Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Espécies ameaçadas e ação do homem

8,895 views

Published on

  • Be the first to comment

Espécies ameaçadas e ação do homem

  1. 1. 0Espécies em vias deExtinçãoDe que forma a sociedade influencia o meio ambiente,contribuindo assim para a extinção de algumas espécies?
  2. 2. 1Introdução …………………………………………………………………………………………………………………. Pág. 2Definição de Espécies ameaçadas ………………………………………………………………………………. Pág.3A IUCN, e a classificação do estado de conservação…………………………………………………… Pág.4Espécies ameaçadas ………………………………………………………………………………………………… Pág.5 a 8Espécies em vias de extinção em Portugal……………………………………………………………….. Pág. 9Localização Geográfica …………………………………………………………………………………………….. Pág.10As causas, consequências e formas de combater a situação ………………………………… Pág.11 e 12Curiosidades …………………………………………………………………………………………………………...Pág.13 e 14Conclusão ………………………………………………………………………………………………………………. Pág. 15Bibliografia ……………………………………………………………………………………………………………… Pág.16Índice
  3. 3. 2Neste trabalho vou investigar como e de que forma a sociedade influencia o meio ambiente,contribuindo assim para o desaparecimento de um sem número de espécies pelo mundofora. Também vou mencionar algumas espécies em perigo e o porquê disto tudo acontecer.Vou também falar de algumas espécies que se extinguiram há pouco tempo, assim comodas principais causas que levam à extinção desses mesmos animais, suas consequências epor fim soluções para combater este problema.Com este trabalho pretendo sensibilizar as pessoas e principalmente alertá-las e informá-lassobre este assunto.Introdução
  4. 4. 3Diz-se que uma espécie está em vias de extinção, quando o número de indivíduos da mesmaé muito reduzido, com iminente perigo de desaparecer se não forem devidamente protegidos.Desde que a Terra existe, muitas espécies de animais foram desaparecendo, principalmentedevido à destruição imposta pelo Homem. Em todo o Mundo, o tráfico ilegal de animais vivos,floresce. Os colecionadores privados, laboratórios de pesquisa, lojas de animais, jardinszoológicos e circos são o principal mercado consumidor. É o terceiro maior negócio decontrabando depois das drogas e das armas. Estes, nos últimos 300 anos provocaram aextinção em massa de muitas espécies diferentes. Interesses económicos, poluição,crescimento urbano, introdução de espécies mais evoluídas em habitats onde não existiam eoutras manifestações da nossa “civilização” fazem com que, de 15 em 15 minutos, desapareçapara sempre, uma espécie animal.O que é uma espécie emvias de Extinção?
  5. 5. 4Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos RecursosNaturais (IUCN) das espécies ameaçadas, também conhecida como Lista Vermelha da IUCNou, em inglês, Red List, foi criada em 1963 e constitui um dos inventários mais detalhados domundo sobre o estado de conservação mundial de várias espécie de plantas, animais, fungose protistas.Para classificar os diferentes tipos de extinção de espécies criou-se um esquema gráfico paraas categorias da Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN)EX – extinto; EW – extinta na natureza; CR – em perigo crítico; EN – em perigo; VU - vulnerável;NT – quase ameaçada; LC – segura ou pouco preocupantePercentagem de espécies de diferentes grupos consideradasameaçadas na lista vermelha da IUNC em 2007IUCN
  6. 6. 5Existem muitas espécies pelo mundo fora que estão em vias de extinção devido a erros que asociedade comete, sendo muitos deles cometidos sem se saber as consequências.Como por Exemplo:O panda-vermelho (Ailurus fulgens) habita florestas onde há bambu, o seu principal alimento.O desmatamento, a proximidade com os seres-humanos e a caça ilegal são ameaças antigas.Mas, o crescimento do turismo em algumas regiões veio aumentar ainda mais a pressão sobreesta espécie. A consequente procura de lenha veio também contribuir para a desflorestaçãodos locais onde estes animais habitam (o seu habitat natural) o que provoca a extinção desteanimal.A IUCN classifica esta espécie como espécie vulnerável (VU)Espécies Ameaçadas
  7. 7. 6O sapo-dourado (Phyllobates terribilis) é um dos animais mais venenosos da Terra, um únicoindivíduo possui veneno suficiente para matar 10 homens adultos. Tribos indígenas colocavamo veneno desse animal nas suas flechas para caçar animais de grande porte. Cientistas isolaramum dos componentes do veneno que tem o potencial de se tornar um poderoso analgésico.A IUCN classifica esta espécie como uma espécie ameaçada (CR)O pombo-coroado (Goura victoria) é visado pelos caçadores pela sua carne e penas. Os filhotes sãoretirados do ninho para criação em cativeiro e podem ser vendidos no mercado negro.A IUCN classifica esta espécie como uma espécie vulnerável (VU)
  8. 8. 7A Mata Atlântica é o bioma mais ameaçado do Brasil. O desmatamento dizimou a floresta, quehoje mantém um pouco mais de 7% da sua cobertura original. Ainda assim possui uma altabiodiversidade. São mais de mil espécies de aves, sendo que muitas são endémicas, ou seja,só existem ali. A maria-leque-do-sudeste (Onychorhynchus swainsoni) só é encontrada naMata Atlântica e sofre com a fragmentação da floresta.A IUCN classifica esta espécie como espécie vulnerável (VU)Menos de 40. Este é o número estimado da população do leopardo-de-Amur (Panthera pardusorientalis), o felino mais raro do mundo. Desmatamento, proximidade com a civilização, caçae aquecimento global colocam o futuro desse grande predador em perigo.A IUCN classifica esta espécie como uma espécie criticamente ameaçada (CR)
  9. 9. 8O lêmure-preto-e-branco (Varecia variegata) paga um preço alto pelos seus hábitos. Animaisdiurnos e de grande porte, são os animais mais caçados em Madagascar. Para agravar a situação,são muito seletivos em relação aos frutos que usam na alimentação e, por isso, ficam vulneráveisa qualquer alteração no seu habitat.A IUCN classifica esta espécie como uma espécie criticamente ameaçada (CR)O tigre-siberiano (Panthera tigris altaica). Hoje, a maioria está extinta. A perda de habitat, a caçadas suas presas e o mercado negro chinês - que vende partes do corpo do felino para fazerremédios – Isto tudo contribui para o desaparecimento de um dos predadores mais formidáveisdo planeta. A estimativa é que existam apenas 2 500 tigres na natureza.Status na IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza, na sigla em inglês): espécieameaçada
  10. 10. 9Algumas espécies em vias deextinção de PortugalA salamandra-lusitânicaou também conhecidacomo saramantiga(Chioglossa lusitanica). Oseu estado deconservação estáatualmente definido comovulnerável (VU) pela UICN,dada a degradaçãocontínua do seu habitat, eárea de distribuiçãolimitada.A cegonha-preta (Ciconia nigra) A cegonha preta distribui-se, em Portugal, apenas pelasregiões mais interiores, inóspitas e isoladas, que também sofrem devido à poluição.Esta espécie é definida como Vulnerável (VU)
  11. 11. 10Localização das espécies nomapaMaria-leque-do-sudoeste Lêmure-preto-e-branco Panda-vermelhoSapo-dourado Pombo-coroado Tigre-siberiano Leopardo-de-Amur
  12. 12. 11São várias as causas que levam à extinção de algumas espécies pelo mundo fora, sendo oHomem o mais responsável por este fenómeno.- Destruição e diminuição dos habitats naturais;- Introdução de espécies exóticas e invasoras;- Exploração excessiva de espécies animais e vegetais;- Caça e pesca sem critérios;- Tráfico da fauna e flora;- Poluição do solo, água e atmosfera;- Mudanças climáticas e aquecimento global.As principais consequências da extinção são; a perda da biodiversidade, a diminuição donúmero de recursos naturais existentes na natureza, o aumento da incapacidade deautorregulação dos ecossistemas pela falta de seres vivos e a aceleração da extinção de outrasespécies, bem como a alteração de cadeias alimentares.Consequênciasda extinçãode espéciesCausas que levam àextinção de muitas espécies
  13. 13. 12Para combater este grande problema que é a extinção de milhões de espécies pelo mundofora existem também algumas soluções:. Controlo mais apertado ao tráfico ilegal de animais. (Muitas vezes pela pele ou pelo sabor dasua carne, milhões de animais são levados para outros países ou mesmo vendidos acolecionadores ou outros que acabam por retirá-los do seu habitat natural ou mesmo matá-los).. Redução da desflorestação. (Cada vez mais, o ser humano, pratica a desflorestação paraconstruir novas infra estruturas, para cultivar terrenos ou mesmo para ter pastos para osanimais, o que provoca uma destruição de milhares de habitats naturais acabando por mataros animais que neles vivem). Criação de reservas e áreas protegidas. (Estas são como que locais que albergam animais devárias raças e tipos, geralmente os animais mais ameaçados). Reduzir os resíduos poluentes, no ambiente e na atmosfera, com a reciclagem. (Os resíduospoluentes também prejudicam muito os seres vivos existentes no planeta, pois ao poluirmosestamos a deitar gases para a atmosfera o que provoca o efeito de estufa, o que também fazcom que haja um aumento de temperatura no nosso planeta. Muitas espécies estão a morrerem grande número também pelo facto de que não conseguem aguentar temperaturas tãoelevadas). Proibir a prática de caça em zonas em que animais ameaçados vivam. (Os caçadores muitasvezes acabam por matar espécies ameaçadas, ou porque não sabem ou por puro prazer, oque leva também à extinção de muitas espécies)Formas de combater estegrande problema
  14. 14. 13Curiosidade nº 1As tartarugas-gigantes prosperavam nos Galápagos. O Solitário George (Chelonoidis (nigra)abingdonii), o último sobrevivente da Ilha de Pinta e é considerado o animal mais raro domundo. Morreu no dia 24 de junho de 2012, no Centro de Criação e Reprodução de TartarugasGigantes de Puerto Ayora.A IUCN considera esta espécie como uma espécie extinta (EX)Curiosidade nº 2Para se fazer um casaco de pele são precisos cerca de 42 animais.Curiosidade nº 3Desde 1600, 109 espécies de animais já foram extintas.Curiosidades
  15. 15. 14Curiosidade nº 4O golfinho do Rio Chinês (Lipotes vexilifer) é também, juntamente com a tartaruga-gigante,umas das mais recentes espécies extintas (EX). Este golfinho costumava habitar no rio Yangtzéna China até 2006 data da sua extinção. Felizmente a fundação “Delfín Baiji”, que foi fundadaem dezembro de 1996, gastou por volta de 100 mil euros para a preservação de células invitro, pelo que talvez algum dia o possamos ver novamente.
  16. 16. 15Com este trabalho conclui que maior parte dos animais estão em perigo de extinção direta eindiretamente por causa dos comportamentos racionais ou irracionais do “Homem”. Concluique, também, se quisermos salvar muitas espécies e preservar a sua existência temos de nosprivar de algumas coisas e começar a agir racionalmente em relação a muita coisa que fazemosdiariamente. A sociedade em geral deve mudar a sua atitude para com estes animais, e ajudara preservar os seus habitats naturais, pois o que o ser humano neste momento está a fazer écom que estes desapareçam levando muitas espécies com eles. Com este trabalho pretendotambém, e por último, sensibilizar a sociedade, e o ser humano, que, ao longo dos anos setem aproveitado e tirado partido daqueles que não se podem defender “os animais”, pois secontinuar a fazê-lo não está só a prejudicar a vida animal, como também a sua própria vidana terra.Conclusão
  17. 17. 16Para realizar este trabalho utilizei informação de:http://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_Vermelha_da_IUCNhttp://www.acemprol.com/top-10-animais-extintos-t1810.htmlhttp://worldwildlife.org/species/directory?direction=desc&sort=extinction_statushttp://www.earthpreservers.com/short-films-docs/2012/1/9/capturing-americas-endangered-species.htmlhttp://pt.wikipedia.org/wiki/Especies_em_risco_de_extincaoLivros/Revistas:Revista do Nacional Geographic “Animais Ameaçados de Extinção”Trabalho realizado por: Margarida Ferreira Penteado, nº 21, 9º1Bibliografia

×