Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Virtualidade e presença ou tecnologias da comunicação aplicadas

1,012 views

Published on

Ainda no início das reflexões sobre TIC e educação

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Virtualidade e presença ou tecnologias da comunicação aplicadas

  1. 1. Virtualidade e presença ou Tecnologias da comunicação aplicadas à educação Mirna Tonus Profa. do Curso de Jornalismo – Uniso Mestre em Educação (Unimep) Doutoranda em Multimeios (Unicamp)
  2. 2. Virtualidade e presença <ul><li>Como estar presente virtualmente em um processo educacional? </li></ul>
  3. 3. Interação/interatividade <ul><li>Interação </li></ul><ul><ul><li>Alava: comunicação que ultrapassa a interação cognitiva; colaboração </li></ul></ul><ul><ul><li>Bystrina: Interatividade (com a máquina) e interação (com outros indivíduos) como propulsoras da construção dos significados </li></ul></ul><ul><ul><li>Vigotski e Freire: interação social </li></ul></ul><ul><ul><li>Thompson: interação face a face; interação mediada; interação quase-mediada </li></ul></ul>
  4. 4. Interação e aprendizagem <ul><li>Ação </li></ul><ul><li>Reflexão </li></ul><ul><li>Compreensão </li></ul><ul><li>Conceitualização </li></ul><ul><li>INTERAÇÃO </li></ul><ul><li>Essenciais à aprendizagem </li></ul>
  5. 5. Dispositivos de interação <ul><li>TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação) </li></ul><ul><ul><li>Viabilidade no processo educacional </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ambiente de Educação a Distância (Teleduc/Sala Virtual) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Internet </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>E-mail </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Mensageiro instantâneo </li></ul></ul></ul>
  6. 6. Papel das TIC <ul><li>Infotelecomunicação (MORAIS) </li></ul><ul><li>meios de transmissão de dados, promovendo a interatividade de docente e discentes com o computador e os software empregados enquanto facilitadores da aprendizagem, ao mesmo tempo em que são utilizadas como meios de comunicação, portanto, de interação social. </li></ul>
  7. 7. Resposta: presença virtual <ul><li>Voltando os olhos para as tecnologias da informação e comunicação, enxergando nelas uma possibilidade de interação que vai além da presença em sala de aula, levando à configuração de uma educação plurimodal, à medida que envolve a presença, o estar junto virtual (VALENTE) e o estudo autodirigido.   </li></ul>
  8. 8. Bibliografia <ul><li>ALAVA, Séraphin. Os paradoxos de um debate. In: ALAVA, Séraphin (org.). Ciberespaço e formações abertas: rumo a novas práticas educacionais? Trad. Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed, 2002. </li></ul><ul><li>BYSTRINA, Ivan. Tópicos de Semiótica da Cultura. Tradução: Norval Baitello Junior e Sônia B. Castino; notas e transcrições: Solange Silva; edição: Luiz Iasbeck. São Paulo: CISC/PUC-SP. Maio de 1995. Aulas de Ivan Bystrina. Pré-print. </li></ul><ul><li>FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 25 a . ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002. Coleção Leitura. </li></ul><ul><li>MORAIS, Denis de. O concreto e o virtual: mídia, cultura e tecnologia. Rio de Janeiro: DP&A. 2001. </li></ul><ul><li>THOMPSON, John B. A mídia e a modernidade: uma teoria social da mídia. 3.ª ed.. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001. </li></ul><ul><li>VALENTE, José A. Espiral de aprendizagem: o processo de compreensão do papel das tecnologias de informação e comunicação na educação. Tese de livre-docência. Campinas: Unicamp. 2005. Disponível em: http ://www. nied .unicamp. br /~lia/ . </li></ul><ul><li>VIGOTSKI, Lev. S. Pensamento e linguagem. Ed. eletrônica Ridendo Castigat Mores ( www. jahr . org ). Captado em 2002. Disponível em www.ulbra-to.br/ensino/downloads/download.asp?arquivo=%7BF904DE43-DCDD-464E-931E-FEC42263424F%7D </li></ul>
  9. 9. Obrigada! Contato: [email_address] msn: [email_address]

×