Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Pneumonia Nosocomial (apresentação)

1,295 views

Published on

Trabalho de conclusão (grupo) sobre pneumonia hospitalar da disciplina Sistema Respiratório (FADERGS - 2015/2)

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

Pneumonia Nosocomial (apresentação)

  1. 1. Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul Disciplina de Sistema Respiratório Prof.ª Mabel Patrícia Tossi PNEUMONIA NOSOCOMIAL Setembro/2015 Porto Alegre/RS Melissa Possa Nunes - Graduando em Enfermagem Taíssa Pavani Costa - Graduando em Fisioterapia
  2. 2. Definição É definida como infecção do aparelho respiratório inferior tratando-se de uma Infecção Respiratória Associada à Assistência de Saúde (IRAS). Diagnosticada após 48 horas da internação e que não estava em incubação no momento da chegada ao hospital. PAH (Pneumonia Adquirida no Hospital) Diagnosticada após 48 – 72 horas do início da ventilação mecânica (intubação) PAVM (Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica) Precoce até o 4º dia de internação ou intubação. Tardia a partir do 5º dia de internação ou intubação
  3. 3. 28,9% das Infecções hospitalares são por Pneumonia 40% das Pneumonias Hospitalares são do tipo PAVM OMS: é uma das principais causas de morte e aumento do período de internação. É é a 2ª Infecção Hospitalar mais frequente (1ª urinária) e apresenta maior morbidade e mortalidade. Epidemiologia
  4. 4. Fisiopatologia
  5. 5. Fatores de Risco Resistência Bacteriana Gravidade da Patologia Uso Indiscriminado de ATB TransporteTransmissão Cruzada Tempo de Internamento O principal fator de risco é a ventilação mecânica por expor o paciente a uma série de riscos. Os demais fatores, que podem ou não estar associados à VM são classificados de acordo com a patogenia da PAH:  Fatores que favorecem a colonização do trato aerodigestivo;  Fatores que favorecem a aspiração;  Fatores que favorecem a inoculação bacteriana nos pulmões por outras vias que não a aspiração;  Fatores que diminuem a imunidade do paciente (hospedeiro).
  6. 6. Diagnóstico Hemoculturas Pesquisa Microbiológica Marcadores Biológicos s-TREM-1 Procalcitonina (PCT) Proteína C- reativa(PCR) Hemograma Completo Glicemia em Jejum Gasometria Dosagem de Eletrólitos Exames Laboratoriais Clínico / Radiológico
  7. 7. Assistência de Enfermagem  Cuidado com troca de circuitos, filtros e umidificadores;  Limpeza e Conservação dos equipamentos (ambu, máscara, estetos- cópio, mesas de apoio, bancadas,...);  Cuidados durante banho e mudança de decúbito;  Aspiração das Vias Aéreas (aberto ou fechado);  Higiene Oral com Clorexedine à 2% (aquoso);  Manter a cabeceira elevada ângulo 30°- 45°;  Higienização das Mãos (antes, durante e após atendimento);  Uso de luvas, óculos de proteção e máscara;  Administração de Antibióticos respeitando os horários aprazados;  Testar a SNG/SNE antes de iniciar a dieta, avaliar a motilidade intestinal através da ausculta e medida de volume gástrico.
  8. 8. Assistência de Fisioterapia  Cuidados durante a realização dos movimentos e mudança de decúbito;  Cuidado com os circuitos durante a aspiração das vias aéreas;  Retornar a cabeceira elevada ângulo 45° após os exercícios;  Higienização das Mãos (antes, durante e após o atendimento);  Uso de luvas, óculos de proteção e máscara;  Limpeza e Conservação dos equipamentos (ambu, máscara, estetoscópio,...)  Monitorização e ajuste adequado da pressão do cuff, nos momentos em que o paciente for submetido a modificações na inclinação da cabeceira do leito (prevenir o escape aéreo).
  9. 9. Bibliografia • Patologia–Bases Clinicopatologicas de Medicina (RUBIN) • Doenças–Da Sintomatologia ao Plano de Alta (Coleção Praxis de Enfermegem vol.2) • Medicina Interna–vol. 5,n.3,1998(Ana Maria Nogueira), • www.scielo.br • pt.slideshare.net, • tuasaude.com.br, • pneumoatual.com.br, • fen.ufg.br, • revista.fmrp.usp.br, • revista.hupe.uerj.br, • famema.br, • estudogeral.sib.uc.pt • http://www.medicinaintensiva.com.br/ApacheScore.htm • http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?id_materia=4189&fase=imprime

×