Aula sobre história introdução

4,352 views

Published on

AULA SOBRE INTRODUÇÃO AOS ASSUNTOS HISTÓRICOS

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
4,352
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
15
Actions
Shares
0
Downloads
61
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula sobre história introdução

  1. 1. Para entender a História...
  2. 2. OS SIGNIFICADOS DA HISTÓRIA <ul><li>Sujeitos da História </li></ul><ul><li>Imparcialidade no ato de se construir conceitos históricos é impossível... ( não há neutralidade ) </li></ul><ul><li>Pesquisa científica difere das técnicas utilizadas nas áreas de exatas </li></ul>
  3. 4. <ul><li>Anacronismo </li></ul>
  4. 5. Perguntas de um Operário Letrado Bertold Brecht Quem construiu Tebas, a das sete portas? Nos livros vem o nome dos reis, Mas foram os reis que transportaram as pedras? Babilónia, tantas vezes destruida, Quem outras tantas a reconstruiu? Em que casas Da Lima Dourada moravam seus obreiros? No dia em que ficou pronta a Muralha da China para onde Foram os seus pedreiros? A grande Roma Está cheia de arcos de triunfo. Quem os ergueu? Sobre quem Triunfaram os Césares? A tão cantada Bizâncio Sò tinha palácios Para os seus habitantes? Até a legendária Atlântida Na noite em que o mar a engoliu Viu afogados gritar por seus escravos. O jovem Alexandre conquistou as Indias Sózinho? César venceu os gauleses. Nem sequer tinha um cozinheiro ao seu serviço? Quando a sua armada se afundou Filipe de Espanha Chorou. E ninguém mais? Frederico II ganhou a guerra dos sete anos Quem mais a ganhou? Em cada página uma vitòria. Quem cozinhava os festins? Em cada década um grande homem. Quem pagava as despesas? Tantas histórias Quantas perguntas
  5. 6. A INTERPRETAÇÃO DOS FATOS <ul><li>Memória e História </li></ul><ul><li>mitos e fantasias </li></ul><ul><li>necessidade de se conhecer o passado </li></ul>                                                                               
  6. 7. <ul><li>HISTORIOGRAFIA E MEMÓRIA </li></ul><ul><li>mitos e fantasias </li></ul><ul><li>necessidade de se conhecer o passado </li></ul><ul><li>invenção da escrita </li></ul><ul><li>Memória e história andam juntas:Segundo Le Goff: </li></ul><ul><li>“ a memória, onde cresce a História, que por sua vez a alimenta, procura salvar o passado para servir o presente e o futuro” </li></ul>
  7. 8. <ul><li>TEMPO E HISTÓRIA </li></ul><ul><li>não linear ( sucessão de fatos) </li></ul><ul><li>relação dialética entre o passado e o presente </li></ul><ul><li>a relação do homem com o tempo é cultural </li></ul><ul><li>Tempo Subjetivo X Tempo Objetivo </li></ul><ul><li>Quadripartismo histórico ( uma convenção ) </li></ul><ul><li>Tempo não é uniforme </li></ul>
  8. 9. Invenção da Escrita Fim do Império Romano do Ocidente Tomada de Constantinopla (fim do Império Romano do Oriente) Revolução Francesa Linha do Tempo
  9. 10.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                    Pré-História Antiga Média Moderna  Contemporânea Fatos históricos que indicam o fim de cada período           
  10. 11. <ul><li>PENSANDO A HISTÓRIA </li></ul><ul><li>A história surgiu na Grécia com Heródoto e Tucídides </li></ul><ul><li>Todo texto histórico é ideológico </li></ul><ul><li>Varia de acordo com o contexto </li></ul>Heródoto Tucídides
  11. 12. <ul><li>HISTÓRIA E MODERNIDADE </li></ul><ul><li>No início da Modernidade o antropocentrismo e o racionalismo deram uma nova visão de mundo ao homem ocidental </li></ul>
  12. 13. <ul><li>A burguesia contribuiu no processo </li></ul><ul><li>Revolução Francesa  nega o passado ( Idade das Trevas ) </li></ul>
  13. 14. <ul><li>No século XIX, a história é novamente requisitada  busca das raízes nacionais ( História Positivista  idéia do conhecimento totalizante ) </li></ul><ul><li>Importância do Materialismo Histórico de Marx e Engels </li></ul>Comte Engels Marx
  14. 15. <ul><li>No século XX, a Escola dos Anais  perspectivas culturais na construção do conhecimento histórico através das manifestações culturais, da interdisciplinaridade e das estruturas </li></ul><ul><li>Nova História  linguagem próxima da literatura </li></ul>
  15. 16. Há homens que lutam um dia, e são bons; Há outros que lutam um ano, e são melhores; Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons; Porém há os que lutam toda a vida Estes são os imprescindíveis Bertold Brecht Muito Obrigado !!!!!! Fábio Salvari

×