Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A gestão das pessoas na era das novas mídias digitais

2,924 views

Published on

Palestra apresentada para o Grupo de Recursos Humanos do CIESP Bauru, em 20/03/2009.
A platéia era formada por gestores de recursos humanos (gestão de pessoas) e ainda profissionais de vendas e marketing.

Published in: Education, Technology

A gestão das pessoas na era das novas mídias digitais

  1. 1. A gestão de pessoas na era das novas mídias digitais 3ª. Reunião 2009 – Grupo Recursos Humanos 20/03/2009
  2. 2. Livre para copiar e distribuir, apenas cite o autor. Os slides e links para os vídeos estarão disponíveis no blog www.paulomilreu.com.br. http://creativecommons.org/licenses/by/2.0/br/
  3. 3. Alguns minutos de reflexão...
  4. 4. Em que era estamos vivendo?
  5. 5. Você acredita que esse tempo ainda não chegou?
  6. 6. Nossos futuros colaboradores...
  7. 7. O mundo mudou.
  8. 8. Vamos começar do começo.
  9. 9. As novas mídias digitais.
  10. 10. um panorama sobre a internet Adriana Greinberger, Google Brasil
  11. 11. 1,4 bilhão de pessoas online em todo o mundo 64,5 milhões no Brasil 1 bilhão de buscas por dia, apenas no Google 300 milhões de usuários em redes sociais Adriana Greinberger, Google Brasil
  12. 12. 90% dos usuários de internet no Brasil usam redes sociais, diz Ibope//NetRatings Os internautas brasileiros são campeões em acesso a redes sociais, com 18,5 milhões de usuários residenciais de comunidades e blogs por mês. Se forem somados a esse número fotologs, videologs e os mensageiros instantâneos, a quantidade de pessoas sobe para 20,6 milhões, representando 90% do total de internautas no País (22,4 milhões). Ibope Net//Ratings, apoiado nos dados da NetView, comportamento do usuário de redes sociais (Maio/2008)
  13. 13. internet: uma velha, boa idéia Silvio Meira / CESAR
  14. 14. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] as tecnologias da internet vão estar em todo lugar. Silvio Meira / CESAR
  15. 15. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] O acesso à rede será permanente. Silvio Meira / CESAR
  16. 16. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] A rede estará sempre ligada. Silvio Meira / CESAR
  17. 17. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] Qualquer um poderá se conectar de qualquer lugar, com qualquer dispositivo, a qualquer hora. Silvio Meira / CESAR
  18. 18. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] A rede será invisível. Silvio Meira / CESAR
  19. 19. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] 1. em todo lugar, 2. acesso permanente, 3. sempre ligada, 4. qualquer lugar, disp., tempo... 5. e... invisível. Silvio Meira / CESAR
  20. 20. tendências dos meios de comunicação
  21. 21. tendências dos meios de comunicação interatividade canais bidirecionais de relacionamento convergência com telefonia celular convergência com internet customização de serviços e programação
  22. 22. diferenças entre a mídia tradicional e a mídia social
  23. 23. diferenças entre a mídia tradicional e a mídia social MÍDIA MÍDIA SOCIAL TRADICIONAL Podcasts Vídeocasts Televisão Blogosfera Jornal Fóruns Rádio Wikis Cinema Plataformas corporativas 2.0 Outdoor Controle Institucional Controle do Consumidor
  24. 24. interação interatividade emissor receptor canal › unidirecional › transmissionista › one-way › um-muitos › palestra
  25. 25. interação interatividade › pluridirecional › comunicacional › two-way › muitos-muitos › diálogo
  26. 26. 13 anos de internet no Brasil
  27. 27. 13 anos de internet no Brasil quem nasceu em 1995 tem 13 anos quem tinha 13 anos, tem agora 26 anos é a primeira geração digital do Brasil.
  28. 28. 13 anos de internet no Brasil esse colaborador não conhece um mundo sem internet, sem e- mail, sem messenger, sem orkut, sem twitter, sem... será que ele toma suas decisões da mesma forma?
  29. 29. abrindo um parênteses...
  30. 30. voltando...
  31. 31. “A expressão jornalismo online é “adulta”, “jovem não diz a palavra online, porque é óbvio que é online, a vida dele é online!” Marcelo Tas, no MediaOn 2008.
  32. 32. “tecnologia é tecnologia apenas para pessoas nascidas antes de ela ser inventada.” Alan Kay – cientista da computação
  33. 33. “Cerca de 75% das pessoas com menos de 25 anos nunca usaram e nem vão usar relógio. E sabe por quê? Porque não faz sentido carregar um tic-tac no pulso quando a mesma informação está disponível no seu celular que você carrega no bolso.” Jeff Borden, diretor da Academia de Treinamento e Consulta da eCollege, projeto de EAD da editora Pearson, durante o 14º Congresso Internacional ABED de Educação a Distância, que está sendo realizado em Santos, São Paulo (Setembro/2008)
  34. 34. “Eles preferem o computador à TV, carregam celular no bolso e já decretaram a aposentadoria do e-mail e do telefone - gostam mesmo é de conversas instantâneas e interativas, seja pelos mensageiros eletrônicos, pelos torpedos SMS ou pelas redes sociais.” IDG Now- ago/2007
  35. 35. “E-mail deve ser extinto até 2015.” Cezar Taurion, IBM Brasil Setembro/2008
  36. 36. abertura de códigos MOVIMENTOS ...comportamentais FEMINISTAS, ÉTNICOS, HOMOSSEXUAL... ...fonte (software) LINUX CREATIVE COMMONS, ...direitos de autor COPYLEFT Ana Brambilla
  37. 37. rafinha Rafinha TV1 Comunicação / São Paulo http://www.youtube.com/watch?v=JMRF_ZXms9E
  38. 38. gestão de pessoas na era do
  39. 39. Em 2007
  40. 40. Em 2008
  41. 41. O que outras empresas bacanas estão fazendo...
  42. 42. Como trabalhar sem stress e produzir mais?
  43. 43. Os 10 motivos que sem levaram a Como trabalhar me stress e deixar produzir mais. meu antigo emprego. Por um geek http://webinsider.uol.com.br/index.php/2007/03/14/dez-itens-para-que-os-geeks-trabalhem-em-paz/
  44. 44. 1. Deixe que ele controle seu próprio horário. “Assim nós produzimos muito mais do que no horário em que somos obrigados. Entre 7 e 10 da manhã meu cérebro não funciona, não tem jeito. No entanto em nenhum outro horário sou mais produtivo do que entre as 2 e 4 da manhã. Cada pessoa tem seu horário em que produz mais e melhor. Geeks têm uma capacidade sobre-humana de fingirem que estão trabalhando enquanto estão dormindo.”
  45. 45. 2. Deixe que ele controle seu próprio ambiente de trabalho. “Não imponha regras ‘para todos’ neste sentido, porque nós não somos iguais ao pessoal do administrativo e de vendas. Se ele quer se enfiar num canto da sala, longe de todos, deixe. Se puder deixá-lo escolher sua mesa, cadeira, lugar na sala, etc, será perfeito!”
  46. 46. 3. Deixe que ele controle sua própria luz. “Muita luz é ótimo para trabalhar com papeis e péssimo para trabalhar com computadores. Muitos geeks gostam de trabalhar à meia luz, por isso não imponha uma certa iluminação. Cansei de ter dores de cabeça por causa da luz forte demais, por não poder fechar uma maldita persiana.”
  47. 47. 4. Deixe que ele controle seu próprio (fone de) ouvido. “Para trabalhar direito, precisamos de concentração. Para isso, é preciso silêncio e/ou um fone de ouvido tocando algo barulhento - que na prática é a mesma coisa. Não deixar um nerd usar fones de ouvido é um pecado mortal.”
  48. 48. 5. Deixe que ele controle sua própria roupa. “Não somos homens de negócios. Que a roupa social fique para os advogados. Quanto mais confortável e à vontade o geek está, mais produz.”
  49. 49. 6. Deixe que ele controle onde vai fora da empresa. “Podemos gostar de um evento social, ou não. Essas coisas não podem ser obrigatórias.”
  50. 50. 7. Deixe que ele controle quando quer falar ou não com você. “Se você precisa falar com um geek siga esta seqüência: a) Envie um e-mail dizendo o que quer; b) Caso seja algo urgente, fale pelo messenger; c) Se algo estiver explodindo e a escolha for entre interrompê-lo ou a falência da empresa, telefone ou fale diretamente com ele - mas só neste caso. De novo: precisamos de concentração! Quando você interrompe, levamos um tempão para entendermos o que estávamos fazendo novamente.”
  51. 51. 8. Deixe que ele controle se quer ou não fazer algo além do que aquilo que ele foi contratado para fazer. “Em empresas pequenas, principalmente, todo mundo acaba fazendo um pouco de tudo. Mas o geek ficará furioso (e isso VAI impactar furiosamente na produtividade dele) se for obrigado a fazer coisas que não são seu trabalho. Eu já fui obrigado a levar o lixo pra fora, atender telefone, lavar a louça, dar suporte técnico, fazer atendimento…”
  52. 52. 9. Deixe que ele controle quando e como acessa a internet. “Não adianta: a pessoa que você contratar para bloquear a internet não será mais inteligente que os geeks que você quer impedir de acessá-la. Se ela for, pode ter certeza de que pelo menos a metade do expediente do geek será gasta procurando um jeito de burlar o sistema. Eu poderia fazer outro artigo citando dezenas de modos (que já usei) de burlar esses bloqueios.”
  53. 53. 10. Conclusão: cobre produtividade, deixe que ele controle o resto. “Você entendeu: não controle o geek, deixe que ele controle todo o seu ambiente. Assim ele vai produzir mais. Mas hoje eu trabalho com geeks e sei que não posso deixar de controlar o trabalho da empresa. Eu acredito nisso: dê um desafio e liberdade a um programador e ele trabalhará mais, melhor, e com amor.”
  54. 54. “Você pode e deve cobrar os resultados. Pode cobrar que o prazo que ele mesmo deu a você seja cumprido, mas impor regras que não fazem sentido nenhum só fará com que a produtividade do geek caia, o stress aumente e ele procure outro jeito de ganhar dinheiro sem tanta dor de cabeça.”
  55. 55. finalizando...
  56. 56. Dica de Blog www.baurublog.com.br
  57. 57. Livre para copiar e distribuir, apenas cite o autor. Os slides e links para os vídeos estarão disponíveis no blog www.paulomilreu.com.br. http://creativecommons.org/licenses/by/2.0/br/
  58. 58. obrigado! Paulo Milreu paulo.milreu@smartis.com.br twitter.com/paulomilreu www.paulomilreu.com.br www.smartis.com.br twitter.com/smartisnow

×