As mídias digitais integradas, Do celular à TV, sem escalas.

2,785 views

Published on

Palestra de Michel Lent no 13º Encontro Locaweb.

Published in: Technology
0 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,785
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
574
Actions
Shares
0
Downloads
77
Comments
0
Likes
7
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • As mídias digitais integradas, Do celular à TV, sem escalas.

    1. 1. 13º ENCONTRO LOCAWEBAS MÍDIAS DIGITAISINTEGRADASDo celular à TV, agora sem escalas.MICHEL LENTGRUPO PONTOMOBIBH.05.ABR.11 @lent
    2. 2. !"#$%&#("#%#)*(+*,(-(
    3. 3. !"#$%&#("#%#)*(+*,(-( ."#)&*/0&*1
    4. 4. !"#$%&#("#%#)*(+*,(-( ."#)&*/0&*1 234" 567)*178&*1
    5. 5. !"#$%&#(" 933:"%&1;#/1"#%#)*(+*,(-( -##7<1+<*-1" =>323? ."#)&*/0&*1 234" 567)*178&*1
    6. 6. 15#&/("@1&*,17/(+A"#7/&#B("<#&/*)(+ ! ! ! ! ! !
    7. 7. 15#&/("@1&*,17/(+A"#7/&#B("<#&/*)(+ %+(7#;($#7/1 ! -##7<1+<*$#7/1 ! ! -*/&*C6*DE1 ! ! !
    8. 8. UM MUNDO DE TELAS
    9. 9. Celular e Web: dois mundos à parte
    10. 10. Celular e Web: dois mundos à parteCelular limitado
    11. 11. Celular e Web: dois mundos à parteCelular limitado Web no topo da mesa
    12. 12. Telefone cresce
    13. 13. Telefone cresce Web diminui
    14. 14. A chegada dos tablets
    15. 15. A chegada dos tabletsO elo entre o mobile e a Web
    16. 16. A nova batalha dos OS
    17. 17. A nova batalha dos OS
    18. 18. A nova batalha dos OSTouch, extremamente simples de usar
    19. 19. Mas o que importa é o ecossistema
    20. 20. Mas o que importa é o ecossistema
    21. 21. ...e o tamanho da tela
    22. 22. ...e o tamanho da tela
    23. 23. ...e o tamanho da telaCom tecnologia e funcionamentos parecidos, não há mais distinção entre as midias digitais
    24. 24. UM MESMO PROCESSO
    25. 25. HSBC GUIA DEAEROPORTOS
    26. 26. PÃO DE AÇUCAR DELIVERY iPhone iPad Android Blackberry Mobile Site
    27. 27. LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES E ESCOPO
    28. 28. PLANEJAMENTO E ARQUITETURA DE INFORMAÇÃO
    29. 29. DESIGN DE INTERFACE
    30. 30. DESENVOLVIMENTO
    31. 31. TESTES E IMPLEMENTAÇÃO
    32. 32. AFERIÇÃO DE RESULTADOS E AJUSTES
    33. 33. O SUPERÁVIT COGNITIVO
    34. 34. TODOS ‘PRODUZ’O SUPERÁVIT COGNITIVO
    35. 35. Custo para se publicar/produzir conteúdo era alto
    36. 36. O acesso às ferramentasera restrito
    37. 37. Oferta de informaçãolimitada e escassa
    38. 38. A evolução datecnologia digitaltornou possível oacessos às ferramentasde produção,
    39. 39. para todos.
    40. 40. Qualquer indíviduo éhoje um potencialpublicador.
    41. 41. Estamos na era do
    42. 42. Estamos na era do !"#$%&()*+,-./)0(-1
    43. 43. O Superávit Congnitivo refere-se à somado tempo disponível da populaçãomundial, que agora não serve maisapenas para consumir, mas também paraproduzir informação (entre outras coisas)
    44. 44. A população conectada ainda assiste mais de 1trilhão de horas de TV por ano. 1% deste tempodaria pra fazer mais de 100 Wikipedias por ano.
    45. 45. A ECONOMIA DA ATENÇÃO
    46. 46. Nos anos 40
    47. 47. Nos anos 40 Cinema Revistas Rádio Teatro Jornal Cartazes
    48. 48. Nos anos 50 Luminosos Disco Vinil Cinema Revistas Rádio Televisão Teatro Jornal Cartazes
    49. 49. Nos anos 60 Satélites Luminosos Disco Vinil Cinema Shows/Eventos Revistas Rádio Televisão Fita Teatro Cassete Jornal Cartazes
    50. 50. Nos anos 70 Video Clips Outdoors Satélites WalkMan Luminosos Disco Vinil Cinema Shows/Eventos Revistas Rádio Televisão Apple Fita Teatro Casas Cassete Jornal Noturnas Cartazes VT
    51. 51. Nos anos 80 CD VideoGame PC Video Clips Outdoors Satélites WalkMan Luminosos Disco Vinil Cinema Shows/Eventos DAT Revistas Rádio Televisão Apple Fita Teatro Casas Cassete Jornal Noturnas Fax Cartazes VT VCR BackLight TV Estéreo
    52. 52. Nos anos 90 MD Video Laser Real Audio CD VideoGame DCC PC Video Clips CD-Rom Outdoors VDO Satélites WalkMan Luminosos Disco Vinil DVD Cinema Pay per View Shows/Eventos DAT Revistas Rádio Televisão TV a CaboTriVision Apple Fita Teatro Casas Cassete JornalCelular Noturnas Fax Cartazes Painéis VT Eletrônicos VCR BackLight Internet TV Estéreo Pager Direct TV
    53. 53. Nos anos 2000
    54. 54. Múltiplasplataformas eformatos
    55. 55. Foto © http://www.flickr.com/photos/dcdead/3732349006/
    56. 56. multiplicaçãoexponencial da ofertade informaçãoFoto © http://www.flickr.com/photos/dcdead/3732349006/
    57. 57. Fazer o download do app é uma decisão a ser tomada entre 1 bilhão de outras
    58. 58. A oferta de informação é extenuante
    59. 59. Foto © hhttp://www.flickr.com/photos/sanabria-/1573181264/
    60. 60. Foto © hhttp://www.flickr.com/photos/sanabria-/1573181264/ abundância de conteúdo escassez de tempo
    61. 61. Tudo muda,mas o diacontinua tendo24 horas.
    62. 62. SHARE OF TIME.O tempo torna-se o bem mais valioso.
    63. 63. Mobile WebTV Tablet Wall Painéis
    64. 64. Mobile WebTV Tablet Wall Painéis
    65. 65. PENSAR NA TECNOLOGIA ÉCADA VEZ MAIS IRRELEVANTE
    66. 66. O QUE IMPORTA É ARELEVÂNCIA DO PRODUTO/ SERVIÇO PARA O USUÁRIO
    67. 67. OBRIGADO PELOTEMPO DE VOCÊSMICHEL LENT @lentVP DE ESTRATÉGIAGrupo Pontomobi/RBSlent@pontomobi.com.br mecontrata@pontomobi.com.br

    ×