Clonagem

12,128 views

Published on

Clonagem

Published in: Travel, Technology
0 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
12,128
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
427
Comments
0
Likes
11
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Clonagem

  1. 1. Clonagem<br />Daniele Almeida<br />Meirisa Medina<br />
  2. 2. Fazer cópias ou salvar vidas? <br />
  3. 3. Clonagem humana<br />A clonagem de um organismo envolve normalmente uma técnica chamada transferência de núcleo da célula somática, onde o núcleo de um óvulo ( contendo seu material genético ) é removido e substituído pelo núcleo de uma célula somática retirada do corpo de um adulto. Se o óvulo reconstituído for então estimulado a se dividir de forma bem sucedida, o mesmo pode desenvolver-se para o estágio de pré-implantação do blastocisto.<br />
  4. 4. Clonagem terapêutica<br />Na clonagem para fins terapêuticos, o blastocisto clonado é convertido em uma cultura de tecidos para desenvolve uma linhagem de células-tronco que será utilizada para pesquisas ou aplicações clínicas.<br />
  5. 5.
  6. 6. Pontos positivos<br /><ul><li> Produção células-tronco (que dão origem a todas as células do corpo) para criar tecidos específicos.</li></ul>Esse processo pode ajudar doentes com diabete, Parkinson, leucemia, danos da coluna e tudo que envolva a corrente sanguínea. No mal de Parkinson, por exemplo, ocorre a morte de certas células do cérebro. A técnica pode reproduzi-las, ativar novamente a produção das substâncias químicas que foram perdidas e evitar o dano.<br />
  7. 7. Pontos negativos<br /><ul><li> Eliminação de milhares de embriões</li></ul>Nos tecidos dos adultos, também existem células-tronco capazes de substituir aquelas obtidas através da manipulação de células embrionárias.<br />Justificaa eliminação de vidas humanas, mesmo que estas, como é o caso dos embriões, se encontrem no estágio inicial de desenvolvimento?<br />
  8. 8. Clonagem reprodutiva<br />Na clonagem reprodutiva, o blastocisto clonado é implantado no útero de uma fêmea e permite-se a continuidade de seu desenvolvimento até o nascimento.<br />
  9. 9.
  10. 10. Aspectos éticos<br />A clonagem é apenas uma técnica, um tipo de procedimento cientifico, que não é bom, nem mal. O que pode ser bom ou ruim é o seu uso, a finalidade da aplicação dessa técnica. É certo que a clonagem poderá trazer benefícios e melhores condições de saúde ao ser humano. Mas para isso é preciso ter um controle e um limite com essa técnica.<br />
  11. 11. Pontos positivos<br /><ul><li> Renovar as atividades de células danificadas, substituindo-as por células novas crescidas em cultura.
  12. 12. Clones para atuarem como doadores de órgãos.
  13. 13. O beneficio de estudar a diferenciação celular ao mesmo tempo que a clonagem é estudada e desenvolvida.
  14. 14. Os casais estéreis terão a possibilidade de ter filhos com a informação genética de um dos pais.</li></li></ul><li>Pontos negativos<br /><ul><li> Técnica de baixa eficiência.
  15. 15. Vários fetos morrem durante a gestação ou logo após o nascimento .
  16. 16. Grande número de anomalias ,envelhecimento Precoce .
  17. 17. Lesões hepáticas, tumores, baixa imunidade.
  18. 18. A possibilidade de comprometer a individualidade.
  19. 19. A perda da variabilidade genética.
  20. 20. O mercado negro de fetos.
  21. 21. Os clones poderão ser alvo de discriminação por parte da sociedade.</li></li></ul><li>Contra ou a favor?<br />Quem condena?<br /><ul><li>Grande parte da comunidade científica
  22. 22. Maioria das Religiões</li></li></ul><li>Contra ou a favor?<br />Quem defende?<br /><ul><li> Cientistas que querem demonstrar competência </li></ul>no tratamento da infertilidade.<br /><ul><li>Os cientistas que almejam alcançar imortalidade, oferecendo clones de si aos interessados em aderir a uma nova religião.
  23. 23. Parte da sociedade sem instrução no assunto.</li></li></ul><li>Aspectos religiosos<br />Teologia cristã <br />“Acreditamos que o ponto essencial da questão sobre a Clonagem Humana (para fins terapêuticos e reprodutivos), não reside em especulações teológicas e filosóficas, mas nos aspectos éticos e morais do cristianismo. Afinal de contas, o Deus criador é o único doador da vida”.<br />Judaísmo <br />“A clonagem realmente é um problema ético em potencial, desde que seja realmente disciplinada por considerações éticas, pois é muito perigoso que o homem queira brincar de Deus”.<br />
  24. 24. <ul><li> Empresa criada pela seita dos raelianos que prega a imortalidade pela clonagem.
  25. 25. Oferece comercialmente a clonagem reprodutiva como um de seus produtos.
  26. 26. Lista de 2 mil pessoas dispostas a pagar </li></ul>US$ 200 mil por um clone.<br />
  27. 27.
  28. 28. Raelianos do Brasil – Revista ISTOÉ <br />Liz Costa é voluntária para engravidar de um clone na Clonaid. A estudante inscreveu-se para gerar um clone: “Quero ajudar casais estéreis ou casais que precisam de um clone para ajudar um filho com uma doença séria”.<br />Vera Lúcia, 53 anos, pós graduadaem filosofia e psicanalista.<br />“Quero atingir a imortalidade”<br />
  29. 29. <ul><li> Um casal pode ver na clonagem a possibilidade de ter de volta o filho morto pela violência urbana.</li></ul>Como seria a relação desse clone com a sociedade?<br />O clone seria tão bem-vindo quanto o filho? Essa técnica iria realmente diminuir o sofrimento dos pais?<br />
  30. 30. Por outro lado, podemos dar um exemplo de um milionário que gostaria de ter um clone congelado para abastecer-se quando precisasse de por exemplo um rim.<br />
  31. 31. Conclusão<br />É preciso refletir e analisar bastante o assunto, claro que a clonagem evitaria muitas doenças e melhoraria a qualidade de vida da sociedade, mas se esta fosse realmente feita com ética, sem agir friamente pensando no bem na humanidade.<br />
  32. 32. “ Tudo que o homem pode fazer ele fará, mesmo que a custo de muitas vidas e muito arrependimento tardio, como foi o caso para os autores da bomba atômica”. Carlos Vogt<br />Será que o homem terá o limite de tudo isso?<br />
  33. 33. REFERÊNCIAS<br />DIAFÉRIA, Adriana. Clonagem, aspectos jurídicos e bioéticos. São Paulo: Edipro, 1999.<br />FERMIN,Roland Schramm. A clonagem humana, uma perspectiva promissora? <br /> São Paulo, pp. 187- 195, 2003.<br />FARAH,Fábio ; CARDOSO,Rodrigo. Raelianos do Brasil. Revista ISTOÉ,jan.2003.<br />MEIRELLES,José J. Ribeiro. Clonagem Humana, Uma abordagem ética. Rio de Janeiro.dez,2002.<br />MUNOZ,Daniel Romero. Clonagem humana: Aspectos Éticos. Saúde, Ética & Justiça. p. 5-8 set.2004.<br />
  34. 34. BOA NOITE!<br />

×