Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Sistema Hormonal

61,684 views

Published on

para o 9º ano

Published in: Education

Sistema Hormonal

  1. 1. Sistema Endócrino
  2. 2. O sistema hormonal é constituído pelas glândulas que produzem e segregam hormonas . As hormonas são mensageiros químicos. As hormonas actuam à distância, sobre tecidos, órgãos ou em outras glândulas. Existem dois tipos de glândulas: <ul><li>glândulas endócrinas: segregam hormonas que são lançadas no sangue e que vão actuar em diferentes partes do corpo. </li></ul><ul><li>glândulas exócrinas: lançam o seu produto directamente para o exterior do organismo ou sobre o órgão onde vão actuar. </li></ul>
  3. 3. Localização e função das principais glândulas endócrinas. 1. Glândula pineal: está relacionada com a regulação dos ciclos circadianos e no controlo da actividade sexual. 2. Hipófise: glândula que produz diversas hormonas e controla o funcionamento de outras glândulas. É a responsável pela hormona do crescimento. 3. Tiróide: produz tiroxina que também regula o crescimento. 4. Timo: está relacionado com a defesa do organismo 6. Pâncreas: produz insulina e glucagon, que regulam a quantidade de açúcar no sangue. 5. Supre-renais: regula a actividade do sistema nervoso simpático. Produz adrenalina 7 e 8. Gónadas: testículos (7) e ovário (8) produzem gâmetas e hormonas sexuais.
  4. 4. <ul><li>Regula o metabolismo geral do organismo, isto é, o ritmo segundo o qual utilizamos o oxigénio e transformamos os alimentos em energia e influencia o desenvolvimento mental. </li></ul><ul><li>O hipertiroidismo (secreção excessiva de tiroxina) provoca aumento significativo do metabolismo, produzindo excitabilidade, excesso de actividade, insónias, perda de peso (apesar de um apetite voraz). </li></ul><ul><li>O hipofuncionamento da tiróide ( hipotiroidismo ) provoca uma diminuição mais ou menos acentuada do metabolismo geral. Uma deficiente secreção de tiroxina nas crianças pode provocar o cretinismo (debilidade mental) crescimento retardado e morfologia desarmoniosa. </li></ul><ul><li>Os adultos que segregam pouca tiroxina tendem a ser pouco activos e a ter excesso de peso. </li></ul>Segrega, entre outras, uma hormona chamada tiroxina TIRÓIDE <ul><li>Controla através da hormona somatotrópica o crescimento geral do corpo. Um funcionamento deficiente (hipofuncionamento) pode provocar o nanismo . Um funcionamento excessivo (uma secreção excessiva desta hormona (hiperfuncionamento) pode provocar o gigantismo e a acromegalia . </li></ul><ul><li>Através da hormona vasopressina aumenta a pressão arterial e regula a reabsorção de água, agindo sobre os rins. </li></ul><ul><li>Através da hormona ocitocina é responsável por processos ligados à reprodução (estimula o trabalho de parto) </li></ul><ul><li>É a glândula mestra ou «cérebro endócrino» porque regula a actividade de outras glândulas, excitando ou inibindo as suas secreções </li></ul>Além de segregar hormonas que regulam a actividade de muitas glândulas, lança na corrente sanguínea hormonas como a vasopressina , a ocitocina e a somatotrópica HIPÓFISE FUNÇÕES HORMONAS GLÂNDULAS O SISTEMA ENDÓCRINO
  5. 5. <ul><li>Actua no sistema nervoso simpático e segregam hormonas particularmente importantes em emoções, na reacção a situações de tensão e esforços intensos. </li></ul>Segregam, entre outras hormonas, a adrenalina (epinefrina) e a noradrenalina (norepinefrina) SUPRA- RENAIS <ul><li>Segregam hormonas que influenciam o crescimento e o desenvolvimento dos indivíduos. </li></ul><ul><li>Na juventude e na adolescência as hormonas segregadas pelas gónadas influenciam o desenvolvimento dos órgãos sexuais e dos caracteres sexuais. Em conjunto com o hipotálamo e o córtex cerebral têm um importante papel na regulação do impulso sexual. </li></ul>Os testículos segregam sobretudo a testosterona e os ovários produzem sobretudo o estrogénio e a progesterona GLÂNDULAS SEXUAIS Gónadas <ul><li>Regula o nível de açúcar no sangue presidindo ao metabolismo do açúcar através de duas hormonas chamadas insulina e glicogénio . A insulina reduz o nível de açúcar no sangue, em caso de excesso. O glicogénio aumenta a taxa de glicose no sangue, em caso de carência. </li></ul><ul><li>A hiperglicemia caracteriza-se por excesso de açúcar no sangue; a hipoglicemia deve-se a baixo nível de açúcar no sangue. </li></ul>Produz duas hormonas que funcionam de forma oposta: a insulina e o glicogénio . PÂNCREAS

×