111REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Rogério Santos
222REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO “Rede social é uma estrutura social composta por pessoasou organizações, co...
333Multiply foi uma rede social eletrónicalançada em 2004 e que chegou a ter 13milhões de aderentes. Na altura do seudesap...
44REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Lev Manovich (2001). The language ofnew media Cinco princípios dos novos me...
5 Andreas M. Kaplan e Michael Haenlein (2010).Users of the world, unite! The challenges andopportunities of Social Media....
6Hampton, Goulet, Rainie e Purcell (2011). Social networking sites and our lives (http://www.namingandtreating.com/wp-cont...
7REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Hampton, Goulet, Rainie e Purcell (2011). Social networking sites and our liv...
8 Hampton, Goulet, Rainie e Purcell (2011). Social networking sites and our lives (http://www.namingandtreating.com/wp-co...
9 Hampton, Goulet, Rainie e Purcell (2011). Social networking sites and our lives (http://www.namingandtreating.com/wp-co...
101010REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Passo a Rezar (http://www.passo-a-rezar.net/index.php?a=uirgqjrlvjvtrsr...
111111REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Para o Papa Bento XVI, as redes sociais: - são formas de diálogo, - ex...
1212REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Nas novas (eletrónicas) redes sociais, encontroseis características: 1) i...
1313REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Conselhos para quem participa nas redes sociais: 1) Pensar que as redes p...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Redes sociais (14.5.2013)

1,304 views

Published on

Redes Sociais (apresentação na sessão do Dia Mundial das Comunicações Sociais, em 14.5.2013, na UCP

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,304
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
994
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Redes sociais (14.5.2013)

  1. 1. 111REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Rogério Santos
  2. 2. 222REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO “Rede social é uma estrutura social composta por pessoasou organizações, conectadas por um ou vários tipos derelações, que partilham valores e objetivos comuns. Umadas características fundamentais na definição das redes é asua abertura e porosidade, possibilitando relacionamentoshorizontais e não hierárquicos entre os participantes”(http://pt.wikipedia.org/wiki/Rede_social, acedido em 8 demaio de 2013). “As redes sociais são aplicações que suportam um espaçocomum de interesses, necessidades e metas semelhantespara a colaboração, a partilha de conhecimento, a interaçãoe a comunicação (Raquel Patrício e Vítor Gonçalves, 2007,Facebook: rede social educativa?,https://bibliotecadigital.ipb.pt/bitstream/10198/3584/1/118.pdf, acedido em 8 de maio de 2013).
  3. 3. 333Multiply foi uma rede social eletrónicalançada em 2004 e que chegou a ter 13milhões de aderentes. Na altura do seudesaparecimento, era a rede graficamentemais interessante.2003 e 2004 foram os anos em queapareceram as principais redes sociaiseletrónicas. Hoje, o Facebook, o Twitter e oLinkedIn são as redes com mais aderentes.Com outras características, há redes como aBlogspot e o Wordpress (que os alunos deEdição Multimédia conhecem).
  4. 4. 44REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Lev Manovich (2001). The language ofnew media Cinco princípios dos novos media: 1) representação numérica, 2) modularidade, 3) automação, 4) variabilidade, 5) transcodificação Jay David Bolter e Richard Grusin(2000). Remediation. Understandingnew media Remediação: lógica formal pela qual osnovos media remodelam [refashion] asformas mediáticas anteriores. P. David Marshall (2004) New mediacultures A interatividade quer dizer: 1) valores e significados interpessoais, 2) capacidade de fornecer ambientescompletos, como a realidade virtual, 3) diferente representação face àsantigas formas de relacionamento daaudiência e dos media (antigas formasde relação – rádio e televisão –substituidas pelas mensagens noFacebook ou Twitter). Henry Jenkins (2006). Convergenceculture. Where old and new mediacollide Em vez da substituição dos velhos mediapelos novos media, há uma cultura deconvergência, com integração ecoexistência.
  5. 5. 5 Andreas M. Kaplan e Michael Haenlein (2010).Users of the world, unite! The challenges andopportunities of Social Media. BusinessHorizons, 53, 59-68 Seis tipos diferentes de mediasociais: 1) Projectos colaborativos, 2) Blogues, 3) Comunidades de conteúdo, 4) Sítios de redes sociais, 5) Mundos de jogos virtuais, 6) Mundos de sociedadesvirtuaisDanah M. Boyd e Nicole B. Ellison (2008). “Social Network Sites: Definition,History, and Scholarship”. Journal of Computer-Mediated Communication, 13(http://www.danah.org/papers/JCMCIntro.pdf, acedido em 9 de maio de 2013)
  6. 6. 6Hampton, Goulet, Rainie e Purcell (2011). Social networking sites and our lives (http://www.namingandtreating.com/wp-content/uploads/2011/07/PIP-Social-networking-sites-and-our-lives.pdf, acedido em 9 de maio de 2013)
  7. 7. 7REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Hampton, Goulet, Rainie e Purcell (2011). Social networking sites and our lives (http://www.namingandtreating.com/wp-content/uploads/2011/07/PIP-Social-networking-sites-and-our-lives.pdf, acedido em 9 de maio de 2013)
  8. 8. 8 Hampton, Goulet, Rainie e Purcell (2011). Social networking sites and our lives (http://www.namingandtreating.com/wp-content/uploads/2011/07/PIP-Social-networking-sites-and-our-lives.pdf, acedido em 9 de maio de 2013)
  9. 9. 9 Hampton, Goulet, Rainie e Purcell (2011). Social networking sites and our lives (http://www.namingandtreating.com/wp-content/uploads/2011/07/PIP-Social-networking-sites-and-our-lives.pdf, acedido em 9 de maio de 2013)
  10. 10. 101010REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Passo a Rezar (http://www.passo-a-rezar.net/index.php?a=uirgqjrlvjvtrsrnuqrirtqhukqjrsrvrnulrirtqhvmqjrtrk): “O projecto www.passo-a-rezar.net é uma iniciativado Secretariado Nacional doApostolado da Oração, umaobra da Companhia de Jesus(jesuítas) que se dedica àpromoção da oração pessoal.No estilo de oração que propõe,bebe a sua inspiração nosExercícios Espirituais de SantoInácio de Loiola, o fundador daCompanhia de Jesus”. No pensamento do Papa BentoXVI, as redes sociais digitaiscontribuem para o aparecimentode uma nova ágora ou praçapública aberta, “onde as pessoaspartilham ideias, informações,opiniões e podem ainda ganharvida novas relações e formas decomunidade”(http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/messages/communications/documents/hf_ben-xvi_mes_20130124_47th-world-communications-day_po.html).
  11. 11. 111111REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Para o Papa Bento XVI, as redes sociais: - são formas de diálogo, - exigem dedicação, - aparecem acompanhadas de imagens e sons [referência àtradição cristã, rica em sinais e símbolos: cruz, ícones,imagens da Virgem Maria, presépio, vitrais, quadros dasigrejas], - são instrumento de evangelização, - podem constituir fator de desenvolvimento humano [emcontextos geográficos e culturais onde os cristãos sesentem isolados, as redes sociais podem reforçar o sentidoda sua unidade efetiva com a comunidade universal dosfiéis].
  12. 12. 1212REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Nas novas (eletrónicas) redes sociais, encontroseis características: 1) interatividade (permite a constituição de grupose sua articulação com outros grupos), 2) entretenimento, 3) informação que cada coletor/produtor achapertinente fornecer, 4) procura de amigos e aficionados de umamatéria, 5) página pessoal, 6) álbum (fotografias, vídeos, podcasts) quepretende tornar público.
  13. 13. 1313REDES SOCIAIS – PARA UMA CULTURA DODIÁLOGO Conselhos para quem participa nas redes sociais: 1) Pensar que as redes proporcionam e facilitam o diálogo,com respeito das posições dos outros, 2) Escrever sempre a verdade, 3) Distinguir o que pode ser público do que é privado, 4) Ter um código de ética (não veicular e/ou aceitar opiniõesviolentas ou extremistas), 5) Não usar o anonimato nem recorrer à cópia de trabalhoalheio (direitos de autor), 6) Desenvolver competências nas tecnologias de imagem esom, 7) Ser produtor de conteúdos/jornalista/animador/artista.

×