Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Medicina Interna por Filipa Falcão

848 views

Published on

Medicina Interna no Ayurveda

Published in: Education
  • Be the first to comment

Medicina Interna por Filipa Falcão

  1. 1. Docente: Michele Pó Discente: Filipa Falcão Curso Geral de Naturopatia e Ciências tradicionais Holísticas
  2. 2. Este trabalho tem como objectivo mostrar um pouco da Medicina Ayurvédica, os conceitos e como é vista a doença É uma medicina holística, baseia-se no universo e na ligação do homem com os elementos e natureza Desequilíbrio é a causa para a doença, cabe ao terapeuta identificar, corrigir e prevenir uma reincidência Os tratamentos são também eles de caracter preventivo, sendo aconselhado a todos de fazer, de modo a manter tanto o corpo como a mente sãos
  3. 3. É um sistema de saúde milenar Baseia-se no universo e nos cinco Elementos: Éter, Ar, Fogo, Água e Terra Os elementos manifestam-se no Homem através dos Doshas: • Vata • Pitta • Kapha
  4. 4. Medicina holística O ser Humano é constituído por Corpo – Mente – EspiritoEspirito O sistema energético que coordena todas as funções do corpo. Felicidade = Saúde
  5. 5. Kaya Corpo Chikitsa Tratamento É o primeiro dos oito ramos do AstangaÉ o primeiro dos oito ramos do Astanga Trata da medicina geral Vai aprofundar e determinar a causa da doença
  6. 6. Existem várias palavras na Medicina Ayurveda para descrever a doença, todas elas sinónimos pois esta causa dor, atormenta, torna a vida miserável e cria desconforto A doença instala-se quando ocorre oA doença instala-se quando ocorre o desequilíbrio, devido a uma má utilização do corpo, da mente, dos sentidos… Todas as doenças manifestam o dosha em desequilíbrio e são classificadas como vata, pitta e kapha, conforme a sua manifestação
  7. 7. A doença pode ser : ◦ Exógena ◦ Endógena Podemos classificar como:Podemos classificar como: ◦ Sadhya- curável ◦ Sukha-sadhya – Facilmente curável ◦ Krcchra-sadhya – Curável com dificuldade ◦ Asadhya – Não curável
  8. 8. Fases do desenvolvimento da doença: ◦ Agravamento ◦ Acumulação ◦ Dispersão ◦ Recolocação ◦ Manifestação,◦ Manifestação, ◦ Maturação A doença segue três caminhos: ◦ Interno ◦ Externo ◦ Central
  9. 9. O corpo humano é um sistema complexo constituído por: ◦ 3 Doshas ◦ 7 Dhatus, ◦ 14 Srotas, ◦ 14 Nadis principais.◦ 14 Nadis principais. Tudo está relacionado e funciona em conjunto. Os doshas irritados podem causar o bloqueio dos srotas (canais), conduzindo à supressão do agni (fogo) e à formação de ama (doença).
  10. 10. Os doshas têm o seu ponto de equilíbrio na quantidade, qualidade e função. Estes podem estar aumentados ou diminuídos. No seu estado normal mantêm a saúde e o correcto funcionamento do organismo Existem três factores responsáveis pelo desequilíbrio: ◦ Kala ◦ Artha ◦ Karma
  11. 11. No seu estado normal protege o corpo, controla a respiração Desequilíbrios deDesequilíbrios deDesequilíbrios deDesequilíbrios de VataVataVataVata:::: ◦ Doenças ligadas aos nervos e músculos, paralisia, perda de funções sensoriais, desordens respiratórias, perda de energia, irritabilidade e tremores.
  12. 12. No seu estado normal trata da digestão, mantem a temperatura do corpo, visão, controla a fome a sede, a inteligência, coragem. Desequilíbrios de Pitta: ◦ Sistema digestivo debilitado, gastrite, ulcera, coloração amarelada na face, pele, olhos, urina e fezes.
  13. 13. No seu estado normal confere estabilidade, lubrificação, firmeza das articulações e força física Desequilíbrios de kapha:Desequilíbrios de kapha: ◦ Desordens respiratórias e digestivas, excesso de saliva, cansaço, fadiga, sensação de peso, coloração branca nas fezes.
  14. 14. A estrutura física do corpo é constituída por dhatus (tecidos) É o resultado da assimilação dos alimentos e de Prana. Estes elementos estão ligados energeticamente entre si, ou seja, dependem uns dos outros e dão origem ao dhatsu seguinte O desequilíbrio vai sempre provocar um problema em cadeia, levando à ruptura funcional
  15. 15. Existem sete Dhatus: ◦ Rasa ◦ Ratka ◦ Mamsa◦ Mamsa ◦ Meda ◦ Asthi ◦ Majja ◦ Shukra e Artav
  16. 16. Produtos de excreção do corpo. ◦ Urina ◦ Fezes ◦ Suor O corpo elimina substâncias tóxicas, recusadas pelo organismo e excretadas pelas células.organismo e excretadas pelas células. Srotas: Canais através dos quais os doshas, os dhatus e os malas circulam. Podem ser canais maiores como artérias, veias, sistema linfático e intestinal ou menores como arteríolas e capilares.
  17. 17. É o sistema mais subtil de todos, pois é através dos seus canais que é feito o transporte de Prana. Existe uma extensa e fina rede ao longo de todo orede ao longo de todo o corpo. As doenças decorrem do congestionamento, de bloqueios ou restrições ao funcionamento do sistema
  18. 18. Para atingir a saúde é necessário: o Equilíbrio dos dosha o Funcionamento normal do agni, o Produção e eliminação eficaz dos malas o Funcionamento normal dos cinco sentidos o Harmonia completa de corpo, mente e espírito.
  19. 19. Como cada individuo é único, o terapeuta vai ter de identificar o desequilíbrio através de uma análise detalhada. É importante reconhecer a constituição original do paciente (prakruti) e sua constituição actual, oupaciente (prakruti) e sua constituição actual, ou estado de desequilíbrio (Vrikriti). A saúde só é alcançada quando o prakriti coincide com o vikriti, ocorrendo o equilíbrio.
  20. 20. Existem cinco maneiras de efectuar o diagnóstico: ◦ Nidana - Causa ◦ Purvarupa – Sintomas premonitórios ◦ Rupa – Sinais e sintomas característicos da patologiapatologia ◦ Upashaya – Testes de diagnóstico ◦ Samprapti – Modo de manifestação da doença
  21. 21. Diagnóstico do pulso Diagnóstico dos lábios Diagnóstico pelas unhas Diagnóstico da línguaDiagnóstico da língua Diagnóstico dos olhos Diagnóstico das fezes Diagnóstico da urina
  22. 22. Chikitsa é a terapêutica a ser aplicada após o diagnóstico e tem o objectivo de reequilibrar os doshas O tratamento é feito de duas maneiras: ◦ Santarpana – Nutrindo◦ Santarpana – Nutrindo ◦ Apartarpana – Debilitando Para curar a doença é necessário: ◦ Libertar o corpo de toxinas ◦ Fortalecer o sistema imunológico ◦ Procurar a causa da doença
  23. 23. O Purva karma é a primeira técnica a utilizar e pretende acalmar os sintomas da doença e preparar o corpo. É utilizado em indivíduos sãos como forma de prevenção. Utiliza-se plantas medicinais, a oleação, sudação, exercícios respiratórios, yoga e meditaçãorespiratórios, yoga e meditação
  24. 24. Deve ser aplicado como ultimo recurso, pois é uma técnica de eliminação, que enfraquece o organismo. Neste procedimento, o corpo é purificado e limpo a partir do dosha em desequilíbrio, para atingir o estado de homeostase e felicidade, através de formas especiais dee felicidade, através de formas especiais de vómitos, purgação e enema de forma a expulsar toxinas.
  25. 25. A medicina Ayurveda é uma filosofia de vida, onde tudo está relacionado e a energia é o fio condutor. O objectivo do trabalho era dar a conhecer a perspectiva desta medicina do corpo humano, das doenças e a sua visão de tratamento e curadoenças e a sua visão de tratamento e cura Gostei de realizar este trabalho, pois permitiu uma procura e pesquisa por informação, de modo a obter mais conhecimento e mostra que cabe a qualquer um de nós manter a saúde, bastando para isso o equilíbrio.

×