Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Lição 05- O Cuidado com Aquilo que Falamos

863 views

Published on

Published in: Spiritual
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Lição 05- O Cuidado com Aquilo que Falamos

  1. 1. 4º Trimestre de 2013 Lição 5
  2. 2. TEXTO ÁUREO
  3. 3. INTRODUÇÃO O objetivo é mostrar como a literatura sapiencial bíblica toca num ponto sensível da vida humana, muitas vezes esquecido pelos cristãos: a devida e correta utilização das palavras. E disse Deus: Haja luz; e houve luz. Gn 1:3
  4. 4. “Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos”. Provérbios 6:16-19
  5. 5. I. O PODER DAS PALAVRAS Dependendo da motivação de quem pronuncia, as palavras podem matar ou vivificar. De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus. Rm 14:12
  6. 6. I. O PODER DAS PALAVRAS 1. Palavras que matam. E disse Deus: Haja luz; e houve luz. Gn 1:3 E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. Gn 12:3 Porém o nosso Deus converteu a maldição em bênção. Ne 13:2
  7. 7. I. O PODER DAS PALAVRAS 2. Palavras que vivificam. A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto. Pv 18:21
  8. 8. II. CUIDADOS COM A LÍNGUA 1. Evitando a tagarelice. Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo. Mt 12:36 Porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras serás condenado. Mt 12:37
  9. 9. II. CUIDADOS COM A LÍNGUA 2. Evitando a maledicência. Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz. Tg 4:11
  10. 10. III. O BOM USO DA LÍNGUA 1. Quando a língua edifica o próximo. E o SENHOR virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; e o SENHOR acrescentou, em dobro, a tudo quanto Jó antes possuía. Jó 42:10
  11. 11. III. O BOM USO DA LÍNGUA 2. Nossa língua adorando a Deus.
  12. 12. IV. SALOMÃO E TIAGO SALOMÃO TIAGO 1. Uma palavra ao aluno. 2. Uma palavra aos mestres.
  13. 13. Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal. Tg 3:8 A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno. Tg 3:6
  14. 14. E, naquele dia, sendo já tarde, disse-lhes: Passemos para o outro lado. Mc 4:35 Bem-aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na lei do SENHOR. SI 119.1

×