Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aula sobre história introdução

4,596 views

Published on

AULA SOBRE INTRODUÇÃO AOS ASSUNTOS HISTÓRICOS

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Aula sobre história introdução

  1. 1. Para entender a História...
  2. 2. OS SIGNIFICADOS DA HISTÓRIA <ul><li>Sujeitos da História </li></ul><ul><li>Imparcialidade no ato de se construir conceitos históricos é impossível... ( não há neutralidade ) </li></ul><ul><li>Pesquisa científica difere das técnicas utilizadas nas áreas de exatas </li></ul>
  3. 4. <ul><li>Anacronismo </li></ul>
  4. 5. Perguntas de um Operário Letrado Bertold Brecht Quem construiu Tebas, a das sete portas? Nos livros vem o nome dos reis, Mas foram os reis que transportaram as pedras? Babilónia, tantas vezes destruida, Quem outras tantas a reconstruiu? Em que casas Da Lima Dourada moravam seus obreiros? No dia em que ficou pronta a Muralha da China para onde Foram os seus pedreiros? A grande Roma Está cheia de arcos de triunfo. Quem os ergueu? Sobre quem Triunfaram os Césares? A tão cantada Bizâncio Sò tinha palácios Para os seus habitantes? Até a legendária Atlântida Na noite em que o mar a engoliu Viu afogados gritar por seus escravos. O jovem Alexandre conquistou as Indias Sózinho? César venceu os gauleses. Nem sequer tinha um cozinheiro ao seu serviço? Quando a sua armada se afundou Filipe de Espanha Chorou. E ninguém mais? Frederico II ganhou a guerra dos sete anos Quem mais a ganhou? Em cada página uma vitòria. Quem cozinhava os festins? Em cada década um grande homem. Quem pagava as despesas? Tantas histórias Quantas perguntas
  5. 6. A INTERPRETAÇÃO DOS FATOS <ul><li>Memória e História </li></ul><ul><li>mitos e fantasias </li></ul><ul><li>necessidade de se conhecer o passado </li></ul>                                                                               
  6. 7. <ul><li>HISTORIOGRAFIA E MEMÓRIA </li></ul><ul><li>mitos e fantasias </li></ul><ul><li>necessidade de se conhecer o passado </li></ul><ul><li>invenção da escrita </li></ul><ul><li>Memória e história andam juntas:Segundo Le Goff: </li></ul><ul><li>“ a memória, onde cresce a História, que por sua vez a alimenta, procura salvar o passado para servir o presente e o futuro” </li></ul>
  7. 8. <ul><li>TEMPO E HISTÓRIA </li></ul><ul><li>não linear ( sucessão de fatos) </li></ul><ul><li>relação dialética entre o passado e o presente </li></ul><ul><li>a relação do homem com o tempo é cultural </li></ul><ul><li>Tempo Subjetivo X Tempo Objetivo </li></ul><ul><li>Quadripartismo histórico ( uma convenção ) </li></ul><ul><li>Tempo não é uniforme </li></ul>
  8. 9. Invenção da Escrita Fim do Império Romano do Ocidente Tomada de Constantinopla (fim do Império Romano do Oriente) Revolução Francesa Linha do Tempo
  9. 10.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                    Pré-História Antiga Média Moderna  Contemporânea Fatos históricos que indicam o fim de cada período           
  10. 11. <ul><li>PENSANDO A HISTÓRIA </li></ul><ul><li>A história surgiu na Grécia com Heródoto e Tucídides </li></ul><ul><li>Todo texto histórico é ideológico </li></ul><ul><li>Varia de acordo com o contexto </li></ul>Heródoto Tucídides
  11. 12. <ul><li>HISTÓRIA E MODERNIDADE </li></ul><ul><li>No início da Modernidade o antropocentrismo e o racionalismo deram uma nova visão de mundo ao homem ocidental </li></ul>
  12. 13. <ul><li>A burguesia contribuiu no processo </li></ul><ul><li>Revolução Francesa  nega o passado ( Idade das Trevas ) </li></ul>
  13. 14. <ul><li>No século XIX, a história é novamente requisitada  busca das raízes nacionais ( História Positivista  idéia do conhecimento totalizante ) </li></ul><ul><li>Importância do Materialismo Histórico de Marx e Engels </li></ul>Comte Engels Marx
  14. 15. <ul><li>No século XX, a Escola dos Anais  perspectivas culturais na construção do conhecimento histórico através das manifestações culturais, da interdisciplinaridade e das estruturas </li></ul><ul><li>Nova História  linguagem próxima da literatura </li></ul>
  15. 16. Há homens que lutam um dia, e são bons; Há outros que lutam um ano, e são melhores; Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons; Porém há os que lutam toda a vida Estes são os imprescindíveis Bertold Brecht Muito Obrigado !!!!!! Fábio Salvari

×