Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Planejamento de Produto I

4,361 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Planejamento de Produto I

  1. 1. Planejamento de Produto FAIP - 2013
  2. 2. Conceito de produto (de moda) Segundo Rech (2002, p.37): “Qualquer elemento ou serviço que conjugue as propriedades de criação (design e tendências de moda), qualidade (conceitual e física), vestibilidade, aparência (apresentação) e preço a partir das vontades e anseios do segmento de mercado ao qual o produto se destina”.
  3. 3. Atributos dos produtos de moda Os produtos devem ter alguns atributos como qualidade (aumenta o valor percebido pelo consumidor), características específicas (valor agregado x custo para a empresa) e design (aparência / aspecto do produto x utilidade do produto).
  4. 4. Ciclo de vida dos produtos de moda De acordo com Kotler (1999, p.225) existem três ciclos de vida especiais e que são perfeitos para os produtos de moda: Estilo, Moda e Modismo.
  5. 5. Ciclo de vida dos produtos de moda Os produtos de ciclos longos denominados produtos Estilo, permanecem durante gerações, estando dentro e fora de moda, com vários períodos sucessivos de interesse, “um modo básico e distinto de expressão”. Pode-se citar como exemplo, produtos de moda com estilo clássico ou com estilo oriental. Vincent-Ricard (1989) conceitua produtos com ciclo de vida longo como produtos básicos.
  6. 6. Ciclo de vida dos produtos de moda Os produtos de Moda têm um ciclo de vida médio, possuindo uma curva de crescimento gradual permanecendo aceita ou popularizada pelos consumidores durante determinado período e descendo lentamente, normalmente o espaço de tempo de uma estação climática. São produtos com desempenho de vendas progressivo e declínio gradual (Vincent-Ricard, 1989).
  7. 7. Ciclo de vida dos produtos de moda  Já os produtos com ciclo de vida curto podem ser caracterizados como produtos de Modismo. É o produto que “entra rapidamente, é adotado com grande entusiasmo, atinge seu auge em pouco tempo e declina também em pouco tempo. O modismo dura muito pouco e tende a atrair um número limitado de seguidores” (Kotler, 1999, p.225). Vincent-Ricard (1989) define os produtos com ciclo de vida curta, como produtos de vanguarda.
  8. 8. Projeto de produtos de moda  A linguagem do “design” de produtos se manifesta através do projeto. O projeto faz-se necessário para articular cadeias de informações destinadas à fabricação em larga escala por meio de tecnologias industriais.  Segundo Escorel (2000), o projeto é “o processo de fabricação das características dos mesmos, exigidas para a satisfação das necessidades dos clientes”, e parte fundamental do desenvolvimento de produtos.
  9. 9. Projeto de produtos de moda Rech (2002, p. 58) apresenta as idéias de diversos autores sobre os projetos de produtos: Projeto de Produto; Planejamento; Coleção; Planejamento de Coleção; Fase de Análıse anterıor ao Planejamento de Coleções; Crıação da Coleção.
  10. 10. Resolução de Problemas Design como processo: Processo de concepção de produtos como contexto de resolução de problemas.
  11. 11. “Quando um problema não pode ser resolvido, não é um problema. Quando um problema pode ser resolvido, também não é um problema.” Antonio Rebolini
  12. 12. Processo de Design  As relações entre o designer e o objeto desenhado se denominam processo de design.  Todo processo de design é tanto um processo criativo como um processo de solução de problemas (Lobach, 1976): Processo de Design Processo Criativo Processo de Resolução de Problemas
  13. 13. Resolução de Problemas Intuitivo Sistemático
  14. 14. Ideia P Soluçã o Provi- sória Aproxi- mada Comer- cial Defini- tiva Fanta- siosa ???? …  Um problema pode ter várias soluções, e é preciso nesse caso decidir por qual optar.
  15. 15. Ideia Após definir o problema, tem-se ideias. Elas servem para resolver o problema, mas nem sempre trazem a solução dele. Muitos projetos param na primeira ideia, pois, o designer acredita esta soluciona o problema.
  16. 16. Resolução de Problemas Teoria Espacial (Newel & Simon): Conforme o modelo de resolução de problemas propoto por Newell & Simon (Sternberg, 2000), o solucionador de problemas deve considerar o estado inicial (problema) e o estado final (solução) dentro de um espaço do problema – o universo de todas as possíveis ações (operadores) que podem ser aplicadas à resolução de um problema.
  17. 17. Resolução de Problemas  Teoria Espacial (Newel & Simon):  Compreensão e Busca pelo Espaço do Problema  Espaço do Problema: • Estado Inicial • Estados Intermediários • Estado Final • Operadores • Teste
  18. 18. Resolução de Problemas Teoria Espacial (Newel & Simon): Compreensão e Busca pelo Espaço do Problema Problemas podem ser: • Bem definidos • Mal definidos
  19. 19. Roteiro projetual A proposta a seguir, sugere, em MODA PALAVRA (2004), a metodologia aplicada no desenvolvimento de produtos de moda. MODA PALAVRA. Proposta de metodologia para desenvolvimento de Produto de moda utilizando métodos de planejamento de coleção e de Design. In: Moda Palavra v.3, n. 3. (2004). Florianópolis: UDESC, 2004, p. 46. ISBN 85- 7474-229-5 • Escolha temática; • Planejamento de Coleção; • Desenvolvimento de briefing (pesquisa de cores e formas para desenvolver os croquis); • Definição de público-alvo/segmento; • Definição do problema; • Pesquisa (bibliográfica/campo/tendência/mercado); • Aplicação de técnicas e ferramentas; • Desenvolvimento de Portfolio; • Imagem tema; • Release; • Carleta de cores; • Materiais; • Geração de alternativas (escolha e justificativa); • Concepção do produto; • Modelo volumétrico; • Análise, testes e adequações; • Ficha tecnica; • Prototipo (modelagem e pilotagem); • Memorial descritivo: – Função estético/formal; – Função de uso; – Função ergonômica; – Função operacional e; – Função de marketing (promocão do produto)
  20. 20. Referências  ESCOREL, Ana Luísa. O Efeito Multiplicador do Design. 2º ed. São Paulo: Senac, 2000.  KOTLER, Philip. Marketing para o Século XXI. 3ª edição. São Paulo: Editora Futura, 1999.  LOBACH, Bernd. Design industrial: bases para a configuração dos produtos industriais. São Paulo: Edgard Blucher, 1976.  MUNARI, Bruno. Das coisas nascem coisas. São Paulo: Martins Fontes, 2000.  RECH, Sandra Regina. Moda: por um fio de qualidade, Florianopolis: Editora EDUSC, 2002.  STERNBERG, R. J. Psicologia cognitiva. Porto Alegre: Artmed Editora, 2000.  VINCENT-RICARD, Françoise. As espirais da moda. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1989.

×