Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

1ª ReuniãO

6,136 views

Published on

Published in: Travel, Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

1ª ReuniãO

  1. 1. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009
  2. 2. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Pauta 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 <ul><li>Vídeo: O Buraco no Muro </li></ul><ul><li>Concepção de Informática Educativa </li></ul><ul><li>Portaria POIE ( 2673/08 e 3773/08) </li></ul><ul><li>Diagnóstico </li></ul><ul><li>Metas 2009 (constar no Plano de Trabalho ) </li></ul><ul><li>Metas SME </li></ul><ul><li>Ações 2009 – “Minha Terra” </li></ul><ul><li>Atualização dos dados do POIE </li></ul><ul><li>Autorização do uso de imagem </li></ul><ul><li>Informações gerais </li></ul>
  3. 3. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Concepção de Informática Educativa: Letramento Digital Pesquisa, Comunicação e Publicação na Internet 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009
  4. 4. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Linha do Tempo 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 <ul><li>2006 </li></ul><ul><li>Regência POIE </li></ul><ul><li>Programa de Tecnologias na Educação pós-internet </li></ul><ul><li>Caderno de Orientações Didáticas – Ler e Escrever – Tecnologias na Educação Virtual e CD </li></ul><ul><li>Articulação com Programa Nas Ondas do Rádio </li></ul><ul><li>Aluno Monitor- Microsoft </li></ul>
  5. 5. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Linha do Tempo 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 <ul><li>2007 </li></ul><ul><li>Divulgação, impressão e uso do Caderno de Tecnologias nas U.E.; </li></ul><ul><li>Formação do aluno monitor via projeto: “Memórias em rede”; </li></ul><ul><li>EAD – em Comunidade Virtual </li></ul><ul><li>Produto final do projeto Memórias em Rede </li></ul><ul><li>Formação POIE recém designado </li></ul>
  6. 6. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Linha do Tempo 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 <ul><li>2008 </li></ul><ul><li>Final de fevereiro – representante DRE CS </li></ul><ul><li>Continuidade das ações: </li></ul><ul><ul><li>aluno monitor “Nossa ESCOLA tem HISTÓRIA (novo paradigma) e Microsoft </li></ul></ul><ul><ul><li>Parcerias </li></ul></ul><ul><li>Diagnóstico de Informática Educativa </li></ul><ul><li>Produções </li></ul>
  7. 7. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Linha do Tempo 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 <ul><li>2008 (cont) </li></ul><ul><li>Presença da Informática Educativa: </li></ul><ul><ul><ul><li>- Congresso Virtual Educa –Zaragoza/ Espanha </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>- Congresso de tecnologia Aplicada à sala de aula – Brasília </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>- Seminários das DRE e em reuniões nas DRE/ DOT-P </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>- Em Publicações: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li> Educação – fazer e aprender na cidade de São Paulo folder e banner; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Livro de Educação infantil </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Vídeos das áreas do conhecimento </li></ul></ul></ul><ul><li>Ampliação de Comunidades virtuais </li></ul><ul><li>Articulação entre as DOT para plano 2009 / 2012 </li></ul>
  8. 8. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Portaria 2673/08 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 Art. 2º - Os Laboratórios de Informática Educativa, por meio das práticas ali desenvolvidas, objetivam : I - Possibilitar a criação de ambientes de aprendizagem diferenciados, dinâmicos, colaborativos e interativos . II - Potencializar o uso crítico e criativo dos diferentes recursos tecnológicos, como forma de expressão oral, escrita, registro, socialização e produção de textos em diferentes contextos e linguagens . III - Favorecer o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação como recurso no processo ensino e aprendizagem, no desenvolvimento das competências leitora e escritora e no processo de formação dos alunos . IV - Propiciar condições de acesso e uso das tecnologias voltadas para a pesquisa e produção do conhecimento . V - Promover ações de cunho pedagógico que atendam as demandas apontadas para a inclusão social e digital de toda a comunidade educativa . VI - Possibilitar o uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação e diferentes mídias como recursos a serem utilizados na atuação docente . VII - Favorecer os avanços dos níveis de proficiência estabelecidos pela Prova São Paulo .
  9. 9. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Portaria 2673/08 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 Art. 3º - O Laboratório de Informática Educativa, como espaço de acesso às Tecnologias da Informação e Comunicação , deverá : I - oferecer atendimento a todos os alunos , de todos os turnos e modalidades de ensino em funcionamento na Unidade Educacional; II - possibilitar o uso democrático dos recursos e ferramentas digitais ; III - integrar o Plano de Ação da Informática Educativa ao Projeto Pedagógico da Unidade Educacional atendendo às necessidades da construção do currículo ; IV - organizar seu atendimento, observando o Calendário Escolar .
  10. 10. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Portaria 2673/08 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 Art. 4º - Os Laboratórios de Informática Educativa terão sua atuação articulada e em consonância com os princípios educacionais dos Programas “Ler e Escrever - prioridade na Escola Municipal”, “Orientações Curriculares: Expectativas de Aprendizagens e Orientações Didáticas” e “ A Rede em rede : a formação continuada na Educação Infantil”, integrantes do Projeto Pedagógico das Unidades Educacionais. .
  11. 11. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Portaria 2673/08 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 Art. 19 - São atribuições do Professor Orientador de Informática Educativa - POIE : I - participar da elaboração do Projeto Pedagógico da Escola, da construção do currículo e de todas as atividades previstas no Calendário Escolar; II - planejar e desenvolver as atividades com os alunos no Laboratório de Informática Educativa, vinculando-as ao Projeto Pedagógico da Escola; III - promover formação aos seus pares, quando necessária, nos horários coletivos, para o desenvolvimento de projetos propostos com uso de tecnologia; IV - planejar, desenvolver e avaliar propostas de trabalho a serem realizadas com os alunos no Laboratório de Informática Educativa promovendo, em conjunto com os Coordenadores Pedagógicos e o Diretor de Escola, o intercâmbio entre educadores de diferentes turnos da Unidade Educacional, entre Unidades Educacionais e entre equipes das Diretorias Regionais de Educação - DREs e da Diretoria de Orientação Técnica - DOT/SME;
  12. 12. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Portaria 2673/08 - Art. 19 (cont.) 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 V - elaborar plano de trabalho que contribua para a construção do currículo na escola, considerando os referenciais curriculares da Secretaria Municipal de Educação - SME para a construção do conhecimento e letramento digital; VI - oferecer aos alunos condições que assegurem o domínio de recursos e das ferramentas disponíveis na informática, bem como de diferentes mídias, para que se tornem usuários competentes na utilização de tecnologias; VII - construir instrumentos de registro que possibilitem diagnóstico, acompanhamento e avaliação dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos na Informática Educativa. VIII - responsabilizar-se, em parceria com todos os usuários do Laboratório de Informática Educativa, pela manutenção, conservação e limpeza dos equipamentos e materiais, orientando todos para o uso responsável dos equipamentos disponíveis.
  13. 13. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Portaria 2673/08 - Art. 19 (cont.) 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 IX - assegurar a infra-estrutura necessária ao funcionamento do Laboratório de Informática Educativa, no tocante a: a) organização do espaço físico, no sentido de adequar as diferentes atividades a serem desenvolvidas; b) elaboração do horário de atendimento aos alunos, em conjunto com a Equipe Gestora, conforme normas legais pertinentes, de acordo com o Projeto Pedagógico da Unidade Educacional; c) registro e encaminhamento à equipe técnica da Unidade Escolar dos problemas observados em relação ao uso e manutenção dos equipamentos; d) solicitação e acompanhamento relativos ao atendimento de “Help Desk”; X - promover, organizar, assessorar, participar, apoiar e divulgar eventos, congressos, cursos, mostras, feiras e outros na área de Tecnologias da Informação e da Comunicação incentivando a participação e integração de toda a comunidade educativa; XI - organizar as turmas a serem atendidas em conjunto com a equipe gestora da Unidade Escolar.
  14. 14. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Portaria 2673/08 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 Art. 21 - Para exercício da função de POIE , o interessado deverá ser eleito pelo Conselho de Escola , mediante apresentação de proposta de trabalho , vinculada ao P rojeto P edagógico da Escola e observados os seguintes critérios : I - possuir conhecimentos básicos de sistema operacional, programas, aplicativos, internet e funcionamento em rede ; II - conhecer a legislação que rege a organização e funcionamento do Laboratório de Informática Educativa; III - ter participado de cursos e oficinas, na área de tecnologia , ministrados pela equipe da SME/DOT- Informática Educativa e/ ou pelas Diretorias Regionais de Educação ou, comprovadamente, por outras entidades; IV - possuir experiência com projetos pedagógicos desenvolvidos com uso de tecnologia ; V - estar envolvido com os projetos desenvolvidos pela escola em que atua . Parágrafo Único - Inexistindo na Unidade Educacional profissional interessado em participar do processo eletivo para função de Professor Orientador de Informática Educativa - POIE e/ ou que não atenda aos pré-requisitos estabelecidos no “caput” deste artigo, as inscrições serão abertas para a Rede Municipal de Ensino, por meio de publicação de edital no Diário Oficial da Cidade de São Paulo - DOC.
  15. 15. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Metas 2009 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 <ul><ul><li>Inclusão Digital – Linguagens Midiáticas </li></ul></ul><ul><ul><li>Inclusão digital (linguagens midiáticas) de todos os alunos da rede municipal da Educação Infantil ao Ensino Médio. </li></ul></ul><ul><ul><li>Democratização e acesso </li></ul></ul><ul><ul><li>100% das U.E. tenham um plano de gestão de inclusão digital, que envolva a democratização e acesso a todos os recursos disponíveis. </li></ul></ul><ul><ul><li>Linguagens midiáticas </li></ul></ul><ul><ul><li>100% das U.E. de Educação Infantil implementem programa de tecnologias na Educação Infantil em 2009 </li></ul></ul><ul><ul><li>Plano de Trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>100% dos POIE tenham plano de ensino que atenda as diretrizes de SME e o Projeto Pedagógico da U.E. </li></ul></ul>
  16. 16. Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro Metas SME 1ª Reunião 09 de março de 2009 Orientações gerais para o ano letivo de 2009 <ul><ul><li>2009 / 2010 </li></ul></ul><ul><ul><li>Fazer da Informática Educativa uma referência Nacional </li></ul></ul><ul><ul><li>2011 / 2012 </li></ul></ul><ul><ul><li>Fazer da Informática Educativa uma Referência Internacional </li></ul></ul>

×