Interações Digitais

469 views

Published on

Apresentação de defesa de tese

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
469
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Relevância da tese
  • Objetivos
  • Meios: e-mail, chat, mensageiro instantâneo
  • Ciclo: descrição-execução-reflexão-depuração-descrição
  • Interações Digitais

    1. 1. Mirna Tonus Uma proposta de ensino de radiojornalismo por meio das TIC Interações digitais
    2. 2. Por quê? <ul><li>Reflexos da interação na formação dos alunos de radiojornalismo e em sua atuação profissional </li></ul><ul><li>Interação na formação do jornalista e de outros profissionais que se deparam com novas demandas tecnológicas </li></ul><ul><li>Tendência da educação a distância no Brasil e no mundo, com a intenção de estimular a elaboração de propostas plurimodais em cursos universitários de graduação e pós-graduação </li></ul><ul><li>Abordagem transdisciplinar, envolvendo comunicação, educação e tecnologias </li></ul>
    3. 3. Para quê? <ul><li>Mostrar que a interação mediada pelas TIC na prática formativa auxilia na aprendizagem de edição digital em radiojornalismo </li></ul><ul><li>Promover a aprendizagem do radiojornalismo, por meio das TIC </li></ul><ul><li>Conhecer a relação dos estudantes com os multimeios </li></ul><ul><li>Explicitar como as TIC auxiliam no processo de formação do radiojornalista com vistas à edição digital de áudio </li></ul><ul><li>Estimular um processo contínuo de aprendizagem </li></ul><ul><li>Construir um diálogo teórico transdisciplinar </li></ul><ul><li>  </li></ul>
    4. 4. O caminho traçado <ul><li>Pesquisa-ação </li></ul><ul><li>População envolvida: 43 alunos de Radiojornalismo </li></ul><ul><li>Período: primeiro semestre de 2005 </li></ul><ul><li>Local: Curso de Comunicação Social da Universidade de Sorocaba </li></ul><ul><li>Dados: perfil sociográfico, diagnóstico, avaliação da metodologia de formação desenvolvida, avaliação sobre a formação proposta </li></ul><ul><li>Ações: observação de material didático, interações por meios síncronos e assíncronos, avaliação da produção dos alunos </li></ul>
    5. 5. Bases teóricas <ul><li>Jean Piaget: aprender fazendo (epistemologia genética) </li></ul><ul><li>Lev Vygotsky: interação social (ZPD) </li></ul><ul><li>Paulo Freire: conscientização, contexto cultural </li></ul><ul><li>José Armando Valente: ciclo de ações e espiral de aprendizagem </li></ul><ul><li>Otto Peters - EAD </li></ul>
    6. 6. Conceitos <ul><li>Interação </li></ul><ul><li>Interatividade </li></ul><ul><li>Educação plurimodal </li></ul>
    7. 7. Construção do conhecimento por meio da interatividade e da interação, considerando os ciclos de ações, a espiral de aprendizagem e a ZPD
    8. 8. Cenários do radiojornalismo <ul><li>Científico </li></ul><ul><li>Documentarista </li></ul><ul><li>Multimídia </li></ul>
    9. 9. Similaridades e implicações <ul><li>Conhecimento em tecnologia de edição </li></ul><ul><li>Percepção sobre tecnologias </li></ul><ul><li>TIC e aprendizagem </li></ul><ul><li>Práticas presenciais </li></ul><ul><li>Ferramentas digitais </li></ul><ul><li>Avaliação da aprendizagem </li></ul>
    10. 10. Linha de chegada - Similaridades interacionistas - Similaridades informacionalistas - Implicações infointeracionistas - Espirais de informação, interação e interatividade
    11. 11. Documentário
    12. 12. “ Para mim, uma das preocupações minhas, uma das razões de minha luta, uma das razões de minha presença no mundo é exatamente a de que, como educador, eu posso co-contribuir para uma assunção crítica da possibilidade da passividade, para que se vá além dessa passividade, no que eu chamo de posturas rebeldes, de posturas criticamente transformadoras do mundo”   Paulo Freire
    13. 13. Arquivo de áudio digital aberto no WavePad
    14. 14. Seleção para edição do áudio digital no WavePad
    15. 15. Áudio editado sem o trecho selecionado
    16. 16. “ Acho essencial hoje, na formação do jornalista, esse trabalho que possibilita ao aluno editar um áudio, a editar um vídeo, a editar um site, a fazer uma animação. Eu acho que isso é essencial para a formação desse profissional... Quando a gente fala em software, em tecnologia, não é a formação de um técnico, é a formação de um profissional apto para a construção de novas narrativas ou narrativas convergentes”.   Anderson Andreozi Professor da Uniube
    17. 17. Interação Interatividade Aprendizagem Autonomia Conhecimento
    18. 18. “ Todos os métodos usados e aplicados durante as aulas foram fundamentais na realização do meu trabalho final. Tanto as tecnologias, quanto a percepção editorial... e as aulas presenciais e via Internet fizeram diferença no resultado final do projeto”   Aline Amorim Aluna de radiojornalismo
    19. 19. “ As tecnologias digitais foram importantes para o nosso aprendizado, tanto na edição, quanto no produto final dos nossos trabalhos. E as ferramentas que foram encontradas pela professora como saídas pedagógicas, como as aulas on-line e as orientações via e-mail, se tornaram diferenciais para os alunos e ajudaram facilitando a compreensão do conteúdo”   Décio de Abreu Jr. Aluno de radiojornalismo
    20. 20. Jornalismo científico Edição Áudio digital Webrádio Conteúdo
    21. 21. Obrigada!

    ×