_Imagem e Democracia 2.0 __Possibilidades estratégicas para criação e manutenção de uma imagem vencedora na web
_Contexto _Estratégia _Planejamento
_Contexto __História <ul><li>Sociedade do consumo (1920) </li></ul><ul><li>Sociedade da informação (1970) </li></ul><ul><l...
<ul><li>Sociedade do consumo (1920) </li></ul><ul><ul><li>Produção em escala </li></ul></ul><ul><li>Sociedade da informaçã...
<ul><li>Sociedade do consumo (1920) </li></ul><ul><ul><li>Produção em escala </li></ul></ul><ul><ul><li>Consumo compartilh...
<ul><li>Que sociedade é essa? </li></ul><ul><ul><li>PNAD 2005 – ibge.gov.br (somente região centro-oeste): </li></ul></ul>...
<ul><li>Que sociedade é essa? </li></ul><ul><ul><li>PNAD 2005 – ibge.gov.br (somente região centro-oeste): </li></ul></ul>...
Contexto
Uso das TICs no Brasil (pesquisa domicílios) – CGI / NIC / CETIC.Br – 2007
Contexto
Uso das TICs no Brasil (pesquisa domicílios) – CGI / NIC / CETIC.Br – 2007
1993 – 2009 Nativos digitais. Estão redefinindo o significado do hipertexto e da multimídia. Serão os criadores dos modelo...
Baby boomers Redemocratização 1993 – 2009 Nativos digitais. Estão redefinindo o significado do hipertexto e da multimídia....
Geração X Estabilização Baby boomers Redemocratização 1993 – 2009 Nativos digitais. Estão redefinindo o significado do hip...
Geração Y Crescimento Geração X Estabilização Baby boomers Redemocratização 1993 – 2009 Nativos digitais. Estão redefinind...
Geração Google Colaboração Geração Y Crescimento Geração X Estabilização Baby boomers Redemocratização 1993 – 2009 Nativos...
_Contexto _Estratégia _Planejamento
<ul><li>As primeiras eleições pós-“obamamania” </li></ul><ul><ul><li>Aprender com boas experiências (Obama - EUA, Kirchner...
<ul><li>Nove passos na direção certa </li></ul><ul><ul><li>1. Planejar a comunicação digital com  objetivos claros </li></...
<ul><li>Nove passos na direção certa </li></ul><ul><ul><li>4.  Transferir o poder  das ferramentas para a base </li></ul><...
<ul><li>Nove passos na direção certa </li></ul><ul><ul><li>7.  Atualizar-se.  Não esquecer que o mundo muda rápido. </li><...
_Estratégia __ Integrando esforços Base estratégica Base política Coordenação Imagem e propaganda Imprensa e comunicação C...
_Estratégia __ Criando raízes e bases Base estratégica Base política Coordenação Imagem e propaganda Imprensa e comunicaçã...
_Estratégia __ Criando raízes e bases Base estratégica Base política Coordenação Imagem e propaganda Imprensa e comunicaçã...
_Estratégia __ Criando raízes e bases Base estratégica Base política Coordenação Imagem e propaganda Imprensa e comunicaçã...
Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociai...
Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociai...
Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociai...
Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociai...
Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociai...
Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociai...
Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociai...
Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociai...
Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociai...
_Contexto _Estratégia _Planejamento
<ul><ul><li>1. É preciso estudar e aprender constantemente sobre a Internet. Já sabemos responder por que tanta gente pref...
<ul><ul><li>4. Usar e abusar do papel dos apoiadores e líderes das bases na internet. Eles são multiplicadores qualificado...
<ul><ul><li>6. É preciso ter parcimônia. Algumas idéias  geniais  podem se transformar em fiascos completos se não forem t...
<ul><ul><li>8. Dedicação e transparência são fundamentais. Um blog livre e abertamente escrito por apoiadores será melhor ...
<ul><ul><li>10. Por fim: </li></ul></ul><ul><ul><li>Antes das ferramentas sociais, chamávamos as pessoas com acesso à inte...
<ul><li>Fontes consultadas:  </li></ul><ul><li>Ibge.gov.br | cgi.br | eamericas.org | task2.com.br </li></ul>Obrigado! Ric...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Democracia Digital

862 views

Published on

Published in: Business, Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
862
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Democracia Digital

  1. 1. _Imagem e Democracia 2.0 __Possibilidades estratégicas para criação e manutenção de uma imagem vencedora na web
  2. 2. _Contexto _Estratégia _Planejamento
  3. 3. _Contexto __História <ul><li>Sociedade do consumo (1920) </li></ul><ul><li>Sociedade da informação (1970) </li></ul><ul><li>Sociedade do Conhecimento (2000) </li></ul><ul><li>Sociedade do Compartilhamento (2010) </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Sociedade do consumo (1920) </li></ul><ul><ul><li>Produção em escala </li></ul></ul><ul><li>Sociedade da informação (1970) </li></ul><ul><ul><li>Difusão em escala </li></ul></ul><ul><li>Sociedade do Conhecimento (2000) </li></ul><ul><ul><li>Difusão direcionada </li></ul></ul><ul><li>Sociedade do Compartilhamento (2010) </li></ul><ul><ul><li>Difusão, mixagem, incorporação e re-criação ponto-a-ponto </li></ul></ul>_Contexto __História
  5. 5. <ul><li>Sociedade do consumo (1920) </li></ul><ul><ul><li>Produção em escala </li></ul></ul><ul><ul><li>Consumo compartilhado </li></ul></ul><ul><li>Sociedade da informação (1970) </li></ul><ul><ul><li>Difusão em escala </li></ul></ul><ul><ul><li>Consumo em grupos </li></ul></ul><ul><li>Sociedade do Conhecimento (2000) </li></ul><ul><ul><li>Difusão direcionada </li></ul></ul><ul><ul><li>Consumo individual </li></ul></ul><ul><li>Sociedade do Compartilhamento (2010) </li></ul><ul><ul><li>Difusão, mixagem, incorporação e re-criação ponto-a-ponto </li></ul></ul><ul><ul><li>Consumo colaborativo </li></ul></ul>_Contexto __História
  6. 6. <ul><li>Que sociedade é essa? </li></ul><ul><ul><li>PNAD 2005 – ibge.gov.br (somente região centro-oeste): </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Pessoas que usaram a internet nos últimos 3 meses: </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>18 a 19 anos: 41,9% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>20 a 24 anos: 39,9% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>25 a 29 anos: 34,3% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Média de 18+: 29% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Média de 15-49 anos: 34,8% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Classe C: 25,7% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Classe B: 48,9% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Classe A: 69,5% </li></ul></ul></ul></ul>_Contexto __Geolocalização
  7. 7. <ul><li>Que sociedade é essa? </li></ul><ul><ul><li>PNAD 2005 – ibge.gov.br (somente região centro-oeste): </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Pessoas tinham telefone celular de uso particular: </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>18 a 19 anos: 53% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>20 a 24 anos: 58% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>25 a 29 anos: 60% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Média de 18+: 49% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Média de 15-49 anos: 54% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Classe C: 54% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Classe B: 72,8% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Classe A: 86,6% </li></ul></ul></ul></ul>_Contexto __Geolocalização
  8. 8. Contexto
  9. 9. Uso das TICs no Brasil (pesquisa domicílios) – CGI / NIC / CETIC.Br – 2007
  10. 10. Contexto
  11. 11. Uso das TICs no Brasil (pesquisa domicílios) – CGI / NIC / CETIC.Br – 2007
  12. 12. 1993 – 2009 Nativos digitais. Estão redefinindo o significado do hipertexto e da multimídia. Serão os criadores dos modelos de interação dos próximos 10 anos. 0 a 16 anos 1946 – 1964 Começam a se aposentar, mas continuam ativos na vida pessoal e cada vez mais nas novas tecnologias para eliminar barreiras antes impostas pela idade. 46 a 65 anos 1964 – 1980 Dominam o mercado de trabalho, a produção cultural “clássica” e os meios acadêmicos. Usam as tecnologias para se atualizar e alcançar metas antigamente reservadas aos mais velhos. 30 a 46 anos 1981 – 1993 Usam das novas tecnologias para dominar o aprendizado “malabarista” e multifacetado das novas gerações. Dominam a “nova” produção cultural e criarão o “modus vivendi” dos adultos multidisciplinares. 17 a 29 anos Geração Google Colaboração Geração Y Crescimento Geração X Estabilização Baby boomers Redemocratização _Contexto __ Gerações de eleitores
  13. 13. Baby boomers Redemocratização 1993 – 2009 Nativos digitais. Estão redefinindo o significado do hipertexto e da multimídia. Serão os criadores dos modelos de interação dos próximos 10 anos. 0 a 16 anos 1946 – 1964 Começam a se aposentar, mas continuam ativos na vida pessoal e cada vez mais nas novas tecnologias para eliminar barreiras antes impostas pela idade. 46 a 65 anos 1964 – 1980 Dominam o mercado de trabalho, a produção cultural “clássica” e os meios acadêmicos. Usam as tecnologias para se atualizar e alcançar metas antigamente reservadas aos mais velhos. 30 a 46 anos 1981 – 1993 Usam das novas tecnologias para dominar o aprendizado “malabarista” e multifacetado das novas gerações. Dominam a “nova” produção cultural e criarão o “modus vivendi” dos adultos multidisciplinares. 17 a 29 anos Geração Google Colaboração Geração Y Crescimento Geração X Estabilização _Contexto __ Gerações de eleitores
  14. 14. Geração X Estabilização Baby boomers Redemocratização 1993 – 2009 Nativos digitais. Estão redefinindo o significado do hipertexto e da multimídia. Serão os criadores dos modelos de interação dos próximos 10 anos. 0 a 16 anos 1946 – 1964 Começam a se aposentar, mas continuam ativos na vida pessoal e cada vez mais nas novas tecnologias para eliminar barreiras antes impostas pela idade. 46 a 65 anos 1964 – 1980 Dominam o mercado de trabalho, a produção cultural “clássica” e os meios acadêmicos. Usam as tecnologias para se atualizar e alcançar metas antigamente reservadas aos mais velhos. 30 a 46 anos 1981 – 1993 Usam das novas tecnologias para dominar o aprendizado “malabarista” e multifacetado das novas gerações. Dominam a “nova” produção cultural e criarão o “modus vivendi” dos adultos multidisciplinares. 17 a 29 anos Geração Google Colaboração Geração Y Crescimento _Contexto __ Gerações de eleitores
  15. 15. Geração Y Crescimento Geração X Estabilização Baby boomers Redemocratização 1993 – 2009 Nativos digitais. Estão redefinindo o significado do hipertexto e da multimídia. Serão os criadores dos modelos de interação dos próximos 10 anos. 0 a 16 anos 1946 – 1964 Começam a se aposentar, mas continuam ativos na vida pessoal e cada vez mais nas novas tecnologias para eliminar barreiras antes impostas pela idade. 46 a 65 anos 1964 – 1980 Dominam o mercado de trabalho, a produção cultural “clássica” e os meios acadêmicos. Usam as tecnologias para se atualizar e alcançar metas antigamente reservadas aos mais velhos. 30 a 46 anos 1981 – 1993 Usam das novas tecnologias para dominar o aprendizado “malabarista” e multifacetado das novas gerações. Dominam a “nova” produção cultural e criarão o “modus vivendi” dos adultos multidisciplinares. 17 a 29 anos Geração Google Colaboração _Contexto __ Gerações de eleitores
  16. 16. Geração Google Colaboração Geração Y Crescimento Geração X Estabilização Baby boomers Redemocratização 1993 – 2009 Nativos digitais. Estão redefinindo o significado do hipertexto e da multimídia. Serão os criadores dos modelos de interação dos próximos 10 anos. 0 a 16 anos 1946 – 1964 Começam a se aposentar, mas continuam ativos na vida pessoal e cada vez mais nas novas tecnologias para eliminar barreiras antes impostas pela idade. 46 a 65 anos 1964 – 1980 Dominam o mercado de trabalho, a produção cultural “clássica” e os meios acadêmicos. Usam as tecnologias para se atualizar e alcançar metas antigamente reservadas aos mais velhos. 30 a 46 anos 1981 – 1993 Usam das novas tecnologias para dominar o aprendizado “malabarista” e multifacetado das novas gerações. Dominam a “nova” produção cultural e criarão o “modus vivendi” dos adultos multidisciplinares. 17 a 29 anos _Contexto __ Gerações de eleitores
  17. 17. _Contexto _Estratégia _Planejamento
  18. 18. <ul><li>As primeiras eleições pós-“obamamania” </li></ul><ul><ul><li>Aprender com boas experiências (Obama - EUA, Kirchner – Argentina, Márcio Lacerda – BH, Soninha – SP, etc ) e com as ruins (McCain); </li></ul></ul><ul><ul><li>Preparar-se para a competição </li></ul></ul><ul><ul><li>(em 2010 TODOS os candidatos usarão das novas mídias); </li></ul></ul><ul><ul><li>Pensar à frente – o que ainda não foi feito? </li></ul></ul>_Estratégia __ Construindo uma estratégia 2.0
  19. 19. <ul><li>Nove passos na direção certa </li></ul><ul><ul><li>1. Planejar a comunicação digital com objetivos claros </li></ul></ul><ul><ul><li>2. Incorporar a ação 2.0 de forma transversal na campanha </li></ul></ul><ul><ul><li>3. Definir responsáveis de perfil multidisciplinar </li></ul></ul>_Estratégia __ Construindo uma estratégia 2.0
  20. 20. <ul><li>Nove passos na direção certa </li></ul><ul><ul><li>4. Transferir o poder das ferramentas para a base </li></ul></ul><ul><ul><li>5. Não construir bunkers . Utilizar as tecnologias gratuitas de forma que façam sentido para o usuário. </li></ul></ul><ul><ul><li>6. Continuar. Independente do resultado, limpar o caminho passado e continuar os relacionamentos construídos. </li></ul></ul>_Estratégia __ Construindo uma estratégia 2.0
  21. 21. <ul><li>Nove passos na direção certa </li></ul><ul><ul><li>7. Atualizar-se. Não esquecer que o mundo muda rápido. </li></ul></ul><ul><ul><li>8. Convergir ao máximo os conteúdos entre canais. </li></ul></ul><ul><ul><li>9. Muito cuidado com as palavras. O consumidor de internet compara muitas informações e verifica dados muita facilidade. </li></ul></ul>_Estratégia __ Construindo uma estratégia 2.0
  22. 22. _Estratégia __ Integrando esforços Base estratégica Base política Coordenação Imagem e propaganda Imprensa e comunicação Conteúdo e discurso Território e vínculos Pesquisas e opinião pública Equipes
  23. 23. _Estratégia __ Criando raízes e bases Base estratégica Base política Coordenação Imagem e propaganda Imprensa e comunicação Conteúdo e discurso Território e vínculos Pesquisas e opinião pública Equipes Multiplicidade de olhares Rapidez e eficiência Coerência e integração Foco e dispersão Conhecimento e colaboração 1.0 2.0
  24. 24. _Estratégia __ Criando raízes e bases Base estratégica Base política Coordenação Imagem e propaganda Imprensa e comunicação Conteúdo e discurso Território e vínculos Pesquisas e opinião pública Equipes Bases de conteúdos online: Imagens, Vídeos, Textos – monitoradas e abertas 1.0 2.0
  25. 25. _Estratégia __ Criando raízes e bases Base estratégica Base política Coordenação Imagem e propaganda Imprensa e comunicação Conteúdo e discurso Território e vínculos Pesquisas e opinião pública Equipes 1.0 2.0
  26. 26. Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociais Marketing Mobile Campanha social Presença online Geração de conteúdo Widgets de compartilhamento _Estratégia __ Mapa de relacionamentos
  27. 27. Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociais Marketing Mobile Campanha social Presença online Geração de conteúdo Widgets de compartilhamento <ul><li>Foco no eleitor: </li></ul><ul><li>O que o eleitor quer saber? </li></ul><ul><li>Como está o termômetro de opinião? </li></ul><ul><li>Quais são os temas em pauta na sociedade? </li></ul><ul><li>Quais são os temas que movem os grupos? </li></ul>_Estratégia __ Alertas e desafios
  28. 28. Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociais Marketing Mobile Campanha social Presença online Geração de conteúdo Widgets de compartilhamento <ul><li>Foco na experiência do usuário: </li></ul><ul><li>Que usuário virá? </li></ul><ul><li>O que ele vai encontrar? </li></ul><ul><li>Por que motivo ele vai voltar? </li></ul><ul><li>Por que motivo ele vai se cadastrar? </li></ul><ul><li>Por que motivo ele vai se envolver? </li></ul>_Estratégia __ Alertas e desafios
  29. 29. Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociais Marketing Mobile Campanha social Presença online Geração de conteúdo Widgets de compartilhamento <ul><li>Foco na rede de contatos do usuário: </li></ul><ul><li>Por que o usuário vai entrar na minha comunidade? </li></ul><ul><li>Por que ele vai adicionar o meu perfil? </li></ul><ul><li>Por que ele vai seguir o meu blog? </li></ul><ul><li>Por que ele vai responder minhas perguntas? </li></ul>_Estratégia __ Alertas e desafios
  30. 30. Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociais Marketing Mobile Campanha social Presença online Widgets de compartilhamento <ul><li>Foco na experiência real do usuário: </li></ul><ul><li>Incentivar, incentivar, incentivar a geração </li></ul><ul><li>O que o usuário vai falar? </li></ul><ul><li>Devo responder? Como? </li></ul>Geração de conteúdo _Estratégia __ Alertas e desafios
  31. 31. Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociais Marketing Mobile Campanha social Presença online Widgets de compartilhamento <ul><li>Foco no P2P: </li></ul><ul><li>Fornecer ferramentas para reproduzir </li></ul><ul><li>Fornecer ferramentas para medir </li></ul><ul><li>Acompanhar os resultados </li></ul>Geração de conteúdo _Estratégia __ Alertas e desafios
  32. 32. Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociais Marketing Mobile Campanha social Presença online Widgets de compartilhamento <ul><li>Foco nas 24h: </li></ul><ul><li>Fornecer informação em tempo real </li></ul><ul><li>Medir audiência em tempo real </li></ul><ul><li>Medir participação em tempo real </li></ul>Geração de conteúdo _Estratégia __ Alertas e desafios
  33. 33. Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociais Marketing Mobile Campanha social Presença online Widgets de compartilhamento <ul><li>Foco no espaço virtual: </li></ul><ul><li>O que os usuários buscam? </li></ul><ul><li>O que podem encontrar? </li></ul><ul><li>Como isso beneficia a campanha? </li></ul>Geração de conteúdo _Estratégia __ Alertas e desafios
  34. 34. Ordem do dia assuntos relevantes Campanha tradicional – TV, Tete-a-tete Portal interativo Marketing de Busca Perfis sociais Marketing Mobile Widgets de compartilhamento <ul><li>Foco na presença: </li></ul><ul><li>Onde estão os eleitores? </li></ul><ul><li>Onde e quando eles querem informação? </li></ul><ul><li>Onde e quando eu posso atendê-los? </li></ul>Geração de conteúdo Campanha social Presença online _Estratégia __ Alertas e desafios
  35. 35. _Contexto _Estratégia _Planejamento
  36. 36. <ul><ul><li>1. É preciso estudar e aprender constantemente sobre a Internet. Já sabemos responder por que tanta gente prefere a informação online? </li></ul></ul><ul><ul><li>2. É preciso conversar online. O tête-a-tête é tão fundamental na internet, quanto nas bases. E a conversa pode ser ainda mais próxima e produtiva quando o tempo de contato não é um problema. </li></ul></ul><ul><ul><li>3. É preciso dedicar tempo à internet. Criar e divulgar ferramentas e não utilizá-las equivale a marcar encontros com as pessoas e não ir. </li></ul></ul>_Planejamento __ É bom lembrar que:
  37. 37. <ul><ul><li>4. Usar e abusar do papel dos apoiadores e líderes das bases na internet. Eles são multiplicadores qualificados da informação e o contato da população com eles pode fazer toda a diferença. </li></ul></ul><ul><ul><li>5. Não descuidar da imagem digital. É preciso rastrear cada uso dos nomes em questão, entendendo a origem dos problemas e lidando apropriadamente com eles. Uma má gestão de imagem na internet pode significar milhares de eleitores insatisfeitos multiplicando informações indesejadas em questão de horas. </li></ul></ul>_Planejamento __ É bom lembrar que:
  38. 38. <ul><ul><li>6. É preciso ter parcimônia. Algumas idéias geniais podem se transformar em fiascos completos se não forem tratadas com a seriedade e o planejamento que merecem. </li></ul></ul><ul><ul><li>7. É impossível parecer ser mais digital do que se é. Na web, uma personalidade naturalmente tímida e/ou fechada é mais respeitada do que uma imagem forçadamente aberta e disponível. </li></ul></ul>_Planejamento __ É bom lembrar que:
  39. 39. <ul><ul><li>8. Dedicação e transparência são fundamentais. Um blog livre e abertamente escrito por apoiadores será melhor visto do que um blog que se descubra mantido por um ghost writer . </li></ul></ul><ul><ul><li>9. Respeitar as pessoas é a regra de ouro. A internet é o espaço comandado pelo indivíduo. Tratá-lo como personalidade de grupo ou usar “áreas de sombra” para desviar sua atenção pode ser fatal. </li></ul></ul>_Planejamento __ É bom lembrar que:
  40. 40. <ul><ul><li>10. Por fim: </li></ul></ul><ul><ul><li>Antes das ferramentas sociais, chamávamos as pessoas com acesso à internet de internautas – aqueles que navegavam passivamente pela rede. </li></ul></ul><ul><ul><li>O internauta ganhou função. Ele é um usuário da rede. A internet está a serviço das pessoas, individualmente, com oportunidades iguais de exposição para todos. </li></ul></ul>_Planejamento __ É bom lembrar que:
  41. 41. <ul><li>Fontes consultadas: </li></ul><ul><li>Ibge.gov.br | cgi.br | eamericas.org | task2.com.br </li></ul>Obrigado! Ricardo Moraleida [email_address]

×