Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Atividades2012 2h 1211

1,531 views

Published on

Planejamento de 2012 utilizando ferramentas de gestao para o Terceiro Setor - evento da ONG Brasil

Published in: Business
  • Be the first to comment

Atividades2012 2h 1211

  1. 1. Planejamento estratégico de projetos e atividades sociais para 2012 http://www.slideshare.net/micfre12/
  2. 2. Serviços Criando Desenvolvimento institucional Técnica Jurídica Gestão Marketing e Comunicação Planejamento estratégico Responsabilidade Social Desenvolvimento Sustentável Palestras, Cursos e Oficinas Assessoria para implementação de PMRS Empresas Terceiro Setor Consultoria
  3. 3. EXERCÍCIO DE BRAINSTORMIG – TEMPESTADE DE IDÉIAS AVES água zôo de comer cantam rapina cativeiro
  4. 4. <ul><li>Pode dizer-me que caminho devo tomar? </li></ul><ul><li>Isto depende do lugar para onde você quer ir. (Respondeu com muito propósito o gato) </li></ul><ul><li>Não tenho destino certo. </li></ul><ul><li>Neste caso qualquer caminho serve. </li></ul><ul><li>(“Alice no País da Maravilhas” - Lewis Carrol ) </li></ul>O CAMINHO A SEGUIR
  5. 5. Planejamento estratégico é um processo de organização de idéias e decisões, que influenciam o futuro e definem a relação entre uma organização e o ambiente em que atua. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Conceito
  6. 6. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Características
  7. 7. <ul><li>Implica em autoconhecimento </li></ul><ul><li>Reconhecer os próprios limites e potenciais, com honestidade e humildade </li></ul>PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Características
  8. 8. <ul><li>Deve-se ter c uidado com o momento de começar </li></ul><ul><li>A organização pode não ter mais recursos ou crédito interno e externo para implementar e executar </li></ul><ul><li>Pode ser realizado em retiros ou imersões </li></ul>PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Características
  9. 9. Cuidado O planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas às implicações futuras de decisões presentes ( Peter Drucker ) PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Características
  10. 10. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Metodologia do Processo
  11. 11. <ul><li>Definição de visão, missão e valores </li></ul><ul><li>Análise da situação (ambiente interno e externo). </li></ul><ul><li>Formulação de objetivos e metas </li></ul><ul><li>Formulação de estratégias </li></ul><ul><li>Implementação </li></ul><ul><li>Monitoramento, avaliação e controle </li></ul>PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Temas Fundamentais
  12. 12. Controle Acompa- nhamento e Avaliação Planejamento Estratégico Valores Visão Missão Análise Interna Indicadores Objetivos Estratégias Metas Análise Externa Execução Atividades Programas Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Controle Acompa- nhamento e Avaliação Execução Atividades Programas
  13. 13. <ul><li>Divisão em fases que facilitam o processo </li></ul><ul><li>Organização </li></ul><ul><li>Orientação </li></ul><ul><li>Direcionamento </li></ul><ul><li>Elaboração do plano de ação </li></ul><ul><li>Avaliação </li></ul>PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Metodologia
  14. 14. <ul><li>Compor o grupo que vai participar </li></ul><ul><li>Definir papéis a serem assumidos durante o processo </li></ul><ul><li>Estruturar uma base conceitual comum quanto ao conteúdo e processo do planejamento </li></ul>PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase da Organização
  15. 15. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase da Orientação
  16. 16. Modelo Trevo ( Antonio Luiz de Paula e Silva )
  17. 17. Modelo Trevo Serviços Sociedade Pessoas Recursos Direcionamento A arte e desafio do gestor é manter as relações equilibradas e harmoniosas Capacidade Qualidade Motivação Viabilidade Legitimidade Grupo Gestor
  18. 18. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
  19. 19. <ul><li>Objetivos principais </li></ul><ul><li>Definir/rever visão, missão, vocação e valores </li></ul><ul><li>Analisar o ambiente interno e externo (FOFA) </li></ul><ul><li>Mapear os stakeholders </li></ul><ul><li>Formular objetivos e metas </li></ul><ul><li>Criar estratégias </li></ul>PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
  20. 20. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento Composição básica da missão
  21. 21. Doutores da Alegria “ Levar alegria a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais de saúde, por meio da arte do palhaço, nutrindo esta forma de expressão como meio de enriquecimento da experiência humana”. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
  22. 22. SWOT PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento Ambiente Externo Ambiente Interno Positivo Negativo Investir FORÇAS Explorar OPORTUNIDADES Minimizar AMEAÇAS Superar FRAQUEZAS
  23. 23.
  24. 24. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento ESTRATÉGIA
  25. 25. Criar estratégias é a arte de explorar condições e caminhos favoráveis com o fim de alcançar objetivos PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
  26. 26. Planejar é preparar-se para a jornada, mas é também um processo que está sempre acontecendo PLANEJAMENTO Espere o melhor mas prepare-se para o pior
  27. 27. FONTES DE FINANCIAMENTO / RECURSOS
  28. 28. Indivíduos Governos PRINCIPAIS FONTES DE RECURSOS / FINANCIAMENTO Organizações Religiosas Iniciativa privada Fundações Fontes Institucionais Empresas Empresariais Familiares Ongs Agências Internacionais Pela causa Institutos corporativos Comunitárias
  29. 29. Indivíduos Governos PRINCIPAIS FONTES DE RECURSOS / FINANCIAMENTO / ESTRATÉGIAS Organizações Religiosas Projetos de Geração de Renda Iniciativa privada Fundações Fontes Institucionais Empresas Empresariais Familiares Ongs Agências Internacionais Venda Endowment fund Prestação de serviços Pela causa MRC Alugueis Institutos corporativos Comunitárias EVENTOS PROJETOS PARCERIAS Mantenedores
  30. 30. RELAÇÃO ESTRATÉGIAS E TÁTICAS POR FONTE Ent orno Seed Money Socialmente Responsáveis Campanha Capital Grandes Doadores Fundos internacionais Mantenedores / Conselho Eventos Doação de Material Voluntários Cyber Fundraising Emp. (MKT, RH) Mkt Direto Cara a Cara Telemarketing Parcerias
  31. 31. Indivíduos Governos RELAÇÃO ESTRATÉGIAS E TÁTICAS POR FONTE Organizações Religiosas Projetos de Geração de Renda Iniciativa privada Fundações Fontes Institucionais Empresas Institutos empresariais Empresariais Familiares Ongs Agências Internacionais Venda Endowment fund Prestação de serviços Pela causa MRC Alugueis Entorno Seed Money Socialmente Responsáveis Campanha Capital Grandes Doadores Fundos internacionais Mantenedores / Conselho Eventos Doação de Material Voluntários Cyber Fundraising Emp. (MKT, RH) Mkt Direto Mantenedores
  32. 33. 3 1 7 10 8 2 4 5 9 6
  33. 34. ANSOFF MATRIX
  34. 35. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Plano de Ação
  35. 36. <ul><li>Estimar custos e valores com precisão (orçamento) </li></ul><ul><li>Estabelecer prazos (cronograma) </li></ul><ul><li>Nomear claramente responsáveis </li></ul><ul><li>Criar simulações </li></ul><ul><li>Colocar o plano de ação no papel </li></ul>PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase de elaboração do plano de ação
  36. 38. 2012
  37. 40. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase da Avaliação
  38. 41.
  39. 42. CICLO PERA
  40. 43. Controle SWOT Captação recursos ANSOFF Avaliação BOSTON TREVO Orçamento SWOT Acompa- nhamento e Avaliação painel de controle Planejamento Estratégico Valores Visão Missão Análise Interna Indicadores Objetivos Estratégias Metas Análise Externa Execução Atividades Programas Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Controle Acompa- nhamento e Avaliação Execução Atividades Programas
  41. 44. OBRIGADO www.criando.net 11 – 2548-7077 11 – 8208-3790 [email_address] http://www.slideshare.net/micfre12/

×