Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Liderança na atualidade

20,758 views

Published on

Published in: Business, Education

Liderança na atualidade

  1. 1. Liderança na atualidade Palestrante: Conceição Moraes
  2. 2. Objetivo <ul><li>Sensibilizar todos os empresários, gestores, líderes e ou todo profissional que deseje desenvolver habilidades e / ou implementar ferramentas para se tornar um líder empreendedor </li></ul>
  3. 3. Conceito... <ul><li>Liderar é conseguir que as coisas sejam feitas através das pessoas. Isso envolve foco na tarefa e no relacionamento [...] Liderança é executar as tarefas enquanto se constroem relacionamentos (HUNTER, 2005). </li></ul>
  4. 4. Fatores influenciadores da liderança Trocas entre líder e liderados Aspectos contingenciais Comportamental Líder
  5. 5. Trocas entre líder e liderados <ul><li>Diante das pressões do tempo, líderes estabelecem um relacionamento especial com um pequeno grupo de seus liderados – grupo interno </li></ul><ul><li>Liderados são escolhidos pela similaridade de atitudes e características de personalidade </li></ul>Grupo interno Grupo externo <ul><li>Tem toda confiança </li></ul><ul><li>Atenção demasiada </li></ul><ul><li>Privilégios especiais </li></ul><ul><li>Menos atenção </li></ul><ul><li>Menos recompensa </li></ul><ul><li>Interações formais de autoridade </li></ul>
  6. 6. Aspectos contingenciais <ul><li>Líderes eficazes abrem os caminhos para ajudar seus liderados a atingirem seus objetivos, tornando a jornada mais fácil ao reduzir os seus obstáculos </li></ul><ul><li>O autor House identifica 04 comportamentos: </li></ul><ul><ul><li>Diretivo </li></ul></ul><ul><ul><li>Apoiador </li></ul></ul><ul><ul><li>Participativo </li></ul></ul><ul><ul><li>Orientado para Conquista </li></ul></ul><ul><li>Líderes são flexíveis podendo agir de formas diferentes, dependendo da situação </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Comportamento do líder </li></ul><ul><li>Diretivo </li></ul><ul><li>Participativo </li></ul><ul><li>Orientado para a conquista </li></ul><ul><li>Apoiador </li></ul><ul><li>Fatores contingenciais </li></ul><ul><li>ambientais </li></ul><ul><li>Estrutura da tarefa </li></ul><ul><li>Sistema formal de autoridade </li></ul><ul><li>Grupo de trabalho </li></ul><ul><li>Fatores contingenciais do </li></ul><ul><li>subordinado </li></ul><ul><li>Capacidade percebida </li></ul><ul><li>Experiência </li></ul><ul><li>Locus de controle </li></ul><ul><li>Resultados </li></ul><ul><li>Desempenho </li></ul><ul><li>Satisfação </li></ul>Aspectos contingenciais
  8. 8. Situação Comportamento Impacto no Resultados do Líder subordinado Fonte: House, R. J. (1971). A path-goal theory of leader effectiveness. Admnistrative Science Leadership Review Aspectos contingenciais Falta de auto- confiança dos subordinados Apoiador (Relaciona- mento) Aumento da confiança para realizar as tarefas (metas) Mais esforço Maior satisfação & Melhor desempenho Trabalho Ambíguo ou estressante Diretivo (Tarefa) Clarificar caminho para recompensa Falta de Trabalho Desafiador Orientado para conquista (Exigindo & apoiando) Definir metas desafiadoras Recompensa incorreta Participativo (Consulta/ grupo) Clarificar Necessidades e mudar recompensa
  9. 9. Liderança transacional e transformacional Influência idealizadora Motivação inspiracional Estímulo intelectual Consideração individualizada Gestão pela exceção (A) + (P) Recompensa contigencial Esforço extra Performance esperada Aumento da motivação para o resultado extra designado Performance além da expectativa + + + Liderança transformacional Liderança transacional
  10. 10. Aspectos comportamentais
  11. 11. Liderança transacional <ul><li>Liderança transacional é aquela em que os líderes conduzem ou motivam seus seguidores na direção das metas estabelecidas por meio do esclarecimento dos papéis e das exigências das tarefas (ROBBINS, 2002, p. 319). </li></ul>
  12. 12. Dimensões da liderança transacional <ul><li>Recompensa contingencial: os líderes fornecem recursos e suportes tangíveis e intangíveis aos subordinados em troca do seu esforço e performance; </li></ul><ul><li>Gestão pela exceção de forma ativa: refere-se ao monitoramento da performance e à tomada de ação corretiva quando necessário, minimizando desvios de padrões; </li></ul><ul><li>Gestão pela exceção de forma passiva: refere-se quando os líderes têm uma atitude passiva intervindo apenas quando os problemas se tornam sérios; </li></ul><ul><li>Laissez-faire refere-se à ausência de liderança, ou seja, a inexistência de responsabilidades de liderança. </li></ul>
  13. 13. Liderança transformacional <ul><li>A liderança transformacional é aquela em que os líderes oferecem considerações individualizadas e estímulo intelectual a seus liderados, além de possuírem carisma (ROBBINS, 2002, p. 319). </li></ul>
  14. 14. Dimensões da liderança transformacional <ul><li>Influência idealizada (carismática ) : modelo respeitado, admirado e copiado pelos seguidores que, conseqüentemente, demonstram alto grau de confiança nestes líderes; </li></ul><ul><li>Motivação inspiracional: construção de relacionamento na comunicação interativa que forma um vínculo cultural, ocorrendo uma troca de valores para ambas as partes. O líder inspira os seguidores a um estágio futuro, comunicando expectativas e demonstrando comprometimento com os objetivos; </li></ul><ul><li>Estímulo intelectual: estimula seguidores a serem inovadores e criativos, questionando suposições, reestruturando os problemas, observando velhas situações com um novo olhar. Erros não são publicamente divulgados e a criatividade é abertamente encorajada; </li></ul><ul><li>Consideração individualizada: o líder atua como mentor ou instrutor. Reconhece e aceita as necessidades e desejos individuais dos liderados. </li></ul>
  15. 15. Liderança servidora <ul><li>A liderança servidora tem como referência o perfil de liderança de Jesus Cristo que na essência é mobilizada pelo amor e na sua missão de ensinar os seus apóstolos que o papel daquele que conduz é servir. O próprio Jesus sugeriu, em diversas alusões, de que ele mesmo é um “Servo”, ao dizer que não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida em favor de muitos </li></ul>
  16. 16. Dimensões da liderança servidora <ul><li>Amor: possui o sentido do amor moral, na valorização da equipe e estar genuinamente interessado pela sua vida; </li></ul><ul><li>Empoderamento: empodera os subordinados, escutando efetivamente e fazendo com que eles se sintam importantes; </li></ul><ul><li>Visão: zela pelos valores e a peculiaridade de cada indivíduo da equipe, fortalecendo o indivíduo, a equipe e a performance da empresa; </li></ul><ul><li>Humildade: consiste na constância do líder em demonstrar o respeito para com os subordinados e a contribuição de cada um; </li></ul><ul><li>Confiança: há confiança no processo de troca de confidências e no depender dos membros da equipe </li></ul>
  17. 17. Questões contemporâneas <ul><li>Mentoria - Kram (1985) </li></ul><ul><ul><li>É uma relação entre um adulto mais experiente que ajuda o indivíduo menos experiente a aprender a conduzir no mundo adulto e no mundo do trabalho. </li></ul></ul>
  18. 18. Funções de Mentoria Funções de Carreira Funções Psicossociais Patrocínio/Apadrinhamento : o mentor apóia publicamente o mentorado, através de indicações para promoções e oportunidades. Exposição/Visibilidade : o mentor cria oportunidades para o mentorado demonstrar habilidades e competências, através da socialização e da delegação de responsabilidades. Coaching : o mentor desenvolve o conhecimento do mentorado e a compreensão de como navegar efetivamente no mundo empresarial, além de sugerir estratégias específicas para alcançar os objetivos. Proteção : o mentor protege o mentorado de contatos e situações prejudiciais, tomando para si (mentor) a responsabilidade de realizar os contatos e intervir nas situações difíceis. Tarefas desafiadoras : o mentor designa trabalhos desafiadores, apoiados por treinamento técnico e constante feedback. Papel modelo : o mentorado encontra no mentor uma imagem na qual pode se modelar. Aceitação/Confirmação : o mentor e o mentorado desenvolvem autoconhecimento através de feedback. Aconselhamento : mentor e mentorado desenvolvem uma relação de esfera pessoal e profissional em que estejam correlacionados, por meio da exploração de assuntos pessoais que podem interferir no desempenho dentro da organização. Amizade : mentor e mentorado desenvolvem uma interação social resultante da afetividade mútua, da compreensão e da agradável troca informal de experiências sobre o trabalho e a vida.
  19. 19. Outros aspectos <ul><li>Inteligência emocional – IE </li></ul><ul><ul><li>Os grandes líderes demonstram sua inteligência emocional exibindo todos os cinco elementos-chave: autoconsciência, autogerenciamento, automotivação, empatia e habilidades sociais. </li></ul></ul><ul><li>Relação de confiança </li></ul><ul><ul><li>A confiança e a credibilidade modulam o acesso do líder ao conhecimento e à cooperação. </li></ul></ul><ul><ul><li>A honestidade e integridade estão associadas com a liderança, sendo a primeira apontada como a principal característica admirada em um líder. </li></ul></ul><ul><ul><li>A eficácia da liderança e dos administradores depende da capacidade de conquistar a confiança de seus liderados. </li></ul></ul>
  20. 20. Três tipos de confiança <ul><li>Confiança baseada na intimidação: se baseia no medo e nas represálias, caso ela seja violada. </li></ul><ul><li>Confiança baseada no conhecimento: baseada na previsibilidade do comportamento que resulta de um histórico de interações. </li></ul><ul><li>Confiança baseada na identificação: baseada na compreensão mútua de intenções e na concordância sobre os desejos e vontades de cada parte. </li></ul>
  21. 21. http://mcmoraescosta.wordpress.com Twitter:@mcmoraescosta

×