Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
 Texto Áureo Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão deDeus, que apresenteis os vossos corpos emsacrifício vivo, santo e ...
 Texto Bíblico Básico Êxodo 40.1-3,12-16,34-38 Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo:No primeiro mês, no primeiro dia d...
Farás também chegar a Arão e a seus filhos à porta datenda da congregação; e os lavarás com água.E vestirás a Arão as vest...
 Então a nuvem cobriu a tenda da congregação, e aglória do SENHOR encheu o tabernáculo;De maneira que Moisés não podia en...
 Desde a criação Deus estabeleceu umrelacionamento íntimo e de comunhão com oseu povo (Gn3.8), com o intuito de cultuar. ...
 No início, não havia sacerdotes e cerimôniaselaboradas para o culto. Os antigos adoravam aDeus erguendo um altar nos loc...
 Depois de realizado o pacto com Deus nomonte Sinai e de o povo estar na condição deum povo sacerdotal, Deus instrui o po...
 O povo hebreu é orientado por Deus aconstruir um tabernáculo (Êx 25.8), espécie detenda onde o Senhor pudesse se revelar...
 A função da tenda era dar ao povo de Deus atangível e visível presença de Deus no meio doseu povo nas jornadas pelo dese...
 O Tabernáculo fora utilizado durante aperegrinação no deserto, este era a morada deDeus com o seu povo, pois era neste l...
 Os utensílios moldados especialmente para otabernáculo (Êx 25) Há um grande significadoestipulado por Deus, sendo Ele o ...
 Mobiliário era composto pelos seguintes itens:Arca da aliança
 A arca da aliança simboliza pacto entre Deus eos homens, representa Cristo, o nossosacrifício. Êx 25.10-16; Hb 9.24-26)...
Do mesmo modo que a arca foi a primeira e aprincipal peça da história de Israel, assim JesusCristo é o primeiro e tem a su...
A mesa dos pães da Presença
 O segundo objeto da mobília do Tabernáculo a serconstruído foi a mesa dos pães da Presença. Estamesa foi feita de madeir...
O castiçal
 O candelabro de ouro é o terceiro objeto a serconstruído depois da mesa dos pães e ficava aolado oposto da mesa dos pães...
 A igreja não é uma “vela”, nem deve iluminarcomo uma vela. A igreja deve ser uma candeia,espalhando fortemente a luz div...
Altar de incenso
Havia dois altares no Tabernáculo de Moisés oaltar de bronze e o altar de ouro. O altar debronze era para o holocausto e e...
 Altar de incenso (Êx 30.27; 31.8 Altar de ouro para o incenso (Êx 40.5) Altar de ouro (Êx 39.38; 40.26) Altar de ouro...
Os chifres na mesa do incenso (Êx 30.2) tem umsignificado de poder, autoridade, governo. Otexto de Habacuque 3.4 , na vers...
 O chifre também era usado de maneira especialpelos profetas, para ungir sacerdotes. Para queos chifres pudessem ser usad...
Pia de Bronze
 Alguns dizem que a bacia ou pia era umreservatório onde se armazenava água parasacerdotes lavarem os pés. Os sacerdotes...
 O significado espiritual desse fato é evidente.Absolutamente nenhum ministério eraaceitável ao Senhor sem que antes houv...
 Quantas “mortes espirituais” acontecem naigreja do Novo Testamento hoje porque oscrentes falham ao se preparar para entr...
 Somos chamados para ser sacerdotes do Senhorem uma casa espiritual. Mas precisamos estarcertos de que estamos limpos par...
O altar do holocausto
 O altar de bronze ou de holocausto não foi oprimeiro altar a ser mencionado nas Escrituras.No Antigo Testamento há uma r...
5- Isaque também edificou um altar para marcar arenovação da aliança em sua época. (Gn 216.25).6- Jacó também edificou um ...
 No grego, ela traz a ideia de um lugar “para amorte, o holocausto das vítimas”. O calvário foide fato um lugar de morte....
 O culto, ou seja a adoração foi instituído porDeus no livro de Êxodo, por isso o povo deIsrael deveria atentar para algu...
 Caráter aceitável de um adorador Se o povo cumprisse tudo o que foraestabelecido por Deus para a adoração noTabernáculo...
 Atitude reverente e alegre A reverência ao culto implica em outras coisas 1- Entender que o Santuário pertence ao Senh...
 O nosso culto a Deus deve ser ininterrupto.Assim como era no Antigo Testamento (Nm28.3-6) Em que o povo prestava culto d...
 No pentateuco vemos e aprendemos que Israelnunca ia à presença de Deus de mãos vazias(Dt 16.16). O ato de ofertar fazia ...
 Holocausto era também conhecida como ofertaqueimada, pois o cordeiro era totalmenteconsumido no altar de bronze ( Êx 29....
 Os cereais e manjaresOs ingredientes desta oferta eram os cereaiscomo também o azeite e o incenso (Lv 2.6.14-23).Nela, a...
 A oferta pacífica era uma oferta de louvor eexaltação a Deus, por Sua obra e salvação. (Lv7.12-15). A oferta pelo pecad...
 Quando o Tabernáculo e todos os utensílios foramConcluídos os edificadores trouxeram tudo aMoisés para que ele verificas...
 Depois de tudo isto, as Escrituras nos dizem que“então a nuvem cobriu a tenda do Encontro, e aglória do Senhor encheu o ...
 Daquele dia em diante, a nuvem iria guiar aperegrinação do povo no deserto. A nuvem de glória representava a presença d...
 O Tabernáculo ensina a linda verdade de queDeus quer habitar no meio dos louvores e dasofertas de Seu povo (Sl 22.3), e ...
 Portanto, em gratidão pela salvação recebida,louvemos e adoremos ao Senhor em obediênciaa sua palavra. Tais princípios s...
Princípios do culto a Deus
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Princípios do culto a Deus

7,714 views

Published on

Published in: Spiritual

Princípios do culto a Deus

  1. 1.  Texto Áureo Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão deDeus, que apresenteis os vossos corpos emsacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que éo vosso culto racional.Romanos 12:1
  2. 2.  Texto Bíblico Básico Êxodo 40.1-3,12-16,34-38 Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo:No primeiro mês, no primeiro dia do mês,levantarás o tabernáculo da tenda dacongregação,E porás nele a arca do testemunho, e cobrirás aarca com o véu.Êxodo 40:1-3
  3. 3. Farás também chegar a Arão e a seus filhos à porta datenda da congregação; e os lavarás com água.E vestirás a Arão as vestes santas, e o ungirás, e osantificarás, para que me administre o sacerdócio.Também farás chegar a seus filhos, e lhes vestirás astúnicas,E os ungirás como ungiste a seu pai, para que meadministrem o sacerdócio, e a sua unção lhes será porsacerdócio perpétuo nas suas gerações.E Moisés fez conforme a tudo o que o SENHOR lheordenou, assim o fez.Êxodo 40:12-16
  4. 4.  Então a nuvem cobriu a tenda da congregação, e aglória do SENHOR encheu o tabernáculo;De maneira que Moisés não podia entrar na tenda dacongregação, porquanto a nuvem permanecia sobreela, e a glória do SENHOR enchia o tabernáculo.Quando, pois, a nuvem se levantava de sobre otabernáculo, então os filhos de Israel caminhavam emtodas as suas jornadas.Se a nuvem, porém, não se levantava, nãocaminhavam, até ao dia em que ela se levantasse;Porquanto a nuvem do SENHOR estava de dia sobre otabernáculo, e o fogo estava de noite sobre ele, peranteos olhos de toda a casa de Israel, em todas as suasjornadas.Êxodo 40:34-38
  5. 5.  Desde a criação Deus estabeleceu umrelacionamento íntimo e de comunhão com oseu povo (Gn3.8), com o intuito de cultuar. Noée seus descendentes, como também ospatriarcas Abraão, Isaque e Jacó mantiveramuma relação de intimidade com Deus por meiode sacrifícios que eram prestados em altares depedra. ( Gn 8.20; Gn 12.7; 26.25; 35.1,2)
  6. 6.  No início, não havia sacerdotes e cerimôniaselaboradas para o culto. Os antigos adoravam aDeus erguendo um altar nos locais onde Deusse manifestava (Siquém, Betel, Berseba eHebrom). Os patriarcas visitavam estes lugarespara memorar a aparição de Deus naquelelugar. Após o Êxodo o Senhor orientou o povo aestabelecer um local e um ritual para quepudesse ser adorado (Êx 25-30)
  7. 7.  Depois de realizado o pacto com Deus nomonte Sinai e de o povo estar na condição deum povo sacerdotal, Deus instrui o povo ainstituição do culto nacional (Êx 20.22-26)
  8. 8.  O povo hebreu é orientado por Deus aconstruir um tabernáculo (Êx 25.8), espécie detenda onde o Senhor pudesse se revelar emanifestar a sua glória e habitar entre eles (Êx25.22). Bazalel, Aoliabe foram os primeirosartífices do tabernáculo e que se tornou oprimeiro santuário dos israelitas (Êx 31.1-11). O plano e padrão para a construção encontra-senos capítulos 25-31 e 35-40 do livro de Êxodo.
  9. 9.  A função da tenda era dar ao povo de Deus atangível e visível presença de Deus no meio doseu povo nas jornadas pelo deserto. Hoje, permanece lúcida tal ordenança àadoração. Então a pergunta que nos cabe é:temos valorizado, como igreja, o caráterdistintivo do santuário, local onde cultuamos,juntos, o nosso Criador?
  10. 10.  O Tabernáculo fora utilizado durante aperegrinação no deserto, este era a morada deDeus com o seu povo, pois era neste lugar queo Grande Deus se manifestava, se revelava,habitava e recebia a adoração (Êx 40.34,35).Esse santuário simboliza a verdade de quelugares secos e áridos podem se tornar emmananciais com a presença do Altíssimo (Sl58.11; II Tm 1.10).
  11. 11.  Os utensílios moldados especialmente para otabernáculo (Êx 25) Há um grande significadoestipulado por Deus, sendo Ele o divinoarquiteto desta obra, demonstrando amor peloseu povo. Esse amor pode ser visto em cadautensílio do santuário, tendo em vista os seussignificados ( Sl 84.1-7)
  12. 12.  Mobiliário era composto pelos seguintes itens:Arca da aliança
  13. 13.  A arca da aliança simboliza pacto entre Deus eos homens, representa Cristo, o nossosacrifício. Êx 25.10-16; Hb 9.24-26) É a peça mais importante do AntigoTestamento. Deus a considerava de talimportância que há mais referências sobre aarca do que sobre qualquer outra peça demobília. A história da arca é uma profecia a respeito daarca do Novo Testamento, o Senhor JesusCristo.
  14. 14. Do mesmo modo que a arca foi a primeira e aprincipal peça da história de Israel, assim JesusCristo é o primeiro e tem a supremacia sobretodas as coisas diante do Pai e da igreja(Cl 1.17-19)
  15. 15. A mesa dos pães da Presença
  16. 16.  O segundo objeto da mobília do Tabernáculo a serconstruído foi a mesa dos pães da Presença. Estamesa foi feita de madeira de acácia e revestida deouro e colocada oposta ao candelabro de ouro nolugar santo (segunda parte do santuário). Nessamesa eram colocados 12 pães que deveriam serpartilhados pelos sacerdotes da tribo de Levi. A mesa simboliza o sustento espiritual daqueleque se alimenta do pão vivo que desceu do céu, asaber Jesus Cristo ( Jo 6.51).
  17. 17. O castiçal
  18. 18.  O candelabro de ouro é o terceiro objeto a serconstruído depois da mesa dos pães e ficava aolado oposto da mesa dos pães, no lado Sul nosantuário (Êx 26.3.5 e 40.4,24). O candelabro deouro era uma espécie de luminária onde havialamparinas (lâmpadas) e não velas. Velasqueimam e derretem rapidamente, mas aslamparinas permanecem acessas se foremmantidas com óleo
  19. 19.  A igreja não é uma “vela”, nem deve iluminarcomo uma vela. A igreja deve ser uma candeia,espalhando fortemente a luz divina através docontínuo abastecimento do óleo do EspiritoSanto. O princípio propósito do candelabro erairradiar luz e iluminar tudo o que o que haviano santuário
  20. 20. Altar de incenso
  21. 21. Havia dois altares no Tabernáculo de Moisés oaltar de bronze e o altar de ouro. O altar debronze era para o holocausto e estava localizadono pátio, à porta do Tabernáculo. O altar de ouroera para queimar incenso e estava posicionadodiante do véu, no lugar Santo. Este lugar échamado por diversos nomes nas Escrituras.
  22. 22.  Altar de incenso (Êx 30.27; 31.8 Altar de ouro para o incenso (Êx 40.5) Altar de ouro (Êx 39.38; 40.26) Altar de ouro diante do trono (Ap 8.3) Altar que pertencia ao Santuário interno(I Rs 6.22) Altar que está perante o Senhor (Lv 16.12,18) Altar de madeira de acácia para queimar incenso(Êx 30.1) Altar de incenso aromático que está perante oSenhor (Lv 4.7)
  23. 23. Os chifres na mesa do incenso (Êx 30.2) tem umsignificado de poder, autoridade, governo. Otexto de Habacuque 3.4 , na versão King James,apresenta Deus como tendo “chifres saindo desua mão, onde se escondia a sua força”. Os chifresdos animais são fonte de força e poder para adefesa (Gn 22.13). Os quatro chifres aqui apontampara a verdade de que foi dado a Cristo todo opoder tanto nos céus como na terra (Mt 28.18-20)
  24. 24.  O chifre também era usado de maneira especialpelos profetas, para ungir sacerdotes. Para queos chifres pudessem ser usados para ungir comóleo(unção do Espirito Santo) o animal deveriamorrer (I Sm 16.1,13; Sl 92.10; 132.17; Lc 1.69)
  25. 25. Pia de Bronze
  26. 26.  Alguns dizem que a bacia ou pia era umreservatório onde se armazenava água parasacerdotes lavarem os pés. Os sacerdotes deveria lavar as mãos nesta bacia,seja como for este utensílio era utilizado parafornecer água para a limpeza dos sacerdotes. Asoutras peças da mobília eram utilizadasparticularmente com referência a Deus, mas abacia era para a limpeza do sacerdote. A palavrahebraica “Kyyor”significa “bacia”, “pote” ou“tacho”. Tratava-se provavelmente de um grandetacho ou lavatório com água necessária paralimpar os sacerdotes antes de começarem aministrar.
  27. 27.  O significado espiritual desse fato é evidente.Absolutamente nenhum ministério eraaceitável ao Senhor sem que antes houvessepurificação. Antes de poder ministrar, osacerdote tinha que se submeter à palavra deDeus. Tão séria era qualquer violação destaordem divina que eles seriam mortos se nãoagissem desta forma.
  28. 28.  Quantas “mortes espirituais” acontecem naigreja do Novo Testamento hoje porque oscrentes falham ao se preparar para entrar nosantuário, deixando de passar pela bacia, antesde entrar para adorar. A igreja de Corintoilustra esta verdade: “ Por isso há entre vocêsmuitos fracos e doentes, e vários já dormiram.Mas se nós tivéssemos o cuidado de examinar anós mesmos, não receberíamos juízos” (I Co11.30,31). Se nós julgarmos a nós mesmos nabacia de bronze, então não seremos julgadosna mesa de pães da Presença.
  29. 29.  Somos chamados para ser sacerdotes do Senhorem uma casa espiritual. Mas precisamos estarcertos de que estamos limpos para carregar osutensílios do Senhor. Precisamoscontinuamente da limpeza sacerdotal parapoder servir em seu santuário
  30. 30. O altar do holocausto
  31. 31.  O altar de bronze ou de holocausto não foi oprimeiro altar a ser mencionado nas Escrituras.No Antigo Testamento há uma revelaçãogradual do altar. Os primeiros homens heróisda fé fizeram e apresentaram sacrifícios a Deus.
  32. 32. 5- Isaque também edificou um altar para marcar arenovação da aliança em sua época. (Gn 216.25).6- Jacó também edificou um altar sob as ordensdo Senhor (Gn 35.1).A palavra “altar” literalmente significa“levantado”, “alto”, “subindo”(Jo 3.14;8.28;12.32,34). Jesus Cristo foi levantadona cruz, seu altar. Desde então Ele subiu aos céuse está no alto, acima de todos (At2.30-36). Nopensamento hebraico, essa palavra tambémsimboliza “lugar de morte” .
  33. 33.  No grego, ela traz a ideia de um lugar “para amorte, o holocausto das vítimas”. O calvário foide fato um lugar de morte. Cristo foi levadocomo um Cordeiro para o matadouro etosquiado vivo por nós (At 8.32; Is 53). Assim,o altar apontava para a cruz do calvário, ondetudo que o altar de bronze prenunciava foicumprido.
  34. 34.  O culto, ou seja a adoração foi instituído porDeus no livro de Êxodo, por isso o povo deIsrael deveria atentar para algumas realidades. O culto era centralizado no único Deus. Deusde Abraão de Isaque e Jacó. O senhor deve sero centro da adoração (Ap 4.11). Através da sualei instrui o povo de Israel a cultuá-lo (Êx 23.13)
  35. 35.  Caráter aceitável de um adorador Se o povo cumprisse tudo o que foraestabelecido por Deus para a adoração noTabernáculo, sua adoração seria aceita (Lv19.5). Entretanto o povo não seguiu o que Deushavia instruído, se corrompendo. EnquantoMoisés recebia as tábuas da Lei escrita porDeus ( Êx 31.18), o povo pressionou Arão aerguer um bezerro de ouro (Êx 32.4,8,19,20),praticando a idolatria o que era e éabominável aos olhos de Deus (Êx 32.9)
  36. 36.  Atitude reverente e alegre A reverência ao culto implica em outras coisas 1- Entender que o Santuário pertence ao Senhor (Lv19.30) 2- Servir piedosamente na casa de Deus (Hb 12.28) 3- Cultuar de modo consciente e santo Ec 5.1) 4-O simples convite para irmos a casa de Deus (Sl122.1) 5- A santa presença do Senhor no meio do seu povo (Dt16.11) 6-A renovada força em virtude do agir de divino(Nm8.10
  37. 37.  O nosso culto a Deus deve ser ininterrupto.Assim como era no Antigo Testamento (Nm28.3-6) Em que o povo prestava culto de manhãe a tarde. Aprendemos que a adoração a Deusnão é limitado a tempo específico, pois deve sercontínuo, por isso adoração é uma constânciade fervor e adoração dia após dia (Jo 4.20-24)
  38. 38.  No pentateuco vemos e aprendemos que Israelnunca ia à presença de Deus de mãos vazias(Dt 16.16). O ato de ofertar fazia parte do cultoao Senhor (II Cr 29.31) As principais ofertas eram o holocausto, oscereais, as ofertas de manjares, as ofertaspacíficas, as ofertas de expiação pelo pecado epela culpa. Essas ofertas também revelamprincípios sobre culto a Deus.
  39. 39.  Holocausto era também conhecida como ofertaqueimada, pois o cordeiro era totalmenteconsumido no altar de bronze ( Êx 29.18). Essesacrifício tipifica a dedicação integral ao Senhor.Em que o adorador reconhece a santidade de Deuse busca se purificar para cultuá-lo (Rm 12.1,2). O mais importante no momento de sacrificar aDeus, não é confessar que amamos, mas amarmosde uma forma que nos leva a obedecer-lhe e amaro nosso semelhante. (Mc 12.32,33)
  40. 40.  Os cereais e manjaresOs ingredientes desta oferta eram os cereaiscomo também o azeite e o incenso (Lv 2.6.14-23).Nela, aprendemos a necessidade de demonstrargratidão ao Todo Poderoso durante a adoraçãoque lhe prestamos.O cristão grato ao Senhor derrama-se perante Ele,por sua vida, salvação, vitórias e bênçãosalcançadas (Fp 4.6; Ap 7.12).
  41. 41.  A oferta pacífica era uma oferta de louvor eexaltação a Deus, por Sua obra e salvação. (Lv7.12-15). A oferta pelo pecado e pela culpa são ofertasexpiatórias, com vistas a reaproximar opecador do de Deus. Nelas, aprendemos que oSenhor renova, todos os dias, a dedicação queSeu povo lhe faz. Hoje, os pecados de todos osque creem encontram-se expiados pela ofertade Cristo na cruz (I Pe 2.24)
  42. 42.  Quando o Tabernáculo e todos os utensílios foramConcluídos os edificadores trouxeram tudo aMoisés para que ele verificasse se tudo havia sidoconstruído de acordo com o padrão divino. Os capítulos finais do livro de Êxodo 39 e 40mencionam 17 vezes que tudo foi feito como oSenhor havia ordenado a Moisés. Moisés levantou o Tabernáculo, posicionando osmóveis nos lugares divinamente designados,aspergindo tudo com sangue e ungindo com santoóleo. “Assim... Moisés terminou a obra” (ÊX 40.33)
  43. 43.  Depois de tudo isto, as Escrituras nos dizem que“então a nuvem cobriu a tenda do Encontro, e aglória do Senhor encheu o Tabernáculo” (Êx40.34). Nem mesmo Moisés pôde entrar no Tabernáculoporque a nuvem de glória estava sobre ele e enchiao local. Este foi o selo de Deus sobre a obra que Elemesmo havia planejado e que tinha sido edificadapela sabedoria e pelo Espirito de Deus através devasos escolhidos, de acordo com o modelorevelado a Moisés no monte de Deus
  44. 44.  Daquele dia em diante, a nuvem iria guiar aperegrinação do povo no deserto. A nuvem de glória representava a presença doEspirito Santo. Ele é a nuvem da presença deDeus que cumpre, em seu ministério e atuaçãotudo que a figurada nuvem de glóriarepresentava para Israel.
  45. 45.  O Tabernáculo ensina a linda verdade de queDeus quer habitar no meio dos louvores e dasofertas de Seu povo (Sl 22.3), e que todos osmediadores do culto- sacerdotes- tipificam osumo sacerdote da nossa confissão. JesusCristo, o justo (I Pe 3.18). Cultuamos por um ato de graça e demisericórdia, da parte Deus que nos aceita,orienta e abençoa, enquanto é por nós louvado,engrandecido e bendito pela adoração (Sl 33.18).
  46. 46.  Portanto, em gratidão pela salvação recebida,louvemos e adoremos ao Senhor em obediênciaa sua palavra. Tais princípios sãoimprescindíveis para viver em conformidadecom a vontade de Deus e sob Sua bênção(Sl 89.15; I Tss 4.1).

×