Sistema Genital Masculino

5,443 views

Published on

Apresentação sobre anatomia do sistema genital masculino.

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,443
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
278
Actions
Shares
0
Downloads
265
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sistema Genital Masculino

  1. 1. SISTEMA GENITAL MASCULINO O sistema reprodutor masculino é especialmente adaptado para produzir os espermatozóides e inoculá-los no interior do corpo da mulher, tendo como finalidade a reprodução da espécie.
  2. 2. Órgãos do sistema reprodutor masculino <ul><li>Testículos </li></ul><ul><li>Nos testículos ocorre a produção de espermatozóides e também a produção de testosterona. Produz esperma e secreta hormônios sexuais, graças aos túbulos seminíferos. </li></ul>
  3. 3. Epidídimo É no ducto epidídimo que ocorre a maturação dos espermatozóides, além disso, este ducto também armazena os espermatozóides e os conduzem ao ducto deferente através de movimentos peristálticos (contração muscular).
  4. 4. Ductos deferentes <ul><li>Os ductos deferentes têm a função armazenar os espermatozóides e de transporta-los em direção à uretra , além disso, ela ainda é responsável por reabsorver aqueles espermatozóides que não foram expelidos </li></ul>
  5. 5. Vesícula seminal <ul><li>As vesículas seminais são glândulas responsáveis por secretar um fluído que tem a função de neutralizar a acidez da uretra masculina e da vagina, para que, desta forma, os espermatozóides não sejam neutralizados. </li></ul>
  6. 6. Próstata glândula localizada abaixo da bexiga urinária. Secreta substâncias alcalinas que neutralizam a acidez da urina e  ativa os espermatozóides.É através da próstata que é secretado um líquido leitoso que possui aproximadamente 25% de sêmen. 
  7. 7. Glândulas Bulbo Uretrais ou de Cowper Sua secreção transparente é lançada dentro da uretra para limpá-la e preparar a passagem dos espermatozóides. Também tem função na lubrificação do pênis durante o ato sexual.
  8. 8. Uretra É um canal destinado para a urina, mas os músculos na entrada da bexiga se contraem durante a ereção para que nenhuma urina entre no sêmen e nenhum sêmen entre na bexiga. Todos os espermatozóides não ejaculados são reabsorvidos pelo corpo dentro de algum tempo.
  9. 9. Bolsa escrotal <ul><li>Um espermatozóide leva cerca de 70 dias para ser produzido. Eles não podem se desenvolver adequadamente na temperatura normal do corpo (36,5°C). Função termorreguladora. </li></ul>
  10. 10. Pênis Principal órgão do aparelho genital masculino, formado por dois tipos de tecidos cilíndricos: dois corpos cavernosos e um corpo esponjoso (envolve e protege a uretra).
  11. 11. <ul><li>É formado por 3 colunas de tecido Eréctil cujo engurgitamento com sangue provoca a ereção. </li></ul><ul><li>No pénis e principalmente na glande a pele e o prepúcio são muito ricos em receptores sensoriais que levam a informação à medula onde os reflexos que determinam o ato sexual estão integrados. </li></ul><ul><li>Os potenciais de ação caminham da medula ao cérebro para produzir as sensações sexuais de ação a partir do escroto e das regiões anal, perineal e púbica reforçam as sensações sexuais. </li></ul>
  12. 12. EJACULAÇÃO A ejaculação tem lugar no momento do orgasmo. Também durante o sono pode haver uma ejaculação relacionada normalmente com um sonho erótico. Chama-se então polução noturna. A freqüência das poluções noturnas é muito variável e depende de muitos fatores.

×