Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A Aia - Trabalhos de grupo (alunos)

  • Be the first to comment

A Aia - Trabalhos de grupo (alunos)

  1. 1. As personagens que participam neste contosão a Aia, a Rainha, o Principezinho, o tio e oescravo ( o filho da Aia).A personagem principal é a Aia, porque ahistória gira à volta dela é ela que protagonizaas grandes decisões e as grandes peripéciasda narrativa .
  2. 2. Personagens Características físicas Características psicológicasAia Negra, (porque a escravatura - Determinada, corajosa, leal, esta associada a esse tom de humilde, tranquila. pele e também porque o filho também é negro) bela e robusta.Rainha ---------------------------------- - Insegura, indefesa, pouco preparada para lidar com situações complicadas, desorientada.Principezinho Loiro de olhos azuis pequeninos. - Adorável, calmo, inocenteEscravo Negro, cabelo crespo. -Inocente, feliz, humilde, calmo, adorável.Tio ------------------------------- - Cobarde, ambicioso, bravio. Depravado, mau.
  3. 3. A rainha era feliz e tranquila, mas a partida do marido e a sua mortetrouxe-lhe uma enorme angústia e um grande desespero. Elasentiu-se desorientada, pois agora estava sozinha a governar oreino. Tinha a Aia para a ajudar com o seu filho pequeno, mas sentia-se indefesa, pois não conseguia organizar as tropas e não seconseguia defender sozinha.Quando soube que o irmão do rei queria ficar com reino, sentiu-sepreocupada e temeu que pudesse fazer alguma coisa ao seuprincipezinho. Quando soube que a Aia sacrificara o seu filho parasalvar o seu filho ficou aliviada, mas ao mesmo tempo triste, porqueesta perdera o seu escravozinho.A Aia ao longo deste conto desempenhou um papel muitoimportante, porque ela conseguiu demonstrar a sua força eserenidade , mas acima de tudo ela mostrou ser leal à rainha.A empregada era muito determinada nas suas decisões, poisfazer a troca do seu filho para salvar o principezinho foi um ato demuita coragem.
  4. 4. Aia TioÉ umarelação de A Rainhahierarquia e temia o tio,de amizade, porque estepois apesar queria matar ode serem de Escravozinhoestatutos Principezinho seu filho e ela sentia-sesocias A rainha tinha A rainha tinha uma insegura, poisdiferentes, uma grande relação e um não tinha odão-se bem ternura pelo carinho muito marido para ose apoiam-se escravozinho, grande e muita proteger.uma à outra. pois este nasceu ternura pelo seu no mesmo dia filho. Quando que o seu soube que o príncipe e ela queriam matar acarinhava-o entrou em também. desespero.
  5. 5. Principezinho EscravoA aia tinha um A aia amava ogrande um respeito escravozinho e foi umae uma enorme grande dor para elalealdade pelo sacrificar o seu filho.principezinho, pois Amava-o tanto que seum dia ele iria ser matou para ir ter com ele,o seu rei, mas para continuar a cuidartambém o adorava dele.como um filho.
  6. 6. A rainha e a escrava por um lado eram muito diferentes,mas por outro eram muito parecidas, pois ambas erammães e tinham um grande afeto e cuidado pelos seusfilhos. No entanto eram diferentes, pois a rainhapertencia a uma classe alta, era mais rica, mas nãoestava preparada para lidar com situações difíceis. A aiaera pobre, era uma escrava, mas tinha a força e adeterminação para agir no momento certo. Tem acoragem de alguém que está habituado a lidar com assituações difíceis da vida, o que não acontecia com arainha. Apesar das diferenças estas mulheres são fieisuma à outra.
  7. 7. O escravozinho e o principezinho são como irmãos na suainocência, não têm consciência das suas diferenças.São ambos bebés acarinhados, nascido no mesmo dia eamamentados pela mesma mulher, a aia.No entanto, estas crianças são muito diferentes, pois o principezinhoum dia iria ser o rei e o escravozinho iria ser sempre um servo dele.À primeira vista o futuro rei tinha muito a temer, devido aos seusinimigos e o escravo nada tinha a temer do mundo. Ainda assim, é oescravo que é sacrificado para que o príncipe seja salvo.
  8. 8. Trabalho realizado :Beatriz Mestre nº2Cláudia Maia nº4Vânia Ferreira nº 19
  9. 9. Tempo e Espaço Trabalho Realizado por: - Eliane Pereira nº6 -Joana Nascimento nº9 - Lara Farinha nº11 9ºB
  10. 10. Marcas Temporais (presentes na primeira página)• “Era uma vez (…)“• “A lua cheia (…)”• “(…) noite de Verão.”• “(…) antes de adormecer (…)”• “(…) um dia (…)”• “(…) na sua longa infância(…)”
  11. 11. Marcas do Tempo Histórico e Espaço CulturalTempo histórico :o Idade MédiaMarcas de Espaço Cultural :o Existência de reis, príncipes, aias, vassalos, escravos, pajens;o Batalhas entres reinos ;o Lanças, cavaleiros, horda, capitães;o Sucessão ao trono (bastardo e herdeiro);o Berços (descrição);o Iluminação – Tochas/lanternas;o Lealdade da escrava.
  12. 12. A evolução das personagens ao longo do tempoA Aia :o tranquila – feliz – protetora / carinhosa – segura – preocupada / serena – corajosa –fria/ imóvel – determinada/ corajosaA Rainha :o feliz/ tranquila – triste/ angústia –amedrontada/ desorientada –desesperada / descontrolada –aliviada- triste /agradecidaTio :o escondido (cobarde)– ofensivo -derrotado
  13. 13. Espaço Físico• Macro-espaço: Reino (palácio, cidades, searas); “(…) senhor de um reino abundante em cidades e searas(…)”• Micro-espaço: Palácio (quarto; sala do tesouro) “Nascida naquela casa real (…)” “(…) o berço de um era magnifico de marfim entre brocados, e o berço de outro,pobre e de verga.” ( referência indireta ao quarto) “ (…) no seu catre entre os dois berços (…)” “ (…) Câmara dou tesouros(…)”
  14. 14. A ação é marcada pela existência de duas condições sociaisExistem duas classes :A classe alta:-a realeza (representada pelo rei, a rainha e o príncipe)A classe baixa: -o povo (é representado pela aia e pelo filho) Relação-A aia era feliz , gostava de servir os seus reis .(“seria no céu como fora na terra, e felizna sua servidão”)-Tanto a rainha como a aia sentiam amizade uma pela outra. (A rainha sentia-seagradecida pelo facto de a aia cuidar do seu filho e a aia sentia-se agradecida pelocarinho e respeito que recebia da rainha).- Mas o sentimento mais dominante é a confiança e a lealdade, percebemos que estaescrava fará tudo pelos seus senhores.
  15. 15. O Narrador quanto à presença é:-Não participante – uso da 3ª pessoa “Era uma vez um rei(…)que partira a batalhar(…)”Quanto à ciência é:- Heterodiegético – o narrador não é nenhuma das personagens“ Era uma vez um rei(…)que partira a batalhar(…)Quanto à focalização é variado:- Interna – parece conhecer bem a perspectiva de algumas personagens – Aia e Rainha “ (…) também ela tremia pelo seu principezinho! “ “Pobre principezinho da sua alma! “ “ A mãe caiu sobre o berço , com suspiro como cai um corpo morto! “- Externa- Omnisciente
  16. 16. O narrador é parcial :- O narrador exprime a sua opinião, o que é visível nospontos de exclamação, reticências e pontos deinterrogação que vão surgindo , pois manifestam as suasemoções .Exemplos : “ Mais , ai dor sem nome ! “Momentos de descrição :-“ Era uma vez um rei , moço (…) berço dentro das suasfaixas . “Momentos de narração :-“ Ora uma noite , noite (…) vergéis .“
  17. 17. Caracterização Direta :-“Era uma vez um rei , moço e valente , senhorde um reino (…)” .- “(…) era seu tio, irmão bastardo de rei ,homem depravado e bravio ; consumido decobiças grosseiras(…)”.Indireta :-“ Então , rapidamente , sem (…) um brocado”. Lealdade Dedicação Coragem Determinação
  18. 18. Joana Mendes nº10Sandro Lopes nº16 9ºBTiago Oliveira nº17

×