5º P - Propaganda Marketing Digital

2,049 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,049
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
567
Actions
Shares
0
Downloads
28
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

5º P - Propaganda Marketing Digital

  1. 1. MARKETING DIGITAL Profª. Maria Alice Jovinski Google Adwords
  2. 2. PROMOÇÃO ONLINE  3 principais desejos do consumidor: 1. Informação  A ação deve informar sobre a oportunidade única disponível somente pela Internet.  A oferta pode estar associada diretamente ao produto, ou relacionada a alguma outra ação atraente para o público-alvo.
  3. 3. PROMOÇÃO ONLINE  3 principais desejos do consumidor: 2. Entretenimento  A ação deve fazer com que o consumidor participe e se envolva em algum tipo de evento.  Os sorteios parecem atraentes, mas são muito estáticos para a Internet. Uma competição, uma gincana, ou um jogo geram resultados mais interessantes.
  4. 4. PROMOÇÃO ONLINE  3 principais desejos do consumidor:  3. Relacionamento  A ação deve envolver a rede de relacionamento do consumidor.  Deve explorar de forma consciente a rede social a qual o consumidor pertence.  O consumidor deve se sentir importante, na medida que a promoção valoriza não só ele, mas também seus amigos.
  5. 5. PLATAFORMAS OPERACIONAIS  Twitter promo  Metodologia e ferramenta que permite lançar ações promocionais no Twitter, utilizando a capacidade viral da rede.  Com ela, transformamos a oferta da promoção em uma competição onde o consumidor divulga a própria promoção, e ganham aqueles que trouxerem mais visitas ao site da promoção.  Assim o consumidor se envolve em uma promoção, informando seus amigos de uma oportunidade imperdível, e ao mesmo tempo se beneficia dela, sendo premiado pela divulgação.
  6. 6. PLATAFORMAS OPERACIONAIS  Pollgate ( www.pollgate.com )  Uma rede social baseada em enquetes multimídia sobre diversos assunto.  Com ele uma empresa pode promover um produto ou serviço a partir de enquetes, a serem respondidas pelos internautas.  Além disso, é possível criar uma competição premiando aqueles que criarem uma pergunta relacionada ao produto e tiverem mais respostas
  7. 7. PLATAFORMAS OPERACIONAIS  Meetango ( www.meetango.com )  Uma rede social onde o usuário informa “O que deseja fazer” – como assistir a um filme, ir a um show de rock, a uma exposição de arte – e encontra na rede alguém interessado em fazer a mesma coisa.  Trata-se de um novo conceito de “future activity streaming”.  Com ele é possível a promoção de eventos, onde os consumidores conseguem acompanhantes ou turmas para ir a Shows, ou a promoção de experiências com o produto, onde os consumidores montam seu próprio grupo de degustação ou experimentação.
  8. 8. PLATAFORMAS OPERACIONAIS  Estilook ( www.estilook.com )  Rede Social para amantes e profissionais da Moda e Estilo, onde o consumidor mostra seu próprio estilo.  Nele a empresa pode criar uma promoção onde os consumidores publicam fotos de como usar o produto, e os melhores “Looks”, que são votados pelos próprios consumidores.  Além da promoção e da premiação, a rede ainda possibilita se entender as formas mais populares de uso dos produtos.
  9. 9. PLATAFORMAS OPERACIONAIS  Go Zub ( www.gozub.com )  Rede Social que permite implantar em uma promoção o “estilo Twitter”.  Com ele a empresa pode se utilizar da infra-estrutura do Gozub, com seu próprio logo, e promover uma campanha promocional para seus clientes, integrada ou não ao Twitter.
  10. 10. AÇÕES PROMOCIONAIS BÁSICAS Pesquisa Banners Vídeos Jogos Online
  11. 11. AÇÕES PROMOCIONAIS BÁSICAS  Pesquisa  As mídias e veículos na Internet são mais dispersos e pulverizados, foque nos veículos menores, como sites dedicados ao seu consumidor e blogs.
  12. 12. AÇÕES PROMOCIONAIS BÁSICAS  Banners  Para uma pequena empresa os banners são uma boa opção.  Crie um banner interativo para seu negócio.  Crie algo diferente e que chame realmente a atenção.  Não faça somente um banner: crie uma peça que atraia o consumidor e o leve a interagir com ela.  Desenvolva esse banner nos principais formatos disponíveis nos sites;  Reserve uma parcela de sua verba mensal de publicidade, que considere aceitável para sua empresa, e use-a na veiculação de banners.  Eles podem ser veiculados diretamente nas mídias de sua lista ou pela rede de conteúdo do Google AdWords.
  13. 13. AÇÕES PROMOCIONAIS BÁSICAS  Vídeos  Crie vídeos sobre seu negócio. Não pense em publicidade de seus produtos. Pense em vídeos que reflitam os interesses de seu consumidor em relação a seu negócio.  Pense em educar, entreter ou divertir.  Veicule esses vídeos no YouTube e acompanhe os resultados.  Reproduza os vídeos em seu site ou blog, utilizando as ferramentas do YouTube.
  14. 14. AÇÕES PROMOCIONAIS BÁSICAS  Jogos Online  Se o público jovem faz parte de seu mercado consumidor, invista na criação de um bom jogo online.  Divulgue o jogo nas redes sociais e ferramentas de comunicação, como o skype.
  15. 15. CASES DE AÇÕES PROMOCIONAIS ONLINE  Spoleto, Porta dos Fundos  O vídeo faz uma engraçada crítica ao serviço da rede, em que o humorista Fábio Porchat interpreta um atendente da rede Spoleto que pressiona os clientes a escolher rapidamente os ingredientes. O sucesso motivou a criação de várias sequências e, de quebra, ajudou a popularizar a produtora em que Porchat é sócio, o Porta dos Fundos. Para Tourinho, esse foi o case mais completo de sucesso. “A Spoleto soube surfar a onda que estava se formando nas redes sociais e se integrou a essa linguagem de forma honesta e desnuda. Eles entenderam o que estava acontecendo e não quiseram comprar um sucesso investindo milhões no YouTube”, afirma. De acordo com Tourinho, a Spoleto entendeu que deveria assimilar o golpe e corrigir a rota com a mesma linguagem das redes sociais, em vez de fazer uma campanha muito cara e tradicional de reconstrução de imagem.
  16. 16. CASES DE AÇÕES PROMOCIONAIS ONLINE  Dove Retratos da Real Beleza  Conduzida por publicitários brasileiros, a campanha global da Unilever para o sabonete Dove mostra várias mulheres sendo retratadas por um desenhista forense, baseado nas descrições das próprias mulheres e de outras pessoas. Quando comparados, os retratos mais bonitos eram os descritos por terceiros, revelando que as mulheres são muito críticas em relação à própria imagem. A campanha é a de maior audiência entre vídeos publicitários da história do YouTube. “O Dove tem a característica de enaltecer a beleza real, o que é emocional, e já direciona suas campanhas para as redes sociais. Não dá para fazer uma peça de três, quatro minutos, para a TV”, diz o publicitário Paulo Castro, sócio da agência Staff Brasil.
  17. 17. CASES DE AÇÕES PROMOCIONAIS ONLINE  Vivo, Legião Urbana  A operadora Vivo criou um vídeo para a campanha de Dia dos Namorados de 2011 baseado na música Eduardo e Mônica, do grupo Legião Urbana. O videoclipe conta a história da música, com o popular casal se conectando em momentos importantes por meio de celulares e tablets. “A música e os aparelhos móveis são as coisas que mais se integram à internet, o que, somado ao sentimento de simpatia pela canção, fez o vídeo decolar”, diz Tourinho.
  18. 18. CASES DE AÇÕES PROMOCIONAIS ONLINE  Sport Club do Recife, Fãs Imortais  A campanha do Sport Club do Recife para a doação de órgãos garantiu a adesão de mais de 51 000 torcedores do clube ao cadastro de doadores de Pernambuco e fez com que a lista de espera de doadores na região metropolitana do Recife fosse zerada. Segundo Virgílio Alexandre, a campanha teve o mérito de usar a paixão das pessoas por seu clube para uma finalidade social. “Se os usuários já compartilham naturalmente conteúdos sobre seu time, foi uma ação ainda mais forte o apelo a uma ação social, o que tornou o vídeo um sucesso”, afirma Alexandre.
  19. 19. CASES DE AÇÕES PROMOCIONAIS ONLINE  Ponto Frio no Twitter  Um case de uso do Twitter para engajar usuários e, ao mesmo tempo, fazer vendas é o perfil @pontofrio, no Twitter, que soma mais de 200 000 seguidores. O perfil relaciona temas muito discutidos no microblog com ações comerciais da rede de varejo. “Quando todo mundo discutia a gravidez da Paloma, na novela das 9, o Ponto Frio publicou uma mensagem de parabéns e, ao mesmo tempo, um link para um saldão de fraldas”, diz Alexandre. Para o especialista, o perfil explora com sucesso a ideia de participar das conversas dos usuários, de forma pertinente e bem- humorada. “O anunciante não pode ser invasivo demais”, afirma.
  20. 20. GOOGLE ADWORDS  Funciona como um leilão de palavras-chave, no qual palavras mais disputadas possuem um preço maior;  Quando uma campanha é criada, são escolhidas primeiramente quais palavras-chave serão selecionadas e o valor que você aceita pagar por estas palavras;  Uma boa estratégia consiste em conseguir descobrir as melhores palavras chave ao melhor custo possível para seu nicho de mercado;  O maior diferencial é que você só paga pelos anúncios que são clicados, independente do número de veiculações (Pay Per Click);
  21. 21. SISTEMA PAY PER CLICK (CUSTO POR CLICK)  No leilão de palavras-chave são avaliados vários fatores, o principal é o índice de qualidade do anúncio de AdWords;  O índice de qualidade é composto da seguinte forma:  Quantidade de cliques no anúncio – CTR – Aproximadamente 55% do peso;  Relevância do anúncio – palavras chave, linguagem, contexto – Aproximadamente 30% do peso;  Qualidade da página de destino – conteúdo relevante e original – Aproximadamente 15% do peso;
  22. 22. SISTEMA PAY PER CLICK (CUSTO POR CLICK)  Para ter um índice de qualidade alto não é difícil, pensando pelo lado lógico é o seguinte, o google quer que seu anúncio seja o mais relevante possível para te atribuir um score mais alto;  Para ser mais relevante tem-se de segmentar o máximo possível a campanha e para cada variação de palavra-chave é necessário:  Usar a palavra-chave no título do anúncio;  A landing page (página que o anúncio redireciona) ser diretamente relacionada a palavra-chave;  O título do anúncio igual ao começo do título do seu site;  No conteúdo do seu site, estar as palavras utilizadas no anúncio;  Fórmula no Título: palavra-chave + descrição curta;  Usar negative keywords para deixar ainda mais focado seu anúncio. Esta prática garante que apenas tráfego relacionado será atraído pelo anúncio;
  23. 23. CLASSIFICAÇÃO DOS ANÚNCIOS  É determinada pelo lance do anunciante vezes a qualidade do anúncio:  Lance Máximo x Índice de qualidade = Rank  Exemplo: Lance Máximo Índ. de Qualidade Rank Posição 3,00 X 3 = 9 2º Lugar 2,00 X 6 = 12 1º Lugar
  24. 24. VALOR DO CLICK  Supondo que 3 pessoas – com diferentes índices de qualidade – deêm o mesmo valor de lance o preço do anúncio será o valor do anunciante de baixo dividido pelo valor do seu índice de qualidade;  Como só existem 3 anunciantes, o valor pago pelo terceiro anunciante é o valor mínimo determinado para este leilão; Lance Máximo Índ. de Qualidade Rank Custo por Click 4,00 X 8 = 32 24 / 8 = 3,00 4,00 X 6 = 24 12 / 6 = 2,00 4,00 x 3 = 12 Preço mínimo
  25. 25. AUMENTO DE ÍNDICE DE QUALIDADE  Se um dos anunciante tem um aumento em seu índice de qualidade é divido o rank do concorrente, seu custo por click reduz (desconto);  Vamos supor que o melhor anunciante passou de 8 para 10: Lance Máximo Índ. de Qualidade Rank Custo por Click 4,00 X 10 = 40 24 / 10 = 2,40 4,00 X 6 = 24 12 / 6 = 2,00 4,00 x 3 = 12 Preço mínimo
  26. 26. TIPOS DE CAMPANHA  O tipo da campanha indica para qual rede o anúncio será voltado;  Redes de Pesquisa e Display: o anúncio será exibido na Rede de Pesquisa do Google, que inclui a Pesquisa do Google, o Google Shopping, o Google Maps e os sites de pesquisa parceiros do Google como a AOL, e na Rede de Display do Google, que inclui sites e aplicativos parceiros do Google e sites do Google como Gmail, YouTube, Blogger e Google Finance;  Apenas Rede de Pesquisa: o anúncio será exibido nos sites da Rede de Pesquisa do Google, incluindo Pesquisa do Google, Shopping, Google Maps, Imagens e Grupos, bem como nos resultados de pesquisa em sites parceiros do Google, como AOL;  Apenas Rede de Display: o anúncio será exibido na rede de websites parceiros do Google, bem como em sites do Google, como Gmail, YouTube, Blogger e Google Finance;
  27. 27. REDE DE DISPLAY E PESQUISA  Rede de Pesquisa  Baseada no trabalho com palavras-chave, ou seja, o usuário está buscando por algo, por um termo de pesquisa, por uma palavra-chave, e então, de acordo com o tema procurado por ele os anúncios serão exibidos na página de pesquisa;  O Google define de acordo com o contexto e segmentação de mercado, qual é o melhor momento para o anúncio ser exibido;  Rede de Display  Constituída por uma série de sites parceiros do Google que exibem anúncios em formato de texto, em formato gráfico ou em vídeo;  Foco no contexto/tema gerado;  O gerente AdWords escolhe especificamente, com base no público-alvo o canal que deseja que os anúncios sejam exibidos;
  28. 28. LANCE E ORÇAMENTO  Gasto diário real – varia e pode ser até 20% superior a seu orçamento diário para ajudar sua campanha a alcançar seu potencial;  Limite de cobrança mensal - se o orçamento diário for de R$10,00 durante o mês inteiro, você não receberá uma cobrança maior do que R$304,00 (orçamento diário de R$10,00 * 30,4 da média de dias por mês) naquele mês;
  29. 29. DEMAIS CONFIGURAÇÕES  Dispositivos;  Locais;  Extensões dos anúncios:  Informações de local;  Vários links para as seções do site;  Número de telefone para chamadas;  Aumentar a relevância social com associação ao Google+ ;
  30. 30. DICAS PARA ANÚNCIOS  A estrutura do anúncio no Adwords  Título: a primeira linha do anúncio, com tamanho máximo de 25 caracteres;  Descrição: as duas linhas de texto logo abaixo, com tamanho máximo de 35 caracteres cada;  URL de visualização: esse é o endereço “fictício”, mais curto, que aparece em verde, com no máximo 35 caracteres;  URL de destino: esse é o endereço real onde o usuário vai ser direcionado após clicar no link;
  31. 31. DICAS PARA ANÚNCIOS  Produção do anúncio  A melhor forma de obter sucesso em um anúncio é dizer: “esse anúncio é pra você”;  Colocar a palavra-chave exata da busca no anúncio gera melhores resultados;  Título do Anúncio  Chame pelo público (ex: software para contadores);  Vá na ferida (ex: problemas com Internet?);  Seja provocador (ex: cansado da sua TV?);  Desperte a curiosidade (ex: descubra o segredo das vendas);  Faça uma promessa (ex: fique rico em um mês);  Ofereça uma informação (ex: como cozinhar melhor );
  32. 32. DICAS PARA ANÚNCIOS  Linhas de descrição  O objetivo é apenas atrair o clique, demais informações estarão em seu site;  Formas de atrair o clique:  Descrição de recursos e funcionalidades;  Benefícios claros e concisos;  Mostre algo em que você é diferente;  Depoimento ou indicador de status;  Chamada atraentes(Faça download!);  Frase que definam a região do público-alvo;  Promoção;
  33. 33. DICAS PARA ANÚNCIOS  URL de visualização  Segunda linha mais importante no seu anúncio;  Sintetize o benefício e a função principal da oferta que você tem para o usuário depois do clique;  URL de destino  Redirecione o usuário para uma página que tenha exatamente o que ele procura e que tenha total relação com o anúncio;  Redirecionar para página principais não é fornecer informação ao usuário;
  34. 34. DICAS PARA ANÚNCIOS  Política Google  O Google possui uma política editorial e não aceita que determinados tipos de anúncio sejam exibidos;  Espaçamento: deve haver espaçamento adequado entre as palavras e depois de pontuação;  Pontuação e símbolos: a pontuação não pode ser usada para atrair a atenção do usuário. O título do anúncio não pode conter ponto de exclamação, e o anúncio pode conter apenas um ponto de exclamação no total;  Repetição: a mesma palavra não pode se repetir três vezes ou mais em uma linha;
  35. 35. DICAS PARA ANÚNCIOS  Política Google  Linguagem imprópria: os anúncios, incluindo a URL de visualização, não podem conter linguagem considerada inadequada ou ofensiva para alguns usuários;  Frases inaceitáveis: certas frases de chamariz não podem aparecer nos textos do anúncio se não descreverem o produto, serviço ou website. Por exemplo, uma frase genérica como “clique aqui” não é permitida;  Uso de superlativo: superlativos são palavras que enfatizam a superioridade. Para que os usuários sintam que são tratados de maneira honesta e confiável, o texto do anúncio não pode conter frases comparativas ou subjetivas, como “O melhor” ou “Número 1″, a menos que o produto ou serviço seja avaliado por um terceiro. Essa avaliação deve estar claramente visível em seu website. Por exemplo, se um anúncio declara que um site é o “Melhor da web”, o site deve exibir a avaliação dessa declaração por terceiros;
  36. 36. ROTEIRO PARA CAMPANHA ADWORDS  Escolha uma oferta do seu site  Toda boa campanha inicia com uma boa oferta ou idéia;  Defina qual é a oferta que será promovida na campanha;
  37. 37. ROTEIRO PARA CAMPANHA ADWORDS  Separe as palavras chave relacionadas à oferta  Relembre as palavras-chaves definidas nas etapas de pesquisa e projeto;  Aproveite para conferir a coluna do Custo por Clique médio (CPC) e veja se não há nenhuma dessas palavras chave onde esse custo excede um valor razoável para o qual ainda faz sentido para a empresa comprar o anúncio. Se tiver muito acima, deixe essa palavra-chave de lado;
  38. 38. ROTEIRO PARA CAMPANHA ADWORDS  Verifique a concorrência das palavras-chave em Ferramentas e análise / Ferramenta de palavras-chave:
  39. 39. ROTEIRO PARA CAMPANHA ADWORDS  Agrupe as palavras chave similares  Essa tarefa é importante para poder criar anúncios diferentes que reflitam o mais próximo possível o texto da pesquisa que o usuário digitou no Google. A recomendação geral é que cada grupo contenha no máximo quatro palavras chave;  Exemplo de grupos:  Grupo 1: como criar (...) como enviar (...) como incorporar (...)  Grupo 2: curso de (...)  Grupo 3: relacionamento (...)
  40. 40. ROTEIRO PARA CAMPANHA ADWORDS  Crie os anúncios para cada grupo  Os anúncios devem reflitam o máximo possível o que o usuário estava desejando quando fez a busca no Google;  Recomenda-se criar pelo menos dois anúncios para cada grupo para facilitar a otimimização futura da campanha, pois possibilitará identificar a causa de uma determinada palavra chave não estar com bom desempenho;
  41. 41. ROTEIRO PARA CAMPANHA ADWORDS  Configurando as informações de pagamento  Para configurar as informações de pagamento da empresa entre no Google Adwords com a sua conta criada, clique na aba Faturamento, e selecione a opção “Preferências de Faturamento”;  Com cartão de crédito a conta é ativada automaticamente e com boleto demora um pouco mais para processar o pagamento;
  42. 42. ROTEIRO PARA CAMPANHA ADWORDS  Crie e e ajuste as configurações iniciais da campanha  A opção mais simples é o “Lance automático para tentar maximizar os cliques para seu orçamento-alvo”.  Atente para marcar a opção “Limite de lance de CPC” e colocar um valor para lance máximo;  Para ter uma noção do valor a ser pago, relembre suas palavras-chave e verifique o custo médio das palavras e defina um limite um pouco maior que esse valor;  Os limites são importantes no começo, enquanto não se sabe bem qual vai ser o resultado de cada palavra e ainda não foi feita nenhuma otimização;
  43. 43. ROTEIRO PARA CAMPANHA ADWORDS  Integrar as contas do Google Analytics e Google Adwords  É importante garantir que as contas do Google Analytics e do Google Adwords estejam integradas para que se possa acompanhar com mais detalhes os resultados dos investimentos nas campanhas;
  44. 44. AÇÃO PROMOCIONAL TSI  Atividade em grupo de até 5 integrantes.  Valor: 2,0  Entrega 02/10  Criar um hangout de 5 min sobre o curso (pelo menos 1 vídeo);  Criar um banner de anúncio do lançamento do site do curso (960x430 px)  Próximo passo: viralizar esses materiais
  45. 45. ROTEIRO VÍDEO  Apresentação do curso  Principais conhecimentos adquiridos a partir das disciplinas  Localização e infraestrutura  Mercado de trabalho
  46. 46. BANNER 960X430 PX  GRUPO 01  Video  Viviane  Cesar R.  Rubens  Jackson  Marina  Bruno  Cleverson  GRUPO 02  Banner  Rafael  Marcelo  Tiago  Willian  Guilherme  GRUPO 03  Banner  Lucas  Luis  Cesar K.

×