Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Estudos CACD Missão Diplomática - Política Internacional Aula Resumo 01 - Conceitos e Teorias de RI

4,601 views

Published on

Estudos para o CACD
missaodiplomatica.blogspot.com.br

Política Internacional
Conceitos e Principais paradigmas teóricos das Relações Internacionais (RI)

Published in: Education
  • Be the first to comment

Estudos CACD Missão Diplomática - Política Internacional Aula Resumo 01 - Conceitos e Teorias de RI

  1. 1. Política Internacional Aula 01 Bases e Teorias de RI 18.12.2013
  2. 2. Aula 01 – Bases e Teorias de RI 1 Conceitos e Atores em RI 2 Realismo Político 3 Liberalismo 4 Idealismo e Interdependência 5 Marxismo
  3. 3. 1.1 Conceitos básicos de Relações Internacionais . Ponto de partida da RI: surgimento dos Estados Modernos com Paz de Westphalia (1648) e o Tratado de Utrech (1713) . Conceitos de RI: a) Sistema Internacional b) Atores Internacionais c) Forças Internacionais . Sistema Internacional (SI): cenário das RI, sem governo centralizado ou leis regulatórias . Características do SI: a) SI tem dimensão global b) Heterogeneidade dos atores internacionais c) Equilíbrio de Poder (EP) – hierarquias entre Estados; equilíbrio de ordens Polar, Bipolar ou Multipolar . Atores Internacionais: a) Estados b) Organizações Internacionais Governamentais (OIGs) c) Forças Transnacionais (Empresas privadas e ONGs) . Forças Internacionais: fenômenos que ocorrem no ambiente global 1- Forças naturais 2- Movimentos demográficos 3- Forças econômicas 4- Tecnologias 5. Forças Ideológicas Aula 01 – Bases e Teorias de RI
  4. 4. 1.2 Conceitos básicos de Relações Internacionais . Conceito de Estado: Território, Soberania e Povo . Nível de autonomia dos Estados depende do Poder . Manifestações do Poder - Poder potencial ou Poder Real - Poder Duro (tradicional): território, clima, recursos naturais, capacidade militar e industrial - Poder Brando (cooperação): capacidade de negociação e adaptação * chamado Poder inteligente combinada Poderes duro + brando . Categorias dos Estados - Superpotências - Potências Regionais – Estados Desenvolvidos ou em Desenvolvimento (Grandes Estados Periféricos – GEP) - Estados com Papel Local ou Restrito – pequenos Estados estabilizados ou Países de menor desenvolvimento relativo (PMDRs) Aula 01 – Bases e Teorias de RI
  5. 5. 2 Realismo Político . Conceitos-chaves: Poder e Conflito – (prioridade preservação da segurança e soberania do Estado) . A natureza humana é egoísta e propensa à conquista (necessidade de segurança, glória e prestígio) . Maquiavel: dinâmica da conquista, manutenção e expansão do Poder . Thomas Hobbes: “Estado de Natureza” . Cardeal Richelieu: conceito “raison d’état” – interesses nacionais devem ser perseguidos de forma racional (análise custoxbenefícios) . 1ª Guerra consolida concepções do Realismo . Revisões das idéias do Realismo: Neorrealismo ou Realismo Estrutural - SI como estrutura onde se processam as RI e os Estados defendem suas posições Aula 01 – Bases e Teorias de RI
  6. 6. 3 Liberalismo . Realismo condicionado ao surgimento do Estado moderno . Liberalismo condicionado à ascensão da burguesia e às novas idéias políticas, econômicas e sociais . Revoluções Liberais nos sécs. XVII e XVIII - Revolução Gloriosa – Reino Unido (1688/89) - Revolução Americana (1776) - Revolução Francesa (1789) . Pensadores liberais: Locke, Montesquieu, Bentham, Mill . Valores liberais: - importância das leis - substituição do conflito pela cooperação e negociação - Redirecionamento da importância do Poder para o Lucro . Presidente Wilson no pós 1ª Guerra (1918) e o destaque para idéias liberais . RI como cátedra consolidada sob a influência Liberal e dos EUA Aula 01 – Bases e Teorias de RI
  7. 7. 4 Idealismo e Interdependência . O Idealismo se opôs totalmente ao Realismo (as pessoas são boas e os Estados preferem a cooperação e paz) . Apresentado pelo presidente Wilson (Idealismo Wilsoniano) logo após 1ª Guerra (1918) – 14 pontos para paz . Premissas do Idealismo: a) Democracia e disseminação de seus valores b) Segurança coletiva – cooperação para paz internacional (Liga das Nações, ONU) c) Autodeterminação dos povos – direito à soberania . Crise do Liberalismo nas décadas 1920 e 30 devido às dificuldades econômicas, desemprego e aumento de protencionismos . Recuperação das idéias liberais após 2ª Guerra . Aproximação do Liberalismo ao Realismo pelas idéias de Robert Keohane e Joseph Nye (Neoliberalismo ou Interdependência) década 1970 . Busca de estabelecimento de regras e princípios internacionais para regular as RIs – maior cooperação e menos conflitos . Aumento de relevância das OIGs e das FTs Aula 01 – Bases e Teorias de RI
  8. 8. 5Marxismo . Origens no século XIX – análises de Marx e Engels sobre a Revolução Industrial, críticas ao capitalismo e à sociedade burguesa. Preocupações marcadamente internacionais . Pilares do Marxismo: 1. Determinação Material – peso da economia na organização social, política e cultural. A Estrutura (meios de produção) é determinante na definição da Superestrutura (sociedade e ideologias) 2. Determinação Histórica – peso do passado sobre o presente 3. Divisão entre Burguesia e Proletariado 4. Revolução –evolução social se dá através do processo inevitável de conflito entre burguesia e o proletariado . Pensadores Marxistas desenvolvem importantes análises sobre o Capitalismo, Imperialismo e as RIs – Lenin, Gramsci, Eric Hobsbawn . “Teoria da dependência” elaborado pela CEPAL (Comissão Econômica para América Latina e Caribe – ONU) - apresenta divisão estrutural entre Norte e Sul (Estados Desenvolvidos x Subdesenvolvidos) - defende Nova ordem Econômica Internacional (NOEI) para superação da deteriorização dos intercâmbios internacionais através de maior ação estatal e substituição das importações Aula 01 – Bases e Teorias de RI
  9. 9. missaodiplomatica.blogspot.com.br

×