Instalação e Atualização Automática de Aplicações em Plataforma Livre para Ambientes Corporativos Prof. Mauro Tapajós Sant...
<ul><li>Muito interesse no real uso de tecnologia em software livre em ambiente corporativo
Não há ainda um bom número de grandes cases corporativos documentados
No mundo do SL muitas das funcionalidades já existem de forma pontual
Necessidade de integração das ferramentas de administração e gerenciamento de ambientes de TI para uso neste tipo de ambie...
<ul><li>Autenticação única ( single-logon ) de usuários na rede
Controle de  Login scripts
Serviço de impressão em rede
Mapeamento de diretórios em servidores remotos para usuários
Backup corporativo
Inventário automatizado de TI
Distribuição automática de pacotes de software – atualizações automáticas de aplicações e SO </li></ul>Serviços de TI
<ul><li>Software livre não segue o padrão proprietário de concepção, desenvolvimento e “deployment”
Softwares de licenciamento livre não exigem controle de números de licenças
Instalação e atualizações de software pelo atuais mecanismos de distribuição em plataforma livre são difíceis ou não prevê...
Plataforma em questão:  GNU/Linux </li></ul>Distribuição de Software em Plataforma Livre
<ul><li>Processo não trivial : em muitos casos o usuário leigo não consegue realizar o processo manual de instalação/atual...
Diversidade : plataformas livres se diferem bastante em configurações e componentes
Dependências : pacotes de software dependem de outros para estarem operacionais
Controle de versões  de pacotes
Funcionamento em rede : premissa para se automatizar o processo
Permissões : mantidas em objetos no diretório </li></ul>Serviço de Distribuição de SW
<ul><li>Tem papel de destaque em qualquer arquitetura integrada de TI
É o repositório de informações de controle e administração
Exige configurações redundantes e distribuídas
Área de grande domínio de soluções proprietárias, principalmente governo (produtos maduros com anos de experiência)
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Instalação e Atualização Automática de Aplicações em Plataforma Livre para Ambientes Corporativos

1,220 views

Published on

Trabalho apresentado no evento SUCESU em Cuiabá - Instalação e Atualização Automática de Aplicações em Plataforma Livre para Ambientes Corporativos

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,220
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • DNS é um serviço de nomes tradicional Traduz um nome para o conteúdo do nodo correspondente Similar a uma Agenda Telefônica É preciso saber o fullname para encontrar a informação associada a ele. Basicamente, retorna IPs. Só que muitas vezes, você quer fazer determinados tipos de consultas para as quais você não conhece esse fullname, mas, ao contrário, é exatamente ele que você está procurando (exemplo: páginas amarelas). Exemplo: NumeroTelefone Exemplo: tipoImpressora
  • Instalação e Atualização Automática de Aplicações em Plataforma Livre para Ambientes Corporativos

    1. 1. Instalação e Atualização Automática de Aplicações em Plataforma Livre para Ambientes Corporativos Prof. Mauro Tapajós Santos SUCESU MT - 09/11/2005 Cuiabá 1
    2. 2. <ul><li>Muito interesse no real uso de tecnologia em software livre em ambiente corporativo
    3. 3. Não há ainda um bom número de grandes cases corporativos documentados
    4. 4. No mundo do SL muitas das funcionalidades já existem de forma pontual
    5. 5. Necessidade de integração das ferramentas de administração e gerenciamento de ambientes de TI para uso neste tipo de ambiente </li></ul>Gerenciamento de TI em Ambiente Corporativo
    6. 6. <ul><li>Autenticação única ( single-logon ) de usuários na rede
    7. 7. Controle de Login scripts
    8. 8. Serviço de impressão em rede
    9. 9. Mapeamento de diretórios em servidores remotos para usuários
    10. 10. Backup corporativo
    11. 11. Inventário automatizado de TI
    12. 12. Distribuição automática de pacotes de software – atualizações automáticas de aplicações e SO </li></ul>Serviços de TI
    13. 13. <ul><li>Software livre não segue o padrão proprietário de concepção, desenvolvimento e “deployment”
    14. 14. Softwares de licenciamento livre não exigem controle de números de licenças
    15. 15. Instalação e atualizações de software pelo atuais mecanismos de distribuição em plataforma livre são difíceis ou não prevêm controle integrado
    16. 16. Plataforma em questão: GNU/Linux </li></ul>Distribuição de Software em Plataforma Livre
    17. 17. <ul><li>Processo não trivial : em muitos casos o usuário leigo não consegue realizar o processo manual de instalação/atualização de software em ambiente livre
    18. 18. Diversidade : plataformas livres se diferem bastante em configurações e componentes
    19. 19. Dependências : pacotes de software dependem de outros para estarem operacionais
    20. 20. Controle de versões de pacotes
    21. 21. Funcionamento em rede : premissa para se automatizar o processo
    22. 22. Permissões : mantidas em objetos no diretório </li></ul>Serviço de Distribuição de SW
    23. 23. <ul><li>Tem papel de destaque em qualquer arquitetura integrada de TI
    24. 24. É o repositório de informações de controle e administração
    25. 25. Exige configurações redundantes e distribuídas
    26. 26. Área de grande domínio de soluções proprietárias, principalmente governo (produtos maduros com anos de experiência)
    27. 27. Protocolo LDAP (RFC 2251): padrão aberto para acesso e alterações em servidores de diretório </li></ul>Serviço de Diretórios
    28. 28. Serviços de Diretório <ul><li>Permite recuperar informações através de seus objetos e atributos </li></ul>Exemplo 1: qual o email de Isaac Newton? Exemplo 2: quais alunos se chamam “Isaac” e têm menos de 20 anos? <ul><li>Similar às Páginas Amarelas
    29. 29. Exemplos: </li></ul><ul><ul><li>Microsoft AD
    30. 30. Netscape Directory Server
    31. 31. NDS/eDirectory
    32. 32. Critical Path
    33. 33. OpenLDAP (livre!) </li></ul></ul>
    34. 34. Integração de Serviços de TI com o Diretório
    35. 35. <ul><li>Possui no seu cerne um serviço de diretórios distribuído e saudável
    36. 36. OpenLDAP ( www.openldap.org )
    37. 37. Criação e administração dos objetos necessários para administração de serviços de TI
    38. 38. Implementação de mecanismos para administração dos serviços de rede via LDAP </li></ul>Arquitetura de TI Integrada em Plataforma Livre
    39. 39. Arquitetura da Solução GATI
    40. 40. <ul><li>Instalação transparente e automática para o usuário
    41. 41. Adequação às limitações de rede
    42. 42. Categorização dos pacotes de software
    43. 43. Uso em diferentes distribuições
    44. 44. Administração do serviço
    45. 45. Distribuição agendada
    46. 46. Tolerância a falhas e segurança
    47. 47. Requisitos de plataforma ao instalar pacotes </li></ul>Arquitetura de Distribuição de Software - Aspectos
    48. 48. <ul><li>Informações de privilégios de execução de aplicativos para usuários no serviço de diretórios – objetos customizados
    49. 49. Objetos necessários à manutenção do serviço: devem ser criados – não existem objetos pré-modelados para este fim nos padrões
    50. 50. Definição de formato de pacotes
    51. 51. Protocolo usado para transporte dos pacotes via rede </li></ul><ul><li>Mecanismo transparente de instalação e atualização de pacotes de software </li></ul>Distribuição de Software Integrada
    52. 52. <ul><li>Contínuo desenvolvimento
    53. 53. Compostas de vários tipos de arquivos: </li></ul><ul><ul><li>Executáveis binários
    54. 54. Executáveis em linguagens interpretadas
    55. 55. Código fonte
    56. 56. Ambiente de interpretação
    57. 57. Bibliotecas de rotinas compiladas ou não
    58. 58. Arquivos de configuração
    59. 59. Arquivos adjuntos (imagens, documentação, drivers, etc) </li></ul></ul>Aplicações em Software Livre
    60. 60. <ul><li>Cópia e descompressão dos pacotes de software
    61. 61. Geração dos arquivos binários executáveis
    62. 62. Transferência de arquivos para locais adequados dentro da estação
    63. 63. Configurações globais e individuais
    64. 64. Atualizações dos pacotes componentes </li></ul>Ciclo de Vida de uma Aplicação na Estação de Trabalho
    65. 65. <ul><li>RPM
    66. 66. apt-get
    67. 67. Arquivos .tgz
    68. 68. Ximian Red Carpet
    69. 69. yum ( Yellow Dog Update Modifier )
    70. 70. Portage
    71. 71. wget • urpmi
    72. 72. apt-rpm • smart </li></ul>Gerenciadores de Pacotes e Download
    73. 73. <ul><li>Formato de empacotamento de SW original da distribuição Red Hat
    74. 74. Contém os arquivos componentes do SW com informações adicionais (metadados): </li></ul>Nome Versão/Release Dependências Scripts de instalação/configuração Descrição, ... <ul><li>Oferece utilitário (rpm) para instalação de pacotes sem maiores funcionalidades </li></ul>
    75. 75. <ul><li>apt : original da distribuição Debian </li></ul><ul><li>Portado para uso com formato de pacotes rpm pela Conectiva
    76. 76. Traz via rede pacotes e trata automaticamente dependências entre eles
    77. 77. Define como devem ser os repositórios de pacotes </li></ul>
    78. 78. O Serviço de Distribuição de Software Integrado Plataforma GATI
    79. 79. <ul><li>SDS - Software Distribution Server
    80. 80. Disponibiliza os pacotes de software via acessos comuns em rede (FTP e HTTP)
    81. 81. Mantém pacotes de software distribuídos sob controle do serviço de diretório
    82. 82. Pode ser criado facilmente: permite a criação de repositórios próprios
    83. 83. Processo de homologação </li></ul>Repositório de Software
    84. 84. <ul><li>Console WEB de gerenciamento de objetos e atributos através de templates
    85. 85. Controle de privilégios para grupos e usuários
    86. 86. Criação e manutenção de repositórios de software (SDS)
    87. 87. Pode definir datas máximas de atualização de pacotes e até force-run (instalação automática nas estações) </li></ul>Administração da Arquitetura Integrada
    88. 88. Administração via WEB
    89. 89. <ul><li>Desenvolvido em tcl/tk no cliente da plataforma GATI
    90. 90. Executado no processo de login do usuário
    91. 91. Oferece funcionalidades como: listar aplicações para o usuário, instalar, atualizar e reparar aplicações e até executar as aplicações instaladas
    92. 92. Não se prevê a operação de deleção de SW </li></ul>ADS – Agente de Distribuição de Software
    93. 94. <ul><li>O serviço de distribuição de software proposto integra as facilidades de deployment de software com controle submetido a um Serviço de Diretórios LDAP
    94. 95. Mantém e atualiza toda a arquitetura de software nas estações de usuário de maneira automática e transparente
    95. 96. Integra uma solução maior de gerenciamento de ambientes de TI em plataforma livre, o GATI (www.cesmic.ucb.br/GATI) </li></ul>Conclusão
    96. 97. Perguntas
    97. 98. Site do Projeto CESMIC: www.cesmic.ucb.br Site Pessoal: www.ucb.br/prg/professores/maurot

    ×