Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Gravidez na Adolescência

61,676 views

Published on

Gravidez na Adolescência

  1. 1. Gravidez na adolescência!<br />
  2. 2. No âmbito da disciplina de TIC foi-nos proposto que realizássemos um trabalho sobre a gravidez na adolescência.<br />Os números sobre gravidez na adolescência aumentam a cada dia, trazendo um grande problema à sociedade, que supõe, nos jovens de hoje, um alto grau de informações sobre assuntos relacionados ao sexo.<br />Introdução<br />
  3. 3. Porque é que a gravidez na adolescência acontece?<br />Falta de informações sobre métodos anticoncepcionais e preservativos, principalmente em classes de baixa renda, onde a escolaridade é muito baixa.<br />O desejo dos adolescentes de não assumir diante seus pais uma vida sexual activa faz com que as raparigas não usem nenhum tipo de contraceptivo ou use algum método ineficaz.<br />O uso de drogas e bebidas alcóolicas afecta os efeitos dos contraceptivos, o que faz com que a menina engravide mesmo usando algum tipo de anticoncepcional.<br />
  4. 4. O pensamento mágico do jovem de que “isso não vai acontecer comigo”;<br />A pressão do namorado ou grupo de amigos;<br />Aumento da liberdade dos jovens e a necessidade de afirmação própria do adolescente, de contraposição à família e de quebra de tabus;<br />Início precoce da vida sexual;<br />
  5. 5. Consequências de uma gravidez na adolescência<br />Uma adolescente grávida poderá apresentar problemas de crescimento e desenvolvimento, emocionais e comportamentais, educacionais e de aprendizagem.<br />O risco de complicações na gravidez e problemas no parto é muito maior.<br />Há também quem considere a gravidez uma complicação da actividade sexual.<br />
  6. 6. Dados sobre a gravidez na adolescência<br />1 em 3 mulheres de 19 anos já são mães ou estão grávidas do 1º filho.<br />1 em 10 mulheres de 15 a 19 anos já tem 2 filhos.<br />49,1% destes filhos foram indesejados.<br />54% das adolescentes sem escolaridade já haviam ficado grávidas<br />6,4% das adolescentes com mais de 9 anos de escolaridade já eram mães ou estavam grávidas do 1º filho.<br />
  7. 7. 55,6% dos jovens entre 16 e 25 anos não usam preservativos nas relações sexuais.<br />18% das adolescentes entre 15 e 19 anos já ficaram grávidas alguma vez<br /> Entre 17,5 milhões de meninas adolescentes existentes no Brasil, 1,1 milhão engravidam todo ano.<br /> Em cada grupo de 17 raparigas, 1 já está ou ficará grávida por ano.<br />
  8. 8. A influência da mídia na gravidez na adolescência<br />A banalização do sexo nos meios de comunicação está a fazer com que o adolescente experimente, cada vez mais cedo, o contacto sexual.<br />No entanto, a falta de maturidade do adolescente faz com que ele não se previna contra uma gravidez prematura ou doenças sexualmente transmissíveis.<br />As emissoras de televisão acreditam passar informações aos adolescentes quando, na verdade, apenas mostram o sexo como um acto sem resultado algum e que, portanto, não deve ser pensado com responsabilidade.<br />
  9. 9. Um exemplo desta banalização do sexo e até mesmo da gravidez na adolescência são os programas onde apresentadoras expõem sua gravidez como algo público e incentivam adolescentes a engravidar, passando um sentimento de naturalidade excessiva ao facto de meninas de 15 anos estarem grávidas.<br />
  10. 10. Quando o teste dá positivo, o que fazer?<br />Uma gravidez precoce não planeada implica sempre uma tomada de decisão. Independentemente da atitude que se venha a tomar, é importante procurar o apoio de uma ou mais pessoas para esta reflexão, de forma a conseguir lidar melhor com esta situação.<br />Esta decisão é muito importante, porque uma criança precisa de muito afecto, amor e disponibilidade durante vários anos, sendo por isso necessário avaliar de uma forma muito responsável e consciente as decisões a tomar. <br />
  11. 11. É importante não esquecer que existem muitos serviços que são anónimos, confidenciais e gratuitos (por exemplo: consultas de atendimento a jovens no Centro de Saúde, etc...), que podem ajudar as raparigas nestes momentos mais difíceis.<br />
  12. 12. Quais as principais queixas apresentadas pelas jovens grávidas?<br />Dificuldade na relação com os pais pelo surgimento da gravidez; algum desapontamento, culpas e acusações que poderão ocorrer quando a chegada da notícia;<br />Dificuldade na relação consigo própria pela necessidade de integrar a gravidez e a expectativa da maternidade nos seus projectos e interesses de adolescente;<br />Receio de possíveis alterações no relacionamento com o seu namorado; <br />
  13. 13. Dificuldade em conseguir gerir a relação com o seu grupo de amigos;<br />Dificuldade de encontrar um espaço onde se sinta confortável para falar sobre os seus medos e dúvidas face à situação vivida.<br />
  14. 14. Se a família e as pessoas mais próximas da adolescente que engravida, forem capazes de acolher o novo facto com compreensão, harmonia e respeito, a gravidez tem maior possibilidade de ser levada a termo sem grandes transtornos.<br />A jovem deverá ser apoiada nas decisões que tome de um modo consciente e realista. O bem estar afectivo é muito importante para a jovem grávida e para o seu bebé, e uma vez que a gravidez se faz a dois também o jovem pai deve ser ouvido na tomada de decisão. <br />Qual a forma de tornar a gravidez na adolescência mais fácil?<br />
  15. 15. A gravidez na adolescência é, portanto, um problema que deve ser levado muito a sério e que não deve ser subestimado nem por adolescentes, nem por educadores e professores. <br />O rapaz e a rapariga devem ser estimulados a pensar e a viver a sexualidade, não só como uma maneira de sentir prazer com as suas novas capacidades reprodutivas e sexuais, mas também acompanhadas de um conjunto de responsabilidades perante si e perante a sociedade em geral. <br />
  16. 16. Os mitos que existem sobre como não engravidar…<br />  Não se engravida...   <br />Se tomar banho a seguir ao acto sexual? <br />Se for a primeira vez que se tem relações sexuais? <br />Durante a menstruação? <br />Se se tiver relações sexuais em pé? <br />Se se retirar o pénis antes da ejaculação? <br />Quando não se atinge o orgasmo?  <br />NÃO! CUIDADO!<br />Em qualquer destas situações podes engravidar<br />
  17. 17. Testes de gravidez<br />
  18. 18. Com este trabalho percebe-mos que a gravidez na adolescência é um problema que a sociedade enfrenta cada vez mais de perto.<br />Este problema só será resolvido quando os adolescentes entenderem a importância da prevenção e do sexo seguro, vendo-o com uma atitude que deve ser tomada com muita segurança e respeito.<br />A função dos pais e educadores é fazer com que o jovem assimile esse mundo de informações que lhes são jogadas diariamente e não apenas acreditar que eles já sabem tudo…<br />Conclusão<br />
  19. 19. Wikipedia.com<br />Psicologia.com.pt<br />Solidariedade.pt<br />Bibliografia<br />
  20. 20. Andreia Paiva<br />João Costa<br />Luís Eusébio<br />Mauro Silva<br />Sara Tavares – Longe do Mundo<br />Trabalho realizado por:<br />Musica:<br />

×