avaliação do desempenho da aula, e da ampliação ou não dos conhecimentos dos alunos.<br />
  7. 7. Duração das aulas: Três períodos de 45 minutos na sala de informática, e dois em sala de aula.<br />Recursos: computador, internet, caderno, lápis borracha,giz e quadro.<br /> <br />Sites pesquisados: (Goglle)<br />Zuzubalandia;<br />Jogos on-line com letras português;<br />Horas: jogo de vestir;<br />Atividades educacionais.<br />
  8. 8. Nesses sites foram trabalhados exercícios iniciais, cruzadinhas, jogos de montar, colorir, cálculos de adição e subtração, raciocínio lógico, adivinhas, cores e formas, coordenação motora, agilidade, concentração, jogo da pipoca, da matemática, da velha e da memória.<br />
  9. 9. O jogo e o brinquedo, mais do que uma forma de divertimento é um meio de compreensão e relacionamento com o ambiente que prepara a criança para a competição da vida. A brincadeira favorece a auto-estima das crianças, auxiliando-as a superar progressivamente suas aquisições de forma criativa. Brincar contribui para a interiorização de determinados modelos adultos no âmbito de grupos sociais diversos.<br />Essas significações atribuídas ao brincar transformam-no num espaço singular de constituição infantil. O faz de conta dos jogos, na sua construção e suas regras, como nos jogos da sociedade, jogos tradicionais, didáticos, corporais, propiciam a ampliação do conhecimento infantil por meio da atividade lúdica.<br />
  10. 10. Ao brincar e jogar, a criança fica tão envolvida com o que está fazendo, que coloca na ação o seu sentimento e emoção, e é o elo integrador entre os aspectos motores, cognitivos, afetivos e sociais. Por isso, partimos do pressuposto de que é brincando e jogando que a criança ordena o mundo a sua volta, assimilando experiências e informações e, sobre tudo, incorporando atividades e valores.<br /> Em toda a atividade ou experiência a criança se educa, por isso ao planejar as brincadeiras o educador estará trabalhando com a capacidade de ação, a atenção, os sentimentos, o raciocínio, os movimentos e o espírito de observação...<br />
  11. 11. Cabe a nós professores o papel de educar o sujeito capaz de pensar a realidade e transformá-la. Sendo que o processo de aprendizagem possibilita a elaboração conceitual colocando os alunos ao encontro com novos conhecimentos, oferecendo-os, destacando-os em contextos diversos, bem como analisar e organizar dentro das práticas na comunidade e na dinâmica histórica.<br /> Partilhar com os alunos informações, indagações, contradições provocando novas relações e novas oportunidades.<br />Enfim, a educação escolar deve executar a democracia e a cidadania através dos conhecimentos adquiridos e produzidos, buscando uma sociedade sem discriminação, crítica, reflexiva, dinâmica, onde todos sejam autores de sua própria história.<br />
  12. 12. "VOCÊ É RESPONSÁVEL POR TUDO AQUILO QUE CATIVA. " <br />

Views

Total views

542

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

1

Actions

Downloads

7

Shares

0

Comments

0

Likes

0

×