Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading. ×

Geronimo Stilton

Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Upcoming SlideShare
Ed346   02.02.2011
Ed346 02.02.2011
Loading in …3
×

Check these out next

1 of 1 Ad
Advertisement

More Related Content

Advertisement

Recently uploaded (20)

Geronimo Stilton

  1. 1. 15 LIVROS INFANTO-JUVENIL PÚBLICO 6 OUTUBRO 2006 Geronimo Stilton é o director do Diário dos Roedores, mas gosta | LETRA PEQUENA | mais de escrever livros. Não se pode revelar quem o criou. Rita Pimenta Um jornal dirigido O fascínio por pedras grandes por um rato | Rita Pimenta do primo Esparrela, primeiro Ninguém fica indiferente a um menir ou a uma anta. com um pó de comichão que Prova recente disso mesmo foi a mobilização de mais Com uma ficha técnica que o obrigou a tirar as calças em de 200 pessoas para erguer por métodos primitivos um não é para levar a sério, a frente aos convidados, depois monumento megalítico de 15 toneladas e sete metros, colecção do rato Geronimo com uns bombons laxantes, no Barrocal (Reguengos de Monsaraz). Aconteceu no Stilton tornou-se num su- etc. Para os restantes familia- dia 23 de Setembro – ou melhor, não chegou a acon- cesso internacional, com res do rato, a estada no castelo tecer, mas isso não interessa. tradução em 35 línguas e também não foi agradável. A As pedras grandes atraem, e o Ricardo, a Rita e o vendas que já alcançaram avareza daquele Zanzibar André não resistiram a visitar, durante a noite, as Antas os 20 milhões de exem- levou a que todos passassem do Olival da Pega, em Monsaraz (mais precisamente plares. Em Itália, o país fome e frio. A própria noiva Sharish, a terra de Balen al-Farah). Foram às escondi- de origem da colecção, percebeu em que sarilhos se das de Sara, que pensara ter conseguido dissuadi-los foram vendidos 2,5 ia meter e já não se casou. dessa arriscada aventura. “Não podiam conceber as milhões de livros e, Deixou o noivo e o pai perigosas forças que se concentram e escondem em nos Estados Unidos, a avarento no castelo e, à certos locais” (pág. 41). Scholastic imprimiu, boleia na moto da irmã Seguiu-os, mas, quando os avistou, já não pôde para a tiragem inicial, de Stilton, foi viver impedir que entrassem na anta. Atirou-se também lá um milhão de cópias. para a Ratázia. para dentro e regressou assim ao reino da sua mãe, Por cá, o êxito não está No final, conclui o ra- Zaida, uma moura encantada. O povo de origem de a corresponder à expec- to: “Não sei como será a Sara vai pedir-lhe então ajuda na demanda do elmo tativa da Editorial Pre- vossa família, mas a minha de cristal, uma arma cobiçada pelos povos rivais das sença (venderam-se 27.200 é mesmo estranha e cómica. Terras Encantadas. Os talentos de Ricardo, de Rita e livros), mas os miúdos que Aliás, todas as famílias são de André também terão um papel importante no im- gostam do Stilton gostam assim... ou não são?” (pág. pedimento do avanço das mesmo e já começavam a 117). forças demoníacas dos reclamar a saída do décimo Observar as crianças a ler Encobertos. volume, que foi lançado na um livro de Geronimo Stilton Francisco Dionísio, o terça-feira com o título “Pâni- pode ser muito engraçado, autor de “Elmo de Cristal co nos Himalaias” (cinco mil pois algumas delas soltam / Os Mouros das Terras exemplares de tiragem). verdadeiras gargalhadas. Encantadas”, consegue Façamos uma curta apre- Ficção à parte, uma das No fi nal do convite, vinha a Uma característica que criar um ambiente fantás- sentação deste jornalista- obras conquistou o prémio seguinte nota: “Agradece-se também as atrai é o dina- tico que envolve o leitor escritor de comportamento eBook Award 2002 como me- presente, aliás obrigatório!!!” mismo da mancha gráfica e e o faz acompanhar com exemplar, mas facilmente en- lhor livro electrónico infantil (pág. 11). dos próprios caracteres. Há interesse as personagens, ganado por todos – até porque e em 2001 o rato já tinha sido Correu tudo mal para vários tipos de letra, cores quer as reais, por assim é muito distraído. Eis como o considerado a personagem do Stilton, que se tornou ime- diferentes no meio do texto, dizer, quer as lendárias. próprio se dá a conhecer nas ano pelo Prémio Andersen. diatamente alvo das partidas distorção de caracteres, tex- As descrições, os porme- Elmo de Cristal / Os suas páginas: “A minha ver- Quem escreve de facto as to em forma de caracol ou a nores e as ligações com os Mouros das Terras dadeira paixão é escrever. histórias e está por trás deste própria palavra transformada espaços geográficos alen- Encantadas Aqui em Ratázia, na Ilha dos roedor nunca é revelado pelas numa espécie de ilustração tejanos são bem doseados AUTOR Francisco Dionísio Ratos, os meus livros são to- editoras que exploram os di- do que é dito. Por exemplo: a entre os quadros de maior EDITOR Prime Books dos ‘best-sellers’. O quê? Não reitos da colecção. Pode ser expressão “faz frio de mais” acção, sempre cativantes 246 págs., €14,40 os conhecem? São histórias um homem, uma mulher ou aparece em dois tons de azul, para os jovens, e suscitam para rir, mais delicadas que até mesmo uma criança. Se grafada com letras grandes e vontade para visitar monumentos megalíticos. queijo fresco, mais apetitosas se quiser solicitar uma entre- cobertas de neve (pág. 83); (Há uma irritante confusão entre “concelhos” e que o da Serra, mais suculen- vista, as respostas serão dadas a palavra “brilhante” surge “conselhos”, pág. 114.) tas que o cabreiro… histórias por Stilton! – e ponto final. em dourado e parece brilhar No fi nal, regista-se um pequeno glossário, de que mesmo ratonas, palavra de mesmo (pág. 98). se transcrevem aqui alguns termos interessantes que Geronimo Stilton!” Também o facto de exis- se repetem ao longo do livro. Al-Andaluz: nome atri- Sogro avarento, É formado em Ratologia da tir no final de cada livro o buído pelos árabes à Península Ibérica; Rio Anas: rio casamento falhado O Castelo do Lorde Literatura Rática, em Filoso- Em “O Castelo do Lorde mapa da Ilha dos Ratos, apa- Guadiana, cuja junção deriva da palavra árabe “uadi” Avarento fia Arqueorrática Comparada Avarento”, o rato e a sua ir- recer cartografada a cidade (rio) com a palavra “ana” (água); Sharish ou Xaris: AUTOR Geronimo Stilton e há 20 anos que dirige o mã Tea são convidados pelo da Ratázia e mostrar-se a nome de Monsaraz durante a ocupação islâmica. ILUSTRADOR Roberto Ronchi “Diário dos Roedores”. Nos tio Semilorde Zanzibar – a planta do edifício do “Diá- O autor desta história, que não é apenas de aventuras, GRAFISMO Merenguita tempos livres, colecciona quem chamam “o Piolhoso” e rio dos Roedores” ajuda os apoiou-se em estudos de Teófi lo Braga, Consiglieri Gingermouse e Aurela De cascas antigas de parmesão do que vive em Penedos Avaros, leitores a ter a percepção do Pedroso, José Leite de Vasconcelos e Gentil Martins. Rosa século XVIII e joga golfe. No no Castelo de Rocha Sovina espaço em que as histórias Fez bem. • TRADUTOR Carlos Grifo Babo entanto, nada o satisfaz mais – para o casamento “de seu acontecem. E as crianças EDITOR Editorial Presença Letra Pequena sai no primeiro sábado de cada mês. do que contar histórias ao seu filho Pimpolho Zanzibar com gostam disso. Na verdade, 126 págs., €7,50 Comentários sobre livros para o público infanto-juvenil sobrinho Benjamim. Cloaquina Cheiroti-Bafius”. nós também. • podem ser enviados para letra.pequena@publico.pt www.geronimostilton.com

×